ISRAEL NUNES: COMPROMISSO COM SUSTENTABILIDADE DEVE SER DE TODOS

Israel Nunes.

Outro pré-candidato a prefeito que esteve no lançamento do Programa Cidades Sustentáveis foi Israel Nunes (PC do B).

O prefeiturável já havia assinado a carta compromisso há alguns meses e mesmo assim fez questão de participar do evento.

Segundo Israel, “O compromisso com a sustentabilidade, enquanto diretriz que ordena a existência de um espaço urbano ambientalmente correto, economicamente desenvolvido e socialmente justo, deve ser de todos aqueles que almejam gerir os destinos das cidades brasileiras, assim como de qualquer cidadão minimamente consciente de seus deveres”.

A SEMIÓTICA PEIRCEANA DA POLÍTICA ILHEENSE – ANÁLISE DA NOMEAÇÃO DO NOVO SECRETÁRIO DE SAÚDE

Por Israel Nunes

A semiótica, como ciência que se preocupa com os signos, tem muito a oferecer quando se trata de procurar compreender a política.

Em Ilhéus, as coisas não são diferentes. Na semiótica de Charles Sanders Peirce, o signo é formado basicamente por uma tríade: ícone, símbolo e índice.

Ícone é, por assim dizer, é a representação material da coisa. Por exemplo, uma fotografia, um desenho, um boneco de alguém, uma maquete.

Símbolo é algo que, embora não se pareça com a coisa, convencionalmente e arbitrariamente é associado à coisa. Por exemplo, a bandeira de um país, a grafia escrita de uma palavra.

Índice, por sua vez, é semelhante a um indício da coisa e está para a coisa assim como a fumaça para o fogo, o estampido para um tiro e a febre para uma infecção.

(mais…)

OS BLOGS E AS ELEIÇÕES

Do Procurador Federal Israel Nunes, no facebook.

Pessoal, ter um blog é algo pessoal e uma forma de exercitar a liberdade de expressão. Não há nada que possa obrigar o blogueiro a emitir opinião neste ou naquele sentido. Quanto à legislação eleitoral, o que se deve fazer unicamente é dar idêntico espaço a todos os pré candidatos. Mas para isso o pré-candidato deve encaminhar as notícias, porque o blogueiro não é adivinho. Tenho dito.

ISRAEL NUNES PARTICIPA DE EVENTOS NA ZONA SUL

Israel entre os participantes do baba.

O pré-candidato a prefeito de Ilhéus pelo PC do B, Israel Nunes, esteve na zona sul durante a sexta-feira santa (06). O comunista participou de diversas atividades, como do “baba” dos Casados x Solteiros, na praia de Batuba, em Olivença.

No Nelson Costa, Israel foi recebido por moradores e pelo grupo Quadrilha Dinossauros, que promove atividades teatrais e de dança com jovens carentes.

O ensaio do grupo acontece no meio da rua, já que não há espaço adequado. O fato gerou críticas do comunista ao poder público. Para o prefeituravél, “É necessário que o Estado tenha políticas públicas sérias para a juventude e a cultura, ou logo perderemos os jovens, esperança de futuro, para a marginalidade”.

O Blog do Gusmão está aberto para divulgar informações dos demais pré-candidatos. Basta enviar para o email [email protected]

ISRAEL NUNES NO XI FÓRUM BRASIL DE DIREITO

Israel foi muito prestigiado no evento.

O pré-candidato do PC do B à prefeitura de Ilhéus, Israel Nunes, participou do XI Fórum Brasil de Direito, realizado entre os dias 29 e 31 de março no Centro de Convenções de Ilhéus.

Também procurador federal e professor de direito, Israel presidiu a mesa que discutiu a reforma do Código Penal, com a participação de grandes nomes do direito nacional.

Israel Nunes também integrou a mesa de encerramento do evento, diante de um auditório lotado.

GALPÃO DO ANTIGO PORTO PODE VIRAR TEATRO

Área do antigo porto, onde ficam os galpões.

O procurador federal Israel Nunes e o diretor do Teatro Popular de Ilhéus (TPI), Romualdo Lisboa, participaram de uma audiência pública realizada pela Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba) onde foi discutido o destino dos galpões do antigo Porto do Rio Cachoeira, na Bacia do Pontal.

Na audiência, agendada pelo TPI, que contou com assessoramento de Israel Nunes e do deputado estadual Fabrício Falcão (PCdoB), Romualdo solicitou à Codeba a concessão de um dos antigos armazéns do porto para a construção de um teatro popular, através de financiamentos públicos e privados.

Segundo ele, a idéia é firmar uma parceria com o Ministério e a Secretaria Estadual da Cultura para garantir financiamentos e criar um equipamento cultural na cidade, ampliando as opções de lazer e entretenimento.

O BRUXO DAS FRENTES

Por Israel Nunes

Quando o ano acabar, se acabar, a única certeza que tenho é a de que em 2013 escreverei outro livro. Dessa feita, não será um livro técnico. Pelo menos não no sentido que habitualmente se atribui ao termo “técnico”. Será um livro de crônicas políticas, especialmente das crônicas políticas de Ilhéus.

Mas não todas elas. Só as narradas a mim por um recente amigo, José Henrique Abobreira, que conheci por intermédio do blogueiro Emílio Gusmão. A amizade com Emílio Gusmão nunca me rendeu um centavo. Em contrapartida, me trouxe grandes riquezas. José Henrique Abobreira é uma delas.

Abobreira é uma daquelas pessoas a quem podemos chamar de bruxo. Penso que essa alcunha de feiticeiro quem lhe deu foi Gusmão. Ou Carlos Pereira, outro amigo. Não sei ao certo. Mas, voltemos a Abobreira.

É um bruxo este homem. Com seu falar e suas ideias, põe encantos e feitiços nas mentes. Isso porque sabe ler os corações. Anima-nos quando esmorecemos, sabe tocar nos egos e mexer nos brios de modo a influenciar as ações daqueles que estão à sua volta. E recentemente descobri que com alguns abracadabras, cura até pressão baixa.

Contou-me Abobreira que, quando era vice-prefeito e Secretário Municipal, um cidadão, certamente ensandecido, comparecia diuturnamente à sua Secretaria,  pleiteando uma verba de cinco mil reais para pôr em andamento uma ideia mirífica.

O doidivanas sustentava, com veemência mas apenas murmurando para o Secretário, temendo ser ouvido por outro de igual matriz psiquiátrica, que tinha descoberto um modo de fabricar ouro. Isso mesmo, um jeito de fabricar o metal do rei Salomão.

(mais…)

ALIANÇA COM JABES DIVIDE O PC DO B

Internamente, o PC do B está divido quando o assunto é uma possível aliança com o ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro (PP).

Os dirigentes estaduais do partido querem o acordo com JR. Pesa a favor, a possibilidade do PP apoiar os comunistas em Juazeiro, Itacaré, Itabuna e outras cidades. Além do mais, Davidson Magalhães, presidente da Bahiagás e peça importante do PC do B, é cunhado de Jabes.

Em Ilhéus, a situação é diferente. O pré-candidato dos cururus, Israel Nunes, demonstra publicamente que rejeita a união. Em seus pronunciamentos, Nunes sempre faz críticas ao ex-prefeito. O presidente do diretório municipal, Rodrigo Cardoso, tem a mesma opinião.

Entretanto, prevalecem no PC do B as decisões adotadas por meio do “centralismo democrático”, procedimento político tradicional dos comunistas, onde os de cima indicam os rumos aos de baixo. Sendo assim, Israel Nunes, apesar das objeções, pode sim apoiar ou ser o vice, numa chapa encabeçada por Jabes Ribeiro.

Jabes e Israel: distantes no presente, provavelmente unidos no futuro.

CALA-TE BOCA!

O vereador Bel do Vilela teria dito que a “irmãzinha” Ângela costuma acender uma vela para Deus e outra para o diabo.

O diabo pretende processar o vereador. “No inferno ele não entra”, garantiu o chifrudo.

Cala-te boca!

A sociedade protetora dos animais vai mover um processo contra o Blog do Gusmão.

Motivo: uma fotomontagem onde um prefeito aparece como “cãozinho domesticado” do seu secretário de finanças.

Cala-te boca!

Na frente unificada, o grande Abobreira toca triângulo, zabumba e sanfona.

A música é bem tocada, mas os forrozeiros não acostumaram com o ritmo.

Israel Nunes ouve forró de olho nos camaradas da estadual, “Canguruy” não quer deixar a Austrália (está em queda nas pesquisas), a “irmãzinha” Ângela não pode dançar forró (proibida pela igreja, ela só não trai o pastor), Cacá Colchões só dança se “Painho Geddel” permitir, já Bebeto Galvão é bailarino da banda “Mastruz com Jabes via Pai Cidão”.

Cala-te boca!

ATENÇÃO E INTERNAÇÃO DOMICILIAR COMO UMA DAS ESTRATÉGIAS DE MELHORIA DA SAÚDE PÚBLICA MUNICIPAL

Por Israel Nunes

Não há solução milagrosa para tirar a Saúde de Ilhéus da UTI, para usar um trocadilho infame. O antibiótico dessa infecção é de amplo espectro: recursos financeiros. De preferência, muitos recursos.

Mas, a par desse prognóstico e tendo em vista o quadro clínico do paciente, algumas soluções de baixo custo podem ser de plano efetivadas. Neste artigo falarei apenas de uma delas.

Trata-se da chamada internação domiciliar. E não se está, com isso, querendo inventar a roda. Valho-me, aqui, da Portaria nº 2.029/2011 do Ministério da Saúde.

Esta Portaria institui a Atenção Hospitalar no âmbito do SUS. Ela define a Atenção Domiciliar “como nova modalidade de atenção à saúde substitutiva ou complementar às já existentes, caracterizada por um conjunto de ações de promoção à saúde, prevenção e tratamento de doenças e reabilitação prestadas em domicílio, com garantia de continuidade de cuidados e integrada às redes de atenção à saúde” (Art. 2º, II).

(mais…)

OBRA INACABADA PREOCUPA NO PONTAL

Segundo o blog do procurador federal Israel Nunes (clique aqui), moradores da Rua Hermínio Ramos, no bairro do Pontal, em Ilhéus, estão preocupados com uma obra iniciadas há alguns meses, mas que nunca é concluída.

O canteiro tem atrapalhado e muito o trânsito no local, além de servir como morada “segura” dos mosquitos da dengue, um risco nessa época do ano.

PROSPECTIVA

Por Israel Nunes

Alguns amigos pediram-me que fizesse um texto sobre o ano de 2011, no modelo nada repetitivo de uma Retrospectiva. De início, aceitei a sugestão, mas, como tive tempo suficiente para refletir durante os últimos engarrafamentos no centro urbano de Ilhéus, mudei de ideia.

Cansado de tanto aguardar o trânsito andar, decidi fazer uma prospectiva de 2012 e dos anos que virão, de tão ansioso que estava por chegar em casa. E que melhor tema para tratar no momento senão a mobilidade urbana?

Tema tão caro àqueles que discutem o desenvolvimento sustentável, mas cujos discursos, muitas vezes por falta de tempo ou de espaço, acabam somente por tecer críticas ao sitema de transporte público eficiente e clamar por mais mobilidade urbana, sem entretanto propor alternativas concretas de melhorias. Então, como este blog é pessoal, me sobra espaço e, diante dos recessos e festejos do ano novo, me sobra tempo para desenvolver algo mais que um discurso generalizante.

Vamos do início. A mobilidade urbana pressupõe um conjunto de estruturas e equipamentos públicos e particulares que permita aos cidadãos realizar os deslocamentos rotineiros ou não rotineiros na cidade de maneira célere, barata e confortável.

(mais…)

ISRAEL NUNES DEFENDE CÂMARA COM 21 VEREADORES

Israel Nunes.

Um grupo de vereadores de Ilhéus não deseja ver a “casa do povo” com 21 cadeiras em 2013.

Os gulosos não querem alterar a divisão do bolo e articulam uma resolução, permitindo apenas 17 assentos na próxima legislatura.

Muitos pré-candidatos que sonham com uma vaga, pretendem colocar na parede os prefeituráveis de partidos que têm representantes na câmara. Quem não apoiar o número máximo, vai perder apoio.

O pré-candidato do PCdoB, Israel Nunes, saiu na frente. Numa conversa com este blog, ele defendeu a ampliação. “Não haverá acréscimo nas despesas, pois o valor repassado à câmara (duodécimo) não está relacionado à quantidade de vereadores, e sim, ao número de habitantes do município. Com 21 vereadores, grande parte das comunidades vai ter seus representantes. O aumento da representação vai aproximar, ainda mais, o povo do legislativo. Quanto mais democracia, melhor “.

PLENÁRIA UNIFICADA VILELA SUSTENTÁVEL: EXEMPLO DE CIDADANIA

Por Francisco Silva (Chicó)

Imagem: Blog do Gusmão.

Diante dos acontecimentos políticos em Ilhéus, podemos destacar o evento realizado ontem (09) no bairro Teotônio Vilela, denominado Plenária Unificada Vilela Sustentável. O evento faz parte de uma nova estratégia bem sucedida dos partidos PCdoB, PRB, PDT, PMDB e PMN, que levam a discussão política, ética e cidadã para as comunidades ilheenses.

A atividade contou com a presença dos pré-candidatos a prefeito Israel Nunes (PCdoB), Dr. Ruy (PRB) e Cacá Colchões (PMDB), que fizeram suas intervenções apontando os problemas sociais do Vilela, principalmente a falta de áreas de lazer, infraestrutura precária e inexistência de equipamentos hospitalares adequados para atender com eficiência aos moradores do bairro.

Imagem: Blog do Gusmão.

A dinâmica adotada pela proposta demonstrou a possibilidade de melhoria da qualidade de vida dos cidadãos, através da boa administração pública e da participação popular nos processos de decisão do poder executivo municipal. O público presente, que lotou a sede da Associação de Moradores, colaborou ativamente com as discussões e avaliou de forma positiva a condução da reunião.

(mais…)