SEGUNDO O DEM, VIOLÊNCIA NA BAHIA É DESTAQUE NA EUROPA

O partido Democratas (BA) destaca uma matéria do diário espanhol El Pais, sobre a onda de violência no estado.

Leia o e-mail enviado pelo ex-PFL.

Principal jornal europeu da atualidade, o El Pais, da Espanha, abriu espaço para divulgar a escalada da violência na Bahia no governo Jaques Wagner. Com o título “Bahía, tomada por los narcotraficantes”, a reportagem, apesar de extremamente verídica, é péssima para a Bahia, pois afujenta turistas e empreendedores do nosso estado.

(mais…)

TREINAMENTO DE TÉCNICOS FORTALECE AGRICULTURA FAMILIAR

Da AGECOM.

roberto muniz sec agricultura  bahiaO desafio da Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri) de capacitar 840 técnicos da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), no sentido de melhorar a produtividade na implementação das políticas públicas, voltadas para a comercialização na agricultura familiar continua a partir desta terça-feira (15) e segue até quinta-feira, no auditório da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), em Ilhéus. A abertura do programa de capacitação contará com a presença do secretário de Agricultura da Bahia, Roberto Muniz.

Serão mais de 150 técnicos, gerentes, subgerentes e chefes de escritórios locais das regiões de Cruz das Almas, Teixeira de Freitas e Itabuna capacitados, dentro da proposta de contemplar todas as regiões do estado, através de sete encontros regionais. “A EBDA articula e organiza as atividades voltadas para a agricultura familiar e esses treinamentos reforçam o compromisso de colocar o agricultor como prioridade dos trabalhos”, disse o presidente da EBDA, Emerson Leal.

(mais…)

NOTA DA PREFEITURA SOBRE O ESCÂNDALO DA MERENDA É VAZIA

A nota emitida pela prefeitura de Ilhéus neste sábado (10), onde tenta desqualificar os veículos de imprensa que denunciaram o escândalo da merenda escolar, chamando-os de levianos, por mais que tenha sido assinada pelo secretário José Nazal, pessoa que merece o total respeito do Blog do Gusmão, não faz sentido e carece de fundamentação.

Além de confuso, o texto deixa subentendido que os autores nem sequer saibam do que a imprensa está tratando.

A composição da nota faltou com a verdade quando afirmou que “entre a Prefeitura Municipal de Ilhéus e o Governo Federal, não há em tramitação nenhuma pendência que envolva, denúncias fundamentadas, malversação ou outra que inspire desconfiança na forma correta com que temos agido. Toda a documentação encontra-se à disposição da sociedade”.

O relatório da auditoria realizada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação entre 16 a 20 de fevereiro deste ano, concluiu que ” os programas financiados com recursos desta autarquia (FNDE) não vêm sendo executados de maneira satisfatória pela Prefeitura Municipal de Ilhéus/BA, tendo em vista as constatações consignadas no presente relatório. Foram verificados prejuízos ao erário conforme os subitens 1.11, 1.16, 2 3.5″.

Os prejuízos somam R$ 296.123,65.

O secretário de educação Sebastião Maciel afirmou ao Blog do Gusmão, na última sexta-feira, que desconhecia o relatório. Da mesma forma procedeu o secretário de governo Jose Nazal, ontem (sábado/12), ao dizer a este blogueiro que não conhecia o teor do documento.

Portanto, fica mais do que evidente que a nota divulgada foi precipitada. Ela vai “totalmente” de encontro ao relatório de 40 páginas que fundamentou as denúncias publicadas por este blog.

Entre a Prefeitura Municipal de Ilhéus e o Governo Federal, não há em tramitação nenhuma pendência que envolva, denúncias fundamentadas, malversação ou outra que inspire desconfiança na forma correta com que temos agido. Toda a documentação encontra-se à disposição da sociedade. Estes são os fatos.

NOTA DA PREFEITURA DE ILHÉUS SOBRE O ESCÂNDALO DA MERENDA ESCOLAR

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O governo Municipal de Ilhéus tem sido alvo de denuncias infundadas a respeito da execução física e financeira do Programa Nacional de Alimentação Escolar, que não condizem com os fatos, conforme segue:

01. O governo Federal repassa para a Merenda Escolar, a importância de R$ 0,22 (vinte e dois centavos) por aluno lanche/dia. Essa importância por não atender à composição do cardápio, já que se reconhece que não se lancha com esse valor, o Governo Municipal aporta adicionalmente recursos para o gás e a suplementação de mais R$ 0,13 (treze centavos). Compondo o valor lanche/dia/aluno para R$ 0,35 ( trinta e cinco centavos), o que sem duvida fica ainda muito distantes de atender os itens em quantidade  e qualidade.

02. Diante do baixo valor per capita começa a surgir a insatisfação dos alunos e, por extensão ampliam-se as especulações sobre a Merenda, sua execução e destino. O Controle Social através do CAE não tem proporcionado a contribuição necessária que se espera de um mecanismo de controle externo praticado pela sociedade, e dado tom de denúncia, e tem encontrado eco em vários setores de nossa sociedade terminando por gerar conflitos na interpretação dos fatos, dos documentos e principalmente da verdade que precisa ser  do conhecimento da sociedade.

(mais…)

ACM NETO ESTÁ EM ROMA APRENDENDO TÉCNICAS UTILIZADAS POR NERO

Emiliano chamou Neto de ACM "Nero".
Emiliano chamou Neto de ACM "Nero".

Ironia do deputado federal Emiliano José (PT), direcionada ao colega de câmara ACM Neto, em resposta ao discurso do herdeiro político do falecido senador ACM, que atribuiu ao governador Jaques Wagner a culpa pela onda de ataques em Salvador.

Leia a nota enviada pela assessoria de Emiliano.

Segurança pública é assunto que não aceita exploração política

A segurança pública é um problema da Bahia e de todo o Brasil. Assunto sério demais para ser tratado de maneira leviana, apressada ou demagógica porque diz respeito a um conjunto de causas, muitas delas vinculadas ao crime organizado em escala nacional e internacional. O deputado ACM Neto (DEM), em pronunciamento (08/09/09) na Câmara dos Deputados, atacou o governo Wagner de tal forma que beira a irresponsabilidade política. E o senador César Borges sequer olhou para os graves fatos que ocorreram no governo dele e de Paulo Souto! ACM Neto está Roma, Itália, de onde disse que trará novidades para a segurança pública. “Certamente se especializará em tocar fogo na cidade, usando as técnicas de Nero. Quem sabe ele passe a ser conhecido como ACM ‘Nero’?”.

(mais…)

SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO AFIRMA QUE NÃO ADMINISTRA RECURSOS DA MERENDA ESCOLAR

MACIELMantivemos contato com o secretário de educação de Ilhéus, Sebastião Maciel, na noite de ontem (sexta/11).

Maciel afirmou ao Blog do Gusmão que desconhece o relatório do fundo nacional de desenvolvimento da educação, elaborado através de uma inspeção realizada entre os dias 16 a 20 de fevereiro deste ano, em Ilhéus, que apontou irregularidades na aplicação dos recursos destinados à merenda escolar.

O responsável pela educação ressaltou que sua secretaria não administra as verbas citadas. Quem gere os recursos é o secretário de finanças Gilvan Tavares, pois “é ele quem paga os fornecedores”, explicou Maciel.

Minutos depois, o secretário nos ligou informando que os pagamentos são realizados pelo Sr. Antônio que trabalha no 4º andar do prédio anexo ao palácio Paranaguá, e que ele poderia nos dar mais informações.

AUDITORIA DO FNDE CONSTATA VÁRIAS IRREGULARIDADES NA COMPRA DA MERENDA ESCOLAR

Leite estocado fora da geladeira no CAIC (zona sul). Imagem do conselho de alimentação escolar, feita em 17/04/2009.
Leite estocado fora da geladeira no CAIC (zona sul). Imagem do conselho de alimentação escolar, feita em 17/04/2009.

O Blog do Gusmão teve acesso ao “relatório de auditoria” refente à inspeção realizada em Ilhéus, no período de 16 a 20 de fevereiro de 2009, onde foram constatadas pelos auditores do FNDE (fundo nacional de desenvolvimento da educação), várias irregularidades na administração dos recursos da merenda escolar.

O documento  abrange os anos de 2007, 2008 e 2009 (até fevereiro), e desabona a conduta da administração Newton Lima. O FNDE enviou o relatório para o Ministério Público Federal e para a Controladoria Geral da União para que procedam as investigações necessárias.

Os indícios são vastos:

1- Entrega de produtos nas escolas, diferentes das marcas licitadas.

2-Deficiência na prestação de contas, relacionadas à apresentação de documentos que comprovem a lisura dos procedimentos.

3- Ausência de licitações em alguns casos.

4- Licitações irregulares.

5- Alimentos armazenados em locais que não oferecem condições de conservação.

6-Movimentação da verba destinada à merenda escolar, em contas bancárias que não são do programa.

7- Alimentos comprados sem critérios.

8- Alimentos comprados sem inspeção sanitária.

9- Ausência de documentação que comprove as despesas com o programa da Merenda Escolar.

10- Ausência de documentação original.

11- Falta de comprovação das entregas de alguns produtos licitados e pagos.

12- Transferências de recursos para as escolas, fora do prazo exigido pelo FNDE.

13- Despesas efetuadas que não estão incluídas no programa.

14- Ausência de pesquisa de preços para a compra dos produtos.

15- Alimentos comprados sem os testes de aceitabilidade.

16- Recursos que não foram repassados para as escolas, que somam R$ 296.050.00.

17- Prefeito prometeu devolver os recursos em 30 de abril deste ano. Até agora, o dinheiro não foi devolvido.

NA FALTA DA MERENDA, PR0FESSORES COMPRAM PIPOCAS PARA AS CRIANÇAS

O Blog do Gusmão esteve nesta sexta-feira (11), na escola municipal do Alto do Basílio e constatou o descaso do poder público municipal com as crianças que estudam na unidade de ensino.

Os alunos não recebem a merenda escolar destinada pelo governo federal. Uma professora que não pôde se identificar relatou que algumas crianças chegam a chorar devido à fome.

A prefeitura incluiu na merenda, um produto que não é aconselhado pelas normas do ministério da educação.

Uma vergonha!

Veja na TV Gusmão.

O ESCÂNDALO DA MERENDA ESCOLAR EM ILHÉUS

Verduras estragadas encontradas nas escolas de Olivença.
Verduras apodrecidas encontradas na cozinha de uma escola em Olivença.

Governo municipal licita feijão tipo 1, mas, serve tipo 2 (marca inferior) nas refeições das crianças.

Governo municipal licita leite da Nestlé e entrega de outra marca, bem mais em conta, para os alunos das escolas públicas.

Prefeito se comprometeu em devolver R$ 296.000,00 ao governo federal até 30/04 deste ano. Até agora nada. O dinheiro ninguém sabe, ninguém viu.

Professor afirma que crianças choram de fome nas salas de aula.

Professores fazem “vaquinha” para comprar pipocas servidas no lanche dos alunos.

Estamos preparando uma reportagem completa que será publicada ainda hoje.

NOVELA DA VIDA IR(REAL)

daniel2

Artigo de Daniel Thame.

São 20;45 minutos numa sala de aula de uma faculdade em Itabuna. Os alunos estão impacientes. Nada a ver com a complexidade do assunto abordado ou com a prova difícil na próxima aula.

A impaciência é em função do início da novela, que está nos capítulos finais. Na impossibilidade de se chegar em casa, a televisão da cantina será proverbial.

O mocinho da novela, que morreu mas não morreu na explosão de um trem, após descobrir que seu filho não era seu filho, vai continuar com a mocinha sofredora, que começou a novela amando um intocável e depois se tocou que o melhor era amar alguém que poderia tocá-la todos os dias?

A vilã da novela, tão má quanto bonitinha, vai pagar pelos seus incontáveis crimes ou dará um jeitinho de se safar da cadeia para aplicar novos golpes?

O empresário que também morreu mas não morreu para poder fugir para Dubai e ficar com a grana que desviou da empresa da família e depois se arrependeu, receberá o perdão dos que lesou?

São 13;30 minutos num restaurante de Cruz das Almas. Um grupo de cinco pessoas, todos servidores do estado, almoça e conversa animadamente. O assunto não é a greve dos professores nem a explosão de violência em Salvador.

É o final da novela.

Leia mais.

OBRAS BENEFICIAM BAIRRO FERNANDO GOMES

ASCOM: prefeitura de Itabuna.

Pacote de obras beneficia ao bairro Fernando Gomes-03-foto Waldyr GomesCom ruas pavimentadas a paralelepípedo, esgotamento pluvial e sanitário, além de obras de urbanização, o bairro Fernando Gomes, implantado a partir de uma invasão na periferia da cidade ganha um novo visual e infraestrutura urbana. Com o projeto de R$ 2,6 milhões, através de recursos do Ministério das Cidades repassados pela Caixa Econômica Federal e mais uma contrapartida da Prefeitura de Itabuna, o bairro ganhará também 97 casas populares, das quais 31 deverão estar concluídas e entregues à população ainda nos próximos dias.

O mestre de obras Gideoni Nascimento dos Santos explica que a construção de moradias populares será realizada por etapas e que a Construtora Verti tem ainda um contrato com a Prefeitura de Itabuna para implantar a pavimentação asfáltica do trecho compreendido entre a BR 415 e o matadouro municipal, o que também beneficiaria aos moradores do Fernando Gomes com melhores condições de acesso. As obras da pista incluem a implantação de um sistema de drenagem e esgotamento pluvial.

Gideoni destaca, ainda, que as primeiras 31 habitações estão bem adiantadas, já no ponto de colocação de telhado, reboco e do piso. Cada unidade tem em média 30 metros quadrados de área construída, com sala, quarto, cozinha e banheiro, com espaço para ampliação futura pelos próprios moradores, os quais contarão com ruas pavimentadas, áreas comunitárias, luz, água e esgoto.

(mais…)

“SÓ ENTROU PORQUE É DE GERALDO”

Newton Cruz (no meio) vai assumir o SUDIC a pedido de Geraldo.
Newton Cruz (o do meio) vai assumir o SUDIC a pedido de Geraldo.

Até que enfim um ilheense assume um cargo importante no governo do estado.

Newton Cruz foi indicado para o comando da SUDIC (superintendência de desenvolvimento industrial e comercial) pelo deputado federal Geraldo Simões (PT), e só conseguiu a proeza por não ser mais ligado ao PT de Ilhéus.

O empresário e ex-petista saiu do partido no ano passado, antes das eleições. Entre amigos, ele costuma dizer que “essa turma que dirige o PT de Ilhéus não vale…”

Hoje, um simpatizante de Geraldo bateu no peito, e com uma empáfia desafiadora, afirmou a este blogueiro: “esse ilheense só entrou porque é de Geraldo. Quero ver Rui Costa não respeitar um homem de 150 mil votos”.

Enquanto isso, os “companheiros” de Ilhéus lutam para indicar dois maqueiros para o hospital Regional.

Quem pode, pode. Quem não pode bate palmas.