Mais de 40 homens são detidos após serem flagrados em rinha de galo na Bahia; 50 animais foram apreendidos

Cinquenta galos foram apreendidos no local — Foto: Polícia Militar/ Divulgação.

Quarenta e quatro homens foram detidos após serem flagrados participando de uma rinha de galo em Itabuna, neste domingo (22). Segundo informações do tenente Leonardo, comandante da Companhia de Emprego Tático Operacional (Ceto), do 15º Batalhão da PM, um galo morreu e outros 49 foram apreendidos com ferimentos.

De acordo com o tenente, os policiais chegaram ao local após uma denúncia de som abusivo em uma casa no bairro Novo Horizonte, e descobriram que era realizada a rinha. Os homens que participavam da prática criminosa estavam bebendo e faziam apostas.

Uma espécie de ringue tinha sido montada em uma área do imóvel, onde os galos eram colocados para brigar. Alguns deles tinham esporas nas patas, com a finalidade de machucar o animal com o qual brigava.

Conforme o tenente Leonardo, além dos galos, foram apreendidos no local 16 pássaros silvestres, remédios veterinários, esporas e o equipamento de som que deu origem à denúncia. O caso foi registrado na 6ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), em Itabuna.

Justiça determina regularização de unidade de saúde em Itabuna

Reprodução Internet.

O Município de Itabuna foi obrigado a regularizar os serviços de saúde prestados na Unidade de Saúde da Família Ubaldo Dantas, localizada no bairro Nova Ferradas. A determinação do juiz Ulysses Maynard Salgado atende aos pedidos apresentados liminarmente em ação civil pública ajuizada pelo promotor de Justiça Patrick Pires da Costa. No documento, o membro do Ministério Público estadual registrou a “precariedade” constatada na estrutura e no funcionamento da unidade, onde foram verificados medicamentos com prazo de validade vencido e materiais de limpeza contaminados, ausência de fornecimento de água filtrada para os pacientes, ausência de extintor de incêndio, além de outras falhas, como o fato de não ter sido encontrado o Alvará de Vigilância Sanitária e o de Localização e Funcionamento.

Dentre as determinações da Justiça ao Município consta a realização, no prazo máximo de seis meses, de reforma geral na Unidade de Saúde, com adequação da estrutura física para posterior visita da Vigilância Sanitária e emissão dos dois alvarás; dedetização do espaço para obtenção de certificado atualizado; realização de licitação para aquisição e manutenção de materiais permanentes, inclusive nebulizadores, negatoscopio, condicionador de ar e extintor de incêndio; disponibilização de funcionários para garantir a higienização adequada da unidade; cumprimento da jornada semanal de 40 horas por todos os profissionais; instalação de bebedouro para garantir água de qualidade para a comunidade; e outras medidas. A inspeção realizada no local havia constatado ainda a inexistência de medicação injetável para atendimento de urgência e insulina, inadequação do espaço físico da sala de vacinação, ausência de registro de controle de temperatura da geladeira nos finais de semana e feriados, embora os imunobiológicos estivessem armazenados na unidade sem o devido controle de temperatura.

Centro Público de Economia Solidária inaugura Empório Litoral Sul em Itabuna

Imagem: Vinícius Borges.

Será inaugurado em Itabuna, na quinta-feira (5), às 17h, o Empório Litoral Sul do Centro Público de Economia Solidária (Cesol). Localizado na Praça Laurindo Conceição, ao lado da Catedral de São José, o espaço reúne a produção de cerca de 130 associações e cooperativas de 26 municípios da região.

No local, onde também funcionará a sede do Cesol Litoral Sul, serão comercializados produtos como chocolates, cerveja e geleia de cacau, farinha, frutas cristalizadas, mel, própolis, mariscos, além de artesanato, roupas e vassouras feitas com garrafas pet recicladas.

Com funcionamento de segunda a sábado, das 8h30 às 18h, e aos sábados, das 9h às 13h, o Empório Litoral Sul permitirá ainda a comercialização de produtos da agricultura familiar, com toda a sua diversidade e foco na produção orgânica, em um ambiente moderno e climatizado, que oferece conforto e comodidade para atender os clientes de Itabuna e região.

Para o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia (Setre), Davidson Magalhães, “é mais uma frente de comercialização voltada para a expansão do trabalho associado, com desenvolvimento sustentável, respeito à vida e em busca de mais justiça e inserção social”. O Governo do Estado incrementa, através da Setre, os Cesols desde 2013, e já atendeu 2.270 empreendimentos, mais de 10 mil famílias contempladas.

De acordo com o coordenador regional do Cesol Litoral Sul, Thiago Fernandes, “o Governo da Bahia está investindo na economia solidária e o novo espaço será um grande vetor de escoamento da produção, valorizando tanto o produtor quanto o consumidor que acredita no comércio justo e na sustentabilidade”.

Cesol

Os Centros Públicos de Economia Solidária (Cesols), ligados à Secretaria do Trabalho, Emprego e Renda (Setre) do Governo da Bahia, são espaços multifuncionais públicos, de caráter comunitário, que se destinam a articular oportunidades de geração, fortalecimento e promoção do trabalho coletivo baseado na economia solidária. O Cesol Litoral Sul beneficia cerca de 2 mil famílias de 26 municípios.

Itabuna: secretário de saúde afirma que bebê morto por falta de atendimento foi vítima de vários erros

Bebê agoniza nos braços da mãe à espera de atendimento no Hospital Manoel Novaes.

Na última segunda-feira, 25, um bebê de apenas nove meses morreu após dar entrada no Hospital Manoel Novaes, em Itabuna. A família afirmou que a criança esperou por 40 minutos até ser atendida na unidade. Antes disso, o bebê teve atendimento negado na Maternidade Ester Gomes. No domingo, o bebê foi atendido no Hospital Arlete Magalhães, em Pau Brasil.

A direção do hospital afirmou que depende de liberação da regulação médica para receber pacientes, e que o bebê não foi atendido antes porque não havia essa autorização.

O BG entrou em contato com o secretário de saúde de Itabuna, Uildson Nascimento. Ele explicou que o município mantém contrato com os dois hospitais e que houve erro desde o primeiro atendimento realizado em Pau-Brasil. “A criança foi transportada em estado grave de Pau-Brasil para Itabuna sem a presença de uma técnica de enfermagem na ambulância, capaz de prestar cuidados emergenciais mínimos”, disse o secretário.

Segundo Uildson Nascimento, mesmo não havendo condições de receber a criança em suas dependências, os dois hospitais falharam ao não fornecerem o mínimo de atenção.

Secretário Uildson Nascimento.

“Os profissionais deveriam ter no mínimo, estabilizado a criança. Faltou consciência por parte dessas pessoas. Não é por causa da falta de um ‘papel’ ou por conta de burocracia que o acolhimento não pode ser realizado. Vamos verificar a não prestação do serviço e tomar providências que forem necessárias, inclusive de cunho criminal”, informou Uildson.

Em comunicado, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, que administra o Hospital Manoel Novaes, conta que a criança chegou na unidade de saúde às 5h15, que às 5h20 houve a liberação da regulação e que o atendimento foi iniciado às 5h35. Segundo o comunicado, no registro médico aponta que o paciente foi recebido com oxigênio inalatório inadequado, com acesso venoso obstruído, com respiração ofegante, que foi tentada uma reanimação imediata, seguida de intubação e massagem cardíaca, mas que às 5h58 o menino foi dado como morto.

Veja os vídeos gravados pelo advogado Davi Pedreira que acompanhou o sofrimento do pequeno Levi:

Alunos da FTC de Itabuna reclamam da estrutura precária e dos métodos de avaliação

Alunos protestam na frente da FTC Itabuna.

Acadêmicos da Faculdade de Tecnologia e Ciências de Itabuna – FTC, realizaram uma manifestação pacífica na porta da unidade nesta terça-feira, 12. Diversos serviços e modo de avaliação estão sendo questionados pelos estudantes. Falta de estrutura no curso de Medicina Veterinária, acusação de cobrar por nota são as pautas dos manifestantes.

Segundo apurou o iPolítica, na manifestação, os acadêmicos foram impedidos de adentraram no Campus, causando um transtorno maior. “Nós, que pagamos todos os meses, fomos impedidos de entrar ou sair do campus”, disse um estudante.

Os manifestantes alegam, também, que alunos estão indo para o oitavo semestre e nunca passaram por uma clínica. “Vamos nos formar e corremos o risco de ter que treinar nos animais dos clientes”.

Fiscalização deve garantir direito a meia entrada em eventos e estabelecimentos de Itabuna

Reprodução Internet

O Município de Itabuna deve realizar, dentro de 15 dias, a fiscalização de eventos e estabelecimentos culturais, esportivos, de entretenimento e lazer da cidade e autorizar o funcionamento apenas daqueles que cumpram as previsões legais de concessão de meia entrada a estudantes, jovens de baixa renda, idosos e pessoas com deficiência e seus acompanhantes. Essa foi a determinação da Justiça que acatou pedido realizado em ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público estadual, por meio do promotor de Justiça Patrick Pires. A decisão liminar foi proferida na terça-feira, dia 8, pelo juiz Ulysses Maynard Salgado.

Segundo a determinação, salas de cinema, cineclubes, teatros, espetáculos musicais e circenses e todos os eventos educativos, esportivos, de lazer e de entretenimento devem cumprir a Lei Federal 12.933/2013, regulamentada pelo Decreto Federal 8.537/2015, e a Lei Estadual 10.029/2016, o Código de Defesa de Consumidor (CDC) e os Estatutos da Juventude e do Idoso. Conforme o juiz, a documentação apresentada pelo MP “narra as dificuldades encontradas pelos estudantes para terem acesso ao pagamento da meia entrada em eventos de entretenimento e lazer, além do descumprimento da lei da meia entrada por partes das casas de diversão e produtores de evento em vários eventos realizados no município”.

Tratamento oncológico pelo SUS deve ser retomado em Itabuna

Reprodução Internet

Os serviços de saúde disponibilizados na rede pública conveniada ao Sistema Único de Saúde (SUS) para tratamento de oncologia em Itabuna devem ser regularizados nos próximos 15 dias. Na segunda-feira, dia 7, o juiz Ulysses Maynard Salgado atendeu pedidos apresentados em ação civil pública ajuizada pelo promotor de Justiça Patrick Pires da Costa e determinou ao Município e ao Estado a adoção de medidas para regularização do tratamento, incluindo consultas, exames, cirurgias, quimioterapia antineoplásica e o fornecimento de medicamentos aos pacientes portadores de neoplasia maligna.

Na ação, o promotor de Justiça solicitou à Justiça que determinasse aos entes federados a regularização dos serviços de oncologia prestados por meio das redes pública e conveniada do SUS e, em última instância, da rede particular; e a disponibilização em dez dias dos procedimentos cirúrgicos, o tratamento quimioterápico e a medicação necessários aos pacientes que relataram as falhas MP. Todos os pedidos foram atendidos pelo juiz.

Rotary Club de Itabuna lança o projeto Quinta da alegria Edição 2019

Edinho Filho apresenta campanha publicitária do Rotary Club. Foto: Ascom Rotary Club de Itabuna

Considerada a maior ação de arrecadação do Rotary Club de Itabuna, a Quinta da Alegria teve sua edição de 2019 lançada na noite de ontem, terça-feira, na sede do Club. Responsável pela criação da Campanha publicitária do evento, Edinho Filho da Agência de Propaganda E10 apresentou aos presentes as peças de divulgação da Campanha sob o tema “Solidariedade tem nome: Quinta da Alegria.”

O evento, que ocorre há 15 anos sempre no mês de dezembro, ainda não tem data definida, mas traz em sua trajetória uma arrecadação média de 25 mil reais por ano. Consiste na venda de ingressos para o Parque de Diversões que chega à cidade de Itabuna no final do ano, com toda a renda revertida para entidades que atendem crianças através da compra de materiais e donativos. Ao longo desses anos, já foram beneficiados diversos projetos de ação social locais como a Creche Irmã Margarida e Músicos da Nova Itabuna, entre outros.

Esse ano, a equipe organizadora da Campanha iniciou os trabalhos com mais de 60 dias de antecedência para que as comissões responsáveis pela busca de parcerias, apoio e patrocínio, logística junto ao Parque e venda de ingressos, possam, em tempo hábil, pensar e executar inovações para o projeto, que pretende vender nessa edição entre 10 e 15 mil ingressos até o dia do evento.

Projeto social resgata crianças da ociosidade há mais de 15 anos

O projeto social, sem fins lucrativos, oferece aos alunos aulas de música instrumental.

O Instituto de Flautas Carlos Oliveira (IFCO) há mais de 15 anos afasta crianças e adolescentes da ociosidade, através da arte. O projeto social, sem fins lucrativos, oferece aos alunos aulas de música instrumental, como: flauta doce, bateria, teclado, violão, violino, saxofone, trompete e coral de flautas em orquestra.

Com mais de 300 crianças beneficiadas desde o seu surgimento, o projeto é dirigido pelo professor Carlos Oliveira, quem também orienta os alunos ao caminho dos estudos e da cultura através da arte.

O Instituto começou na casa do diretor e depois se expandiu para uma garagem localizada no Bairro Mangabinha e há 5 anos mudou-se para o Bairro Lomanto Junior. Sem sede própria, atualmente funciona no espaço da Escola Estadual Armando Freire e conta com o apoio da população para ajudar através de doações de instrumentos musicais e recursos financeiros. A turma é formada por alunos de diversos bairros da cidade de Itabuna e conta com duas aulas na semana. (mais…)

Sinebahia Itabuna oferta vagas de trabalho nessa quarta-feira (18)

Sinebahia Itabuna tem duas vagas40 para mecânico de caminhão a diesel.

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis nessa quarta-feira, 18 de setembro.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

 

AUXILIAR ADMINISTRATIVO (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Fundamental Incompleto

Não exige experiência

Possuir habilidade com pacote Office

01 VAGA

 

OPERADOR DE CAIXA(PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

02 VAGAS

 

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

05 VAGAS

  (mais…)

Associação dos policiais e bombeiros emite nota defendendo ação policial em Itabuna

Nota de repúdio

A ASPRA BAHIA REGIONAL DE ITABUNA, vem por meio desta repudiar a atitude de um casal que na noite de ontem de por imprudente tentou intervir e atrapalhar uma ação legítima de um policial à paisana.

O fato aconteceu num supermercado no Bairro Conceição. O Policial que é conhecido do proprietário, estava passando nas imediações e foi avisado que um homem já conhecido por crimes no comércio estava furtando o local. Ato continuo o Policial conteve o criminoso e cuidou de imobiliza-lo para acionar o 190.

De forma temerária, imperita e imprudente um casal passa então a tentar intervir na ocorrência, filmam o Policial, colocam a própria vida e a vida de terceiros em risco, inicia-se então um entrevero.

A atuação do Policial em conter o meliante foi dentro da técnica e encontra-se respaldada por ter agido no estrito cumprimento do dever, bem como em legítima defesa de terceiros.

A ASPRA BAHIA repudia o comportamento do casal que colocou as próprias vidas e vidas de terceiros em perigo.

A ASPRA BAHIA se solidariza com o Policial Militar e já disponibilizou o corpo jurídico para acompanhar o caso e tomar todas as providências cabíveis em defesa do Policial.

Itabuna, 28 de agosto de 2019

WADSON PEREIRA ANDRADE – COORDENADOR REGIONAL.

Formação reúne 130 professores indígenas em Porto Seguro

A atividade também ocorrerá nos polos de Itabuna e Paulo Afonso.

A Secretaria da Educação do Estado iniciou ontem (segunda-feira, 12), em Porto Seguro, no Extremo Sul da Bahia, uma formação continuada para 130 professores indígenas das redes estadual e municipais de ensino de Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália, Prado, Belmonte e Itamaraju, a partir do regime de Colaboração do Estado com os municípios.

A formação está sendo ministrada por educadores da Fundação Getúlio Vargas (FGV), envolvendo indígenas de diferentes etnias, como Tupinambá, Pataxó e Guarani. A abertura foi realizada no Centro de Cultura de Porto Seguro, com a presença de caciques representantes das comunidades indígenas de Santa Cruz Cabrália e de Porto Seguro.

A rede estadual de ensino possui, atualmente, 6.765 estudantes indígena matriculados, em 27 escolas indígenas e 43 anexos, em todo o estado, contemplando 16 etnias. “A formação vem trabalhar com a qualificação do nosso corpo docente, pois a Educação Indígena tem suas particularidades. A importância central disso é retomar e trazer os indígenas para junto deste debate, respeitando as especificidades e sem descuidar da qualidade social e da educação nos territórios com estes povos e etnias”, afirmou a superintendente de Políticas para a Educação Básica da Secretaria da Educação do Estado, Manuelita Falcão Brito.

A expectativa do professor Ronaldo Farias, que leciona na Escola Indígena Pataxó Boca da Mata, na aldeia Boca da Mata, é que a formação amplie os conhecimentos dos educadores. “A formação vem nos ajudar a complementar os objetivos específicos e metodológicos na área da Educação, respeitando e valorizando os nossos costumes e tradições”, avaliou.

O formador Iberê Guarani, da FGV, destacou os conteúdos a serem abordados. “No primeiro módulo, abordaremos a construção e a visão colonial sobre o indígena. No segundo, serão discutidas as experiências da Educação Escolar Indígena. Já no terceiro, o tema central será a legislação relacionada à Educação Escolar Indígena, além do reconhecimento dos saberes ancestrais”.

A formação, segundo o diretor de Educação Escolar Indígena de Porto Seguro, Rosimar Valério Kamayurá, servirá para o professor direcionar o aluno ao conhecimento. “Os professores que estão na base irão saber qual a estratégia para se chegar ao sucesso de uma educação específica, de qualidade e diferenciada”.

Programação

A formação em Porto Seguro será realizada em três módulos (12 a 16/08; 9 a 13/9; e 7 a 11/10). A atividade também ocorrerá nos polos de Itabuna e Paulo Afonso. Durante a formação serão discutidos temas relevantes e atuais para o processo de ensino e aprendizagem nas escolas indígenas, sendo fundamentada no fortalecimento do pertencimento étnico, na valorização dos conhecimentos tradicionais indígenas, nas visões de mundo e no acesso aos códigos, ciências e tecnologias da sociedade nacional, que possam subsidiar os projetos societários e indenitários nas escolas indígenas.

Acerto de contas por causa de um celular gera mais um assassinato em Itabuna

Ricardo Bastos, um dos acusados, segundo a polícia. Foto: Ascom/Polícia Civil.

A morte de um homem foi elucidada em menos de 24 horas em Itabuna. Uma operação que envolveu equipes da Delegacia de Homicídios (DH), Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) e da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (6ª Coorpin), identificou os autores, prendeu e apreendeu envolvidos na quarta-feira, 10.

O corpo de Fabrício Menezes da Silva foi encontrado em um matagal naquele município, no final da tarde de terça-feira, 9. No início da manhã de quarta-feira, 10, os policiais chegaram até Ricardo Bastos da Silva e um adolescente, que confessou a participação no homicídio. Ambos foram localizados em um conjunto residencial no bairro da Califórnia.

De acordo com o delegado André Aragão, o crime foi motivado por um acerto de contas. “Fabrício teria furtado um celular (smartphone) do adolescente apreendido e tentou vender naquele conjunto habitacional, quando os agressores reconheceram o aparelho e resolveram lhe dar um corretivo. A vítima não resistiu aos ferimentos”, explicou.

Ricardo Bastos ficou preso e foi colocado à disposição da Justiça. O adolescente será apresentado na Vara da Infância e da Juventude da região.

Repasses à Câmara de Ilhéus vão diminuir em 2019; Câmara de Itabuna vai receber mais

César Porto deve estar triste, Ricardo Xavier alegre. Fotos: internet/reprodução.

O Tribunal de Contas dos Municípios definiu os valores que devem ser repassados pelas prefeituras baianas às câmaras municipais, ao longo do exercício financeiro de 2019 – a título de “duodécimos” –, para fazer frente às despesas para o funcionamento do Poder Legislativo municipal.

A tabela com os valores correspondentes a cada um dos municípios está disponível a partir desta terça-feira, 19, no site do tribunal.

O duodécimo da Câmara de Ilhéus, com 19 vereadores e presidida por César Porto, será de R$ 1.152.872,30 (um milhão, cento e cinquenta e dois mil, oitocentos e setenta e dois reais e trinta centavos) por mês. Em relação a 2018, houve uma queda de R$ 23 mil, pois o legislativo ilheense recebia por mês R$1.176.689,09.

O duodécimo dos vereadores de Itabuna, com 21 parlamentares e comandada por Ricardo Xavier, subiu de R$ 1.148.319,49 em 2018 para R$ 1.239.412,15 em 2019. O acréscimo representa mais R$ 91 mil por mês.

Os valores foram calculados com base nas receitas tributárias e transferências constitucionais recebidas por cada um dos municípios no exercício de 2018 – e observam os índices definidos no artigo 29-A da Constituição Federal, que variam de acordo com o número de habitantes de cada município.

Sebrae oferece 500 vagas de capacitação em Ilhéus e Itabuna

Das 500 vagas disponíveis, 440 são gratuitas.

Com foco no desenvolvimento dos pequenos negócios, o Sebrae está com 500 vagas de capacitação abertas para palestras, clínicas tecnológicas, além de cursos e oficinas de atendimento ao cliente. Do total de vagas disponíveis, 440 delas são gratuitas e os interessados podem se inscrever pela Loja Virtual do Sebrae.

A primeira atividade de março é voltada para o empreendedor que deseja abrir o próprio negócio. São orientações gratuitas sobre “Como planejar o seu negócio”, com informações atualizadas de mercado, todas as sextas-feiras do mês, nos dias 8 e 22, das 14h às 17hs, no Sebrae Itabuna, e dia 15, das 13 às 17h, no Sebrae Ilhéus.

Já o empresário que deseja impulsionar seu negócio a partir das redes sociais terá a oportunidade de participar da clínica tecnológica gratuita sobre “Como usar as mídias sociais no seu negócio”. A capacitação acontece no dia 12 de março, das 19h às 21h, no Ponto de Atendimento do Sebrae Itabuna.

No dia 13 de março, no auditório do Sebrae em Ilhéus, e dia 14 de março, no Palace Hotel, em Itabuna, sempre às 19h, está prevista a palestra sobre eSocial, que será conduzida pela contadora e professora universitária Jamile Souza Andrade, pós-graduada em Gestão Tributária e em Finanças Aplicadas.

Nos dois encontros, serão apresentadas informações gerais como principais eventos, cronogramas, penalidades, passo a passo para implementação nas empresa e o papel do gestor.

De acordo com o gerente adjunto do Sebrae, Michel Lima, as palestras tem o objetivo de “provocar os empresários quanto à preparação dos negócios para atender às exigências do eSocial”.

Ainda para o dia 14 de março, está prevista, no Sebrae Ilhéus, a clínica tecnológica gratuita sobre Boas Práticas de Gestão de Estoques, das 18h30 às 20h30.Os participantes aprenderão sobre causa dos problemas de gestão de estoques, ciclo de gestão de logística comercial, boas práticas, ferramentas, gestão de custos, entre outros.

A programação do mês de março continua no dia 21, no Sebrae Itabuna, onde acontece, das 18h às 22h, a oficina gratuita de capacitação “Pratique atendimento para microempresa”, voltada para os micro e pequenos empresários. A oficina vai orientar os profissionais sobre atitudes e práticas de atendimento, além de procedimentos e estratégias, visando identificar as necessidades do cliente.

Com a proposta de orientar os donos de micro e pequenas empresas e os microempreendedores individuais de Itabuna sobre como gerir com eficiência os estoques e garantir a sustentabilidade econômica dos negócios, o Sebrae Ilhéus promove o curso “Gestão de estoques na medida”, entre os dias 25 e 27 de março, das 18h às 22h. São 12 horas divididas em três encontros presenciais e mais duas horas de consultoria por empresa. O investimento é de R$ 150.

Já no período de 25 a 29 de março, das 19h às 22h, no Ponto de Atendimento em Itabuna, será realizado o curso “Como atender melhor seu cliente”, visando desenvolver nos participantes a capacidade de identificar os aspectos que contribuem para a satisfação do consumidor.

Para Michel Lima, “a ideia do curso é que o participante possa refletir criticamente sobre as ações e procedimentos de atendimento em sua empresa, visando o impacto positivo nos resultados”. O investimento é de R$ 80.

As informações completas sobre as capacitações podem ser obtidas na agência do Sebrae em Ilhéus, localizada na avenida Osvaldo Cruz, 74, Edifício Premier Bussines Center. Já em Itabuna, o Ponto de Atendimento do Sebrae fica na Rua Paulino Vieira, 175, Edifício Lizete Mendonça, Centro. Os telefones para contato são: (73) 3613-9734 e (73) 99974-2262, em Itabuna, ou (73) 3634-4068 e (73) 99974-2263, em Ilhéus.