Justiça determina que Marão retire publicidade irregular das redes sociais

Mário Alexandre, prefeito de Ilhéus.

A Justiça determinou que o prefeito Mário Alexandre (PSD) retire de suas redes sociais toda publicidade institucional considerada irregular. A juíza Raquel François determinou, inclusive, remoção do vídeo ‘Ilhéus em 1 minuto – Ep. 10’.

A decisão acatou um pedido do Ministério Público eleitoral.  O descumprimento da legislação eleitoral gera multa diária de R$ 2 mil.

O pedido da justiça tem como base a utilização habitual do perfil institucional da prefeitura no Instagram para publicidade.

De acordo com o promotor Pedro Nogueira Coelho, a Emenda Constitucional nº 107/2020 mudou o primeiro turno das eleições de 2020 para 15 de novembro, desta forma, não poderia haver nenhum tipo de publicidade desde o dia 15 de agosto.

Segundo o promotor, o vídeo foi publicado no dia 12 de setembro, período em que não se pode dar publicidade institucional dos atos, programas, serviços e campanhas da cidade.

*Com informações do site Bahia.ba.

Aliança entre Marão e Bebeto pode ter “melado”

Mário Alexandre e Bebeto Galvão.

Segundo a notícia feita em primeira mão pelo Jornal Bahia Online, o ex-deputado federal e suplente de Senador, Bebeto Galvão (PSB), pode deixar a candidatura a vice-prefeito na chapa de Mário Alexandre (PSD).

Há informações de que Marão não ficou satisfeito com o resultado de uma pesquisa de opinião pública, segundo a qual, a opção por Bebeto foi precipitada. O prefeito acredita que Bebeto não tem a força necessária para impulsionar a aceitação da chapa.
Segundo fontes ouvidas pelo JBO, Bebeto Galvão está ciente da situação e não aceita ser substituído. O assunto está sendo tratado de maneira sigilosa entre membros dos partidos. O caos está instalado.
De acordo com informações de advogados, a troca pode acontecer se Bebeto pedir para sair. A substituição só não pode ocorrer, caso a deliberação aconteça no limite de 20 dias antes das eleições, exceto por morte.
Ouvido pelo BG, o ex-deputado respondeu: “Nunca nem ouvimos falar disso. “Alguém” está temendo e querendo intrigar”.

Convenção confirma Cacá e Everaldo como candidato a prefeito e vice-prefeito de Ilhéus

Cacá colchões e Everaldo Anunciação.

Da Ascom do PP/Ilhéus.

O Partido Progressista de Ilhéus, homologou nesta quarta-feira,16, as candidaturas de Cacá (PP), a prefeito, e Everaldo Anunciação (PT), a vice. A dobradinha entre os partidos já acontece em nível estadual e se repete na escolha, pelo governador Rui Costa, do vice de Cacá.

Ednei Mendonça, presidente municipal do PT, lembrou que a escolha tem o aval do governador Rui Costa. “Isso é a demonstração de que o PT está nessa caminhada de corpo e alma. Vamos nos dedicar para voltar a ter uma Ilhéus pujante. Estamos aqui com a anuência do governador. Tudo o que tem em Ilhéus foi colocado pelo Governo do Estado. Se tirar as obras do PT e PP estadual, não sobra nenhuma obra da gestão municipal”.

Os partidos PP, PT, PCdoB, REDE e DC se uniram para formar a coligação O Futuro é Agora.

Participaram do evento o deputado estadual Eduardo Salles, o presidente do PT Ednei Mendonça, a ex vereadora, professora Carmelita, o presidente da REDE, Irlan, o vice-prefeito de Ilhéus José Nazal, o presidente do PCdoB Josenaldo Cerqueira , o vice-presidente Rodrigo Cardoso e o presidente do DC , Nikollas Kevyn.

O evento, ainda, contou com a participação on-line do vice-governador, João Leão, do deputado federal, Cacá Leão, do deputado federal Davidson Magalhães, o secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Josias Gomes, presidente da Alba, Nelson Leal, e do secretário estadual do PP, Jabes Ribeiro.

A convenção foi realizada na Câmara de Vereadores, em obediência às normas de distanciamento e higienização, com disponibilização de álcool em gel em todos os ambientes, uso de máscara e acesso restrito.

Ilhéus: Bebeto será o vice de Mário Alexandre

Bebeto Galvão e Mário Alexandre.

Após várias reuniões entre PSB e PSD, o nome de Bebeto Galvão, ex-deputado federal foi escolhido para ser vice na chapa com Mário Alexandre, candidato à reeleição.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (16) durante a convenção do PSB, realizada na Pousada Costa do Cacau, zona sul de Ilhéus.

Bebeto vai participar também da convenção do PSD, que acontece no Morro de Pernambuco, onde seu nome será oficializado na chapa.

*Com informações do Blog Agravo.

Ilhéus: Nilton Cruz vai apoiar reeleição de Mário Alexandre

Nilton Cruz e Mário Alexandre.

O empresário Nilton Cruz (PT) vai apoiar a candidatura à reeleição de Mário Alexandre (PSD) à Prefeitura de Ilhéus.

Mais cedo o BG publicou uma carta aberta à população de Ilhéus na qual Nilton Cruz declara seu desapontamento com a aliança entre PT e PP.

“Tenho quase 30 anos filiado ao PT e nunca tive vergonha disso, mas não concordo com a composição do PT com o PP, não tem sentido essa aliança. Fui procurado por outros candidatos, como Valderico Junior e outros, mas nosso grupo definiu apoio à reeleição de Marão”, declarou o empresário.

*Com informações do site Políticos do Sul da Bahia.

Ilhéus: vice-prefeito José Nazal declara apoio a Cacá Colchões

Foto: Reprodução.

Na manhã desta quarta-feira (16), o vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal (REDE), declarou que vai apoiar o pré-candidato a prefeito Cacá Colchões (PP) nas eleições municipais de 2020.

“Nazal conhece bem a nossa cidade, tem um amplo conhecimento sobre a situação geográfica do município e sempre está disposto a contribuir para o progresso de Ilhéus com responsabilidade” informou Cacá.

Por não estar de acordo com algumas ações, Nazal rompeu com a atual gestão municipal. José Nazal já exerceu diversos cargos na administração pública como secretário municipal e Presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Ilhéus.

*Com informações do JBO.

Nilton Cruz abriu mão do que não seria possível

Nilton Cruz. Foto: Reprodução.

Na terça-feira (15), o empresário Nilton Cruz escreveu uma carta aberta à população ilheense onde presta esclarecimentos sobre sua desistência das eleições municipais de 2020. Nilton se apresentou como pré-candidato a prefeito de Ilhéus pelo PT e no comunicado afirma que seu interesse era ser prefeito e não vice.

Vale lembrar, como foi postado pelo BG em textos recentes, que o empresário Nilton Cruz andava chateado com a tendência de não ser indicado a vice-prefeito na aliança com o grupo do ex-prefeito Jabes Ribeiro (PP). A direção municipal do PT não pretendia indicá-lo por ele não ser ligado ao grupo do secretário estadual (e deputado licenciado) Josias Gomes. Cruz é ligado ao deputado estadual Rosemberg Pinto e o comando do PT temia que ele não dialogasse com a direção, caso fosse eleito vice-prefeito. Sendo assim, Nilton Cruz não desistiu. A verdade é que a direção municipal do PT desistiu dele.

Leia na íntegra a carta de Nilton Cruz:

Caros e caras ilheenses,

Esta carta aberta tem o objetivo de esclarecer alguns fatos a respeito de minha saída estratégica das eleições municipais de 2020, para a qual me apresentei como pré-candidato a prefeito. Prestar estes esclarecimentos faz-se necessário em respeito a todos que, desde o início desta caminhada, abraçaram nossa pré-candidatura. Quem conhece minha história sabe que sempre encarei de frente grandes desafios impostos pela vida. Não seria diferente agora. Compreender a complexidade de administrar nossa cidade e buscar apresentar as saídas para os setores mais carentes como saúde, educação, infraestrutura, geração de emprego e renda e meio ambiente era o que me motivava. (mais…)

Termina hoje prazo para partidos definirem candidatos às eleições

Da Agência Brasil.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que termina hoje (16) o prazo para os partidos realizarem suas convenções internas para escolherem os candidatos que vão disputar os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereadores nas eleições municipais de novembro. A Justiça Eleitoral espera receber mais de 700 mil registros de candidaturas no pleito deste ano.

O prazo está previsto na Lei das Eleições e deveria ter sido encerrado em agosto. No entanto, o período das convenções foi prorrogado por 42 dias devido ao adiamento das datas do calendário eleitoral em função da pandemia da covid-19.

O Congresso adiou o primeiro turno das eleições deste ano de 4 de outubro para 15 de novembro. O segundo turno, que seria em 25 de outubro, foi marcado para 29 de novembro.

O registro dos candidatos escolhidos pelas legendas deverá ser feito até 26 de setembro na Justiça Eleitoral dos estados.

A íntegra do calendário eleitoral pode ser acessada no site do TSE.

Protocolo de saúde

Na semana passada, o TSE definiu o protocolo sanitário com medidas preventivas para eleitores e mesários que vão trabalhar no pleito. Os eleitores só poderão para entrar nos locais de votação se estiverem usando máscaras faciais e deverão higienizar as mãos com álcool em gel antes e depois de votar. A distância de um metro entre as demais pessoas também deverá ser mantida. O TSE recomenda ainda que o eleitor leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação.

Eleitores e mesários que estiverem com sintomas da covid-19 não devem comparecer ao local de votação. Posteriormente, a ausência poderá ser justificada na Justiça Eleitoral. Cartazes ilustrativos com o passo a passo da votação serão divulgados nas seções eleitorais para orientar os eleitores.

PT estadual proíbe apoio a Bêda em Ubaitaba

Bêda. Imagem: Ubaitaba Urgente.

Em Ubaitaba, o diretório municipal do PT decidiu apoiar para prefeito o candidato Bêda (MDB). Porém, uma resolução do diretório estadual do partido solicitou o apoio à candidatura da prefeita Suka do PSB.

Mesmo apelando para o diretório nacional, não haverá tempo para que o recurso seja apreciado até a convenção. A data estabelecida para as  convenções dos partidos é até a quarta-feira (16).

Segundo informações de pessoas do PT de Ubaitaba, 90% do partido vai apoiar Bêda e não vai coligar com nenhum candidato.

Com informações do site Políticos do Sul da Bahia.

Em Feira de Santana Zé Neto tem 29% e Colbert atinge 22%, aponta pesquisa A Tarde/Potencial

Zé Neto e Colbert Martins.

O deputado federal Zé Neto (PT) aparece à frente, numericamente, na disputa pela prefeitura de Feira de Santana, segundo maior colégio eleitoral da Bahia, tendo na cola o prefeito Colbert Martins (MDB). Zé Neto atinge 29% e o prefeito surge com 22% na pesquisa A Tarde/Potencial na estimulada, quando a cartela com os nomes dos postulantes é apresentado. O levantamento tem margem de erro de 4 pontos percentuais.

Na segunda colocação, aparece o ex-deputado estadual Carlos Geilson (Podemos), com 9%, e o vereador Beto Tourinho (PSB), que tem 5%. O empresário Carlos Medeiros (Novo), o deputado estadual José de Arimatéia (Republicanos) e a deputada federal Dayane Pimentel, que realizou convenção nesta quarta (9), têm 2% das intenções de voto cada um. Marcela Prest (PSOL) tem 1%. Outros 11 não sabem em quem votarão e 1% não quis responder. O percentual de votos em branco ou nulo atinge 16%.

A pesquisa, hoje, aponta segundo turno em Feira de Santana, mas o instituto não realizou simulações para aferir as intenções de voto do eleitorado feirense num possível embate em 29 de novembro. O primeiro turno será em 15 de novembro.

Rejeição

O prefeito Colbert Martins parte para a tentativa de reeleição dono da segunda maior rejeição dentre os candidatos, com 54%. Neste item, quem lidera é o deputado estadual Arimatéia, com 59%. Carlos Geilson e Dayane Pimentel têm 52% de rejeição cada um. Na liderança numericamente, Zé Neto é o menos rejeitado, segundo a pesquisa da Potencial, com 39%, seguido por Marcela Prest, com 40%.

A pesquisa encomendada pel´A Tarde ao instituto Potencial consultou 600 eleitores de Feira de Santana, no período de 3 a 8 de setembro, e tem nível de confiança de 95%. A margem de erro é de 4 pontos percentuais. As entrevistas foram feitas por telefone. O levantamento está registrado na Justiça Eleitoral sob o número BA-04344/2020.

Do Pimenta Blog.

Professora Carmelita não aceita ser vice de Marão

Mário Alexandre e a Professora Carmelita.

O PT de Ilhéus já admite fazer aliança com Mário Alexandre (PSD). A possibilidade ganhou corpo dentro do partido após a sugestão feita pelo governador Rui Costa, para que os “companheiros” se aliem ao atual prefeito.

Nos últimos dias, circulou a informação de que o governador teria se hospedado na casa de Mário Alexandre, no Condomínio Aldeia Atlântida, onde as conversas nesse sentido avançaram. Porém, diferente do que afirmam os apoiadores do prefeito, o governador sugeriu uma aliança ao PT de Ilhéus. Não houve imposição.

A possibilidade coloca o PT numa contradição com o próprio nome, pois Mário Alexandre foi o gestor responsável pelo afastamento de 268 servidores municipais com mais de 30 anos de serviços. São trabalhadores que estão sem salários, sem condições de empregabilidade e muitos ainda não podem se aposentar.

A sugestão do governador incendiou o PT de Ilhéus. O grupo que domina a executiva municipal do partido, presidido por Ednei Mendonça e ligado ao deputado e atual secretário estadual, Josias Gomes, não está disposto a indicar o empresário Nilton Cruz como candidato a vice na chapa de Mário.

Ednei tenta emplacar a esposa, Professora Carmelita, que foi candidata a prefeita nas eleições de 2012 e 2016. Vale lembrar que na eleição de 2012, Carmelita foi candidata a prefeita e Mário a vice. A ideia agora é inverter a ordem, mas Carmelita não quer aceitar.  O fato de Carmelita ter sido sindicalista e ter ligação com a causa dos servidores faz com que ela recuse veementemente (até o momento) qualquer tipo de aliança com Mário. Militantes influentes do partido acreditam que Carmelita ainda pode aceitar.

Contra a aliança também pesa a oposição da sindicalista e professora Enilda Mendonça, que ganhou muito destaque após liderar com total coerência e solidariedade a causa dos servidores afastados.

A decisão de Edinei de indicar a própria esposa deixou Nilton Cruz chateado. Numa “live” com Leninha Vila Nova no Instagram, na última quinta-feira (03), Nilton acusou a direção do PT local de agir com “trairagem” e não reconhecer sua trajetória de muitos anos no partido.

Contudo, já está definido que o PT não terá candidatura própria. Além de não encabeçar a chapa, muito provavelmente Nilton Cruz não será  escolhido como candidato a vice-prefeito na coalizão com o PSD

Por outro lado, ainda há possibilidade, mesmo remota, de o PT não caminhar com Mário e não seguir a sugestão de Rui, podendo fechar aliança com o PP do ex-prefeito Jabes Ribeiro.

Inelegibilidade que vencerá em outubro não pode ser prorrogada com adiamento do pleito, decide TSE

Tribunal levou em consideração o princípio da segurança jurídica e manteve inalteradas as regras de contagem de prazo de inelegibilidade.

Do TSE.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na terça-feira (1º) que as causas de inelegibilidade que acabam em 7 de outubro, oito anos após o pleito de 2012, não podem ser postergadas para 15 de novembro.

Por maioria, os ministros entenderam que impedimentos à candidatura com data certa para acabar não foram afetados pelo adiamento do primeiro turno das Eleições Municipais de 2020. Segundo a maioria, em observância ao princípio da segurança jurídica, os prazos não podem ser alterados.

Essa foi a resposta dada pelo Plenário na sessão administrativa da terça-feira (1º) à consulta feita pelo deputado Célio Studart (PV-CE). Por 4 votos a 3, prevaleceu o entendimento apresentado pelo ministro Alexandre de Moraes.

Na consulta, o parlamentar indagou ao TSE se “os candidatos que, em 7 de outubro de 2020, estavam inelegíveis em razão de qualquer das hipóteses das alíneas do art. 1º, I, da Lei Complementar nº 64/1990, continuarão inelegíveis no pleito remarcado para o dia 15 de novembro de 2020 em virtude da aplicação do disposto do art. 16 da Constituição Federal?”.

A intenção era saber se os candidatos que estariam inelegíveis se a eleição ocorresse em 4 de outubro, antes do adiamento, seguiriam impedidos de disputar a eleição em 15 de novembro. (mais…)

Eleições 2020: começou prazo para nomeação de mesários

Fonte: Agência Brasil.

Começou ontem (18) e vai até o dia 16 de setembro o prazo para que os juízes eleitorais de cada município nomeiem os mesários e os membros das mesas receptoras de votos e de justificativas, bem como os eleitores que atuarão no apoio logístico dos locais de votação das eleições municipais 2020.

As datas foram alteradas com a Emenda Constitucional nº 107/2020, que, em razão da pandemia, adiou o pleito para 15 e 29 de novembro (primeiro e segundo turnos). Originalmente, as nomeações seriam de 7 de julho a 5 de agosto.

De acordo com o TSE, os locais designados para o funcionamento das mesas receptoras serão publicados até 16 de setembro no Diário de Justiça Eletrônico, nas capitais. Caberá aos tribunais regionais eleitorais (TREs) regulamentar a forma de publicação para os demais locais.

“Todo eleitor a partir dos 18 anos em situação regular pode ser convocado para trabalhar no dia da votação, com exceção dos candidatos e seus parentes até o segundo grau e por afinidade. Também estão impedidos de ser mesários os integrantes dos diretórios de partidos que exerçam função executiva, os agentes e autoridades policiais, assim como os funcionários com cargos de confiança do Executivo e os que pertencem ao serviço eleitoral”, informou por meio de nota o TSE.

Mesa receptora (mais…)

Cacá rebate declarações de Mário Alexandre e destaca geração de empregos

O pré-candidato a prefeito de Ilhéus, Cacá Colchões e o radialista Robertinho Scarpita.

Na manhã desta segunda-feira (17), o pré-candidato a prefeito de Ilhéus Cacá Colchões concedeu entrevista ao radialista Robertinho Scarpita na Rádio Gabriela FM. O programa Tropa de Elite acatou a decisão da justiça que conferiu direito de resposta ao partido progressista, depois de críticas feitas pelo atual prefeito a gestão passada.

Durante a entrevista, o progressista classificou como inaceitáveis as acusações feitas pelo prefeito Mário Alexandre em relação a demissão dos servidores e lembrou que todas as ações do governo anterior foram registradas em atas pela comissão de transição. “Eu gostaria de deixar claro que, no início da gestão em 2013, nós recebemos uma cidade com quase 70% na folha de pagamento e nós entregamos a cidade com 54,5% em um imenso esforço para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal”.

Cacá destacou que os servidores afastados estão sofrendo por uma decisão desumana do atual gestor que deveria ter convocado os concursados e não encher a folha de pagamento com cabos eleitorais, grande parte de outras cidades. “Com todas as dificuldades que enfrentamos não tiramos o emprego de nenhum servidor”, lembrou Cacá.

O entrevistado destacou que as principais realizações da cidade foram obras do governo do Estado e todas elas iniciadas na administração passada. A exemplo do Hospital Costa do Cacau, Nova ponte de Ilhéus, Saneamento básico da zona sul e a aquisição da usina asfáltica (com recursos próprios municipal da administração anterior). (mais…)

Cacá acusa Marão de espalhar fake news

Por meio de uma nota de repúdio, o pré-candidato a prefeito de Ilhéus, Cacá Colchões (PP), acusa o prefeito Mário Alexandre de espalhar fake news pelas redes sociais.

Leia a nota na íntegra.

Fake news são notícias falsas divulgadas com a intenção de manipular pessoas a terem determinados comportamentos: influenciar decisões, provocar revolta, entre outros.

Nesta semana fui vítima de mais uma fake news criada pelo prefeito Mário Alexandre. Em uma tentativa de manipular a opinião popular, o prefeito e seus militantes compartilharam uma publicação de uma página – criada exclusivamente para atacar seus adversários e exaltar a figura do gestor – em grupos de whatsapp.

Em um olhar mais atento, é possível perceber que o print partiu da conta oficial do prefeito no instagram. A imagem do usuário (no caso, de Marão) está na parte inferior direita do “print” espalhado por seus próprios militantes.

Os ataques continuaram na tarde de hoje, o perfil criado pelo gabinete do ódio de Marão postou um vídeo tentando imputar a culpa em outros pré-candidatos.

Continuo prezando pelos valores éticos em qualquer esfera da vida, e por uma campanha política “limpa”, propositiva, sem baixezas, ataques pessoais e mentiras. Não é justo com o povo de Ilhéus o acesso a esses conteúdos. O povo quer e precisa de debates construtivos, de pessoas que pensam pelo bem da cidade, de projetos realizáveis.

FAKE NEWS NÃO PASSARÃO! A VERDADE SEMPRE VENCE!

Cacá Colchões
Presidente Municipal dos Progressistas