DIFERENÇA DE RENDA ENTRE OS SEXOS CRESCE NO PAÍS

Com informações do O Globo.

Boa notícia para as mulheres do mundo, mas não para as brasileiras. Enquanto a igualdade entre os sexos está aumentando na maioria dos países, no Brasil acontece o contrário. Entre 134 países, o Brasil caiu do 81º lugar, em 2009, para a 85ª posição, este ano. A pior situação é a diferença de renda entre os sexos, que coloca o país na 123ª colocação em uma lista de 134 países.

O estudo Gender Gap, do Fórum Econômico Mundial, compara 14 indicadores, que vão da educação à expectativa de vida, passando pela participação no mercado de trabalho, remuneração e participação política (número de mulheres no Congresso e nos altos escalões do governo). São dois os indicadores que colocam o Brasil em posição de desvantagem: a desigualdade na remuneração – o estudo aponta que as mulheres ganham 60% da remuneração masculina para fazer o mesmo trabalho- e a baixa participação política das mulheres, com apenas 9% de presença no Congresso.

(mais…)

EDUCAÇÃO É PRIORIDADE, DESTACA FÉLIX JÚNIOR.

O candidato a deputado federal (PDT), Félix Júnior, afirma que a educação é o investimento mais rápido, sustentável e indicado, para o crescimento sócio-econômico da Bahia.

Félix Júnior observa que a educação “é sempre apontada como a prioridade número um e como um caminho seguro para abrir portas e oportunidades para os jovens e para as mulheres”. Depois vem a busca pelo emprego, o combate a violência e investimentos em obras de infra-estrutura.

O candidato, caso eleito, vai defender a implantação do ensino em tempo integral (alunos estudando os dois turnos), nos municípios de médio porte, além de cobrar do governo federal escolas técnicas, nas diversas cidades do interior.

A BAMIN E O ENGODO DOS EMPREGOS

Três grandes redes de atacado estão chegando ao eixo Ilhéus-Itabuna. Atacadão (já inaugurada), Maxxi e Makro, juntas, vão oferecer cerca de oitocentos empregos, com um detalhe mais do que importante, não vão devastar áreas de Mata Atlântica.

Caso o terminal de exportação de minério de ferro da BAMIN saia do papel, ao iniciar as operações empregará 450 pessoas, bem menos que os atacadões e com um agravante seríssimo: terá que devastar  de 80 a 200 hectares de mata. Além do mais, diversas espécies animais estarão em risco de extinção. O trabalho dos pescadores também será afetado, uma vez que o minério deixará a água do mar “turva” (informação contida no EIA/RIMA do projeto).

Ilhéus que hoje já carece de infraestrutura necessária para abrigar dignamente seus habitantes, sofrerá um aumento vertiginoso em sua população. Segundo estimativa da COPPE/UFRJ, em 10 anos, 150 mil pessoas chegarão na “Terra de Gabriela”,

Teremos hospitais e escolas suficientes? Os novos bairros (prováveis favelões) serão planejados com esgotamento sanitário, energia elétrica e fornecimento de água?

Precisamos discutir se vale a pena aceitar tantos efeitos ruins em troca de 450 empregos.

O empreendimento trará outros prejuízos ao meio ambiente, assunto que este blog pretende destacar em outras ocasiões.

A PROVA DE QUE O PIB PODE ENGANAR

Por José Eli da Veiga para o Valor, em 20/07/2010.

Quem teima em defender o obsoleto PIB precisa dar atenção ao caso da Irlanda, que realça como seria muito melhor avaliar o desempenho econômico das nações por alguma medida da renda domiciliar disponível para consumo. O PIB per capita irlandês disparou nos anos 1990, ultrapassando o japonês e os das maiores economias européias em 1998, e quase igualando o dos EUA em 2007. Todavia, tanto seu consumo final efetivo, quanto as várias medidas possíveis de renda domiciliar disponível permaneceram em níveis 40% abaixo das americanas, bem próximas das da Itália.

Ou seja: em 2007 a situação econômica da Irlanda era muito pior do que as do Reino Unido, França e Alemanha, embora seu PIB per capita indicasse exatamente o inverso: um desempenho próximo ao da economia americana, muito acima dos exibidos pelas outras cinco grandes economias citadas.

(mais…)

24 EMPRESAS FECHADAS NO PÓLO DE INFORMÁTICA DE ILHÉUS

Segundo Carlos Mascarenhas, economista pós graduado em Gestão Empresarial, o Pólo de Informática de Ilhéus já perdeu vinte e quatro empresas e nada está sendo feito para evitar a sua extinção.

Vejam a lista das empresas que fecharam as portas.

Megaware – Pacífico – Sintax – Brastec – Linear – Sense – QBEX – Prime – Advanced – Rodosis – Planet 3 – Bahiatech – Microtec – Netgate – Leader Tech – Waytec – Preview – RM – Notecell – Netmark – Adsys – Borgtec – CDI – Ibracomp.

De @csmascarenhas no twitter.

EUGÊNIO SPENGLER, SECRETÁRIO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE, FOI CONSULTOR DA BAMIN

Marcos Mendes do PSOL.

Palavras do  professor da UFBA e geólogo, Marcos Mendes, candidato a governador da Bahia pelo PSOL, durante entrevista concedida ontem (quarta-feira/30), ao radialista Gil Gomes (rádio Santa Cruz).  Na ocasião, ele fez críticas severas à implantação do porto de exportação de minério de ferro da Bahia Mineração (BAMIN), na Ponta da Tulha, em Ilhéus.

Segundo Marcos Mendes, os interessados no projeto estão mentindo, já que o número de empregos que será oferecido (especificado no relatório de impacto ambiental) é bem menor do que o anunciado. Ele garante que iniciativas como essa causam concentração de renda, ao invés de distribuição.

Ele cita outros projetos enganadores que prometeram grande empregabilidade para atrair a simpatia da população.

Ouça a entrevista.


BAHIA BATE RECORDE NA GERAÇÃO DE EMPREGOS

Cerca de 16.300 novos empregos com carteira assinada foram criados na Bahia durante o mês de maio. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o estado teve o melhor saldo mensal do ano e da região Nordeste, além de ser o quinto maior empregador entre os estados brasileiros.

“Estamos gerando muito mais e melhores empregos e, ao mesmo tempo, cumprindo um objetivo estratégico de diversificar e desconcentrar nossa economia: cerca de 80% do saldo recorde de empregos de maio está no interior e isso é fundamental para reduzir as desigualdades regionais e levar oportunidades para todos os baianos”, afirmou o governador, Jaques Wagner.

Nos últimos 12 meses, foi registrado um crescimento de 8,10% no nível de emprego e a geração de 111.820 postos de trabalho.

FELIX JUNIOR DEFENDE REATIVAÇÃO DAS FAZENDAS DE CACAU

O pré-candidato a deputado federal, Felix Mendonça Junior.

O empresário e pré-candidato a deputado federal, Felix Mendonça Junior, relatou em um artigo sobre o PAC do Cacau – publicado nessa quarta-feira (26) pelo jornal A Tarde – que a reativação e o investimento nas fazendas de cacau podem diminuir satisfatoriamente a violência na região cacaueira, já que a mesma é uma consequência do desemprego.

“Não podemos ser destacados na mídia nacional como campeões em ocorrências policiais e sim como uma região produtora, que muito contribuiu e contribui com a economia do Estado”, disse Felix.

MAIS DE 40 MIL EMPREGOS SÃO GERADOS NA BAHIA EM 2010

Governador festeja os números positivos.

Foram divulgados nessa segunda-feira (17), pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), os dados que apontam o índice de geração de empregos com carteira assinada no Brasil.

Segundo o resultado, a Bahia continua tendo o maior saldo do Nordeste. Somente em abril, cerca de 10.590 novos postos de trabalho foram preenchidos.

Desde o início de 2010, aproximadamente 41 mil novos empregos formais beneficiaram os baianos, sendo o setor agropecuário o que gerou o maior número de postos de trabalho.

TEMOS ESTRUTURA, FALTAM OS EVENTOS…

Por Rodrigo Laguárdia de Carvalho.

A postura de Ilhéus agora e espero que seja por muito tempo passa pela DIVERSIFICAÇÃO ou seja, transformar, multiplicar no que diz respeito à economia.

Que bom que podemos fazer isso porque temos potencial humano, geográfico, natural e de infra-estrutura para realizar o que quisermos. Vamos dar uns exemplos:

(mais…)

CARTA PÚBLICA DOS SERVENTUÁRIOS DA JUSTIÇA

Carta Pública enviada pelos servidores da justiça de Ilhéus.

“Diante da divulgação, por meio da imprensa regional e nacional, de diversos problemas relacionados à Justiça baiana, nos vimos no dever de vir a público esclarecer com maior profundidade a posição dos servidores do Poder Judiciário da Bahia, particularmente dos lotados na Comarca de Ilhéus, quanto a estes fatos.

Com esse intuito, realizou-se na data de 17 de março do corrente ano uma reunião, em que participaram servidores de diversas funções e cargos. Nessa oportunidade, discutiu-se a melhor forma de esclarecer à sociedade qual seria a real participação e responsabilidade dos servidores neste quadro. Os pontos discutidos foram os seguintes:

(mais…)

BAHIA, A LOCOMOTIVA DO NORDESTE

O Ministério do Trabalho divulgou nesta quarta-feira (17) a pesquisa do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Um dos resultados mostrou que a Bahia ofereceu 99% do saldo de empregos de todo o Nordeste em 2010.

“Tenho dito que desejo ver a Bahia como a locomotiva do Nordeste, e os números mais recentes da nossa economia estão mostrando que o esforço conjunto do governo, na parceria com o governo federal, dos empresários e dos trabalhadores baianos, consolida a nossa posição de liderança”, comemorou o governador do estado, Jaques Wagner ao saber da pesquisa no Oriente Médio.

(mais…)

MULHERES À LUZ DA LEI

Por Elias Reis.

A presença massiva das mulheres nos variados setores da economia não aboliu a discriminação contra elas no mercado de trabalho. Os salários costumeiramente são menores, embora as funções sejam as mesmas. Exigências de exames de gravidez ou esterilização e até mesmo a não contratação de mulheres casadas – pelo “risco” da gravidez – ainda são práticas freqüentes com alguns empregadores aqui do sul da Bahia. Outro exemplo clássico de atitude errônea do patronato foi visto recentemente aqui em Ilhéus, quando as concursadas/convocadas da Prefeitura Municipal, foram exigidas que providenciassem o exame médico admissional por sua conta. Erro primário, já que a obrigação do custeio do exame é de competência do contratante. Só falta agora a PMI exigir que os próprios servidores paguem os seus exames periódicos. Temos certeza que o sindicalista competente e Presidente do Sinsepi, Luís Claúdio, irá buscar o ressarcimento dos exames admissionais, como também forçará a criação do Serviço de Segurança e Medicina do Trabalho e a aplicação da Portaria 3.214 do Ministério do Trabalho.

(mais…)