Por falta de transporte coletivo, renais crônicos não conseguem fazer hemodiálise

Mônica Valéria, presidente da Associação de Renais Crônicos e Transplantados de Ilhéus, usou o Facebook para alertar que os pacientes não conseguem fazer hemodiálise por falta de transporte coletivo.

A presidente afirmou que após contato com a prefeitura, foi informada que seria inviável para o município buscar os renais crônicos em suas casas.

“Prefeito, precisamos de uma solução para esses pacientes renais. Sabemos que a situação é delicada, mas hemodiálise é necessidade vital”, disse Mônica Valéria.

Veja o vídeo:

https://m.facebook.com/groups/362490450449250?view=permalink&id=3091858017512466 

Moradores da Avenida Itabuna insatisfeitos com a limpeza pública

Em contato com o BG nesta quinta-feira, 26, moradores da Avenida Itabuna manifestaram indignação com o acúmulo de lixo no local.

Eles afirmam que há desrespeito ao cidadão e negligência por parte da Prefeitura de Ilhéus.

O lixo é jogado sem o devido condicionamento e força as pessoas a circularem pela pista, onde correm o risco de serem atropeladas.

A sujeira e seus efeitos trazem muito desconforto e os reclamantes pedem a instalação de lixeiras com capacidade para receber os resíduos lançados pelos moradores das partes altas, já que o caminhão da coleta não as acessa.

Viametro demite 100 funcionários

Imagem: Reprodução.

Na manhã desta terça-feira, 24, cerca de 100 trabalhadores da empresa Viametro foram demitidos após decisão da Prefeitura de Ilhéus em proibir a circulação de ônibus na cidade.

A determinação do prefeito seguiu ações já empregadas em outras cidades.

Segundo a empresa Viametro, não há condições de manter esses funcionários com a paralisação do transporte público. Motoristas e cobradores foram informados da decisão na noite da segunda-feira, 23.

No aviso prévio entregue na manhã desta terça, a empresa informou que não realizará o pagamento da multa de 40 por cento do FGTS e de outros direitos dos trabalhadores.

A Prefeitura reafirma que a decisão foi, objetivamente, para proteger a população e evitar a propagação do vírus.

Apesar da pandemia, governo Marão deixa professores contratados sem salários

Professores estão sem salário.

Uma professora da rede municipal de ensino que pediu para não ser identificada, por medo de retaliações, entrou em contato com o BG para informar a situação dos educadores contratados.

Os professores foram contratados via processo seletivo simplificado em fevereiro e até o momento não receberam salário.

“Muitos são chefes de família. Sabemos que o pagamento pode demorar a ser realizado, mas precisamos de ao menos uma previsão”, disse.

A docente está preocupada com a pandemia, pois com filhos em casa, os alimentos tendem a ser consumidos mais rápido e sem salário, terá dificuldade para comprar mais.

“Infelizmente, o prefeito e a secretaria de educação não dizem quando iremos receber salário” , desabafou.

Por volta das 17h55min enviamos mensagens via WhatsApp para a secretaria Eliane Oliveira pedindo explicações e ela não nos respondeu. Às 18h20min ligamos para o celular da secretária e ela não nos atendeu. O espaço está aberto caso ela queira prestar esclarecimentos.

 

Atualizado às 9 horas de 21 de março.

Eliane Oliveira, secretária de educação de Ilhéus, informou que a jornada pedagógica teve início no dia 10 de fevereiro. Os selecionados participaram da jornada e as aulas começaram no dia 14 do mesmo mês.

Segundo a secretária, a folha salarial da educação é enviada à Secretaria de Gestão no dia 10 e cada mês, por isso os contratados não receberam os vencimentos de fevereiro. Ela afirmou que no próximo pagamento (de março), os contratados irão receber os dias trabalhados em fevereiro. 

Manutenção emergencial interrompe abastecimento de água na zona sul de Ilhéus esta quinta-feira, 19

A Embasa informa que, para realização de manutenção corretiva no conjunto de motores que faz a captação de água na barragem do Rio Santana, as operações estão temporariamente interrompidas hoje (19), na Estação de Tratamento de Água (ETA) Pontal, que atende a bairros e localidades da zona sul de Ilhéus (ver lista). Após a finalização dos reparos, prevista para acontecer esta tarde, a previsão é de que o abastecimento seja gradativamente regularizado nas próximas 24 horas. O tempo pode ser maior em logradouros mais elevados e distantes da rede distribuidora, como zonas distritais.

Em virtude do mau tempo, técnicos estão monitorando a regularidade do fornecimento de energia elétrica na captação, já que uma eventual falta de energia pode comprometer a previsão de regularização do abastecimento de água. A concessionária responsável já foi acionada, pois uma queda de fase prejudicou o trabalho em andamento.

A Embasa recomenda medidas de economia de água no período e ressalta a importância de o usuário do serviço possuir reservatório domiciliar adequado ao perfil de consumo do imóvel.

Localidades afetadas| BA 415, Barreira, Ceplus, Couto, Cururupe, Hernane Sá I e II, Ilhéus II, Jardim Atlântico, Loteamento São Caetano, Mar a Vista, Mar de Ilhéus I, Nossa Senhora da Vitória, Nelson Costa, Pérola do Mar, Pontal, Parque Olivença, Praia Dourada, Rodovia Ilhéus-Olivença, Santo Antônio de Pádua, São João, Sapetinga, Sol e Mar I e II, Urbis.

Advogado que denunciou contrato ilegal do governo Marão com a CTA é ouvido no Ministério Público

Mesaque Soraes fez uma denúncia sobre a empresa de coleta de resíduos sólidos.

O advogado Mesaque Soares foi ouvido no dia 27 de fevereiro pela promotora de justiça Mayana Ribeiro sobre denúncia que o mesmo protocolou contra o governo Marão e a empresa CTA empreendimentos EIRELLI (relembre aqui).

De acordo com a denúncia, o governo mantém contrato ilegal com a empresa que faz o recolhimento de resíduos sólidos domiciliares, comerciais e industriais em Ilhéus. Segundo o advogado, a ilegalidade reside no fato do Município está gastando a cada 03 (três) meses o valor de R$ 3.6 milhões sem licitação. O contrato suspeito completa um ano no dia de hoje, dia 13 de março.

Mesaque afirmou ao Ministério Público Estadual que o ato de improbidade administrativa orquestrado pelo prefeito visa beneficiar a empresa CTA, sediada em Salvador. Segundo o advogado, a CTA tem vínculos com o senador da República, Otto Alencar, que controla o partido ao qual Marão está filiado, o PSD.
Mesaque afirmou que o prefeito não fez a licitação para beneficiar a empresa CTA, que certamente teria concorrentes se fosse realizada uma licitação justa, como determina a lei federal n. 8.666 de 1993.

Mesaque afirmou ao BG que compareceu ontem à sede do Ministério Público Estadual de Ilhéus e ouviu de uma funcionária que a promotora Mayana Ribeiro pediu para que apensasse outro processo que trata da mesma denúncia e que possivelmente daria um despacho até o início da próxima semana.
O advogado espera que a promotora Mayana emita recomendação à prefeitura para que não renove o contrato por mais três meses, haja vista que o vínculo emergencial tem o prazo de 180 dias.

O denunciante afirma que o contrato vem sendo renovado a cada 03 meses, totalizando 360 dias sem que tenha sido deflagrada a licitação, fato que viola o princípio constitucional da impessoalidade.

Mesaque contou ao MP que alguns vereadores fizeram indicações de funcionários para trabalhar na CTA, como contrapartida para não fiscalizar o contrato, e fez a citação de um nome que será preservado para não atrapalhar as investigações.

Prefeitura de Ilhéus cancela homenagem às mulheres por causa do coronavírus

Foto: Secom/PMI.

Diante das preocupações crescentes acerca da epidemia global de coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS), resolveu cancelar o evento do Dia da Mulher que seria realizado nesta sexta-feira (13), das 14 às 18 horas, no auditório do Centro de Convenções Luiz Eduardo Magalhães.

Ilhéus não registra casos de transmissão local do Covid-19. A decisão leva em conta o sentimento de priorizar a saúde e a segurança de mais de 1.500 pessoas (entre convidados, palestrantes e funcionários da Prefeitura), que participariam da programação, evitando as chances de contaminação, já que o vírus é transmitido por via respiratória e não existe vacina.

Medidas de prevenção:

– Evitar atividades que envolvam grandes aglomerações em ambientes fechados, durante o período de circulação dos agentes causadores de síndromes gripais, como o novo coronavírus (Covid-19);

– Higienizar as mãos com água e sabonete/sabão antes das refeições, após tossir, espirrar ou usar o banheiro. Quando não houver sujidade visível, pode-se usar as preparações alcoólicas (álcool em gel a 70%, por exemplo);

– Evitar tocar os olhos, nariz ou boca após tossir ou espirrar ou após contato com superfícies;

– Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;

– Proteger com lenços (preferencialmente descartáveis) a boca e nariz ao tossir ou espirrar para evitar disseminação de gotículas das secreções. Na impossibilidade de serem usados lenços, recomenda-se proteger a face junto à dobra do cotovelo ao tossir ou espirrar;

– Manter os ambientes arejados por ventilação natural (portas e janelas abertas).

Coronavírus. Professora que esteve no Hotel Txai durante casamento divulga vídeo

Professora Tia Ró.

A professora do Colégio Vitória que esteve no Txai Resort para trabalhar no casamento onde um dos convidados estava infectado com o coronavírus, divulgou um vídeo na internet.

Tia Ró ministra aulas no Colégio Vitória da zona sul de Ilhéus e foi afastada de forma preventiva.

No vídeo ela afirma que está bem de saúde e agradece a preocupação de todos.

A professora diz que não apresenta nenhum sintoma da doença e por isso não precisou fazer exames.

Tia Ró informou que ficará em casa por 14 dias por conta da prevenção, já que ela trabalha com crianças.

 

Em nota, Colégio Vitória anuncia suspensão preventiva das aulas

O Colégio Vitória, de Ilhéus, informa que uma das suas professoras esteve presente ao casamento neste final de semana no Hotel Txai, em Itacaré, onde foi confirmado positivo o caso de um hóspede com o Covid-19, ontem, em São Paulo.

A professora atuou na festa como animadora das crianças, em um ambiente distinto ao local onde ocorreu a solenidade. Como a informação sobre o registro positivo do hóspede só foi anunciada ontem pelo resort, assim que soube, de imediato, a direção do Colégio Vitória, providenciou o isolamento da sua funcionária, afastando-a das atividades escolares, conforme procedimento determinado pela Organização Mundial da Saúde e Ministério da Saúde.

Por ter tido contato, durante três dias com o filho, que é aluno da instituição, a mesma providência foi tomada junto à criança. Tanto a professora quanto o filho não apresentam nenhum sintoma da doença.

Atendendo as recomendações das autoridades de saúde, as salas de aula e todos os setores das duas unidades escolares já foram desinfectados.
O Colégio Vitória anuncia que as aulas estarão suspensas preventivamente até a próxima terça-feira, dia 17, nas unidades sul e centro.

Caso necessário, ampliaremos o período de suspensão. Novo anúncio será feito pela direção escolar, na terça. Amanhã (13), às 14 horas, a Secretaria Municipal de Saúde fará um treinamento com professores e funcionários, na unidade centro, a fim de esclarecer sobre o vírus.

A direção

Coronavírus: professora do Colégio Vitória esteve no hotel de Itacaré que recebeu hóspede infectado

Colégio Vitória em Ilhéus.

O Colégio Vitória divulgou uma nota em que informa aos pais dos alunos e a toda sociedade ilheense que uma de suas professoras esteve no Txai Resort, no mesmo período em que um dos hóspedes com a COVID-19 esteve no hotel.

Segundo o comunicado da escola, a professora não apresenta sintomas da doença, mas por precaução, ficará em isolamento domiciliar por 14 dias.

A direção informou que a sala de aula foi desinfetada e recomendou aos alunos que apresentarem sintomas de resfriado ou gripe que procurem um médico.

A direção da escola também assegura que as medidas preventivas indicadas pela Secretaria de Saúde da Bahia foram adotadas.

Ilhéus: recém-nascido é encontrado em matagal na zona sul

Samu foi acionado por populares.

O Samu de Ilhéus socorreu, por volta das 19h da segunda-feira,09, um recém-nascido encontrado num matagal próximo ao “lixão” do bairro Nossa Senhora da Vitória (depois da Caixa D’agua), zona sul da cidade. A criança pesa cerca de 2,7kg e é do sexo masculino.

No momento do socorro o bebê ainda estava com o cordão umbilical preso ao corpo, o que pode indicar que ele foi abandonado logo após o parto, que também pode ter ocorrido no local. Segundo as informações iniciais, o estado de saúde do recém-nascido é estável.

*Com informações do Tabuleiro.

Bombeiros do 5°GBM realizam parto dentro da viatura

Foto: Ascom/5ºGBM.

A pequena Maria Laura chegou ao mundo pelas mãos dos soldados BMs Gleice Borges e Ueliton Neves, ainda dentro de uma das viaturas do 5° Grupamento de Bombeiros Militar (5°GBM) em Ilhéus. O parto aconteceu na tarde da sexta-feira (6), quando a parturiente chegou ao quartel com a bolsa rompida. Os bombeiros a avaliaram, colocaram numa ambulância e seguram para a maternidade, mas a pequena Maria Laura nasceu antes de chegarem na unidade de saúde.

“Ao assumirmos o serviço como bombeiros estávamos preparados para tudo, mas nem sempre esperamos por tudo! Inúmeras vezes atendi a gestantes em trabalho de parto, que conseguíamos entregar na maternidade antes do nascimento do bebê. Mas após 10 anos na corporação, Deus quis que eu “fizesse” o primeiro parto da minha vida. Sempre buscando o melhor para as vítimas e após a avaliação inicial decidimos tentar conduzi-la até a maternidade, porém durante o percurso tivemos o prazer de trazer ao mundo a pequena Maria Laura”, disse a soldado BM Gleice.

Também mãe, a soldado BM Gleice destacou a importância daquele momento para a bebê e para a parturiente e para ela, que fala do procedimento com muita emoção. “Como bombeira militar, tive mais uma vez a confirmação da nossa importância para a sociedade e naquele momento para Maria Laura e a família”.

A bebê nasceu com 4,105kg e 51cm ela é a quarta filha de Bárbara Santos, 29 anos. Logo após o parto as duas receberam os primeiros cuidados pelos militares e foram levadas para a maternidade e passam bem. É a segunda vez que Bárbara tem um parto feito pelas mãos de um bombeiro, o anterior foi realizado pelo tio, o Cabo Roberto Silva, também lotado no 5°GBM.

5°GBM/Ilhéus participa de instrução com a Marinha do Brasil

Foto: Ascom/5°GBM.

Na quarta-feira (4) militares do 5° Grupamento de Bombeiros Militar/Ilhéus participaram de uma instrução de nós e amarrações e de atendimento pré-hospitalar, ministrada pelo Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil. A prática ocorreu na própria unidade, durante os dois turnos.

A instrução faz parte de um programa de treinamentos diários consolidado pelo CBMBA com o objetivo de aperfeiçoar, ainda mais, a tropa. O comando da unidade acredita que as instruções cotidianas contribuem para uma prática eficiente em caso de ocorrências reais.

“A capacitação é primordial para um atendimento de excelência. O treinamento rotineiro qualifica ainda mais nosso efetivo, e é essencial para um atendimento preciso e ágil”, explicou o tenente-coronel BM Ednei Factum.

Marão mentiu sobre posto de saúde do Vilela, diz presidente do Sindicato dos Radialistas de Ilhéus

Manoelito Puentes e Mário Alexandre.

O presidente do Sindicato dos Radialistas de Ilhéus, Manoelito Puentes, por meio de vídeo, afirmou que o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, mentiu em entrevista concedida ao comunicador Vila Nova na manhã da terça-feira, 03.

Manoelito afirmou que o posto de saúde do bairro Teotônio Vilela não funciona 24 horas. Segundo ele, Marão mentiu ao informar aos ouvintes que ele foi o único prefeito a deixar postos de saúde abertos durante 24 horas.

“Esse posto aqui funcionava 24 horas na época do governo de Valderico Reis. Mário pare de mentir e cuide do povo. Cuida de mim, doutor”, ironizou o radialista. Um morador do bairro confirmou que o posto atendia satisfatoriamente a comunidade e hoje está fechado.

Veja o vídeo:

Coelba interrompe fornecimento de energia em partes do Nossa Senhora da Vitória

Coelba interrompe fornecimento de energia em partes do Nossa Senhora da Vitória.

A Coelba informa que o fornecimento de energia elétrica será temporariamente interrompido no dia 06/03/2020 (sexta-feira) das 09h00 às 15h00, em partes do bairro Nossa Senhora da Vitória no município de Ilhéus.

Serão atingidos os seguintes locais: Av. Nossa Senhora Vitória, Av. Nossa Sra. Aparecida, Av. Tancredo Neves, Caminho (01, 03, 07, 08, 09, 11, 43), Caminho 1 Res. Vitória 1, Caminho 2 Residencial Vitoria I, Caminho 2 Residencial Vitória II, Loteamento Nossas das Vitorias, Pontal Buerarema, Rodovia Ilhéus – Buerarema, Rua 15 de Agosto, Rua 7 de Setembro, Rua da Felicidade, Rua da Matriz, Rua da Paz, Rua da Vitória, Rua Eucário Bastos, Rua Fabiana 3trv, Rua Gabriela, Rua Laranjeira, Rua Maracanã, Rua Nova, Rua O, Rua Santa Inês E Rua São Cristóvão.

O desligamento será necessário para que os técnicos da empresa realizem, com segurança, serviços de melhoramento na rede elétrica do local. A interrupção programada, a depender das condições atmosféricas, poderá ser cancelada, caso ocorra situações de risco que impossibilite as manobras para desligar à rede elétrica.

Para evitar acidentes, a Coelba recomenda que eventuais reparos nas instalações elétricas internas ou em equipamentos sejam feitos com a chave geral desligada e os aparelhos retirados das tomadas mesmo durante o período da interrupção de energia, pois o fornecimento pode ser restabelecido antes do horário previsto. A Coelba agradece aos seus clientes e se coloca à disposição para os esclarecimentos necessários.