Com volta da Covid-19 na Europa, SUS precisa estocar remédios e EPIs, diz Nicolelis

O neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis Foto: Reprodução.

Fonte: O Globo.

O aumento de casos na Europa e Estados Unidos deve acender um alerta em gestores brasileiros. A avaliação é do neurocientista e professor catedrático da Universidade de Duke (EUA) Miguel Nicolelis, que coordena o Comitê Científico do Consórcio Nordeste para a Covid-19.

Segundo Nicolelis, o país precisa fazer um estoque de remédios e equipamentos de proteção individual (EPI) agora para não se ver sem os produtos caso eles se tornem escassos no mercado internacional como no começo da pandemia. Outra medida sugerida é a suspensão de voos internacionais da Europa para o Brasil.

Apenas na semana passada, mais de 8 mil pessoas morreram de Covid-19 na Europa. O continente voltou a tomar medidas duras para conter um novo avanço da doença. Neste domingo, por exemplo, a Itália bateu pelo quarto dia seguido seu recorde diário de novos casos de Covid-19.

O Brasil deve se preocupar com o aumento de casos na Europa?

Sim. Já ficou claro que a segunda onda está instalada com ainda mais força. No Reino Unido, por exemplo, a situação já está fora de controle. Apesar da mortalidade estar reduzida, menor na primeira onda, o número de casos está varias vezes mais alto. Faz lembrar o que aconteceu no Brasil na primeira onda. Em contato com amigos meus, percebi que a rotina dos voos no Brasil está voltando ao normal e, com o aumento de casos na Europa, pode haver uma avalanche de pessoas fugindo de lá, onde será inverno, para os trópicos. E os EUA estão indo para o terceiro pico. Tem que ter um olhar global. É uma pandemia, o próprio nome já diz. Não pode fazer planejamento do Nordeste, do Brasil sem acompanhar a situação mundial. Isso é determinante para a atuação local. (mais…)

Fiocruz inicia pesquisa com vacina da tuberculose para combater Covid-19

Foto: Peter Ilicciev/Fiocruz

Da Agência Brasil.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) começou ontem (19), estudo com a vacina BCG com o objetivo de reduzir o impacto da covid-19 em trabalhadores de saúde. A vacina, originalmente usada na prevenção da tuberculose, tem tido resultados positivos em testes para redução infecções respiratórias.

Segundo a Fiocruz, que irá liderar a pesquisa no Brasil, a previsão é incluir 2 mil voluntários em Campo Grande e 1 mil no Rio de Janeiro. Os voluntários passarão, antes de receber a vacina, por entrevista e testagem sorológica. Todos serão acompanhados pela equipe de pesquisa por até um ano, por meio de ligações telefônicas semanais, de acordo com a Fiocruz. Caso apresentem qualquer sintoma de covid-19, poderão fazer a coleta do swab nasal para avaliar a presença do vírus. Além disso, retornos trimestrais serão agendados para verificar, por meio da sorologia, a presença de possíveis infecções assintomáticas.

Poderão participar do estudo trabalhadores da saúde, como enfermeiros, médicos, técnicos, fisioterapeutas, recepcionistas e porteiros, maiores de 18 anos. Os voluntários não podem ter sido infectado pela covid-19 e não devem estar participando de outro ensaio clínico.

O estudo conta com parceria da Caixa de Assistência dos Servidores do Mato Grosso do Sul (Cassems) e da Secretaria Estadual de Saúde e é coordenado pelo médico infectologista e pesquisador da Fundação e da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), Julio Croda. O recrutamento dos voluntários será realizado pela Faculdade de Medicina da UFMS e os interessados devem realizar pré-cadastro no site.

Vacina BCG (mais…)

Bahia tem 6.713 casos ativos de Covid-19 nesta segunda (19)

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 881 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 911 curados (+0,3%). Dos 336.232 casos confirmados desde o início da pandemia, 322.177 já são considerados curados e 6.713 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,78%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.823,93), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.357,66), Madre de Deus (6.329,11), Apuarema (5.920,87).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 682.417 casos descartados e 77.216 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda (19).

Na Bahia, 27.874 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

(mais…)

Covid-19: Itabuna registrou mais 12 mortes de sexta-feira até domingo

O boletim da Prefeitura de Itabuna do domingo (18) afirma que o município está com 13.018 casos confirmados de Covid-19. Houve aumento de 47 casos desde a sexta-feira (16), quando o número era de 12.971.

A cidade está com 311 mortes decorrentes da doença, 12 a mais desde a sexta.

No domingo a cidade registrou 316 casos ativos.

Itabuna tem 12.391 casos curados, 17 internados em UTI e 30 internados em leito clínico.

Bahia tem 6.972 casos ativos neste sábado (17)

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.799 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 1.497 curados (+0,5%). Dos 334.697 casos confirmados desde o início da pandemia, 320.437 já são considerados curados e 6.972 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.
Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,89%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (7.797,81), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.324,83), Madre de Deus (6.305,41), Apuarema (5.729,88).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 679.115 casos descartados e 78.545 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado (17).

Na Bahia, 27.770 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

(mais…)

Ilhéus: Avenida Esperança, Centro e Olivença têm queda no número de casos ativos de Covid-19

O número de casos ativos tem diminuído nos bairros de Ilhéus, segundo os dados do mapa elaborado pelo vice-prefeito José Nazal, com informações colhidas até a sexta-feira (16).

Na última segunda-feira (12) a Avenida Esperança estava com 30 casos ativos e na sexta-feira, contava com 14. Olivença também apresentou queda de 17 para 13 casos ativos no mesmo período. O Centro, que estava com 10 casos, apresentou 6 na sexta.

A Conquista (29) é o bairro com mais casos ativos e é seguido pelo Teotônio Vilela (26), Pontal (16), Nossa Senhora da Vitória (15), Avenida Esperança (14), São Francisco (14) e Hernani Sá (12).

Em relação aos distritos, Olivença (13) é a localidade que mais tem pessoas infectadas na fase de disseminação do vírus. Confira a tabela.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Veja o mapa.

Itabuna registra mais oito mortes por Covid-19 nesta sexta (16)

299 pessoas já morreram vítima da Covid-19 em Itabuna.

O boletim da Prefeitura de Itabuna desta sexta-feira (16) afirma que o município está com 12.971 casos confirmados de Covid-19. Houve aumento de 30 casos desde a quinta-feira (15), quando o número era de 12.941.

A cidade está com 299 mortes decorrentes da doença, oito a mais do que na quinta.

Nesta sexta a cidade registrou 285 casos ativos.

Itabuna tem 12.387 casos curados, 19 internados em UTI e 26 internados em leito clínico.

Ilhéus registra mais quatro mortes de Covid-19; total chega a 250

O boletim municipal desta sexta-feira (16) mostra que em Ilhéus o número de mortes aumentou.

A cidade está com 250 óbitos, quatro a mais do que o boletim da quinta-feira (15).

De acordo com o boletim municipal, a cidade está com 7130 casos confirmados da Covid-19. Houve aumento de 13 casos desde a quinta.

O número de casos ativos é de 219, sendo 176 em isolamento e 43 em UTI.

Bahia tem 6.691 casos ativos de Covid-19 nesta sexta (16)

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.536 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 1.643 curados (+0,5%). Dos 332.898 casos confirmados desde o início da pandemia, 318.940 já são considerados curados e 6.691 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,95%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia ((7.516,98), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.314,52), Madre de Deus (6.253,26), Apuarema (5.729,88).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 674.757 casos descartados e 77.562 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (16).

Na Bahia, 27.638 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

(mais…)

Covid-19: Conquista é o bairro com mais casos ativos em Ilhéus

Vista aérea da Conquista. Foto: José Nazal.

A Conquista (31) é o bairro com mais casos ativos de Covid-19, segundo os dados do mapa elaborado pelo vice-prefeito José Nazal, com informações colhidas até a quinta-feira (15).

O bairro é seguido pelo Teotônio Vilela (26), Avenida Esperança (25), Nossa Senhora da Vitória (20), Pontal (17) São Francisco (12) e Banco da Vitória (11).

Em relação aos distritos, Olivença (17) é a localidade que mais tem pessoas infectadas na fase de disseminação do vírus. Confira a tabela.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Veja o mapa.

 

Covid-19: prioridade será de vacina em fase mais avançada, diz governo

© Reuters/Athit Perawongmetha/Direitos Reservados.

Da Agência Brasil.

O secretário executivo do Ministério da Saúde, Elcio Franco, afirmou na quinta-feira (15) que a pasta acompanha o desenvolvimento de mais de 200 vacinas em fase de produção em todo o mundo para o combate à covid-19.

“Estamos aderindo a qualquer iniciativa de desenvolvimento de vacinas que nos ofereça segurança, eficácia e que fique pronta antes, ou seja, em um prazo mais curto, que tenha produção em escala em quantidade para imunizar a população brasileira, a ser inserida no Programa Nacional de Imunizações”, disse.

Segundo Franco, nenhuma vacina em estudo está descartada e a prioridade está naquelas em fase mais adiantada de testes. Entre os critérios da pasta para a aquisição está a segurança da vacina, “eficácia, produção no mais curto prazo, produção em escala que atenda as nossas necessidades e preço acessível que esteja sendo praticado em mercado”, afirmou.

Em setembro, o governo também anunciou o investimento de R$ 2,5 bilhões para a entrada do país na Covax Facility. Dessa forma, espera-se que o país possa comprar imunizantes para garantir a proteção de 10% da população até o final de 2021, o que permite atender populações consideradas prioritárias.

“Com relação à iniciativa Covax-Facility, nós ainda não temos um cronograma. Estamos acompanhando a todos os laboratórios. Mas existe uma previsão, um prognóstico de que teremos o acesso a 40 milhões de doses de vacina durante o primeiro semestre de 2021”, explicou Franco.

Pelo cronograma da pasta, a perspectiva é de 100 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca-Fiocruz no primeiro semestre de 2021 e outras 110 milhões de doses adicionais no segundo semestre de 2012. (mais…)

Ilhéus registra mais uma morte de Covid-19 nesta quinta (15)

O boletim municipal desta quinta-feira (15) mostra que em Ilhéus o número de mortes aumentou.

A cidade está com 246 óbitos, um a mais do que o boletim da quarta-feira (14).

De acordo com o boletim municipal, a cidade está com 7130 casos confirmados da Covid-19. Houve aumento de três casos desde a quarta.

O número de casos ativos é de 248, sendo 197 em isolamento e 51 em UTI.

Itabuna está com 273 casos ativos de Covid-19 nesta quinta (15)

Itabuna.

O boletim da Prefeitura de Itabuna desta quinta (15) afirma que o município está com 12.941 casos confirmados de Covid-19. Houve aumento de 17 casos desde a quarta (14), quando o número era de 12.924.

A cidade está com 291 mortes decorrentes da doença.

Nesta quinta a cidade registrou 273 casos ativos.

Itabuna tem 12.377 casos curados, 21 internados em UTI e 22 internados em leito clínico.

Teotônio Vilela continua com mais casos ativos de Covid-19 em Ilhéus

Vista aérea do Teotônio Vilela. Foto: José Nazal.

O Teotônio Vilela (36) continua como o bairro com mais casos ativos de Covid-19, segundo os dados do mapa elaborado pelo vice-prefeito José Nazal, com informações colhidas até a quarta-feira (14).

O bairro é seguido pela Conquista (35), Avenida Esperança (31), Nossa Senhora da Vitória (22), São Francisco (17), Pontal (18) e Malhado (16).

Em relação aos distritos, Olivença (18) é a localidade que mais tem pessoas infectadas na fase de disseminação do vírus. Confira a tabela.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Veja o mapa.