VENDA DE FEIJOADA BENEFICIA VÍTIMA DE ACIDENTE EM ILHÉUS

Marcus Vinicius sofre um acidente de moto.
Marcus Vinicius sofre um acidente de moto.

Na noite de domingo (22), dois jovens sofreram um grave acidente de moto no bairro Nelson Costa, zona sul de Ilhéus. Um deles, Neto Anacleto, morreu. O outro, Marcus Vinicius, sofreu uma fratura no maxilar e está internado no Hospital Regional Luiz Viana Filho à espera de procedimentos cirúrgicos. Seus amigos iniciaram uma campanha para angariar recursos para o tratamento.

Nesse sábado (28), a partir das 12 horas, na sede da Associação de Moradores do Hernani Sá, os amigos de Marcus vão vender quentinhas de feijoada por R$ 10, além de sobremesas. O espaço fica entre a praça do bairro e o Colégio Moyses Bohana. Músicos também vão se apresentar no local.

A iniciativa tem o apoio das torcidas organizadas do Vasco da Gama (Guerreiros do Almirante e Guerreiros da Colina), time do coração de Marcus. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (73) 98193-1716, 99177-7564 e 99137-4696.

SECRETARIA DE SAÚDE DE ILHÉUS EXPLICA AÇÕES DE COMBATE À DENGUE

Senhor Emilio Gusmão,

Atendendo a solicitação que o senhor fez por telefone ontem aproximadamente às 15h30min, informei que não teria condições de atendê-lo, tendo em vista que estava em atividade externa e prometi informar os dados pedidos mais tarde.

Observo que os dados pedidos só chegaram a este Departamento, às 14h de hoje (17/03/2016), por conseguinte a solicitação do Senhor às 10h51min não poderia ser fornecida conforme agendei até às 16 horas. Estou passando as solicitações:

a) A sede do município de Ilhéus tem de acordo com nosso acompanhamento do Programa Municipal do Combate a Dengue, 44 bairros, 1.642 quarteirões e 82.226 imóveis no nosso acompanhamento estatístico;

b) O setor de Vigilância Epidemiológica notificou até a 7ª semana epidemiológica, Dengue 1.237, Febre Chikungunya 620 e Zika Vírus 599 casos notificados. O Prefeito de Ilhéus determinou que funcionários de outras secretarias, desenvolvessem atividades no Setor de Vigilância Epidemiológica, para melhorar o lançamento dos casos ocorridos dos agravos citados, como também determinou que um veículo da Secretaria de Serviços Urbanos, dessem suporte as atividades da campanha de combate a dengue no recolhimento de pneus;

c) Por decisão administrativa da Secretaria Municipal de Saúde, só um laboratório de análises clínicas está dando apoio as atividades dos Prontos Atendimento 1 e 2 (respectivamente NAE e antiga SACRO), sendo que as demandas dos Prontos Atendimento, estão sendo atendidas;

d) O Programa Municipal de Combate a Dengue conta hoje com 121 agentes assim distribuídos:

tabela de agentes

 

(mais…)

ITABUNA E ILHÉUS ENTRE AS 10 CIDADES COM MAIOR OCORRÊNCIA DE DENGUE NA BAHIA

dengue-11-07O número de casos de dengue na Bahia esse ano subiu para 78.257.  A quantidade  é superior a de todo o ano passado, quando foram feitas 74 mil notificações.

Nos primeiros oito meses desse ano, o município com maior incidência é Feira de Santana, com 4.192 ocorrências. Em segundo aparece Teixeira de Freitas, que fez 3.442 notificações.

Itabuna teve 2.590 ocorrências e Ilhéus, 2.381, ambas estão na lista dos 10 municípios baianos que mais notificaram casos da doença em 2013.

700 CASOS DE DENGUE EM ILHÉUS

dengue alvoDesde o primeiro dia do ano até hoje foram registrados 700 casos de dengue em Ilhéus. É o que revela dados da Secretaria Estadual de Saúde.

No sul da Bahia, a situação é mais preocupante é de Una, que já fez 695 notificações. Durante todo o ano passado, o município informou 86 casos da doença.

No estado, os municípios com a maior quantidade de casos de dengue são Brumado, Feira de Santana, Guanambi, Jequié, Teixeira de Freitas. Cada município destes fez mais de 2 mil notificações. Na Bahia foram registrados 47.148 casos suspeitos de dengue.  Informações do A Região.

CASOS DE DENGUE AUMENTAM EM ILHÉUS

Números apresentados pela Vigilância Epidemiológica da Bahia e divulgados pelo jornal A Região mostram que os casos de dengue em Ilhéus cresceram 55,6% em relação ao mesmo período do ano passado.

Neste ano foram 2523 notificações contra 1.622 de 2011. Houve o registro de 17 casos de dengue hemorrágica e uma morte.

Os bairros do Malhado, Teotônio Vilela, Conquista, Nossa Senhora da Vitória e Nelson Costa foram os mais atingidos.

O segundo bairro em número de casos é o Teotônio Vilela, seguido da Conquista. No primeiro foram registrados 269 casos e no segundo 265.

A FARRA DOS ATESTADOS MÉDICOS NA SECRETARIA DE SAÚDE DE ILHÉUS

O jornal A Região deste sábado (13) traz denúncia sobre a farra dos atestados médicos na secretaria de saúde de Ilhéus.

Segundo a publicação, a esperteza de um grupo de agentes de endemias vem comprometendo o combate à dengue na cidade. Muitos têm deixado de comparecer ao trabalho alegando que estão doentes ou foram acompanhar parentes ao médico.

Se somadas todas as faltas dos agentes no mês passado, dariam 300 dias sem trabalhar. Para engrossar o caldo, informações obtidas pelo jornal indicam que um dos funcionários trabalhou somente seis dias nos últimos seis meses.

A irresponsabilidade de muitos servidores pode agravar os casos de dengue na cidade. No início deste mês, a secretaria de saúde do estado colocou Ilhéus na lista dos dez municípios que podem ter epidemia de dengue no próximo verão (veja aqui).

A secretaria de Saúde abriu processo administrativo para investigar a farra de atestados médicos dos agentes de endemias de Ilhéus. Os preguiçosos podem ser punidos com a perda do emprego.

ILHÉUS E ITABUNA NA LISTA NEGRA DA DENGUE

Reprodução Rede Bahia.

O Comitê Estadual de Prevenção à Dengue incluiu Ilhéus e Itabuna na lista de cidades em situação de risco ou alerta em relação à doença para o próximo verão.

Além dessas, constam na relação Salvador, Feira de Santana, Senhor do Bonfim, Guanambi, Jacobina, Serrinha, Jequié e Teixeira de Freitas.

O Comitê é formado por representantes do poder público e da sociedade civil e tem como objetivo propor ações de prevenção à dengue.

Levantamento do governo do estado aponta que, até o dia 29 de setembro desse ano, foram notificados 66.684 casos de dengue na Bahia, número 30,81% maior do que no mesmo período do ano passado.

ILHÉUS REGISTRA 2411 CASOS DE DENGUE

Números preocupam.

Os números da dengue preocupam em Ilhéus. Nos seis primeiros meses desse ano, 2411 casos foram notificados.

De acordo com reportagem da TV Santa Cruz, 55 casos foram confirmados pela coordenação de vigilância epidemiológica do município como dengue clássica e dez pacientes registraram o tipo hemorrágico da doença. Uma morte foi confirmada.

A cidade apresenta índice de infestação predial de 7,1%. O percentual significa risco de epidemia.

ILHÉUS TEM SOMENTE 60 AGENTES DE ENDEMIAS. OS MOSQUITOS FAZEM A FESTA

Itabuna só perde na Bahia em casos de dengue para Salvador. O número de registros é absurdo, girando em torno de 3,5 mil só esse ano.

Na cidade vizinha, a prefeitura coloca nas ruas, todos os dias, 140 agentes de endemias e o município está desse jeito.

Em Ilhéus, somente 60 agentes fazem o trabalho de combate à dengue. A prefeitura não se move para colocar mais funcionários nas ruas, na tentativa de impedir uma epidemia.

No ano passado, o município realizou concurso público, mas até agora não convocou sequer um agente. No entanto, os cargos comissionados, que oferecem  salários gordos e pouco trabalho, não ficam vazios.

UM PRATO CHEIO PARA O MOSQUITO DA DENGUE

Moradores da Rua 2, no Jardim Pontal, em Ilhéus, já cansaram de ligar para a vigilância epidemiológica do município pedindo a visita de agentes numa casa abandonada.

Segundo leitores do blog, na casa (número 35) existe uma piscina aberta, sem manutenção, que acumula muita água, um prato cheio para o mosquito aedes aegypti.

CASOS DE DENGUE DIMINUEM EM ILHÉUS

Os casos de dengue em Ilhéus caíram cerca de 40% em 2012. Segundo o A Região, entre primeiro de janeiro e ontem (quinta-feira, 12) foram notificados 190 casos, no mesmo período do ano passado foram 252 ocorrências.

Os bairros com mais casos registrados estão o Malhado (43) e Teotônio Vilela (25).

Foram confirmados seis casos de dengue hemorrágica e nenhuma morte pela doença.

FAXINAÇO CONTRA A DENGUE

A secretaria de saúde e a Coordenação de Endemias de Ilhéus preparam um calendário de combate à dengue nos bairros onde a infestação pelo mosquito apresenta altos índices.

Amanhã (sábado, 10), começa uma espécie de “faxinaço” no Alto do Coqueiro e no Banco da Vitória, para retirar materiais que acumulam água, distribuir tampas para reservatórios, e realizar trabalhos de conscientização dos moradores.

Em fevereiro, a cidade foi incluída numa lista negra do Ministério da Saúde como uma das 90 no país que apresentam risco de epidemia.

MINISTÉRIO ALERTA PARA SURTO DE DENGUE EM ILHÉUS, ITABUNA ESTÁ FORA

Num relatório divulgado pelo Ministério da Saúde na tarde de ontem (segunda-feira, 13), Ilhéus voltou a figurar na lista dos municípios que podem apresentar surto de dengue esse ano.

O Ministério informou que o número de casos de dengue registrados no país entre os dias 1º de janeiro e 11 de fevereiro de 2012 reduziram em 62%, se comparados a 2011. No entanto, para o ministro Alexandre Padilha, a redução ainda não deixa os municípios e estados numa margem de segurança e as ações de combate devem continuar.

Na relação dos 91 municípios com risco de surto, é a primeira vez que Itabuna não aparece. 

DENGUE: ILHÉUS EM ALERTA

Novos dados da secretaria de saúde da Bahia apontam risco de epidemia de dengue em Ilhéus. A cidade possui 9% de infestação predial.

Os maiores índices de infestação são encontrados no Alto do Carvalho (30%), Banco da Vitória, (22%), Alto do Coqueiro e Novo Vilela, que apresentaram o mesmo nível, com 21,9%.

O bairro do Salobrinho, que em outubro tinha o maior índice da cidade, 19,8%, reduziu o número e chegou aos 10%.

VERBA EXTRA PARA A DENGUE, COMO SERÁ USADA?

Setenta e cinco municípios baianos foram incluídos pelo Ministério da Saúde numa lista de cidades que receberão verba adicional para ajudar no combate à dengue.

Entre as cidades estão Salvador, Ilhéus e Itabuna, que devem usar o dinheiro para a qualificação das ações de prevenção e controle da doença.

Para Itabuna, a verba é de R$ 142.722,21. Já Ilhéus receberá R$ 146.469,69, um tanto mais que a cidade vizinha.

Resta saber como essa grana extra será aplicada em duas cidades marcadas pela péssima gestão da saúde.