Lockdown em Uruçuca gerou efeitos positivos, mas o período foi insuficiente

Uruçuca.

O lockdown realizado em Uruçuca de 11 a 15 de junho trouxe efeitos positivos, mas não duradores no combate à Covid-19..

Logo após a suspensão das atividades não essenciais, decretada pelo prefeito Moacyr Leite Junior, a circulação de pessoas diminuiu de 60% a 65% para 40% a 45%.

Em Uruçuca, o número de casos novos diminuiu do 10º ao 14º dia após a redução da mobilidade populacional. De 22 a 29 de junho, os efeitos positivos passaram a ser constatados, uma vez que a tendência semanal de casos novos diminuiu. Isto aconteceu porque há um período de tempo necessário que inicia na infecção e passa pelo surgimento dos sintomas, busca por atendimento médico, até o conhecimento do resultado positivo.

Estágios da infecção por SARS-COV2 e métodos diagnósticos. Fonte: Grupo Força Colaborativa COVID-19 Brasil, Orientações sobre Diagnóstico, Tratamento e Isolamento de Pacientes com COVID-19.

Antes do lockdown, a tendência semanal variava de 5 a 10 casos novos por dia. Com a radicalização necessária das medidas protetivas, Uruçuca registrou uma queda considerável, menos de 5 casos novos a cada 24 horas.

Porém, com o fim das restrições no dia 16 de junho, a partir do dia 30 do mesmo mês o número de casos novos cresceu novamente, voltando a variar de 5 a 10 por dia. Isso indica que o lockdown durante quatros dias foi insuficiente.

Segundo especialista da UESC ouvido pelo BG, o lockdown deve ter 14 dias consecutivos, no mínimo.

Os dados citados neste texto são do Informativo Epidemiológico Microrregião Ilhéus-Itabuna, publicado pela UESC ontem (quinta-feira, 9).

Veja o Informativo Epidemiológico da UESC.

Comércios abertos e 100% de ocupação nos leitos de UTI; prefeitos de Ilhéus e Itabuna apertaram a tecla “foda-se”

Pressionados pelos setores produtivos da economia, Marão e Fernando Gomes vão colocar mais vidas humanas sob o risco da morte.

Em menos de 30 dias, as duas cidades podem necessitar de mais 490 leitos de UTI, caso o isolamento social caia para 25% (índice anterior à pandemia).

O Informativo Epidemiológico Microrregião Ilhéus-Itabuna, publicado ontem (quinta-feira, 9) pela Universidade Estadual de Santa Cruz, torna evidente que os prefeitos Mário Alexandre e Fernando Gomes se distanciaram da ciência e da academia ao tomarem decisões erradas sobre o enfrentamento à Covid-19.

As duas cidades mantêm suas áreas comerciais em funcionamento, apesar de haver ocupação total nos leitos de UTI destinados ao tratamento de pacientes em estado grave.

De 02 a 08 de julho, Ilhéus registrou mais 282 casos de Covid-19, com aumento de 20% e estava com 548 casos ativos. A cidade mantém taxa de isolamento social em torno de 40%. Se continuar com esse índice, até o dia 06 de agosto vai necessitar de mais 15 leitos de UTI. Caso o isolamento social caia para 25%, serão necessários mais 100 leitos.

Já Itabuna, na mesma semana, registrou mais 487 casos, com aumento de 18% e estava com 1278 cacos ativos. A cidade mantém taxa de isolamento em torno de 40%. Se continuar com esse índice, até o dia 06 de agosto vai necessitar de mais 130 a 140 leitos de UTI. Caso o isolamento social caia para 25%, segundo a projeção do Informativo da UESC, serão necessários aproximadamente 390 leitos de UTI.

Vale lembrar que as duas cidades não dispõem de recursos para instalar mais leitos de UTI e atender essa demanda. Os sistemas municipais de saúde também não conseguirão mais profissionais especializados para labutar nesse tipo de equipamento hospitalar.

O índice de contaminação (coeficiente de incidência por 100 mil habitantes) de Ilhéus no dia 08 de julho foi de 1.023,86. Em Itabuna foi 50% maior (1.520).

Nos boletins de ontem (quinta-feira, 9), Ilhéus registrou 75 mortos e Itabuna 79.

Veja o Informativo Epidemiológico da UESC.

Salvador: jovem de 19 anos, sem comorbidades, morreu por Covid-19 após 1 dia de internado

Um jovem de 19 anos morreu vítima da Covid-19 em Salvador. A informação foi divulgada pela secretaria de saúde do estado, através do boletim epidemiológico. Segundo as informações, ele não tinha histórico de comorbidades e veio a óbito um dia após ser internado, em um hospital da rede pública, no dia 29 de junho. Por padrão, a secretaria de saúde não divulga nomes ou outras informações da vítima, além das apresentadas.

Itabuna e Ilhéus possuem mais de 1.300 casos ativos da Covid-19

Itabuna possui mais casos ativos que Ilhéus.

Juntas, Itabuna e Ilhéus possuem 1.375 casos ativos da Covid-19.  Os dados são dos boletins epidemiológicos atualizados nessa última quarta-feira (24) pelas prefeituras de cada município.

Segundo as informações, Itabuna possui 961 casos ativos, enquanto Ilhéus, 414. Os municípios ocupam a terceira e sétima posição no ranking do Estado, respectivamente. A cidade com maior número de casos ativos na Bahia continua sendo Salvador, com 9.609 infectados.

Confira nos números de Itabuna até essa quarta-feira (24):

Covid-19: Salvador, Ipiaú e Itajuípe possuem maior coeficiente de incidência

Dados são da secretaria estadual de saúde.

De acordo com dados recentes da secretaria estadual de saúde, as cidades de Salvador, Ipiaú e Itajuípe possuem os maiores coeficientes de incidência da Covid-19 na Bahia.

A capital baiana está no topo da tabela entre os dez municípios mais populosos da Bahia, seguida por Itabuna e Ilhéus. Já Ipiaú aparece no topo da tabela com maior incidência por 1 milhão de habitantes, seguido por Itajuípe e Uruçuca.

Sistema do Ministério da Saúde tem instabilidade e ocasiona subnotificação em todo o Brasil

Instabilidade na plataforma e-SUS causou queda nas notificações oficiais.

Nesta quinta-feira (18), uma instabilidade na plataforma e-SUS, do Ministério da Saúde, que realiza o levantamento e catalogação dos casos ambulatoriais de Covid-19 no Brasil, causou uma queda nas notificações oficiais da doença em diferentes estados.

A Bahia teve um crescimento pequeno nas últimas 24 horas em virtude desse fato, já tendo acionado o Ministério da Saúde e o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 651 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de 1,6%), 41 óbitos (+3,4%) e 465 curados (+2,6%). Dos 41.577 casos confirmados desde o início da pandemia, 18.351 já são considerados curados, 21.963 encontram-se ativos e 1.263 óbitos confirmados.

As confirmações ocorreram em 357 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (54,44%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Ipiaú (11.095,85), Itajuípe (9.955,59), Uruçuca (9.747,06), São José da Vitória (8.661,83) e Salvador (7.634,18).

O boletim epidemiológico contabiliza 41.577 casos confirmados, 80.953 casos descartados e 91.138 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (18).

Na Bahia, 5.730 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Idoso de Itabuna morreu em hospital em Ilhéus, vítima da Covid-19

Idoso faleceu 10 dias após ser internado.

O 1002° óbito confirmado na Bahia por conta da Covid-19 foi de um idoso de 72 anos de idade, residente em Itabuna. Portador de doença cardiovascular, ele foi internado no dia 21 de maio e morreu no dia 01 de junho, em um hospital da rede pública, em Ilhéus.

Nessa quinta-feira (11) a Bahia ultrapassou a confirmação de mil óbitos ocasionados pela doença (veja aqui).

Em comunicado às unidades de saúde de todo o estado, o secretário de saúde Fábio Vilas-Boas informou que os óbitos relacionados à Covid-19 devem ser comunicados em até 24h, sob risco de apuração de responsabilidade em caso de descumprimento (veja aqui).

Covid-19: 73% dos leitos de UTI’s estão ocupados na Bahia

Taxa de ocupação chega a 73% no estado.

Na Bahia, dos 1.978 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.179 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 60%.

No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 827 leitos exclusivos para o coronavírus, 607 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 73%.

As informações são do Boletim Epidemiológico da Bahia, atualizado pela última vez ontem (terça, 09).

Médico psiquiatra realiza live para discutir consequências da Covid-19 na população mais vulnerável

O médico psiquiatra Guilherme Bueno realiza, às 20h desse sábado (06), uma live com o tema “De que forma o impacto da Covid-19 na população mais vulnerável afeta nossas vidas”. Os convidados para discutir o assunto de maneira multidisciplinar foram: Victor Eduardo Steiner (historiador), Carolina Ferreira (enfermeira), Maurício Galvão (engenheiro florestal), Natanael Adiwardana (médico infectologista), Elisabeth Zorgetz (historiadora). A live será transmitida no Youtube, através desse link.

Fernando Gomes afirma que números da Covid-19 de Ilhéus não são verdadeiros

Notinhas.

Fernando Gomes no programa Balanço Geral. Imagem extraída de vídeo.

“Os seus títulos têm relevância, porém, o mais importante é a natureza dos seus argumentos”.

Otavio Filho (escritor, professor aposentado e artista plástico).

 

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, não é médico e não tem formação de nível superior, contudo, em entrevista ao apresentador Tom Ribeiro, da TV Cabrália, nesta quarta-feira (3), ele deu uma aula de verdade (em relação aos números da Covid-19) ao seu colega de Ilhéus, Mário Alexandre, que usa jaleco e fez o juramento de Hipócrates.

Fernando, um octogenário reconhecidamente lúcido, colocou em dúvida os números apresentados pela cidade vizinha. “Têm municípios aí que não estão falando a verdade. Ilhéus mesmo tem problema. Aqui tem mil [casos] e morreram 39. Lá tem 500 [casos] e morreram 37. Eu acho que está errado esse número”, disse o prefeito. Especialistas em epidemiologia e estatística afirmam que o número de mortos é proporcional ao número de infectados. A quantidade de óbitos não mente, regra que evidencia a manipulação dos dados em Ilhéus.

O prefeito itabunense também disse que em sua gestão a mentira sobre a pandemia não é admitida. “Eu não quero número errado aqui comigo. Eu quero a coisa certa. Tem que me dar o que é correto, para passar o que é correto. Eu não quero mentira em meu governo”, falou em voz alta.

Apesar de ressaltar a importância dos números reais, Fernando cometeu o mesmo erro que Mário Alexandre ao determinar a reabertura do comércio local a partir da próxima semana.

Ontem o BG revelou, em primeira mão, um texto do Físico Zolacir Trindade (UESC) com questionamentos à veracidade do estudo assinado pelo secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, que justificou com dados manipulados a reabertura do comércio.

Assista.

289 municípios da Bahia apresentam casos de Covid-19

Capital baiana apresenta maior proporção de casos. (Foto: Viagem e Turismo)

De acordo com a secretaria de saúde da Bahia, o estado registra 16.917 casos confirmados de Covid-19. Considerando o número de casos confirmados, 5.502 foram recuperados e 609 pessoas vieram a óbito, enquanto outras 10.806 permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Os casos confirmados ocorreram em 289 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (62,92%).

Jequié: idosas de 67 e 87 anos foram vítimas fatais da Covid-19

Jequié, no sudoeste da Bahia.

Duas idosas, uma de 67 anos e outra de 87 anos vieram a óbito por causa da Covid-19 em Jequié, segundo a secretaria de saúde do estado da Bahia.

A mulher de 67 era portadora de obesidade, diabetes e hipertensão arterial. Ela foi internada no dia 17 de maio e faleceu no dia 24, em uma unidade de saúde da rede pública.

A outra mulher, de 87 anos, também apresentava as mesmas comorbidades, além de uma doença no sistema nervoso. Ela foi internada no dia 13 de maio e morreu no dia 24.

Mais 21 municípios têm o transporte suspenso na Bahia; total chega a 240

Santa Inês foi incluída na lista.

A partir de sexta-feira (29), o transporte intermunicipal será suspenso em Baianópolis, Caraíbas, Conde, Coração de Maria, Coronel João Sá, Crisópolis, Fátima, Macarani, Miguel Calmon, Palmeiras, Piatã, Pintadas, Presidente Dutra, Riachão das Neves, Rio do Antônio, Salinas das Margaridas, Santa Inês, Santa Teresinha, São Domingos, Terra Nova e Tucano.

A medida, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (28). A restrição inclui a circulação, saída e chegada de qualquer transporte coletivo público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

O decreto também autoriza a retomada do transporte em Irecê, Licínio de Almeida, Ouriçangas, Ruy Barbosa, Santa Luzia e Santanópolis, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.

Lista de municípios

A Bahia totaliza 240 municípios com transporte suspenso. São eles: Abaíra, Adustina, Água Fria, Aiquara, Alagoinhas, Amargosa, Amélia Rodrigues, Anagé, Anguera, Antônio Cardoso, Aporá, Apuarema, Araçás, Aracatu, Araci, Arataca, Aurelino Leal, Baianópolis, Banzaê, Barra, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barra do Rocha, Barreiras, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boquira, Brumado, Buerarema, Cachoeira, Caém, Caetanos, Caetité, Cairu, Caldeirão Grande, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canavieiras, Candeias, Cândido Soares, Cansanção, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Caraíbas, Cardeal da Silva, Castro Alves, Catu, Cipó, Coaraci, Cocos, Conceição da Feira, Conceição do Almeida, Conceição do Coité, Conceição do Jacuípe, Conde, Condeúba, Coração de Maria, Coronel João Sá, Cravolândia, Crisópolis, Cristópolis, Cruz das Almas, Curaçá, Dário Meira, Dias D’Ávila, Encruzilhada, Entre Rios, Esplanada, Euclides da Cunha, Eunápolis, Fátima, Feira de Santana e Floresta Azul.

(mais…)

Ubaitaba: Prefeitura realiza desinfecção de ruas e locais para combater o coronavírus

Ubaitaba registra 21 casos confirmados e 1 óbito. (Foto: Ascom Ubaitaba)

Foi realizada na manhã desta terça-feira (26), a lavagem e desinfecção das ruas e locais de maiores movimentos na cidade.

A  equipe de desinfecção esteve no Hospital onde se concentra a base do SAMU e o Centro de Referência do Coronavírus, seguido da Barreira Sanitária e ruas no centro da cidade.

Ubaitaba conta até o momento com 21 casos positivos da COVID-19 (sendo 15 ativos, 5 recuperados, 1 óbito) ascendendo assim um alerta para proliferação do vírus, por conta disso as medidas estão sendo cada vez mais duras na expectativa de que os números não continuem em uma acrescente, à desinfeção foi feita com água, cloro e sabão.

Covid-19 no sul a Bahia: 838 casos em Itabuna, 182 em Ipiaú, 25 em Itajuípe; veja outros

Covid-19 é uma infecção causada pelo novo coronavírus.

Nessa segunda-feira (25), o Boletim Epidemiológico da Bahia trouxe dados atualizados sobre a Covid-19 na região sul do estado. Figuram entre os 5 municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1 milhão de habitantes 4 municípios da região (Itabuna, Uruçuca, Itajuípe e Ipiaú). Veja alguns números:

Uruçuca – 92 casos;

Canavierias – 25 casos;

Camamu –  5 casos;

Itacaré –  14 casos;

Itapé – 3 casos;

Itapebi – 9 casos;

Ubaitaba – 7 caos;

Una – 7 casos;

Barro Preto –  4 casos;

Ibicaraí – 13 casos;

Coaraci – 33 casos;

Belmonte – 5 casos;

São José da Vitória – 2 casos.