Madre Thaís forma primeira turma de Engenharia Civil

Foto: Ascom/Madre Thaís.

A primeira turma do curso de Engenharia Civil da Faculdade Madre Thaís (FMT) está formada. São 46 novos profissionais diferenciados à disposição do mercado de trabalho, qualificados por uma instituição que tem dado oportunidades a jovens e pessoas de todas as idades de frequentarem cursos reconhecidos e com ótimo conceito junto ao MEC.

A solenidade foi realizada no Auditório Jorge Amado, do Centro de Convenções Luis Eduardo Magalhães, em Ilhéus, com a participação de familiares, amigos e convidados dos formandos, bem como professores, coordenadores e diretores da FMT, sob a presidência da diretora Acadêmica da FMT professora Tatiana Almeida Rocha Barcelos.

A mesa foi composta pelo Dr. Eusinio Lavigne Gesteira, diretor Geral da Faculdade Madre Thais; professor Carlos Armando Rocha Filho, coordenador do curso de Engenharia Civil e amigo da turma; professor Marcelo O’Donnell Krause , paraninfo da turma; senhor Valderico Luiz dos Reis Junior, patrono da turma; senhora Roberta Maria Nascimento , secretária acadêmica da Faculdade Madre Thais.

Foram oradores da turma de Engenharia Civil, os formandos Almir Agostinho dos Santos Filho e José Oliveira da Cruz. O diretor Geral da Faculdade Madre Thaís, Eusínio Lavigne Gesteira, explicitou o compromisso que a instituição de ensino superior tem em formar profissionais bem qualificados para o mercado de trabalho com condições similares oferecidas em outras importantes instituições do país.

A diretora Acadêmica da Faculdade, professora Tatiana Barcelos destacou a importância da participação da família e amigos na solenidade, reforçando o compromisso da instituição com a qualidade de seus cursos e com os princípios profissionais e éticos basilares da instituição.

Foram homenageados pelos formandos o professor Mestre Marcelo O’donnell Krause, paranifo da turma; o senhor Valderico Luiz dos Reis Junior, patrono da turma; o professor/MSc Carlos Armando Rocha Filho, coordenador do curso de Engenharia Civil e amigo da turma; o professor/Dr. Anderson Alves Santos; o professor/MCs Felipe José Estrela Marinho; o professor/MCs Geraldo Porto de Araujo; o professor/Especialista Kleber Marcelo Braz Carvalho; a professora/Especialista Lorena Lopes Novais; o professor/Especialista Marcos Cezar Teixeira Telles e a funcionária Nelma Campos Souza.

São engenheiros civis formados na primeira turma da FMT Abimael de Jesus Cruz , Allan Costa Lima, Almir Agostinho Dos Santos Filho, Amanda Santos Mendes, Andre Nascif Silva Aranha, Antonio Jorge Santos Dos Santos Junior, Arthur Nascimento Guimaraes, Brunno Nardes de Freitas, Caio Rocha Carvalho, Caren Matos Da Costa, Carolina Céo Lima, Claudio Dantas Azevedo Filho, Daniel Silva Alves, Eder Estevam Santos; Everton Pereira De Souza Galo, Felipe Nascimento Santos, Filipe Souza De Santana, Gabriela De Almeida Souza, Genilson Cardozo Silva, Gilberto Fernandes Araujo Junior, Gustavo Henrique Woichekoski Vontroba, Hayanna Emilly Silva Papalardo, Heloiso Carlos de Souza Junior, Ingrid Marques Liberato Penna, Jinaldo Santos Souza Junior, João Honorato Neto, Jorge Augusto Coelho Magalhães; Jose Oliveira da Cruz, Juliana Menezes Argolo, Keith Krisna dos Passos Nascimento, Kizzy Belem Oliveira, Leandro Matos Dantas, Leonardo Silva Pinto, Marco Antonio Paiva Lima, Marcos Magalhães de Macedo, Matheus Lucas De Oliveira Bomfim, Mauro Jorge Telmo Bonilla, Paulo Roberto Alves dos Santos, Rassimi Macedo da Silva Ourives, Reginaldo Souza Santos, Roberio dos Santos Silva, Rodolfo Vieira Reis, Rodrigo di Tullio Campos,Shirley Fabiane Araujo de Jesus, Tâmara Nascimento de Oliveira e Tassio Freitas Santos.

Madre Thaís oferece pós-graduação em Metodologia e Didática do Ensino Superior

A Faculdade Madre Thaís (FMT) abriu processo de inscrição para o preenchimento de vagas no Curso de Pós-Graduação, Lato Sensu, em Metodologia e Didática do Ensino Superior. São ofertadas 40 vagas tendo como público alvo graduados em curso superior de licenciatura e bacharelados das diversas áreas de conhecimento.

O curso de Metodologia do Ensino Superior é coordenado pela diretora pedagógica da FMT, MSc. Tatiana Barcelos, e tem como objetivo propiciar uma reflexão sobre as tendências atuais de ensino. As inscrições podem ser feitas na coordenação de pós- graduação, a partir das 14 horas e pelo site da faculdade.

Segundo a professora Tatiana, “a intenção é ampliar a compreensão sobre o universo acadêmico, as suas demandas e articulações teórico-metodológicas, indicando caminhos e conhecimentos que auxiliem o professor na escolha de procedimentos didático-pedagógicos adequados aos diferentes estilos de aprendizagem e em consonância com as tecnologias contemporâneas. Busca-se compreender o cenário acadêmico, suas particularidades metodológicas e conceituais que envolvem o processo ensino-aprendizagem no ensino superior”.

IFBA de Eunápolis vai oferecer Pós-Graduação em Educação, Cultura e Linguagens

O Instituto Federal da Bahia vai iniciar o curso de Pós-Graduação (latu sensu) em Educação, Cultura e Linguagens. As aulas serão ministradas no IFBA de Eunápolis e os interessados poderão se inscrever, gratuitamente, de 19 a 22 de março de 2019.

O edital está disponível no site do IFBA/Eunápolis. Mais informações podem ser obtidas junto à Coordenação do Curso de Especialização em Educação, Cultura e Linguagens pelo telefone (73) 3281-2266 ou pelo e-mail: [email protected] .

Madre Thaís mantém projeto de extensão voltado a hansênicos

A Faculdade Madre Thaís (FMT) renovou parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Ilhéus para dar continuidade ao Programa de Orientação e Reabilitação de Incapacidades em Hansênicos (PROREABIH).

O programa já atua há dois anos em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde oferecendo atendimentos de fisioterapia aos pacientes diagnosticados com Hanseníase encaminhados pelo CAE III (Centro de Atendimento Especializado), referência em hanseníase no município de Ilhéus.

As oficinas terapêuticas, coordenadas pela professora fisioterapeuta Gracielle Santos, aconteciam no ginásio de Fisioterapia da FMT (na Avenida Itabuna) voltadas para as necessidades específicas, visando prevenir e/ou atenuar incapacidades físicas geradas pela doença, complementando o tratamento medicamentoso oferecido por especialista no CAE III, por meio de Referência e Contra referência.

Com o objetivo de otimizar e expandir o serviço extramuros, o projeto nesse semestre promoverá buscas ativas nas escolas municipais, a partir de testes específicos. Além disso, vai oferecer orientações em saúde e material elucidativo para os alunos, de modo que estes sejam multiplicadores.

Para a coordenadora do curso de Fisioterapia na FMT, Profª Dra. Karla Gresik, o engajamento de forma intersetorial da Seduc (Secretaria de Educação do município) foi de extrema importância, sobretudo na disponibilização dos contatos dos coordenadores das escolas municipais para que as visitas sejam agendadas.

Faculdade Madre Thais oferece Pós-Graduação em Libras: Docência e Interpretação

A Faculdade Madre Thais (FMT) oferece o curso de Pós-Graduação em Libras: Docência e Interpretação. O objetivo é especializar profissionais para fazer a comunicação por meio da LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) habilitando em seus aspectos linguístico e didático, com vistas à inclusão educacional, bem como no desenvolvimento da cultura dos surdos no que tange à comunicação bilíngue.

Com parcela dos professores surdos, o curso lato senso (especialização) visa propiciar aos profissionais das diversas áreas a capacidade de compreender e interagir com a comunidade dos surdos, contribuindo para a geração de conhecimento e a formação de pessoal qualificado, de modo que, mediante o ensino de LIBRAS e interpretação possa ter conhecimento acerca da singularidade linguística manifestada pelos surdos ou por pessoas com défict auditivo.

O curso é destinado aos graduados em curso superior reconhecido pelo MEC, áreas de educação, saúde, fonoaudiólogos, psicólogos, enfermeiros, médicos, intérpretes em LIBRAS, profissionais que atuam ou pretendam atuar na educação especial e que desejam ampliar seus conhecimentos em educação especial e em LIBRAS, e profissionais da área de recursos humanos que atuam em empresas.

A inscrição pode ser feita na coordenação de pós-graduação da FMT, a partir das 14 horas. O curso, coordenado pela professora Cristiane Silva, será integralizado em 15 meses com 450 horas/aula. Informações na secretaria da FMT na Av. Itabuna, 1491, Gabriela Center. Ilhéus, Bahia, ou pelo telefone  (73) 3222-2330.

UFSB oferece especialização em engenharia ambiental urbana no campus de Itabuna

A Universidade Federal do Sul da Bahia, por meio do Centro de Formação em Tecno-Ciências e Inovação (CFTCI), dará início, em breve, ao Curso de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental Urbana (PPGEAU), modalidade Especialização.

No campus Jorge Amado, em Itabuna, serão ofertadas 35 vagas distribuídas em duas linhas de pesquisa: 1) Poluição Ambiental e Saneamento (20 vagas); Sustentabilidade e Mobilidade Urbana (15 vagas). O Curso de Especialização em Engenharia Ambiental Urbana tem como objetivo principal oferecer formação complementar a profissionais com atuação Urbano-Ambiental, capacitando-os ao atendimento das demandas atuais do planejamento urbano sustentável, particularmente em relação aos aspectos de poluição ambiental, saneamento, sistemas de transportes, mobilidade urbana, conforto ambiental, clima urbano e ambiente construído.

A arquitetura curricular do Curso tem duração de 1 ano (3 quadrimestres) e carga horária de 360 horas, distribuídas em componentes curriculares dispostos em 3 módulos temáticos de conteúdo: tronco comum; linha de pesquisa em poluição ambiental e saneamento; e linha de pesquisa em mobilidade e sustentabilidade urbana.

Em sua trajetória curricular, o estudante deverá escolher uma das linhas de pesquisa acima. A admissão de candidatos se dará por meio de edital público de seleção, a ser divulgado no site da UFSB, no qual serão descritas as etapas do processo seletivo, o sistema de cotas adotado, entre outras normativas vigentes na UFSB.

As inscrições serão realizadas exclusivamente por meio de formulário eletrônico, a partir do dia 15 de fevereiro. Mais informações sobre o curso podem ser obtidas no site da UFSB ou pelo e-mail [email protected] .

Madre Thaís oferece a partir do dia 23, curso de Massagens Terapêutica e Desportiva

A partir do dia 23 de fevereiro a Faculdade Madre Thaís (FMT) vai oferecer o curso de extensão em Massagens Terapêutica e Desportiva. As inscrições podem ser feitas na secretaria da instituição, na Avenida Itabuna ou no site.

 O curso de extensão será coordenado pela professora Daiara Santos Loiola, da graduação em Fisioterapia da FMT. Focado em “massagem terapêutica e desportiva” o curso está dividido em dois módulos. O primeiro, nos dias 23 e 24 de fevereiro, tem como público alvo graduandos na área da saúde e demais interessados com ensino médio completo. O segundo, nos dias 30 e 31 de março, voltado para alunos que tenham feito o 1º módulo, massoterapeutas que já trabalham ou estudaram massagem terapêutica ou do shistu.

O objetivo é desenvolver competências necessárias para as atividades profissionais e acadêmicas juntamente com participantes de outros cursos e interessados, e de forma coletiva aprender as melhores técnicas na área da massoterapia.

A professora Daiara Loiola chama atenção para o ritmo de vida atual, muitas vezes repleto de atividades que consistem num grande desafio. “Quando não sabemos como nos comportar diante disso, nosso corpo costuma reclamar, através de dores, desconfortos, insônias. E aí aparecem técnicas que trazem descanso e o conforto necessários para poder encarar todas essas rotinas. A massoterapia é uma das modalidades dessas técnicas, bastante famosa por ser eficaz. A massagem terapêutica nos proporciona dias melhores, inclusive no que se refere à prevenção de doenças causadas em consequência de movimentos repetitivos e em outros aspectos da nossa vida”.

“O curso oferece ao aluno a oportunidade de conhecer e aplicar técnicas milenares, auxiliando-o a adentrar no mercado de trabalho com um diferencial a mais, bem como, aos graduandos do curso de Fisioterapia, vez que poderão ter contato direto com pacientes, reconhecendo os pontos gatilhos e aprimorando os conhecimentos adquiridos. A fadiga muscular é a principal queixa de dores das pessoas que praticam esportes. A massagem desportiva ajuda a recuperar as fibras musculares através da aceleração dos movimentos rápidos de massagem, a retirada dos pontos gatilhos com técnica miofacial, levando conforto para quem recebe a massagem”, explica a professora.

Concorrência em medicina no vestibular da UESB é de 201 candidatos por vaga

Inscreva-se no link abaixo.

A Comissão Permanente de Vestibular (Copeve) da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia divulgou a concorrência do processo seletivo 2019.

São 1.186 vagas distribuídas nos campi de Itapetinga, Jequié e Vitória da Conquista. Nesta edição, os cursos mais concorridos são Medicina em Vitória da Conquista (201.8/1); Medicina em Jequié (149.4/1); Odontologia (33.7); Direito e Psicologia.

Mais informações sobre o processo seletivo estão disponíveis no site do Vestibular.

Para conferir as informações sobre cada curso, acesse aqui.

Faculdade Madre Thaís expande campos de estágios do curso de fisioterapia

A Faculdade Madre Thais (FMT) firmou novos convênios para os estágios do curso de fisioterapia, informa a coordenadora do curso na faculdade, profª Drª Karla Gresik. O estágio hospitalar será desenvolvido nos hospitais Vida Memorial, na área de pediatria e, no São José (Santa Casa de Misericórdia) nas áreas de urgência e emergência, ginecologia e obstetrícia, enfermarias e UTI, explica a professora.

As áreas de ginecologia e obstetrícia e urgência e emergência do Hospital São José ainda não dispõem de profissionais da área, por isso será implantado o serviço de fisioterapia, contribuindo para a população que até então não dispunha do beneficio. Na saúde da mulher, a fisioterapia ajuda a gestante desde o momento do pré-parto, até aos primeiros cuidados com a mãe e criança, justificou Karla Gresik.

Já na urgência e emergência, no mesmo hospital, a fisioterapia junto com a equipe multidisciplinar vai auxiliar nos primeiros atendimentos, podendo até controlar situações mais graves que poderiam levar a internamentos na unidade de terapia intensiva (UTI).

A professora lembra que “servir a comunidade e formar grandes profissionais da área são os principais objetivos do curso da Faculdade Madre Thaís. Hospitais e outras instituições que possuem convênios com a faculdade também se beneficiam com o desempenho dos alunos que cursam o nível superior na instituição, sempre de forma supervisionada”.

O estágio é um processo que agrega experiências necessárias para a qualificação do futuro profissional. Essa etapa configura a troca de conhecimentos entre os profissionais e o estagiário sobre a prática em diversos procedimentos.

UFOB lança portal com informações sobre o Sisu 2019

Os estudantes que pretendem ingressar na Universidade Federal do Oeste Baiano (UFOB) pelo Sisu em 2019 já podem tirar todas as dúvidas sobre a seleção no portal do ingresso. A página web traz um conjunto de informações bastante útil aos candidatos que vão concorrer às 1028 vagas disponíveis nos 30 cursos de graduação da instituição.

Com uma linguagem simples e layout responsivo – que se adequa a tela de celulares e tablets, o site destaca, logo no menu principal, os assuntos que geram mais dúvida, tais como a política de cotas, o critério de inclusão regional, matrícula e documentação e comprovação de renda.  No Portal, é possível ainda acessar as notas de cortes dos cursos nas edições anteriores de 2015 a 2018 do Sisu.

Ufob abre seleção para mestrado em ciências humanas e sociais

A Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) está com inscrições abertas até 18 de janeiro para a seleção do mestrado em Ciências Humanas e Sociais. Para concorrer às 14 vagas, é preciso ter diploma de curso superior em qualquer área do conhecimento e preencher o formulário eletrônico. Após isso, é preciso pagar a taxa de inscrição no valor de R$100 (saiba aqui como fazer).  Os candidatos participantes do cadastro único para programas sociais do Governo Federal podem solicitar isenção de pagamento da inscrição até 8 de janeiro.

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Humanas e Sociais (PPGCHS) é composto pela área de concentração “Sociedade e Cultura” e duas linhas de pesquisa: ‘Linguagem, cultura e poder’ e ‘Sociedade, políticas públicas e sustentabilidade’. De acordo com o Edital, a área de concentração visa investigar temas fundantes da vida em sociedade e relações culturais. Estruturada nos Estudos Culturais, privilegia os textos da cultura ou as textualidades culturais em suas análises da sociedade.

O processo seletivo terá cinco etapas: prova de conhecimentos gerais; anteprojeto de pesquisa;  entrevista; prova de língua estrangeira; e avaliação de currículo. O resultado final será divulgado em 29 de março.

Clique nos links para ver o edital e a retificação do mesmo.

Mais informações no site ppgchs.ufob.edu.br.

MEC RECONHECE CURSO DE FISIOTERAPIA DA MADRE THAÍS

Comunidade acadêmica da Faculdade Madre Thaís comemora o reconhecimento.

O Ministério da Educação (MEC), através da portaria nº 862 publicada na edição do Diário Oficial da União desta quarta-feira, 19, reconheceu o curso de Fisioterapia da Faculdade Madre Thaís (FMT).  O reconhecimento do curso pelo MEC já beneficia os alunos concluintes da primeira turma, que será diplomada no primeiro semestre de 2019.

No relatório do MEC, os avaliadores apontaram que “os objetivos do curso de Fisioterapia da FMT apresentam boa coerência, em uma análise sistêmica e global nos aspectos: perfil profissional do egresso, estrutura curricular e contexto educacional”.

A avaliação para o reconhecimento do curso considera três dimensões básicas: infraestrutura, que obteve nota 5, corpo docente nota 4 e organização didático pedagógica também nota 5, ( numa escala que vai de 1 a 5). Cada categoria de análise avalia em média 20 indicadores que devem atender às diretrizes nacionais de curso e demais parâmetros que regem as instituições de ensino superior no Brasil.

Pelo regulamento nacional do Ministério da Educação toda instituição de ensino superior necessita dessa autorização. É responsabilidade da própria faculdade requerer a avaliação e o posterior reconhecimento quando o curso tiver completado pelo menos 50% de sua carga horária.