Covid-19: número de casos ativos cai em distritos de Ilhéus

Olivença.

O número de casos ativos de Covid-19 tem diminuído nos distritos de Ilhéus, de acordo com os dados do mapa elaborado pelo vice-prefeito José Nazal, com informações colhidas até a sexta-feira (23).

Olivença, que no mapa compreende os locais de Acuípe de Baixo, Olivença, Acuípe do Meio e Águas de Olivença, está com seis casos ativos de Covid-19. Em localidades como Sambaituba, Japu, Castelo Novo e Banco Central, não há registro de casos ativos da doença.

O Teotônio Vilela (12) ainda é o bairro com mais casos ativos e é seguido pela Avenida Esperança (12), Nossa Senhora da Vitória (11), Conquista (10), Hernani Sá (10), Malhado (09) e Nelson Costa (05).

Confira a tabela.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Veja o mapa.

Covid-19: Ilhéus registra mais duas mortes; total chega a 252

O boletim municipal da sexta-feira (23) mostra que em Ilhéus o número de mortes aumentou.

A cidade está com 252 óbitos pela doença.

De acordo com o boletim municipal, a cidade está com 7218 casos confirmados da Covid-19. Houve aumento de oito casos desde a quinta (22) .

O número de casos ativos é de 115, sendo 82 em isolamento e 33 em UTI.

Itabuna está com 342 casos ativos de Covid-19

Itabuna.

O boletim da Prefeitura de Itabuna desta sexta-feira (23) afirma que o município está com 13.188 casos confirmados de Covid-19. Houve aumento de 170 casos desde o domingo (18), quando o número era de 13.018.

A cidade está com 313 mortes decorrentes da doença.

Nesta sexta-feira a cidade registrou 342 casos ativos.

Itabuna tem 12.533 casos curados, 25 internados em UTI e 27 internados em leito clínico.

Estado efetua pagamento da quarta parcela do vale-alimentação estudantil na próxima segunda (26)

Imagem ilustrativa.

O crédito da quarta parcela do vale-alimentação estudantil estará disponível nos cartões para compras a partir da próxima segunda-feira (26). O benefício, no valor de R$ 55, por estudante, visa a segurança alimentar dos estudantes e de suas famílias, neste período de suspensão das aulas por causa da pandemia do novo coronavírus. Nesta quarta parcela foram disponibilizados mais R$ 44 milhões, totalizando um investimento de R$ 176 milhões de recursos próprios do Governo do Estado.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, falou sobre o benefício. “A partir da próxima segunda, todos os estudantes que estão com os seus cartões já poderão fazer as suas compras nos 18 mil estabelecimentos que estão bem distribuídos nos 417 municípios baianos. Isto significa um incremento de mais R$ 44 milhões na economia da Bahia e mais um esforço do Governo do Estado em atender aos nossos estudantes e consequentemente as suas família, mesmo diante do cenário de perda da arrecadação”, afirmou.

Para a retirada da quarta parcela, o estudante deverá usar o mesmo cartão utilizado anteriormente, com a bandeira Alelo. O recurso é destinado, exclusivamente, para a compra de gêneros alimentícios, como feijão, arroz, macarrão, carne, frango, frutas, verduras, café e leite, sendo que a aquisição dos alimentos é de livre escolha dos estudantes.

A estudante Noemi Santana, 14, 9º ano, do Colégio Estadual Pinto de Aguiar, localizado em Salvador, já está na expectativa para fazer as suas compras. “Sou muito grata pela quarta parcela do vale-alimentação. Com ela, eu vou comprar alimentos como feijão, arroz, macarrão, café e açúcar, que vão ajudar muito a minha família”.

Quem também está contente é o estudante Samuel Ribeiro, 18, 3º ano, do Colégio Estadual Félix Mendonça, em Itabuna. “Eu e os demais estudantes de Itabuna estamos muito felizes com a liberação desta quarta parcela do vale-alimentação, pois é um auxílio muito importante para que possamos ajudar as nossas famílias nas compras de casa. Em nome da minha escola, agradeço ao Governo do Estado pela iniciativa”.

A Secretaria da Educação do Estado reforça a orientação para que vá ao supermercado apenas um membro da família, seguindo todas as normas de segurança, como o uso de máscaras de proteção individual, em função da pandemia pelo novo Coronavírus. Em caso de dúvidas, o estudante pode entrar em contato com a escola onde está matriculado. A secretaria também disponibiliza os canais da Ouvidoria pelo 0800 284 0011, pelo e-mail [email protected] ou pelo Fale com a Ouvidoria, disponível no Portal da Educação.

Ilhéus: mesmo com queda no número, Vilela continua com mais casos ativos de Covid-19

Vista aérea do Teotônio Vilela. Foto: José Nazal.

Mesmo com queda no número, o Teotônio Vilela continua como o bairro com de casos ativos de Covid-19 em Ilhéus.  Os dados do mapa elaborado pelo vice-prefeito José Nazal, com informações colhidas até a quinta-feira (22).

O Teotônio Vilela (16) é seguido pela Conquista (15), Nossa Senhora da Vitória (14), Hernani Sá (14), Avenida Esperança (12), Malhado (09) e Nelson Costa (08).

Em relação aos distritos, Olivença (09) é a localidade que mais tem pessoas infectadas na fase de disseminação do vírus. Confira a tabela.São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Veja o mapa.

Bahia tem 6.858 casos ativos de Covid-19 nesta quinta (22)

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.450 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.266 recuperados (+0,4%). Dos 340.665 casos confirmados desde o início da pandemia, 326.400 já são considerados sem sintomas e 6.858 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,59%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.987,20), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.406,44), Madre de Deus (6.343,34)), Apuarema (6.002,73).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 691.022 casos descartados e 80.027 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (22).

Na Bahia, 28.162 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

(mais…)

Bahia tem 6.697 casos ativos de Covid-19 nesta quarta (21)

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.221 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.352 curados (+0,4%). Dos 339.215 casos confirmados desde o início da pandemia, 325.134 já são considerados curados e 6.697 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,66%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.967,61), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.397,06), Madre de Deus (6.338,60), Apuarema (5.920,87).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 688.298 casos descartados e 78.921 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (21).

Na Bahia, 28.066 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

(mais…)

Tapera, Centro e Teresópolis não apresentam casos ativos de Covid-19

Centro de Ilhéus.

Com a queda no número de casos ativos de Covid-19 em Ilhéus, alguns bairros não possuem mais casos, de acordo com os dados do mapa elaborado pelo vice-prefeito José Nazal, com informações colhidas até a terça-feira (20).

No mapa, bairros como Centro, Tapera, Teresópolis, São Sebastião, São Domingos, Jardim Atlântico e Vila Nazaré não possuem mais casos ativos da doença.

O Teotônio Vilela (21) continua como o bairro com mais casos ativos. O bairro é seguido pela Conquista (19), Hernani Sá (15), Nossa Senhora da Vitória (12), Avenida Esperança (10) , Nelson Costa (08) e Malhado (07).

Em relação aos distritos, Olivença (10) é a localidade que mais tem pessoas infectadas na fase de disseminação do vírus. Confira a tabela.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Veja o mapa.

Josias Gomes, secretário estadual do governo Rui Costa, reforça apoio a Cacá

O candidato a prefeito de Ilhéus, Cacá Colchões.

O deputado federal (PT) e atual secretário estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), Josias Gomes, participou, esta semana, em Ilhéus, de atividades da campanha da coligação “O Futuro é Agora”, com o candidato a prefeito, Cacá, e Everaldo, a vice. Josias Gomes reforçou o apoio do governador Rui Costa à chapa formada pelo PP e PT para a Prefeitura, reproduzindo a atual aliança partidária formada no comando da Bahia.

“O Governo do Estado tem sido muito generoso com Ilhéus e com a região cacaueira, preparando a cidade para esse novo tempo econômico. Evidente que o município continuará tendo no cacau o grande carro-chefe, mas os vetores de crescimento se ampliaram muito em Ilhéus, e é por isso que essa parceria precisa continuar existindo com Cacá e Everaldo, pessoas da máxima importância para a cidade e para o governo estadual, porque assim, garantimos mais sucesso nos empreendimentos que virão para cá e que trarão novo olhar para Ilhéus”, declarou Josias Gomes.

Para o deputado, a candidatura de Cacá para prefeito e Everaldo a vice significa “o reencontro de Ilhéus com sua história, com sua cultura, com a riqueza que esse município tem. É a chance que Ilhéus terá de ter um processo de desenvolvimento vigoroso e de bem-estar das pessoas. Porque cuidar de gente, cuidar das pessoas da cidade, melhor do que essa dupla não existe”, acrescentou.

O titular da SDR reforçou o apoio irrestrito a Cacá e Everaldo também durante encontro realizado com os candidatos a vereador pelo PT, com o propósito de “mostrar a todos a importância de Cacá ter, nesses companheiros do PT, aliados fortes na Câmara de Vereadores, para que possamos levar à frente um projeto de desenvolvimento político, econômico e social de Ilhéus, jamais visto. E esses companheiros, junto com Cacá e Everaldo, terão condições de fazer esse propósito se tornar uma realidade.”

Da Ascom/PP-Ilhéus.

Justiça proíbe carreatas, comícios e passeatas em Itabuna

Itabuna.

Na terça-feira (20), o juiz da 28ª Zona Eleitoral, Antônio Carlos Rodrigues de Moraes deferiu o pedido do Ministério Público Eleitoral sobre a proibição da prática de carreatas, comícios e passeatas em Itabuna.

O MPE entrou com ação afirmando que a cidade passa por uma pandemia por conta da Covid-19 e as aglomerações podem gerar novos contágios.

Caso aconteça descumprimento, o juiz estabeleceu multa no valor de R$ 100 mil.

*Com informações do Políticos do Sul da Bahia.

Brasil reduz testes de Covid em setembro, e especialistas alertam: taxa de positivos segue alta

Do G1.

O Brasil fez 11,5% menos testes diagnósticos de Covid-19 em setembro do que em agosto, apontam dados preliminares do Ministério da Saúde: foram 944.712 testes do tipo PCR realizados no mês passado contra 1.067.656 em agosto.

Os dados ainda podem mudar devido ao tempo de atualização dos resultados. O período entre agosto e setembro é, entretanto, o primeiro a registrar queda na quantidade de testes feitos desde o início da pandemia.

Os testes do tipo PCR, também conhecidos como testes moleculares, são aqueles que detectam o genoma do vírus (o RNA viral) na amostra – ele é considerado o “padrão ouro” e serve para o diagnóstico de fato, porque, se o genoma do vírus é encontrado na amostra, a pessoa está infectada.

O PCR é diferente dos testes sorológicos, que detectam anticorpos criados pelo sistema imune do próprio corpo para combater o novo coronavírus (Sars-CoV-2). Esse segundo segundo tipo serve para determinar se a pessoa já teve contato com o vírus no passado.

Além do número de testes realizados, também diminuiu o total de testes enviados aos estados e municípios. A queda entre o total entregue em maio – mês em que o maior número de testes foi entregue – e em setembro é de 68%. (mais…)

Bahia tem 6.849 casos ativos de Covid-19 nesta terça (20)

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.762 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 1.605 curados (+0,5%). Dos 337.994 casos confirmados desde o início da pandemia, 323.782 já são considerados curados e 6.849 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,73%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.850,05), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.382,05), Madre de Deus (6.329,11), Apuarema (5.920,87).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 685.808 casos descartados e 78.004 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça (20).

Na Bahia, 27.997 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

(mais…)

Teotônio Vilela continua com mais casos ativos de Covid-19

Vista aérea do Teotônio Vilela. Foto: José Nazal.

O Teotônio Vilela (25) continua como o bairro com mais casos ativos, segundo os dados do mapa elaborado pelo vice-prefeito José Nazal, com informações colhidas até a segunda-feira (19).

O bairro é seguido pelo Conquista (22), Hernani Sá (17), Avenida Esperança (14) Nossa Senhora da Vitória (12), Nelson Costa (10), São Francisco (10) e Pontal (10).

Em relação aos distritos, Olivença (12) é a localidade que mais tem pessoas infectadas na fase de disseminação do vírus. Confira a tabela.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Veja o mapa.