Makota Valdina é homenageada na Câmara dos Deputados

Makota Valdina faleceu na madrugada na última terça-feira, 19. Ela tinha 75 anos.

Na última terça-feira, 19, o deputado federal Nelson Pelegrino (PT-BA) apresentou Moção de Pesar, na Câmara dos Deputados, pelo falecimento da educadora Valdina de Oliveira Pinto, conhecida como Makota Valdina.

Natural de Salvador, ela era ativista política, membro do Conselho de Cultura da Bahia, assessora da Nengwa Nkisi e Mãe de Santo do terreiro Angola Tanusi Junsara, localizado no Engenho Velho da Federação.

“A Bahia e o Brasil perdem uma grande expoente na luta dos direitos das mulheres e contra a discriminação racial. Que sua vida sirva sempre de exemplo para todos que sonham com um mundo mais justo” – discursou Pelegrino.

Makota Valdina não gostava de dizer que seus antepassados foram escravos. Ela afirmava que seus antecessores eram livres, mas foram escravizados.

 

Morre o empresário Kenichi Fukino do Restaurante Tokyo

Kenichi Fukino. Foto: divulgação.

O empresário Kenichi Fukino, 68 anos, faleceu na manhã desta terça-feira, 19. Ele comandou o famoso restaurante Tokyo, um dos mais respeitados pontos de gastronomia, em Ilhéus, a partir dos anos 90.

Kenichi lutava contra o câncer, mas não resistiu. O velório acontece a partir das 17 horas no SAF do bairro Conquista.

Morre a Professora Carlota Medauar Reis

Professora Carlota faleceu aos 89 anos. Foto: Whatsaap.

Faleceu na manhã deste domingo, 20, por volta das 6h30min., a Professora aposentada Carlota Medauar Reis, mãe do médico Paulo Medauar e do advogado Carlos Medauar.

Dona Carlota faleceu em casa, no bairro Cidade Nova, em Ilhéus. Ela completaria 90 anos no dia 21 de março. A causa da morte foi a falência múltipla dos órgãos e insuficiência renal.

O velório acontece na Loja Maçônica Regeneração Sulbaiana, centro de Ilhéus, e o sepultamento será neste domingo no Cemitério da Vitória às 16 horas.

MORRE O EMPRESÁRIO HELENILSON CHAVES

Helenilson Chaves. Foto: Diário Bahia/Reprodução.

De acordo com o site Políticos do Sul da Bahia, o empresário Helenilson Chaves faleceu nesta sexta-feira, 12, em Salvador. A causa da morte não foi informada.

Helenilson enfrentava problemas de saúde e tinha 72 anos. Como empresário atuou em diversos segmentos econômicos: agropecuária; comércio de cacau; construção civil e telecomunicações. Foi um dos responsáveis pela criação da TV Santa Cruz e da instalação da primeira empresa processadora de soja, em Barreiras, no oeste baiano.

Helenilson Chaves construiu o Shopping Jequitibá, na década de 90, no auge da crise provocada pela vassoura-de-bruxa que quase dizimou a cacauicultura.

O corpo será cremado na tarde desse sábado, 13, no cemitério Jardim da Saudade, em Salvador.

MORRE O EX-DEPUTADO FEDERAL PELA BAHIA, JOSÉ LOURENÇO

Lourenço defendeu a causa dos dentistas brasileiros que residiam em Portugal. Foto: Câmara dos Deputados.

O ex-deputado federal José Lourenço, de 85 anos, faleceu nessa sexta-feira, 05.

Português de São Martinho, ele chegou a Bahia aos 16 anos. Estava internado há meses por sofrer de problemas cardíacos. O sepultamento será realizado neste sábado, às 16 horas, no Cemitério Jardim da Saudade em Salvador.

José Lourenço era economista, empresário e residia na Bahia desde 1949. Estreou na política em 1970 como deputado estadual filiado à Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido da base de sustentação do regime militar.

Foi reeleito outras duas vezes e chegou a ser líder do governo Antônio Carlos Magalhães na Assembleia Legislativa da Bahia. Rompeu com o Carlismo em 1982 e elegeu-se deputado federal por quatro mandatos.

José Lourenço lutou para que os dentistas brasileiros residentes em Portugal tivessem a profissão reconhecida pelo governo português. Essa conquista veio em 1997, após negociação com a Assembléia da República e autoridades lusitanas.

Em 2002, deixou a política por não conseguir a reeleição para a Câmara dos Deputados.