EXCLUSIVO: MÉDICO DENUNCIA PÉSSIMAS CONDIÇÕES DA POLICLÍNICA DE ILHÉUS

Imagens extraídas de vídeo no Youtube.

O médico neurologista Montival Lucas Neto, servidor público de Ilhéus, por meio de um vídeo denunciou as péssimas condições de trabalho da Policlínica Municipal que funciona na antiga sede da secretaria de saúde, no bairro Cidade Nova.

A unidade funcionava na Conquista, mas foi transferida pelo governo Marão.

As imagens gravadas na manhã desta quarta-feira, 12, mostram muitas pessoas à espera de atendimento, ambientes insalubres e inadequados para uma clínica médica.

No vídeo é possível ouvir pessoas encorajando o médico a fazer a gravação e divulgá-la. Montival afirma não ter medo de perder o emprego e que não passará fome caso aconteça.

Com exclusividade, tivemos acesso ao teor de uma mensagem que Montival Lucas encaminhou para a coordenadora responsável pela Policlínica. Leia.

“Sra. coordenadora, ao chegar a policlínica, encontrei a sala de atendimento ainda pior, fios descobertos, o reboco que já estava caído ainda mais danificado, fétido, a maca não estava na sala, corredores cheios, cadeirantes, idosos dementes, resolvi não atender temendo com a piora dos idosos e minha saúde, devido também a muito mofo.

Não abandonei a minha responsabilidade. Olhei as salas dos colegas que estavam nas mesmas condições. Diante deste [quadro] resolvi não atender. Na próxima semana se estiver desta forma também tomarei essa atitude. Sou pai tenho família, e humilhado, testemunho a minha indignação a secretaria de saúde. Boa tarde!

Dr. Montival Lucas Neto”.

Ligamos para o secretário de saúde, Geraldo Magela, mas não conseguimos contato.

Assista o vídeo.

MAKRISI E JAMIL RECEBERAM MEDALHAS DE INSTITUTO QUE É ALVO DE APURAÇÃO DO TCM

Makrisi e Jamil foram homenageados pelo “pagou ganhou” do Instituto Tirandentes.

O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM) vai apurar a compra de diplomas e medalhas, por parte de prefeitos e vereadores – que são vendidos por empresários espertalhões, a título de honraria, por suposto destaque na administração municipal ou desempenho nas câmaras em cidades do interior do Brasil.

O TCM vai instaurar processo para que prefeitos e presidentes de câmaras municipais devolvam aos cofres públicos os recursos gastos com a taxa de inscrição para a “cerimônia de entrega da honraria”, assim como os valores gastos de recursos públicos com diárias, hospedagem e transporte para o local do evento.

A decisão de instaurar a investigação para punir os gestores públicos baianos envolvidos foi tomada nesta segunda-feira, 06, pelo presidente do TCM, conselheiro Francisco de Souza Andrade Netto, após reportagem exibida pela Rede Globo de Televisão, no programa “Fantástico”, no último domingo, denunciando a verdadeira indústria de venda de homenagens que existe no país que atrai – e em alguns casos ilude – gestores públicos de municípios de todo o país.

A reportagem comprovou a venda de “diploma de mérito e medalha” ao mostrar um jumento – que foi identificado como administrador municipal – sendo homenageado como um dos “Cem melhores prefeitos do país”.

Numa apuração preliminar feita pelo TCM, 26 prefeituras e 30 câmaras municipais baianas pagaram pelas distinções negociadas pelas empresas “União Brasileira de Divulgação – UBD” e “Instituto Tiradentes”, nos anos de 2017 e 2018. Os diplomas e medalhas custaram um total R$92.983,00.

O “Instituto Tiradentes” foi mais ativo, arrecadou R$80.833,00 nos municípios – 13 prefeituras em 2017 e 26 câmaras no mesmo ano. Em 2018 vendeu prêmios para 12 prefeituras e 10 câmaras. Já o UBD teve como clientes oito prefeitos em 2017 e dois prefeitos em 2018. E ganhou R$12.150,00.

Em Ilhéus, o vereador Makrisi (PT) e o ex-vereador Jamil Ocké (PP) receberam honrarias  do Instituto Tiradentes, em 2018, que serão apuradas pelo TCM (veja aqui e aqui).

Atualizado às 12h13min., de 09 de agosto de 2018.

O ex-vereador Jamil Ocké enviou explicações, leia aqui.

SITUAÇÃO DE CANAL INCOMODA MORADORES DO MALHADO

Imagem feita por um morador do bairro.
Imagem feita por um morador do bairro.

Em denúncia feita ao Blog do Gusmão na manhã desta segunda-feira (30), moradores reclamam da atual situação do canal que fica próximo à Colônia de Pescadores, na Rua Agamenon, no bairro do Malhado.

Segundo um morador, a proliferação de mosquitos tem aumentado consideravelmente devido ao despejos de esgoto domiciliar e de lixo. Os moradores também reclamam do mato, que já tomou conta de parte do canal e pedem que o poder público limpe a área.

ITABUNA: FESTIVAL DE ERROS NO SETOR DE LICITAÇÕES

licitação

Todos os dias são publicadas erratas de licitações no site da prefeitura de Itabuna. Corriqueiramente, os editais são publicados e depois cancelados.

Denúncia que chegou a este blog por e-mail, contesta a competência de Celso Ataulfo, presidente da COPEL, e Mariana Alcântara, secretária de administração.

O denunciante, que prefere não se identificar, afirma que o prefeito Vane ainda não se deu conta dos inúmeros erros. No final, segundo o autor, Vane será o maior prejudicado quando suas contas passarem pelo crivo do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia.

POLÍCIA PRENDE ACUSADO DE TRÁFICO DE DROGAS NO ALTO DA LEGIÃO

Traficante Zoi.
Zoi.
Foto: PM.

Na tarde de ontem (14), a guarnição do Peto 70, subiu o Alto da Legião, em Ilhéus, em busca de indivíduos que haviam praticado assalto na praia do Marciano. Os mesmos, fugiram para o local e deixaram para traz objetos roubados.

No morro, ao entrar numa residência, policiais afirmaram ter encontrado com Leonardo Silva Santos (Zoi), uma submetralhadora calibre 9mm (municiada com 05 cartuchos), 01 escopeta calibre 12(com 03 cartuchos), 118 gramas de cocaína,1 kg de maconha prensada e 54 gramas de crack.

O acusado foi encaminhado para a DP juntamente com o todo o material apreendido, a vítima do assalto e os objetos do roubo.

MATERNIDADE SANTA HELENA: GESTANTE CORRE RISCO DE VIDA SE NÃO PAGAR 500 REAIS

Maternidade-de-Ilheus-300x181Denúncia chegada até este blog, por e-mail, revela que na Maternidade Santa Helena, em Ilhéus, há um médico do SUS (Sistema Único de Saúde) que exige quinhentos reais para fazer um parto.

Segundo o e-mail, o médico teria feito a “oferta” na tarde de ontem (21), às 14h, após o rompimento da bolsa amniótica de uma gestante. Até o início da manhã de hoje (22) a paciente, que recusou a proposta, ainda não havia sido atendida. A situação gerou riscos para a saúde da mãe e do bebê.

O SUS foi criado no Brasil em 1988 com a promulgação da nova Constituição Federal e tem como objetivo tornar o acesso gratuito à saúde.  Neste caso, a cobrança do médico é inconstitucional.

SAÚDE: PRESTADORES DE SERVIÇOS DENUNCIAM GOVERNO MUNICIPAL

Prestadores de serviços na saúde, que estão em dia com as obrigações fiscais, reclamam dos atrasos constantes da prefeitura de Ilhéus. Representantes das empresas protocolaram denúncia no ministério público estadual e federal, no dia 23 de março.

Os atrasos têm gerado “enormes dificuldades econômicas, comprometendo a saúde financeira das empresas”, especialmente pelo fato de terem que arcar com os impostos das notas fiscais emitidas e não pagas.

O débito ocorre desde novembro de 2012. Os prestadores foram informados que o governo atual necessita aprovar na câmara uma dotação orçamentária para liquidar as dívidas da gestão anterior (governo Newton Lima).

Em relação aos atrasos equivalentes a 2013, os prestadores não conseguem obter respostas e previsões de pagamento.

Com essa situação, eles alertam para a possibilidade de interromperem o atendimento aos clientes do SUS, fato que vai gerar sérios problemas à população.

Os recursos da “MAC” (Média e Alta Complexidade) são repassados regularmente pelo governo federal à prefeitura de Ilhéus.

Clique no leia mais para ler a denúncia.

(mais…)

ILHÉUS: SERVIDORA TEVE DOCUMENTOS ALTERADOS E FICOU FORA DO “MINHA CASA, MINHA VIDA”

Lista de prejudicados pode ser bem maior.
Lista de prejudicados pode ser bem maior.

Excluída da lista de beneficiários do programa federal “Minha Casa, Minha Vida”, a ilheense Marilene Pereira Santos, servidora municipal de Itabuna, resolveu investigar o sumiço repentino de seu nome da relação.

Como conta o Blog do Ricky, Marilene vive com um salário mínimo e tem um filho menor de idade. Cumpriu todas as etapas necessárias para adquirir o apartamento do programa em Ilhéus: inscrição, entrevista, apresentação de documentos.

Apesar de se enquadrar nos parâmetros e ter recebido a garantia de inclusão no programa, a surpresa veio em novembro do ano passado, quando a prefeitura divulgou a lista dos beneficiados, onde não constava seu nome.

Intrigada e vendo pessoas supostamente sem necessidades sendo contempladas, resolveu investigar o sumiço repentino de seu nome.

Marilene Santos entrou com representação contra a Prefeitura de Ilhéus no Ministério Público Federal (MPF). Após investigação e análise de documentos, o MPF orientou a servidora a resgatar o dossiê comprobatório de sua condição social junto à prefeitura e Caixa Econômica.

Ao ter acesso à papelada, a servidora constatou que o campo onde constava sua renda tinha sido alterado com corretivo líquido. O valor do salário mínimo informado por ela, segundo o Blog, tinha sido substituído por outra quantia acima do limite exigido pelo programa.

Comprovada a fraude, O MPF aconselhou Marilene a denunciar o município à Polícia Federal, como assim fez.

A servidora estima que, pelo menos, 40 pessoas foram vítimas desse tipo de fraude, praticada, nitidamente, durante o governo do ex-prefeito Newton Lima.

Ainda de acordo com o Blog do Ricky, a Polícia Federal, Civil e o Ministério Público Federal, estão envolvidos na investigação. Marilene espera que os responsáveis pela fraude sejam identificados e que uma nova lista seja organizada.

TEMOR NA CARGIL

Funcionários da multinacional Cargil, que trabalham na unidade de Ilhéus, estão com receio de uma demissão em massa.

Nesta quinta (29), 14 empregados foram demitidos. Segundo informações, o motivo alegado pela empresa foi redução de custos.

O Sindicacau, que representa os trabalhadores, agendou reunião com a direção da empresa para amanhã (sexta, 30), onde será discutido o problema. Segundo Luiz Fernandes, presidente do sindicato, o temor de novas demissões é grande.

A entidade observa que a empresa recebeu no ano passado investimentos públicos para ampliar a produção em Ilhéus e, mesmo assim, pretende deixar mais trabalhadores desempregados.

MÉDICO JOSÉ LOURENÇO DETONA, MAIS UMA VEZ, A ATUAL DIREÇÃO DA SANTA CASA

O médico José Lourenço, ex-diretor clínico do Hospital São José, faz novas denúncias contra a direção da Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus.

Segundo Lourenço, a esposa de um diretor detém 98% do controle acionário de uma clínica que funciona dentro do Hospital. O estatuto da Santa Casa proíbe o vínculo.

O médico lança outros indícios sobre a existência de mais “esquemas” de favorecimento dentro da instituição.

Leia o artigo de José Lourenço.

Irmandade oculta, omissa ou conivente?

Os dirigentes da Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus precisam rapidamente esclarecer à sociedade quem são mesmo “os profissionais médicos de Ilhéus e de outras cidades circunvizinhas” que irão assumir a terceirização da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São José, conforme informaram numa carta-resposta (leia clicando aqui) às minhas críticas enviada aos jornais, sites e blogs desta cidade (leia clicando aqui). Afinal, um serviço tão importante e essencial como este necessita funcionar de forma transparente, em especial numa instituição que tem por finalidade dos seus estatutos a filantropia.

Na mesma oportunidade, também seria de bom alvitre a direção tornar público a que pé ficou a responsabilidade de cada um nesta privatização. Sim, privatização. Ou você, caro leitor, acha que ao assumir um setor de um custo tão alto, um grupo de médicos empresários não vá pensar em faturamento?

Na carta em que tentam responder a alguns dos questionamentos que fiz no artigo anterior, os dirigentes da Santa Casa afirmam que a tarefa de tocar a UTI foi oferecida aos médicos que já atuavam naquele setor vital da instituição. Só “esqueceram” de informar que, para chegar a este grupo que agora irá assumi-la, eles usaram de dois pesos e duas medidas.

Aos antigos, a proposta era de que eles arcassem com todas as despesas, com a direção da Santa Casa continuando a controlar a receita. Para os novos investidores, uma proposta bem diferente. Talvez, lucrativa, para alguns ou alguém. E preocupante para a cidade: o Hospital São José seguiria arcando com o salário dos 32 funcionários do setor durante um ano, mais um ano de carência, sem repasses para o hospital.

(mais…)

DESRESPEITO COM O PASSAGEIRO

Desrespeito é pouco para denominar o que as empresas de transporte urbano Viametro e São Miguel têm feito com moradores do condomínio Nova Esperança, em Ilhéus.

Moradores que necessitam do transporte até o condomínio, localizado num alto atrás da rodoviária, estão tendo que subir a ladeira a pé, porque os motoristas foram orientados a não irem até o local.

Leitores do Blog do Gusmão denunciam que ao entrar em contato com as duas concessionárias, as respostas são taxativas: os ônibus não podem subir a ladeira porque o asfalto está em péssimo estado, causando danos aos ônibus e prejuízo às empresas.

E quanto aos transtornos causados aos passageiros, que pagam tarifa de R$ 2,40 e não tem o serviço prestado integralmente? E os idosos, gestantes, deficientes, que não podem subir a ladeira a pé?

JORGE BAHIA E NEWTON LIMA QUEREM LOTEAR O MORRO DE PERNAMBUCO

Patrimônio da cidade pode ser entregue à iniciativa privada.

No apagar das luzes, o prefeito Newton Lima e o secretário de planejamento Jorge Bahia pretendem lotear o Morro de Pernambuco, patrimônio histórico e natural de Ilhéus.

A dupla planeja derrubar o decreto de tombamento do morro, assinado em 1997, durante o governo de Jabes Ribeiro.

O ex-secretário de obras do município, Paulo Goulart, representante dos interesses da iniciativa privada, faz pesado lobby para que a medida seja levada à frente.

FIEL É BARRADO NA ASSEMBLÉIA DE DEUS

Hugo (esquerda) proibiu Salatiel de visitar os templos.

Salatiel Teles, fiel da igreja Assembleia de Deus em Ilhéus, garante que está sendo perseguido pelo presidente da congregação na cidade, o pastor Hugo Noival.

Em agosto, Salatiel denunciou práticas autoritárias do pastor, que proibiu candidatos à câmara de entrarem nos templos. Na lista dos autorizados a fazer campanha dentro das igrejas, estava a filha de Hugo, Hulda Noival, que conseguiu 605 votos no último dia 07.

Por denunciar a prática, Salatiel foi alvo de três processos movidos pelo pastor. O presidente da congregação queria que os textos fossem apagados do facebook.

O juiz Jorge Luiz Dias Ferreira, da 3ª vara cível, indeferiu a liminar.

Derrotado na justiça e nas urnas, a nova investida de Hugo Noival aconteceu na noite de ontem (segunda, 15).

Salatiel relatou no facebook que chegou no templo principal para assistir um culto, acompanhado de familiares, quando foi barrado pelo pastor Hugo.

Nervoso, o pastor teria dito que o “irmão’ só entraria na igreja, depois que ele deixasse a presidência. Afirmou que Salatiel não é batizado e que anda “falando mal” de sua família.

Ofendido, o fiel deixou o prédio envergonhado. Mais tarde, prestou queixa na delegacia e pretende ingressar no Ministério Público contra o pastor.

Clique no leia mais para ler o texto publicado por Salatiel no facebook.

(mais…)

ILHÉUS: PT USA HORÁRIO DOS CANDIDATOS A VEREADOR PARA ATACAR ADVERSÁRIO. JUSTIÇA VEDA A PRÁTICA

A coligação “Ilhéus Mais Forte”, liderada pela candidata do PT, Carmelita Ângela, vem usando parte do tempo do programa eleitoral destinado aos candidatos a vereador para atacar oponentes.

Em pelo menos quatro inserções no programa dessa quinta-feira (30) aparecem referências, sem citar nome, ao candidato do PP, Jabes Ribeiro.

O programa usa o termo “a turma que quer voltar” e diz para o eleitor escolher “alguém que não promete que vai fazer”. Mais a frente, usa um jinglle que diz “o J aqui já era”.

Segundo o Artigo 43 da resolução Nº 23.370 do Tribunal Superior Eleitoral, que pauta a propaganda eleitoral deste ano, “É vedado aos partidos políticos e às coligações incluir no horário destinado aos candidatos às eleições proporcionais propaganda das candidaturas a eleições majoritárias, ou vice-versa, ressalvada a utilização, durante a exibição do programa, de legendas com referência aos candidatos Inst nº 1162-41.2011.6.00.0000/DF 24 majoritários, ou, ao fundo, de cartazes ou fotografias desses candidatos (Lei nº 9.504/97, art. 53-A, caput)”.

No mesmo artigo, inciso 2º, o TSE ratifica a posição: “É vedada a utilização da propaganda de candidaturas proporcionais como propaganda de candidaturas majoritárias e vice-versa (Lei nº 9.504/97, art. 53-A, § 2º)”.

No artigo 42, inciso 1º, a resolução proíbe também o uso do horário para satirizar ou ofender adversários.

Se for denunciada e provada a infração, o PT e toda sua coligação pode ficar fora do horário eleitoral.

Ouça abaixo o programa dos candidatos a vereador onde aparecem inserções criticando o adversário.


PROG. POLITICO 30-08-2012 by Andrei Sansil Blog

ILHÉUS: APÓS MORTE DE CRIANÇA, FAMÍLIA RECLAMA DE FALTA DE MÉDICO E EQUIPAMENTO

Uma família de Ilhéus denuncia a morte de uma criança por falta de atendimento adequado no hospital regional.

João Victor Ribeiro, 10 anos, morreu na quarta-feira (18) após uma cirurgia. Segundo os parentes da criança, houve demora para fazer um exame e a operação que poderiam salvá-lo.

Ao G1, familiares disseram que no Hospital Regional Luís Viana Filho, onde ele foi atendido, a máquina de tomografia estava quebrada e não havia neurocirurgião de plantão.

No último domingo (15), o menino caiu do telhado de um galpão onde foi pegar um brinquedo. A queda de uma altura de 5 metros machucou bastante e ele foi socorrido pelo SAMU.

A criança precisava do exame para depois ser submetido ao procedimento cirúrgico. Mas, segundo parentes, o exame demorou para ser feito.

O diretor técnico do hospital, Gustavo Cunha, afirmou que não tinha vaga na UTI e que a sala onde fica o tomógrafo passa por obras, impossibilitando o atendimento.

Só dois dias depois de chegar ao hospital, João Victor foi operado, mas já era tarde e ele faleceu na quarta-feira (18).