SEM DR. RUY, ENCONTRO DO PV REUNIU 27 PESSOAS

O encontro do Partido Verde realizado na tarde deste sábado (13), em Ilhéus, só não foi um fracasso total devido às visitas de figuras importantes do estado e da região que pertencem à sigla.

O debate primou pela qualidade, deixando a quantidade de lado, sendo que apenas 27 pessoas prestigiaram o evento.

Vale lembrar que das 27 presentes, apenas duas pertencem ao diretório municipal de Ilhéus.

Os deputados federais Luiz Bassuma (pré-candidato ao governo do estado), Edson Duarte (pré-candidato ao senado) e o presidente estadual Ivanilson Gomes tentaram justificar a candidatura própria ao palácio de Ondina, ressaltando a importância da formação de um palanque na Bahia para a senadora Marina Silva, presidenciável do partido. O grupo “melancia”  (vermelho por dentro e verde por fora), ligado ao governador Jaques Wagner, não foi poupado, principalmente o ministro da cultura, Juca Ferreira, chamado por Ivanilson Gomes de ardiloso, mentiroso e “serviçal a serviço do poder”.

Esperançoso, Bassuma garantiu que chegará ao segundo turno e vencerá as eleições deste ano.

Os verdes foram comedidos nas críticas ao médico Ruy Carvalho (outro melancia), classificando-o apenas de incoerente, já que deixou o PT “atirando” em Wagner, para depois defendê-lo, mesmo estando no PV.

O radialista Val Cabral e o vereador Gerson Nascimento, do diretório municipal de Itabuna, marcaram presença e enfatizaram a importância da candidatura de Bassuma.

Dirigentes de partidos “irmãos” (PRB, PTN e PSC) se solidarizaram com o PV de Ilhéus, preenchendo algumas cadeiras na diminuta platéia.

Apesar de reunir poucas pessoas, assuntos importantes foram debatidos, relacionados ao desenvolvimento sustentável e à preservação do meio ambiente.

Veja as fotos.

(mais…)

ZONA COSTEIRA – UM ECOSSISTEMA VALIOSO

“Tendo-se esta visão, destaco a importância da presença da ferrovia e do porto Sul na região cacaueira, sem perder de vista o desenvolvimento sustentável, para que a presente e as futuras gerações possam se utilizar dos recursos naturais”.

Por Ronaldo Lavigne.

Os ambientes marinhos e costeiros do Brasil vêm sofrendo nos últimos anos um considerável processo de degradação ambiental gerado pela crescente pressão sobre os recursos naturais marinhos e continentais e pela capacidade limitada desses ecossistemas absorverem os impactos resultantes.

Esses ambientes, em função de suas características e atributos, são utilizados para a atividade petrolífera, portuária, agricultura e agroindústria, aqüicultura, carcinicultura, extração mineral, extração vegetal, extrativismo, pecuária, pesca, reflorestamento, salinas, recreação, urbanização e zonas de conservação dos ecossistemas.

(mais…)

IMPRESSÕES SOBRE A AUDIÊNCIA PÚBLICA DA FERROVIA OESTE-LESTE, EM ILHÉUS

A audiência pública que apresentou à sociedade ilheense o projeto da Ferrrovia de Intregração Oeste-Leste mostrou que há uma divisão acentuada entre pessoas favoráveis à construção, adeptas do desenvolvimentismo positivista, cujo lema é o progresso e a geração de empregos, e os contrários, alcunhados como ambientalistas, que pregam o desenvolvimento sustentável com respeito às vocações econômicas naturais da região.

Foi uma noite do exercício da democracia, onde as opiniões foram externadas com liberdade, porém, muitos questionamentos relacionados à organização do evento e suas regras foram direcionados à mesa.

No início, com o auditório já lotado, o ar condicionado insistia em não funcionar, situação que causou mal-estar nos participantes.

O horário estabelecido para o começo dos trabalhos (19:00 h) recebeu muitas críticas, pois a medida que o tempo foi passando, as pessoas foram se retirando, já que o transporte coletivo de Ilhéus funciona até meia-noite.

A data marcada, em um sábado, não foi bem recebida pelas comunidades rurais envolvidas no projeto (Juerana, Ponta da Tulha, Lagoa Encantada), já que o dia da semana foi considerado inapropriado para a participação plena dos seus representantes, uma vez que costumam trabalhar nas feiras populares, vendendo seus produtos.

Perguntas relacionadas ao Porto-Sul não foram aceitas pela mesa, sob a alegação de que são projetos diferentes, analisados de forma distinta, que renderão dois processos de licença ambiental.

Os ambientalistas não receberam bem a advertência, já que as estimativas de cargas que serão transportadas pela ferrovia, prevêem que o minério de ferro (a ser exportado pelo porto) é na verdade o principal motivo para colocação dos trilhos.

Pedidos de cancelamento da audiência foram encaminhados, mas, negados. Defensores e contrários dividiram opiniões, com alguns momentos tensos.

De qualquer forma o civilismo e o debate educado prevaleceram.

Veja fotos de alguns participantes, e imagens com legendas que sintetizam determinados momentos.

(mais…)

MARINA SILVA QUER TRANSFORMAR O BRASIL ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO

O programa do PV enfatizou a história da senadora Marina Silva e a educação como prioridade.

Depois de Lula, Marina é a personalidade da política brasileira mais conhecida fora do Brasil. De origem também humilde, com certeza vai dar trabalho nas eleições deste ano.

Programa do PV from Partido Verde on Vimeo.

MARINA SILVA CRITICA PARTICIPAÇÃO DE DILMA NA COP-15

Do Abril Notícias.

A senadora e pré-candidata do PV à Presidência da República Marina Silva (AC) classificou hoje de contraditória a participação da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, potencial candidata do PT às eleições presidenciais de 2010, na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-15), em Copenhague. A senadora referiu-se ao fato de o Brasil não ter se comprometido com o aporte de recursos para o fundo global de combate às mudanças climáticas e com a declaração de Dilma, chefe da delegação brasileira neste fórum, de que a contribuição de US$ 1 bilhão que o Brasil poderia dar não fazia “nem cosquinha”.

Para Marina, independentemente do valor, a iniciativa brasileira serviria como exemplo ético para os países desenvolvidos reunidos na Conferência do clima. E lamentou: “Nunca vi uma situação tão desamparadora, os homens mais poderosos do planeta sem uma solução.” A senadora fez, ainda, questão de lembrar: “Um País (Brasil) que empresta US$ 10 bilhões ao FMI e o BNDES que empresta R$ 3 bilhões para a pecuária insustentável (frigoríficos) tem condições sim de emprestar recursos para um fundo global de combate às mudanças climáticas.”

(mais…)

MOÇÃO DE REPÚDIO CONTRA O ABANDONO DO MUSEU DO CACAU EM ILHÉUS

E-mail enviado por Edson de Souza Carvalho

A III Conferência Estadual de Cultura, que ocorreu de quinta a domingo(26 a 29/11) no Centro de Convenções em Ilhéus, contou com aproximadamente 3.000 participantes, entre delegados, convidados e ouvintes dos 26 Territórios de Identidade da Bahia, que teve como tema central “Cultura, Diversidade, Cidadania e Desenvolvimento”.

Foram discutidos cinco eixos temáticos: I-Produção Simbólica e Diversidade Cultural; II-Cultura, Cidade e Cidadania; III-Cultura e Desenvolvimento Sustentável; IV-Cultura e Economia Criativa e V-Gestão e Institucionalidade da Cultura.

Os eixos que mais chamaram a atenção foram: Cultura, Cidade e Cidadania e Cultura e Desenvolvimento Sustentável, nos seus sub-eixos, Memória e Transformação Social e Patrimônio Cultural, Meio Ambiente e Turismo, respectivamente. Pelo simples fato de Ilhéus abrigar uma conferência a nível estadual e não cuidar de seu patrimônio, neste caso o Museu do Cacau que se encontra abandonado há mais de dez anos.

CRIADO EM ILHÉUS CORREDOR ECOLÓGICO LAGOA ENCANTADA/SERRA DO CONDURU

Do blog Acorda Meu Povo.

Com a sanção do projeto de lei de autoria do vereador Alisson Mendonça, Ilhéus passou a ter, a partir de agora, a Área de Relevante Interesse Ecológico (Arie), que atuará sob a denominação de Corredor Ecológico Lagoa Encantada/Serra do Conduru, localizado no distrito de Aritaguá. O corredor ecológico vai conectar a Área de Proteção Ambiental (APA) da Lagoa Encantada e do Rio Almada com o Parque Estadual da Serra do Conduru, duas unidades de conservação estaduais em território municipal.

Leia mais.

O CLIMA E A PAZ

Artigo da senadora Marina Silva para o Terra Magazine.

Marina SilvaNa última sexta-feira, o Comitê Nobel anunciou a escolha do presidente dos Estados Unidos Barack Obama como o vencedor do Prêmio Nobel da Paz de 2009, em reconhecimento “pelos seus extraordinários esforços para reforçar a diplomacia internacional e a cooperação entre os povos”.

Com apenas nove meses no cargo, a escolha surpreendeu a muitos, inclusive o próprio Obama, que o recebeu com humildade, ou, em suas palavras, como “um chamado”. Ele precisa mesmo ser muito incentivado.

Para obter sucesso em seus esforços pela paz, Obama não poderá esquecer da questão ambiental. Comprometer-se em preservar o meio ambiente e reduzir a emissão de gases de efeito estufa também é buscar a paz. Especialistas apontam o colapso ambiental como provável causador de guerras e conflitos em um futuro sombrio no qual o mundo lutará por recursos naturais imprescindíveis, a começar pela água.

Projeções já feitas pelos serviços de defesa americanos mostram que as mudanças no clima representam grande desafio à segurança – não só em território americano como ao redor do mundo – diante da perspectiva de aumento de tempestades e secas, da ocorrência de migração maciça, de pandemias e de outros desastres naturais.

(mais…)

APOSTANDO NO CRESCIMENTO, DILMA VETA META AMBIENTAL MAIS AMBICIOSA

Do Estadão.

dilma-roussefA proposta que o Brasil quer levar para a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, em Copenhague, em dezembro, esbarrou no “desenvolvimentismo” da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, e expôs uma divisão no governo sobre a questão ambiental.

Durante reunião ontem entre ministros e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, as divergências ficaram estampadas. De um lado estava o entusiasmo do ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, que exibia um projeto prevendo a redução de 80% do desmatamento da Amazônia até 2020 e o congelamento nas emissões de gás carbônico (CO2) nos padrões de 2005; de outro, a exigência de Dilma para que sejam feitas previsões com cenários de crescimento do País maior do que o utilizado pela equipe de Minc.

O estudo feito pelo MMA prevê crescimento de 4% ao ano. Dilma achou pouco. E encomendou projeções para crescimentos de 5% e 6%. No novo panorama, as metas podem ficar inalteradas, mas as propostas para emissão de CO2 têm de ser recalculadas para patamares menos ambiciosos. Questionada, a assessoria da Casa Civil não soube informar por que a ministra requisitou novos estudos.

Minc, porém, saiu da reunião comemorando consenso em torno da meta de 80%. Disse que o País terá posição propositiva durante a reunião do clima.

(mais…)

FUNDAÇÃO DE MÔNACO PREMIA MARINA SILVA

Do blog do Partido Verde.

marina_pv883A senadora Marina Silva receberá no dia 10 de outubro, em Mônaco, o Prêmio Mudanças Climáticas, oferecido pela Fundação Príncipe Albert II de Mônaco. Anualmente, a fundação premia pessoas ou instituições com atuação especial e trabalho reconhecido no campo ambiental.

O Prêmio Mudanças Climáticas será concedido à senadora, de acordo com a Fundação Príncipe Albert II de Mônaco, por sua contribuição para a proteção do meio ambiente, mais especificamente por seu trabalho para proteção das florestas brasileiras.

A Fundação, criada em 2006, se dedica, sobretudo, ao financiamento de projetos nas áreas de florestas, biodiversidade, água e meio-ambiente da região do Mediterrâneo. Em 2008 o prêmio Mudanças Climáticas foi concedido a Alain Hubert, explorador belga, da Fundação Internacional Polar.

A VIDA SEXUAL DA PERERECA

De Malu Fontes.

malu fontesPor mais que um indivíduo de bom senso se esforce, jamais entenderá como funcionam, ou melhor, como não funcionam, determinadas engrenagens burocráticas governamentais brasileiras. Tudo bem que o planeta corre risco, o aquecimento global está aí com suas tragédias, a vida na terra está ameaçada, a água pode acabar, os animais precisam ser protegidos da ação predatória humana e a televisão ensina com uma musiquinha que todo mundo deve fazer xixi durante o banho para salvar o mundo.

Tudo isso o cidadão esclarecido é capaz de entender. Já o mesmo não ocorre quando este mesmo indivíduo se põe a pensar por que raios, mesmo com a reunião de todos os esforços dos governos federais, estaduais e municipais não se consegue não apenas erradicar o analfabetismo no Brasil, como, ao contrário, ele cresce até mesmo em regiões estratégicas, como São Paulo e Brasília. Esse mesmo cidadão é mais incapaz ainda de entender como o poder público, pensado de novo como sinônimo das três esferas, é incapaz de retirar das ruas das grandes cidades o imenso exército de crianças miseráveis que equivalem a um celeiro de vidas sem futuro, condenadas que estão a serem incorporadas aos exércitos urbanos do tráfico e a serem soterrados em cemitérios antes de atingir a maioridade.

(mais…)

MARINA SILVA TEM POTENCIAL PARA CHEGAR AO SEGUNDO TURNO

Marina SilvaDeclaração do presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro.

Leia a Coluna de Merval Pereira para O Globo.

Ciro e Marina no jogo

A pesquisa do Ibope divulgada ontem traz boas notícias para dois candidatos: Ciro Gomes, do PSB, mostra-se uma alternativa governista à candidatura oficial de Dilma Rousseff. E a senadora Marina Silva, do PV, desponta com consistência como a grande novidade, com potencial até mesmo para disputar o segundo turno, na opinião do presidente do instituto, Carlos Augusto Montenegro.

Como pesquisa é um retrato do momento, e não a certeza no dia da eleição, nada garante que o resultado em 2010 será o mesmo encontrado pela pesquisa CNI/Ibope divulgada ontem. Mas, como ressalta o presidente do instituto, Carlos Augusto Montenegro, “é preciso analisar as curvas” ao longo do tempo.

As curvas de José Serra e de Ciro Gomes são de estabilidade, a de Ciro com viés de alta.

A curva da provável candidata Marina Silva, do PV, é certamente ascendente, e a da candidata do presidente Lula, ministra Dilma Rousseff, claramente de baixa.

(mais…)

CUBATÃO NA BAHIA. O SECULO XX PEDE PASSAGEM

Artigo sobre o porto sul, de Fábio Feldmann para a Terra Magazine.

Tenho insistido muito na idéia de que o mundo hoje está polarizado entre duas visões: a do século XX versus século XXI. O pré-sal, a era do petróleo, estaria claramente no século passado.

Este conflito está claramente refletido no nosso cotidiano, coexistindo as duas visões do mundo, de modo que o setor empresarial cosmopolita assume um papel inovador e responsável diante da sociedade, bem como o conceito de crescimento econômico e do PIB passa por uma reformulação, incorporando novas dimensões. Do ponto de vista político, o Brasil mantém práticas das capitanias hereditárias e sesmarias, que de tão conhecidas e escancaradas dispensam comentários…

Infelizmente temos no Brasil poucas lideranças governamentais com a visão do século XXI, o que se reflete claramente em políticas governamentais atrasadas e perpetuadoras de modelos superados. Na Bahia, estou acompanhando um “projeto governamental”, que me parece reproduzir Cubatão naquele estado, quando este exemplo se revelou completamente superado em termos de uma idéia de desenvolvimento sustentável, ou seja, aquele que incorpora as dimensões econômica, ambiental e social.

O Governo Federal pretende implantar uma ferrovia ligando Ilhéus-BA a Figueirópolis-TO, a denominada Ferrovia Oeste-Leste (FOL), com o objetivo de permitir principalmente o escoamento de ferro de Caetité e outras commodities, associando a implantação daquele modal à implantação de um porto em Ilhéus (na Ponta da Tulha). A ferrovia tem um custo estimado de 6 bilhões de reais, mediante financiamento do orçamento público, ou seja, o contribuinte brasileiro será o grande financiador. O porto seria objeto de eventual concessão de acordo com a legislação portuária. Quer dizer que num país com pouquíssima capacidade de investimentos públicos, estar-se-ia alocando verdadeira fortuna para um conjunto de obras de infra-estrutura com pouquíssima preocupação em otimizar alternativas já existentes, localizadas em regiões que não possuem os ativos ecológicos do sul da Bahia.

Leia mais.