VAMOS AOS NÚMEROS:

Por Vitor Veiga.

As especulações andam soltas. Jabes seria eleito caso disputasse as eleições?

Segue abaixo os municípios onde lideranças locais apoiavam o ex-prefeito antes da sua desistência e os votos dados aos candidatos que sucederam.

Itaberaba (Prefeito João Filho) passou a apoiar Cacá Leão – 9.709 votos

Ipiaú (Ex-prefeito José Mendonça) passou a apoiar Mário Júnior – 4.471 votos

Uruçuca (Prefeito Moacir Leite) passou a apoiar Mário Júnior – 2.684 votos

Una (Prefeito Dejair Brischner) passou a apoiar Márcio Veloso – 2.684 votos

Ibirataia (presidente do PP local, Marcos Calheira) apoiou Mário Júnior. – 1.479 votos

Itacaré (Ex-prefeito Jarbas Barbosa) passou a apoiar Paulo Magalhães Jr. – 1.090 votos

Itapé (Prefeito Jakson Resende) passou a apoiar Mário Jr. – 434 votos

Seabra (Ex-prefeito Dalvio) passou a apoiar Paulo Câmara. – 985 votos

Jussari (Prefeita Neone Cordeiro) passou a apoiar Carletto. – 298 votos

Em apenas nove municípios Jabes teria no mínimo 23.834 votos. Em muitos dos casos é evidente que Jabes teria mais votos, pois é da região e bastante conhecido.

O último colocado da coligação que o PP fez parte foi Carlos Brasileiro, que obteve exatos 38.825 votos.

Portanto, bastaria a Jabes 14.991 votos em Ilhéus para se eleger. Isso em apenas 10 municípios. Fica fora da conta mais de duas dezenas de municípios com potencial variado entre 100 a 300 votos.

Esse demonstrativo serve apenas para aplacar alguns analistas que dizem que Jabes não saiu candidato, pois temia por uma derrota.

JABES RIBEIRO PROMOVE GRANDE REUNIÃO NA PIEDADE

O ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, continua firme na campanha de reeleição do deputado federal Mário Negromonte (PP). No último sábado (25), JR deu mais uma demonstração de força, ao reunir vários amigos e simpatizantes no auditório do Instituto Nossa Senhora da Piedade. Além de Negromonte, compareceram o presidente da Bahia Pesca, Isaac Albagli, o presidente do PP em Ilhéus, Jamil Ocké e o vereador ilheense, Gurita.

PRESENÇA INCÔMODA

A presença do ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro (PP), no carro que transportou o governador Jaques Wagner durante a carreata da última sexta-feira(03), irritou profundamente o grupo da deputada estadual Ângela Sousa (PSC).

Os partidários da “irmã” temem que ele consiga assumir uma secretaria estadual no provável segundo mandato do “galego”. Caso se confirme, Jabes virá cacifado em 2012, na eleição que escolherá o sucessor de Newton Lima. O filho da deputada (Marão) “sonha” com o comando do palácio.

Para desgastar o “ex”, algumas pessoas foram escaladas para vaiá-lo durante a carreata. Jabes fez que não viu, em troca mandou tchau e beijos.

PLACA DE JABES GERA CONFUSÃO NO NOSSA SENHORA DA VITÓRIA

Uma placa do ex-prefeito Jabes Ribeiro, com os deputados Mário Negromonte (federal) e Ronaldo Carletto (estadual) foi motivo de uma disputa, ontem (domingo/15), na praça do bairro Nossa Senhora da Vitória, em Ilhéus.

O vereador Dinho Gás (PSC) organizava uma festa no local, e por apoiar a deputada estadual Ângela Sousa, determinou que a propaganda de Jabes fosse rasgada “na tora”. A placa foi  afixada na parede de uma casa, uma semana antes do evento, com a autorização do proprietário.

Assessores das duas partes entraram em discussão e o caso foi parar na delegacia.

Veja as fotos.



PAC II INCLUI A RECUPERAÇÃO DO BAIRRO SÃO MIGUEL

Jabes Ribeiro e Mário Negromonte: bate papo com a imprensa.

No último sábado (30), durante um bate-papo com alguns profissionais da imprensa ilheense, no Ilhéus Iate Clube,  o deputado federal Mário Negromonte e o ex-prefeito de Ilhéus Jabes Ribeiro, ambos do PP, anunciaram que o PAC II (programa de aceleração do crescimento), do governo federal, incluirá o término das obras no Porto do Malhado (aumento do calado) e a recuperação do bairro São Miguel.

A localidade vem sendo invadida pelo mar. O fenômeno ocorre como uma resposta às obras do Porto do Malhado e ao seu avanço (o mar nunca perde).

Na ocasião, Mário Negromonte falou sobre a necessidade urgente de uma reforma política que adote o voto distrital misto e o financiamento público das campanhas. O deputado afirmou que hoje os candidatos são reféns dos cabos eleitorais.

CONFIRMADO: JABES RIBEIRO DESISTE DA CANDIDATURA A DEPUTADO ESTADUAL

Postagem publicada às 19:43 h com exclusividade.

O ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, confirmou ao Blog do Gusmão por telefone, que não será candidato a deputado estadual na próximas eleições.

Leia a nota pública de Jabes explicando a decisão.

NOTA PÚBLICA

Dirijo-me ao povo de Ilhéus e da região, para manifestar uma decisão tomada após vários dias de análises e reflexões.

Esperando a compreensão dos meus amigos e amigas, informo que não mais serei candidato a deputado estadual, pelas razões que passo a expor:

1. Fiz uma pré-campanha projetando uma necessidade de estrutura material mínima para enfrentar o processo eleitoral. Não sendo possível viabilizar essas necessidades, busquei a forma mais digna de encarar a situação, demonstrando desprendimento e responsabilidade. Entendo que somente o financiamento público das campanhas poderá diminuir a influência do poder econômico;

2. Também pesou o fato de alguns prefeitos e lideranças condicionarem seu apoio ao meu compromisso de não disputar as eleições para prefeito em 2012;

3. Independentemente do exercício do mandato, continuarei na política, dedicado ao fortalecimento do meu partido e trabalhando pelo bem-estar do nosso povo, como tenho feito ao longo da minha vida. Com Wagner e Dilma para a vitória.

Salvador, 05 de julho de 2010

JABES RIBEIRO

JABES SERÁ CANDIDATO? DECISÃO SÓ AMANHÃ

O ex-prefeito de Ilhéus,  Jabes Ribeiro, reuniu amigos e correligionários na noite de ontem (sábado/03), na Associação 19 de Março.

Ele explicou os motivos que o levam a repensar sua candidatura a deputado estadual, já divulgados neste blog (clique aqui).

Sem uma definição concreta, Jabes disse que a confirmação do seu nome para a próxima disputa eleitoral depende de reuniões que ocorrerão nas próximas 48 horas.

A decisão final sairá amanhã (segunda-feira/05).

CANDIDATURA DE JABES SERÁ DEFINIDA NESTE SÁBADO

O ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, ainda não definiu se será, ou não, candidato a deputado estadual.

Ele quer ouvir sua militância, para isso, convocou uma reunião para às 18:30 horas, deste sábado (03), na associação 19 de Março (avenida Itabuna).

A verdade é que todo esse suspense estimulou seus correligionários. Há um movimento muito forte tentando convencê-lo a não desistir.

Na política, Jabes nunca foi menino!

DIFICULDADES FINANCEIRAS PODEM LEVAR JABES A DESISTIR DA CANDIDATURA

Jabes: definição sobre sua candidatura sairá nos próximos dias.

Entramos em contato com o ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, hoje (30) pela manhã.

A nossa pretensão era obter explicações sobre um boato que rola pela cidade, sobre uma suposta desistência dele em concorrer a uma vaga na assembléia legislativa.

Jabes afirmou que sua campanha vai muito bem. “A base de apoio que conquistei me garante a vitória, mas, me falta estrutura para prosseguir”. Trocando em miúdos, ele confirmou que pode desistir caso o seu partido (PP) não se disponha a lhe fornecer o que ele precisa.

O ex-prefeito falou com ênfase: “governei Ilhéus três vezes, e não tenho nenhuma condenação no judiciário. Respondo alguns processos em primeira instância, mas, nenhum me condenou. Meu nome não está na lista do TCU, é só verificar”, (clique aqui).

Jabes tem medo de ser enganado, como em 2006. “Ficaram de me ajudar, mas na reta de chegada me abandonaram. Tenho condições de me eleger, mas sem apoio, poderei queimar meu nome. Caso eu desista, vou esperar 2012, pois as pesquisas me colocam com boas chances na disputa pela prefeitura de Ilhéus”.

Ele aguarda respostas  (até o final desta semana) para definir se será ou não candidato a deputado estadual.

EX-FUNCIONÁRIOS DO ANTIGO BANEB-ILHÉUS APOIAM JABES RIBEIRO

O ex-prefeito de Ilhéus e candidato a deputado estadual, Jabes Ribeiro (PP) e o deputado federal Mário Negromonte foram convidados para um almoço realizado pelos ex-funcionários do antigo Baneb.

O encontro – que aconteceu no último dia 19 de junho, na sede da Associação do Baneb, na estrada Ilhéus-Olivença – objetivou o apoio a candidatura de Jabes nas próximas eleições.

JABES IMPEDIDO DE FALAR NO MOVIMENTO FAVORÁVEL AO PORTO-SUL

Os organizadores do movimento favorável ao Porto da BAMIN coincidentemente ligados também ao governo Newton Lima, decidiram não deixar o ex-prefeito Jabes Ribeiro (PP) fazer discurso durante o movimento que acontecerá na tarde de hoje (quarta-feira/10), com a saída prevista para o estádio Mário Pessoa.

Várias autoridades estarão liberadas para falar, menos ele. Tudo o que Jabes precisa para crescer ainda mais.

PELOTÃO ESPECIAL DE ILHÉUS NÃO SERÁ EXTINTO

Jabes Ribeiro interferiu a favor dos PMs.

O ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, pré-candidato a deputado estadual (PP), não está disposto a cochilar diante das próximas eleições. Enquanto a deputada estadual Ângela Sousa (PSC) só vive viajando, na busca incessante pelos votos do “irmãos”, Jabes vai ocupando espaços e conquistando apoios importantes.

No último domingo (06), policiais militares de Ilhéus lotados no pelotão especial procuraram o ex-prefeito para tentar impedir o fim da unidade, que já havia sido anunciado pelo comando da PM.

Rapidamente, ele mobilizou as lideranças estaduais do seu partido, em defesa da causa, conseguindo reverter a situação, o que agradou “em cheio” os PMs.

MARCOS CORREA, O PREFERIDO

Fontes palacianas garantem que o jornalista Marcos Correa continua sendo o preferido do prefeito de Ilhéus, Newton Lima.

Apesar de ter ido para o “banco de reservas”, é ele quem escreve discursos para o chefe do executivo, e que o mantém informado sobre assuntos relacionados à imprensa.

Maurício Maron, atual assessor de comunicação, trabalha diretamente com o “primeiro-ministro” Pai Cidão. No momento, os dois desenvolvem estratégias para desgastar o ex-prefeito Jabes Ribeiro (PP), pré candidato a deputado estadual.

NOTA DO PP SOBRE A INDISPONIBILIDADE DE BENS DE JABES RIBEIRO

O presidente do Partido Progressista de Ilhéus, a respeito de notícias veiculadas de que o Juiz da 2ª Vara Civil de Ilhéus teria decretado a indisponibilidade de bens do ex-prefeito Jabes Ribeiro, esclarece:

1. O ex-prefeito não foi notificado de nenhuma decisão, e nem mesmo teve oportunidade de apresentar sua defesa prévia;

2. Por força da greve dos serventuários da Justiça o advogado do ex-prefeito não teve acesso aos autos para colher as informações necessárias;

3. Sabe-se apenas que se trata de ação impetrada pelo município, possivelmente no final da gestão do ex-prefeito Valderico Reis, a respeito de fato ocorrido na Secretaria de Saúde, cuja denúncia foi exaustivamente esclarecida;

4. Ação com o mesmo objeto foi impetrada na Justiça Federal e resultou no não acolhimento da indisponibilidade de bens do ex-gestor;

(mais…)

JABES CONSEGUE CURSO PARA FUNCIONÁRIOS DA CIRETRAN E IRRITA ÂNGELA

Funcionários da 13ª CIRETAN, em Ilhéus, há muito tempo reivindicavam um curso de capacitação (examinador de trânsito) junto à direção do DETRAN em Salvador.

Diversos pedidos foram encaminhados à deputada estadual Ângela Sousa, que sempre demonstrando falta de atenção, nunca deu a devida importância. Apesar de ter o controle sob o órgão, a parlamentar não é simpática aos funcionários.

Cansados de tanto insistir, decidiram recorrer ao ex-prefeito Jabes Ribeiro, que por ser do PP, mantém ligações com o diretor do DETRAN, Adriano Romariz, filiado ao mesmo partido.

O pedido foi acatado, deixando a deputada enfurecida e disposta a adotar represálias contra os servidores. O problema é que a pessoa de maior abnegação pelo curso foi o seu ex-genro Vinicius, que segundo informações, tem um alto grau de comprometimento com Ângela.

Será que ela vai pedir a exoneração do ex-genro?