Postos SAC no interior atendem aos sábados para serviços de RG e CNH

SAC de Ilhéus vai ter atendimento aos sábados.

Postos SAC no interior do Estado passam a atender também aos sábados a partir de 19 de setembro. A ação contempla as unidades Barreiras, Conquista I, Conquista II, Feira I, Feira II, Ilhéus, Juazeiro e Santo Antônio de Jesus. O atendimento aos sábados está restrito a serviços de RG e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e deve ser feito, exclusivamente, por agendamento através do SAC Digital.

O atendimento é feito somente por hora marcada e os horários para agendamento já estão liberados no SAC Digital. Para ter acesso à plataforma de serviços do Estado, basta digitar o endereço www.sacdigital.ba.gov.br na internet ou baixar o aplicativo disponível para Android e iOS, seguindo o passo a passo para cadastro. Para outras informações, a Secretaria da Administração (Saeb) ainda disponibiliza site institucional do SAC e o call center: 0800 071 5353 ou 4020-5353.

Medidas de segurança – A Rede SAC reforça a necessidade dos cidadãos redobrarem a atenção aos cuidados recomendados pelo Governo do Estado e pela Organização Mundial de Saúde (OMS) ao se dirigem ao SAC Móvel. Entre as medidas de segurança adotadas pela Rede SAC estão a disponibilização de dispensers com álcool em gel; reforço na higienização das dependências da carreta, bem como dos móveis; reorganização do espaço de espera para promover o distanciamento, e controle da quantidade de agendamentos, reduzindo o número de pessoas no ambiente, como determina o Decreto Estadual 19.529/20.

SAC Barreiras
Horário: 7h às 13h
Serviços: RG (emissão e entrega) e Detran (serviços de CNH e entrega)

SAC Feira I
Horário: 7h às 13h
Serviços: RG (emissão e entrega) (mais…)

STF atende pedido do Governo da Bahia e determina retirada da Força Nacional do extremo sul

Imagem ilustrativa.

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), deferiu na noite da quinta-feira (17) a liminar pleiteada pelo Estado da Bahia, na quarta (16), requerendo a retirada da Força Nacional de Segurança do sul do estado. Fachin determinou que a União retire dos municípios de Prado e Mucuri, no prazo de até 48 horas, todo o contingente da Força Nacional de Segurança Pública mobilizado pela Portaria nº 493, de 1º de setembro de 2020. Também estipulou a intimação da União, na pessoa do advogado-geral, para manifestar eventual interesse em conciliar .

Em sua manifestação, o Estado da Bahia informou que a guarda federal foi mandada no último dia 3, sem consulta prévia ou solicitação de autoridades locais, ferindo o princípio constitucional da autonomia federativa dos estados. Reclamou ainda que os pedidos de esclarecimentos, feitos ao ministro André Mendonça (Justiça), ficaram sem resposta.

Para o procurador-geral do Estado, Paulo Moreno, “a decisão do Ministro Fachin responde à altura a grave violação constitucional perpetrada pelo Governo Federal. A Força Nacional tem papel fundamental e relevante para o país, mas sempre como instrumento de fortalecimento do pacto federativo, mediante atuação articulada e respeitando a autonomia dos Estados. Não pode se constituir um veículo de intervenção da União nos Estados membros”.

Programa Centelha Bahia impulsiona ecossistema de inovação

Foto: Fernando Vivas/GOVBA.

O programa Centelha Bahia, que registrou mais de dois mil inscritos no ano passado, vai conceder R$ 1,6 milhão para apoiar os 27 negócios inovadores aprovados ao longo de sete meses de seleção e capacitação. Na reta final de contratação, que está marcada para ter início em outubro de 2020, os participantes, provenientes dos municípios de Salvador, Ilhéus, Feira de Santana, Paulo Afonso, Guanambi e Itajuípe, serão contemplados com recurso financeiro de R$ 60 mil para que possam desenvolver seus trabalhos.

O diretor da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), Márcio Costa, reafirma a alta expectativa nos pesquisadores selecionados. “O que estamos esperando é que os 27 projetos possam efetivamente alcançar os objetivos propostos, seja com novos produtos, serviços e processos, geração de novos postos de trabalhos, empresas de base tecnológica consolidadas, ajudando a consolidar o ecossistema estadual de inovação. O investimento nesses trabalhos beneficia a sociedade para que possamos continuar a fazer a Bahia avançar através da pesquisa cientifica e da inovação”, disse.

Enquanto o Centelha entra em na reta final, a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Adélia Pinheiro, já antecipa o que espera da próxima edição do programa. “Após o sucesso da primeira edição, para o Centelha II, esperamos receber um número ainda maior de ideias na fase 1, a fim de aumentarmos a quantidade projetos apoiados, pois a probabilidade é que haja um aumento da captação de valores para o próximo ano. Isso representa o compromisso da Secti e do Governo do Estado em investir no potencial do povo baiano, com destaque para sua criatividade, fator que destaca a Bahia mundialmente”, destacou.

Ação cooperada

(mais…)

PGE vai ao STF para impedir atuação da Força Nacional no extremo sul da Bahia

Imagem ilustrativa.

A Procuradoria Geral do Estado da Bahia (PGE) ajuizou, perante o Supremo Tribunal Federal (STF), uma Ação Civil Originária, com pedido de liminar em tutela de urgência, pleiteando a declaração de nulidade da Portaria nº 493/2020, que autorizou o emprego da Força Nacional de Segurança Pública nas cidades de Prado e Mucuri, para suposto apoio a ações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, pelo período de 30 dias, a partir de 3 de setembro.

A PGE solicitou ainda que o STF obrigue a União a retirar todo o contingente da Força Nacional de Segurança Pública dos referidos municípios e que a condene a se abster de promover o emprego da Força Nacional de Segurança Pública em qualquer parte do território do Estado da Bahia sem que haja formal e expressa solicitação do governador.

No pedido, o procurador do Estado Miguel Calmon Teixeira de Carvalho Dantas esclareceu que a ação da Força Nacional de Segurança Pública ordenada pela aludida portaria foi determinada sem solicitação do governador do Estado, o que implica numa invasão da União Federal no âmbito de competência constitucionalmente resguardado ao Estado da Bahia, além de se envolver em ações de segurança pública e cumprimento de ordem judicial, comprometendo o princípio federativo e deturpando a utilização da Força Nacional, que pressupõe a solidariedade interfederativa pela ação conjunta e coordenada com as polícias dos Estados-membros, o que não ocorreu no caso concreto.

“A ação compromete indelevelmente o princípio federativo, uma vez que determina a invasão da Força Nacional no Estado da Bahia, sem qualquer respaldo constitucional e nem legal. Configura-se, portanto, conflito federativo, que se agrava ainda mais quando o excelentíssimo senhor Ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública se omite diante de ofícios encaminhados pelo excelentíssimo senhor governador do Estado da Bahia questionando e repelindo a operação determinada pela Portaria nº 493/2020, restando patente a efetiva existência de conflito federativo e, consequentemente, atraindo a competência constitucional do Supremo Tribunal Federal para processar e julgar o feito”, explicou o procurador.

“A Força Nacional de Segurança Pública foi concebida como instrumento para servir o pacto federativo, não para afrontá-lo. A arbitrária medida adotada pelo Governo Federal banaliza a utilização desta especial e necessária força de segurança, seja por não atender os requisitos legais, seja por seu caráter desproporcional. O Estado da Bahia espera que o STF coíba este inconsequente ato de força, que desconsidera o mínimo necessário de convivência democrática, constituindo-se em verdadeira intervenção”, afirmou o procurador-geral do Estado, Paulo Moreno Carvalho.

Palestra no Hospital Regional Costa do Cacau aborda saúde mental do trabalhador

Foto: Ascom/HRCC.

De acordo com informações publicadas no site da Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANAMAT), o número de pessoas que tem a saúde mental afetada, durante as epidemias, tende a ser maior que de indivíduos acometidos pela infecção, podendo durar mais tempo e com maior prevalência. Diante disso, é indicado que as empresas busquem a manutenção do bem-estar dos trabalhadores para garantir a sustentabilidade de seus serviços e negócios.

Atenta ao cenário de pandemia da Covid-19, a equipe organizadora da I Semana de Segurança do Paciente do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, inseriu em sua programação na última quinta-feira (10), uma palestra sobre a saúde mental do trabalhador, ministrada pela psicóloga Juliana Campos, profissional que integra o quadro do setor de Psicologia da unidade hospitalar.

Juliana Campos abordou questões que envolvem a saúde mental do funcionário em seu ambiente de trabalho. “Mostramos aqui, como são os desdobramentos, a relação entre o trabalho e a saúde mental, como buscar se manter mentalmente saudável, quais as estratégias, ou se é que existem estratégias para isso, neste quesito específico, a saúde mental do trabalhador do HRCC”, informou.

A psicóloga explicou que o encontro foi direcionado para coordenadores de setores do hospital que podem orientar seus colaboradores, de acordo com as informações recebidas durante a palestra. “É de fundamental importância abordar a saúde mental, de falar dela, pensar. Precisamos estabelecer ou tentar estabelecer alguns nexos entre a saúde mental e o trabalho”, destacou.

Encerramento da I Semana de Segurança do Paciente – Na última sexta-feira (11), o evento foi concluído com a conscientização da equipe multidisciplinar para a segurança do paciente, reforçando todo o aprendizado recebido durante a semana de atividades sobre o tema. Para a enfermeira Adriana Santos, coordenadora do Núcleo de Segurança (NSP) do HRCC, quando todos trabalham duro para o mesmo objetivo, grandes vitórias são alcançadas. “Nosso evento foi muito importante, gostaria de dar os parabéns e agradecer a todos os integrantes dessa grande equipe do Hospital Regional Costa do Cacau”, frisou.

Governo atualiza decreto que disciplina trabalho remoto no funcionalismo público estadual

Imagem ilustrativa.

O Diário Oficial do Estado (DOE) publicou, na edição deste sábado (12), alterações no decreto n° 19.528, que instituiu em 16 de março de 2020 o trabalho remoto na estrutura do Poder Executivo Estadual em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Os servidores a partir de 60 anos e as servidoras grávidas continuam contemplados pela medida preventiva, sem modificação no texto do decreto, mas houve atualização em dois dos quatro incisos do artigo 1°.

Antes, o decreto estabelecia, no inciso II, “trabalho remoto para servidores com histórico de doenças respiratórias e doenças crônicas”. Esse inciso passou por alteração e agora a medida contempla “servidores acometidos por doenças respiratórias em atividade e doenças crônicas que não estejam sob controle, desde que afetados órgãos-alvo que impliquem em aumento do risco”.

No inciso IV, onde o decreto estabelecia trabalho remoto para “servidores que utilizam medicamentos imunossupressores”, o texto também ganhou um acréscimo. “Servidores que utilizam medicamentos imunossupressores, quando acometidos por patologia em atividade, que justifique o uso daqueles medicamentos”, diz a versão atualizada do decreto.

A publicação deste sábado também altera o parágrafo 1° do decreto 19.528, que estabelece, entre outras coisas, o regramento para envio de autodeclaração e de exames comprobatórios dos servidores. “A identificação de indícios de inautenticidade da documentação apresentada pelo servidor, bem como da inveracidade do seu conteúdo, ensejará a notificação da corregedoria da sua respectiva unidade de lotação, para fins de apuração e responsabilização disciplinar”, indica o decreto, que passa a vigorar a partir deste sábado (12) e terá normas complementares editadas pela Secretaria da Administração (Saeb).

Hospital Regional Costa do Cacau retoma internato hospitalar ainda este mês e sinaliza residência médica para 2021   

Hospital Regional da Costa do Cacau.

O Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, integrante da rede da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e conveniado ao Sistema Único de Saúde (SUS), além de prestar assistência médica à população do sul do Estado, oportuniza a experiência profissional para estudantes de diversas áreas de saúde.

A unidade hospitalar começou 2020 recebendo, pela primeira vez, estudantes do sexto ano do curso de medicina, da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) para acompanharem as atividades médicas no HRCC, por meio de um estágio supervisionado (internato hospitalar), com orientação de médicos graduados.

Devido a emergência sanitária global, imposta pela pandemia do novo coronavírus, agente causador da Covid-19, que no Estado da Bahia, se iniciou no primeiro trimestre 2020, foi determinado por questões relacionadas a biossegurança, a suspensão dos estágios dos estudantes da área de saúde das instituições de ensino superior. A medida foi aplicada em toda a rede da Sesab, incluindo o HRCC.

Nos últimos 30 dias, com a determinação do secretário de saúde da Bahia, Fábio Villas-Boas, de organização dos esforços para retorno mais breve possível das atividades, o HRCC e o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar (IBDAH) se articularam juntos, sob a coordenação da Escola Estadual de Saúde Pública, para garantir máxima segurança aos estudantes, no retorno às suas atividades, ainda este mês.

Esses alunos passarão por todas orientações e treinamentos necessários, que tem como objetivo prepará-los para prevenção do contágio da Covid-19, em ambiente hospitalar. Além disso, o HRCC adota medidas para desinfecção e descontaminação de ambientes, reforçando a segurança sanitária na unidade. Essas aplicações possibilitarão o retorno desses estágios, que são orientados por médicos do HRCC e professores da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).    (mais…)

Hospital Regional Costa do Cacau promove I Semana de Segurança do Paciente

Foto: Ascom/HRCC.

Iniciada na última terça-feira (08) e com programação marcada até a próxima sexta-feira (11), o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, promove a I Semana de Segurança do Paciente. O evento tem como objetivo treinar todas as equipes da unidade hospitalar, reforçando o conceito e as práticas principais que buscam a segurança do paciente como responsabilidade de todos.

A ação surgiu através da iniciativa do Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) do HRCC, com apoio da Diretoria e foi organizada para acontecer durante este mês, em referência ao dia 17 de setembro, quando é comemorado o Dia Mundial da Segurança do Paciente. Durante esse período, instituições da área da saúde intensificam e priorizaram a conscientização para a relevância do tema.

De acordo com a enfermeira Adriana Santos, coordenadora do NSP do HRCC, a primeira semana promovida no hospital busca fortalecer, ainda mais, a cultura de segurança do paciente na instituição.  “Nós temos um núcleo que foi implantado em 19 de junho de 2019, e com o passar desse tempo, nos organizamos para implementar e estabelecer os nossos protocolos, com as melhores práticas”, disse.

A coordenadora ainda explicou que o evento é voltado para equipe multidisciplinar e indicou o seu formato de aplicação. “Seja a higienização, portaria, manutenção, enfermagem, nutrição. Todos nós, a partir do momento que o paciente adentra à unidade, somos responsáveis pela segurança dele e temos que fazer o melhor para que ele se recupere e volte para sua família, com a saúde restabelecida. Então, a nossa capacitação funciona assim: pelas manhãs, fazemos os treinamentos com os gestores para que eles, posteriormente, repliquem o aprendizado para sua equipe de colaboradores”, informou.

Programação

(mais…)

Serviço facilita acesso à última via do RG através do SAC Digital

Imagem ilustrativa.

O RG Expresso, serviço que oferece ao cidadão a possibilidade de obter a última via da carteira de identidade, modificou um dos critérios para facilitar a vida de mais pessoas. O prazo foi ampliado. Agora, o cidadão pode solicitar o serviço, caso o RG tenha sido emitido há, no máximo, seis anos.

Com o RG Expresso, o cidadão precisa ir ao posto SAC uma única vez, apenas para ir buscar o documento já pronto. “Já a solicitação da segunda via, exige que o cidadão faça dois deslocamentos. Além disso, ele gasta tempo para realizar, novamente, todas as etapas de confecção do novo RG, como biometria, fotografia e assinaturas”, explicou a diretora do Instituto de Identificação da Bahia Pedro Mello (IIPM), Socorro de Maria.

A partir da próxima terça-feira (8), 12 postos SAC estão aptos a realizar a entrega do documento. Na capital são as unidades do SAC Barra, Bela Vista, Paralela, Shopping da Bahia e Salvador Shopping, além de Cajazeiras, Comércio e Shopping Liberdade; no interior, Alagoinhas, Jacobina, Juazeiro e Senhor do Bonfim. Ainda no mês de setembro, outros postos do interior vão fazer parte do processo.

O serviço deve ser solicitado de forma on-line, através do SAC Digital. O prazo de recebimento é de até cinco dias úteis após o pagamento da taxa de R$ 37,77. “A nossa expectativa é que, com o aumento do prazo para solicitar a cópia da última via do documento, as pessoas só façam uma nova via caso não atendam aos critérios para o RG Expresso”, ressalta a diretora Operacional do SAC, Nilza Rios. (mais…)

Maia: reforma administrativa tem foco no futuro do serviço público

Presidente da Câmara dos Deputados, dep. Rodrigo Maia. Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados.

Da Agência Brasil.

O governo federal encaminhou na quinta-feira (3) à Câmara dos Deputados a proposta de reforma administrativa. O texto foi enviado pessoalmente pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira, ao presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ).

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Nova Administração Pública abrange os Três Poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário – da União, dos estados e dos municípios. O texto prevê a criação de novos tipos de vínculo e maior tempo para efetivação no cargo.

Por se tratar de uma PEC de autoria do governo, a tramitação se inicia pela Câmara dos Deputados. Para ser aprovada, a proposta precisa ter o apoio de, pelo menos, 308 dos 513 deputados em dois turnos de votação. Em seguida, a matéria segue para o Senado e deve ter aprovação de 49 dos 81 senadores, também em dois turnos de votação.

Para Rodrigo Maia, a reforma atinge o ponto correto ao ter foco no “futuro do serviço público”. “Não podemos mais tirar dinheiro sociedade com os impostos e do outro lado sair muito pouco em serviços para sociedade”, afirmou o deputado.

“Diálogo aberto, franco e transparente nos dará a condição de cumprir um grande desafio nos próximos meses: o nosso acordo que acabou atrasando pela pandemia, que a Câmera tratava da reforma administrativa, o Senado, do pacto federativo, e o Congresso, da reforma tributária. Voltamos ao eixo do nosso trabalho”, completou Maia.

A reforma não altera as regras para os atuais, nem para os futuros membros do Poder Judiciário, que são os juízes, desembargadores e ministros, do Poder Legislativo – deputados e senadores – e do Ministério Público, que são promotores e procuradores. As novas regras também não valem para os militares, que não são enquadrados como servidores públicos.

O secretário-geral da Presidência, Jorge Oliveira, ressaltou que a proposta terá validade para os próximos servidores públicos. Segundo o Ministério da Economia, as mudanças são necessárias para o equilíbrio das contas públicas.

“[A PEC] vai preservar os atuais direitos dos servidores que estão em exercício dos cargos, aprovados em concurso. Mas é tempo de rever, diante da evolução do Estado, novas formas de provimento que possibilitem um Estado mais moderno, enxuto, que atenda as demandas [da sociedade] sem criar impacto previdenciário”, afirmou o ministro.

Hospital Regional Costa do Cacau inicia campanha Setembro Verde 2020

Durante a abertura do Setembro Verde, mês de campanha nacional de doação de órgãos e tecidos, no ano passado, funcionários do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, se reuniram na frente da unidade e fizeram uma bela homenagem à ação, soltando balões verdes. Também aconteceram diversas atividades para conscientização sobre o tema.

Agora em 2020, muitas mudanças na programação referente à campanha foram impostas pela pandemia do novo coronavírus. Porém, a sensibilização sobre a doação de órgãos deve ser intensificada, de maneira mais cautelosa, priorizando a segurança sanitária para evitar o contágio da Covid-19. Estão proibidos encontros que formem aglomerações e o trabalho será direcionado de forma mais individualizada para que a mensagem dessa causa tão importante seja repassada.

De acordo com Ronaldo Pereira, coordenador da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) do HRCC, em setembro de todos os anos,  profissionais de saúde, também da área do transplante e da doação desenvolvem ações educativas, de mobilização, entre outras para debaterem a importância de ser um doador. “É muito importante propagar o amor ao próximo, através de um ato grandioso e generoso que é a doação. Isso pode mudar a vida de milhares de pessoas que aguardam na fila de espera”, comentou.

Impacto da pandemia – O enfermeiro indicou que este ano estão suspensas as distribuições de panfletos e outros materiais para evitar o contágio da Covid-19. “Ficamos impossibilitados de fazer algumas coisas, estamos estudando alternativas seguras junto com a Organização de Procura de Órgãos (OPO). O mais importante, não deixaremos de transmitir essa mensagem, seja com bandeiras, faixas e atividades sem riscos para as pessoas”, disse.

O coordenador ainda citou que a pandemia do novo coronavírus causou impactos na doação de órgãos. “Desde março, a Sesab implantou ajustes necessários nas rotinas e condutas para garantir a segurança dos profissionais e dos pacientes envolvidos. Parte do serviço da doação teve uma redução na disponibilidade, por exemplo, de tecidos oculares para fins terapêuticos. Os protocolos adotados, com testes eficazes para detecção da Covid-19, indicam o restabelecimento gradual do serviço, no caso das situações emergenciais, estas sempre foram atendidas, não tiveram suspensão”, concluiu.

Bahia vive ‘enxame de terremotos’ com 11 tremores em 24h

Movimentação na Av. Presidente Castelo Branco, Vale de Nazaré, em Salvador
Foto: Mauro Akin/Fotoarena / Estadão.

Durante pelo menos duas horas, os moradores do distrito de Corta Mão, em Amargosa, no Recôncavo Baiano, deixaram suas casas, sem entender por que a terra tremia sob os pés, na manhã do último domingo, 30. Um novo tremor, de 3,5 de magnitude, foi sentido às 3h42 daa segunda-feira, 31. Segundo especialistas, os terremotos registrados na Bahia podem ser explicados pela ocorrência dos chamados “enxames sísmicos”, quando acontece uma série de tremores em diferente locais, pelas falhas geológicas nas cidades onde foram sentidas e por uma espécie de “viagem” dos abalos para outras regiões.

Os tremores de terra foram sentidos não apenas em Amargosa. Cidades mais distantes, como Valença, no baixo-sul da Bahia, e até em Salvador, a 162 quilômetros de distância, também registraram o fenômeno. Ao menos 43 cidades baianas notaram tremores de terra neste domingo, de acordo com o Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (SP). Nas últimas 24 horas, foram pelo menos 11 tremores em Amargosa. Nesta segunda, os tremores também foram sentidos nas cidades de Brejões e Elísio Medrado.

O tremor mais forte, registrado às 7h44 do domingo, em Amargosa, teve uma magnitude de 4,6 na Escala Richter, ainda considerado fraco, mas forte o bastante para derrubar panelas, balançar prateleiras e causar pequenas fissuras em casas e telhas. A prefeitura municipal notificou rachaduras em seis casas e numa igreja católica da cidade. “Uma panela que estava na cozinha foi parar na sala. O telhado da casa de meu sobrinho ficou com algumas rachaduras”, contou o operador de máquinas Valmir Borges, de 47 anos, morador de Corta Mão. O primeiro terremoto registrado neste ano, na Bahia, foi na manhã do dia 28 de julho, no município de Ilhéus, no Sul do Estado. Foi um abalo de 3,5 de magnitude.

Região sismogênica

Os acontecimentos dos últimos dois dias, somados ao tremor ocorrido no mês passado, levantou a curiosidade do porquê a terra estar tremendo na Bahia. O geógrafo e professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) Carlos Uchôa explicou que os terremotos registrados na Bahia aconteceram com mais força justamente na região do Recôncavo, onde está localizada uma das três regiões zimogênicas do Nordeste – as outras duas são João Câmara, no Rio de Grande do Norte, e Palhano, no Ceará. (mais…)

Depressão e suicídio devem marcar nova onda da Covid-19

Passada a necessidade de sobreviver à pandemia, perdas emocionais, físicas e financeiras impactam diretamente a saúde mental das pessoas Foto: Edilson Dantas / Agência O Globo.

De O Globo.

A consultora C. L., de 39 anos, diz que sempre foi ansiosa. Mas, nos últimos meses, o quadro se acentuou. Com o isolamento em casa, na capital paulista, e a sobrecarga entre trabalho e os cuidados do filho, começou a ranger os dentes, roer unhas compulsivamente, exagerar no café. A preocupação com a saúde dos pais, idosos e morando em outra cidade, também pesou. E a ficha caiu quando ela se viu numa crise de choro na frente do filho de três anos.

— Foi quando resolvi procurar ajuda médica. Não queria passar essa tristeza para o meu filho. E também precisava cuidar de mim, estar bem emocionalmente. Toda essa situação na pandemia de não poder sair, de acumular funções, desencadeou uma explosão de ansiedade e nervosismo — conta. — Tinha também medo pela minha família, de sair e passar algo para eles. Meu filho anda com álcool gel para todo lado.

C.L. começou acompanhamento psiquiátrico há um mês. E, como ela, centenas de brasileiros sentem um impacto da pandemia que vai além dos já conhecidos na saúde física ou respiratória nos últimos seis meses. É um problema que afeta diretamente a saúde mental das pessoas em quarentena e pode deixar sequelas.

— Os transtornos mentais são decorrências da vulnerabilidade biológica de uma pessoa e dos fatores ambientais. Se você tem uma boa base e reserva biológica, vai depender de uma situação muito estressante para desencadear um quadro desse tipo. O que acontece é que temos de fato hoje uma situação ambiental muito particular. Primeiro, causada pelo medo da infecção e da morte. Depois, pela quarentena e o isolamento social — explica o psiquiatra Jair Mari, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

O detonador, explica, são as condições que acompanham o isolamento. (mais…)

STJ afasta Witzel do governo do Rio por suspeitas de participar em esquema de corrupção na saúde

Equipes da Polícia Federal chegam ao Palácio Laranjeiras Foto: Gabriel Monteiro / Agência O Globo.

Do Globo.

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), foi afastado nesta sexta-feira do cargo, por 180 dias, por determinação do ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que autorizou diligências que são realizadas pela Polícia Federal. A medida ocorre no momento em que a Procuradoria Geral da República (PGR), em parceria com a Polícia Federal (PF), cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão contra agentes públicos, políticos e empresários envolvidos, segundo a acusação, em crimes de corrupção e lavagem de dinheiro do grupo liderado pelo governador. Presidente nacional do PSC, o pastor Everaldo Pereira foi preso. Há buscas sendo realizadas na casa do vice-governador, Cláudio Castro.

Duas viaturas da Polícia Federal, uma delas descaracterizada, chegaram às 6h14m ao Palácio Laranjeiras, sede do governo do estado. O advogado de Witzel, Roberto Podval, disse que o “ministro Benedito desrespeita democracia, afasta governador sem sequer ouvi-lo e veda acesso aos autos para defesa. Não se esperava tais atitudes de um ministro do STJ em plena democracia”.

Por volta das 7h, Ricardo Sid, advogado do governador afastado, chegou ao Palácio Laranjeiras, residência do governador. Ele entrou rapidamente no local e não falou com a imprensa. A defesa do governador afastado divulgou uma nota: “A defesa do governador Wilson Witzel recebe com grande surpresa a decisão de afastamento do cargo, tomada de forma monocrática e com tamanha gravidade. Os advogados aguardam o acesso ao conteúdo da decisão para tomar as medidas cabíveis”.

Já na casa do pastor Everaldo, no Recreio dos Bandeirantes. na Zona Oeste do Rio, as equipes chegaram às 5h50m. Os agentes esperaram até as 6h para entrar no edifício. Quem acompanha as buscas na casa de Everaldo Pereira é a procuradora da República Fabiana Schneider. A ação conta com uma delegada da Polícia Federal e três agentes. A assessoria de imprensa do político disse que “o pastor Everaldo sempre esteve à disposição de todas as autoridades e reitera sua confiança na Justiça”. (mais…)

Diante de greve, Correios reforçam efetivo para cumprir entregas

Da Agência Brasil.

Os Correios informaram ontem (24) que entregaram no último fim de semana, dias 22 e 23/08, mais de 1,2 milhão de cartas e encomendas em todo o país. Esse número só foi possível porque a empresa contou com o reforço de empregados da área administrativa e de veículos extras. Isso porque os funcionários da estatal entraram em greve na semana passada.

Segundo a empresa, a rede de atendimento segue aberta em todo o país e os serviços, inclusive o SEDEX e o PAC, continuam ativos. Mas as postagens com hora marcada, suspensas desde o início da pandemia, ainda estão indisponíveis. “A Coleta Programada não sofreu alteração, assim como a Logística Reversa, que permanece operando normalmente em nossas agências, bem como o serviço de telegrama, que continua sendo prestado com um acréscimo de um dia ao prazo previsto de entrega”, afirmou a empresa.

Greve

Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect), parte dos trabalhadores decidiu cruzar os braços em protesto contra a proposta de privatização da estatal e pela manutenção de benefícios trabalhistas. A categoria também reivindica mais atenção, por parte da empresa, quanto aos riscos que o novo coronavírus representa para os empregados.

Em nota à imprensa, a empresa afirma que “têm preservado empregos, salários e todos os direitos previstos na CLT, bem como outros benefícios dos empregados”. Os Correios também dizem que a paralisação dos funcionários traz prejuízos financeiros à empresa e “a inúmeros empreendedores brasileiros”.

Além disso, os Correios entendem que o movimento grevista “afeta a imagem da instituição e seus empregados perante a sociedade”. “Os Correios esperam que os empregados que aderiram ao movimento paredista, cientes de sua responsabilidade para com a população, retornem ao trabalho nesta segunda-feira”, diz a nota.

A Fentect, por sua vez, divulgou uma nota hoje criticando a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que suspendeu o acordo coletivo dos trabalhadores da empresa, e prometeu intensificar a greve. “Quanto a continuidade da greve, a direção da Fentect e os sindicatos decidiram pela manutenção e ampliação do movimento, sendo este o único capaz de fazer com que venhamos garantir nossos direitos. A Fentect continuará desenvolvendo ações para garantir a manutenção dos direitos dos ecetistas junto aos sindicatos”, disse a federação sindical.