Polícia Civil prende em Una matador de aluguel conhecido como “Lúcifer”

“Lúcifer” confessou cinco assassinatos. Foto: Ascom/Polícia Civil.

Policias civis lotados em Una prenderam Welington dos Santos Carvalho, autor confesso de cinco assassinatos.

Conhecido como “Lúcifer”, ele foi preso em flagrante na última sexta-feira, 26, poucas horas depois de assassinar com golpes de faca, Erisvaldo Fernandes Santos.

De acordo com as investigações, o autor e a vítima ingeriam bebidas alcoólicas, discutiram e partiram para as agressões físicas.

Além da prisão em flagrante, “Lúcifer” teve um mandado de prisão preventiva cumprido pela morte de Cosme Rodrigues da Silva, também por motivo fútil, ocorrida em janeiro deste ano.

Segunda a polícia, ele confessou a autoria de cinco homicídios e assumiu ser matador de aluguel.

Polícia Civil prende “Dri” e encontra maconha e armas em Ubaitaba

Acusado de tráfico, Dri foi preso próximo ao matadouro. No Armandão, policia apreendeu 40 quilos de maconha. Foto: Ascom/Polícia Civil.

Na manha desta quarta-feira, 17, a Polícia Civil cumpriu quinze mandados de busca e apreensão em Ubaitaba, relacionados à investigação sobre integrantes de facções do tráfico de drogas e homicídios.

A ação resultou na apreensão de uma caixa de papelão contendo 44 tabletes de maconha prensada (40 Kg) e apreensão de uma pistola semiautomática marca Taurus calibre 380, e dos documentos pessoais do investigado Vagner Oliveira dos Santos, conhecido como “Bedeu”. Segundo a polícia,o acusado conseguiu fugir no momento em que as viaturas entravam no Bairro Armandão.

No outro lado da cidade, na região do matadouro, foi preso em flagrante por posse irregular de arma de fogo Adriano Mendes dos Santos, apelidado como “Dri”. Foram apreendidas duas armas de fogo: um revolver calibre 38 e uma espingarda. “Dri” é investigado como integrante de facção do tráfico de drogas.

Participaram da ação 60 policiais civis das Coordenadorias de Polícia de Ilhéus e Itabuna.

Com informações da 7ª Coorpin/Ilhéus.

Morte de senhora canadense no São Miguel não foi por violência

Ramona Louise Dawe. Foto: Blog Agravo/reprodução.

De acordo com informações do delegado Helder Carvalhal, do núcleo de homicídios da 7ª Coorpin/Ilhéus, não foram encontrados sinais de violência e agressões físicas no estabelecimento em que faleceu a senhora Ramona Louise Dawe.

Ramona faleceu na última quinta-feira, 11, no bar Morena do Mar. Ela tinha 64 anos e era canadense. A morte gerou tristeza em muitas pessoas residentes no bairro São Miguel, em Ilhéus, comunidade em que Ramona residia há muitos anos e era benquista.

O resultado da necrópsia finalizada na última sexta-feira, 12, indicou “morte de causa a esclarecer”. Segundo o delegado Helder, a maior probabilidade é de falecimento devido a fatores naturais.

PM impede quadrilha de explodir caixas eletrônicos

A Polícia Militar impediu a ação de uma quadrilha que tentou explodir caixas eletrônicos na Agência do Bradesco, localizada na Rua 19 de Novembro, no bairro Baianão, em Porto Seguro, na madrugada desta terça-feira, 10.

Caixa eletrônico danificado. Foto: Ascom/PM.

Os membros da quadrilha, que estavam em um veículo modelo Fiat Toro, de cor branca, foram surpreendidos por uma guarnição da PM que fazia rondas na localidade.

Houve troca de tiros e, no confronto, os criminosos abandonaram os explosivos que já estavam instalados em dois caixas eletrônicos da agência. Eles fugiram e, logo em seguida, abandonaram o veículo e entraram numa mata a pé. Durante a abordagem, os policiais constataram que o carro foi roubado no dia 1º de abril, no município de Eunápolis e a cor original era vinho. Ninguém ficou ferido.

Carro usado pela quadrilha. Foto: Ascom/PM.

Guarnições do 8º BPM seguem realizando diligências em busca dos autores. Policiais Militares do Esquadrão Antibomba do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foram encaminhados para cidade com objetivo de desarmar os artefatos explosivos. A área permanece isolada.

 

Polícia recupera carga roubada que vale R$400 mil

Foto: Ascom/Polícia Civil.

A Polícia Civil recuperou um material avaliado em R$ 400 mil, roubado na BR-101. A carga foi localizada durante ações nos municípios de Gandu, Ipiaú, Jequié e Ibirapitanga.

Policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas em Rodovias (Decarga) recuperaram a carga de bobinas de fibra óptica nesta quarta-feira, 3.

Segundo o delegado Gustavo Coutinho, o material será entregue aos proprietários e “as investigações continuam para identificar quadrilhas responsáveis por saques e comercialização de outras cargas roubadas na região”.

Cinco envolvidos no crime, cujos nomes não foram revelados, irão responder por receptação qualificada.

Polícia prende homem acusado de matar amigo com 39 facadas na Fazenda Renascer

Evinho foi preso em Uruçuca. Foto: Ascom/Policia Civil.

Weverton Moraes Santos, conhecido como Evinho, de 21 anos, que estava com um mandado de prisão preventiva em aberto por homicídio, foi preso na terça-feira, 19, em Uruçuca, por investigadores da Polícia Civil lotados na 7ª Coorpin/Ilhéus.

O crime ocorreu no dia 2 de janeiro deste ano, na Fazenda Renascer, no distrito de Castelo Novo, em Ilhéus, e teve como vítima Rilan Alves Cândido, de 21 anos.

A vítima, que era amigo do autor, foi morta com 39 facadas depois de uma discussão com Weverton, que estava com ciúmes da amizade de Rilan com sua namorada.

De acordo com o delegado Helder Carvalhal de Almeida, Weverton é natural de Porto Seguro e estava morando em Uruçuca há cerca de um ano.

 

Dupla é presa por furto de carga avaliada em R$ 580 mil

Givalcio Oliveira e Juliano Miranda. Foto: Ascom/Polícia Civil.

O caminhoneiro Juliano de Lima Miranda e o comerciante Givalcio  Alves de Oliveira foram presos em flagrante por policiais civis, na manhã de quarta-feira, 13, na cidade de Manoel Vitorino. A dupla tem envolvimento no furto de uma carga avaliada em R$ 580 mil.

A investigação foi iniciada após investigadores da Polícia Civil, lotados em Jequié e Manoel Vitorino, apurarem que o caminhoneiro havia forjado um assalto a carga que transportava.

O delegado Moabe Macedo Lima afirmou que durante diligências foi verificado que Juliano havia repassado parte da carga ao comerciante. “Localizamos as mercadorias no supermercado que pertence a Givalcio”, relatou o delegado.

O comerciante foi autuado por receptação, enquanto o caminhoneiro deve responder por furto qualificado. A dupla já está à disposição da justiça, enquanto o material apreendido deverá ser devolvido aos proprietários.

Exclusivo. Supervisora de compras do governo Marão é acusada de desviar recursos de empresa

Imagem da carteira de identidade de Luciana Lima de Jesus.

Humberto Bezerra de Queiroz, procurador da empresa Unilev Tecnologia de Elevadores LTDA, localizada em Salvador, acusa Luciana Lima de Jesus de apropriação indébita.

Luciana é supervisora de compras e serviços da secretaria de administração de Ilhéus e, segundo fontes da prefeitura, foi indicada para o cargo pelo secretário Bento Lima. Ela começou a trabalhar no governo Marão no dia 16 de maio de 2018 (veja decreto com a nomeação). Antes ela trabalhou por três anos no setor financeiro da Unilev.

Conforme boletins de ocorrência registrados na 12ª delegacia, localizada no bairro Itapuã, em Salvador, o responsável pela empresa acusa Luciana de ter desviado quarenta e três mil reais (R$ 43.818,00) para contas particulares movimentadas no Banco Itaú.  As transferências ocorreram de novembro de 2017 a janeiro de 2018.

Boletins de ocorrência registrados contra Luciana.

 

Luciana moveu uma ação trabalhista contra a empresa que tramita na 24ª Vara do Trabalho de Salvador.

Os proprietários da Unilev denunciaram o suposto desvio de recursos ao Ministério Público Estadual, à Prefeitura e à Câmara de Vereadores de Ilhéus. A denúncia já é do conhecimento do promotor Frank Ferrari.

Até o momento não há decisão do poder judiciário que tenha considerado Luciana Lima de Jesus culpada pelo crime. Não podemos afirmar que o prefeito Mário Alexandre e o secretário Bento Lima tenham ciência da acusação contra a servidora pública, que na época atuava na iniciativa privada.

Às 14h10min., desta quinta-feira, 28, entramos em contato com a secretaria municipal de comunicação para tentar ouvir a versão de Luciana. Eli Macena atendeu nossa chamada e nos informou que não tem o contato da supervisora de compras.

O BG deixou recado com o atendente. Até o momento da publicação desta reportagem não recebemos resposta da Secom.

Supostas transferências (de 23 mil e 7 mil reais) realizadas para contas particulares de Luciana.
Documento prova que a conta que recebeu 30 mil reais da Unilev (exposta na imagem acima) é de Luciana.

Homem que fugia da justiça de Brasília é preso em Arraial D’ajuda

André Luiz de Paula, preso em Arraial D’ajuda. Foto: Ascom/Policia Civil.

Procurado pela justiça do Distrito Federal pelos crimes de furto qualificado, estelionato, associação criminosa e uso de documento falso, André Luiz de Paula, de 40 anos, foi preso na terça-feira, 15, por investigadores da Policia Civil, lotados em Arraial D’ajuda, em Porto Seguro.

Segundo o delegado Sinésio Júnior, o foragido foi localizado quando fazia compras numa loja de conveniências, no bairro Santiago.

André teve o mandado de prisão preventiva cumprido e deverá ser recambiado para Brasília.

Policia encontra cachaça dentro de prisão na noite de reveillon

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste.

Agentes da Polícia Civil apreenderam duas garrafas pet com cachaça durante a noite de réveillon, na carceragem de Brumado, informa o site Achei Sudoeste.

Além do “birinight”, também foi encontrado um tablete de maconha que estava no teto da carceragem.

Durante o período festivo de final de ano, a polícia civil aumentou o seu efetivo na delegacia, o que dificultou qualquer alteração por parte dos custodiados.

De acordo com a 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), as vistorias nas celas da carceragem serão mantidas e acontecerão sistematicamente.

Cippa fecha rinha de galos de briga no São Domingos

Foto: CIPPA/Porto Seguro.

A Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA/Porto Seguro), com apoio da 70ª CIPM, fechou uma rinha de galos treinados para brigas, no Loteamento São Domingos, em Ilhéus. A operação ocorreu nesta quarta-feira, 02.

No imóvel foram apreendidos 48 galos domésticos utilizados nas brigas; R$ 2.000,00 em espécie e 1 cédula de cinco dólares; 19 cheques cuja somatória dos valores resulta em R$ 16.945,00; 11 notas promissórias cuja somatória dos valores resulta em R$ 6.000,00; 4 cartões magnéticos, sendo 3 da Caixa Econômica Federal e 1 do Banco do Brasil; 10 canhotos de cheque do Banco Itaú; 2 Certificados de Registro de Veículo, sendo 1 de GM Prisma Joy e 1 de Honda CBX/250; 3 capangas, 25 buchas, 30 biqueiras de borracha, 7 esporas plásticas, 15 biqueiras de metal, 2 tesouras, 1 escova, 1 flanela;  1 cadeado, 2 correntes de prata, 1 celular marca Motorola; 2 frascos com medicações não identificadas, 1 Bepeben, 1 colírio Higicler, 1 Solmucol, 1 NGF-S, 1 caixa vazia de Benerok/Complexo B, 2 seringas vazias, 1 frasco com mel; 3 pássaros da fauna silvestre nativa, sendo 1 sabiá e 02 canários da terra.

Galos de briga confinados. Foto: CIPPA/Porto Seguro.

Sandoval Nascimento dos Santos, identificado como o responsável pela rinha, foi conduzido e apresentado na Delegacia de Proteção Ambiental de Ilhéus. Com fundamento no Art. 32 e no Art. 29 da Lei 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais) ele responderá no judiciário pelo erro cometido.

Dinheiro e materiais apreendidos. Foto: (CIPPA/Porto Seguro).

OPERAÇÃO PRENDE COORDENADOR DA 18ª CIRETRAM

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste.

Setenta policiais civis participaram nesta quinta-feira, 20, da Operação Hot Doc, deflagrada pela 20ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), para combater diversas fraudes registradas na 18ª Ciretran, em Brumado.

De acordo com o site Achei Sudoeste, foram cumpridos 16 mandados de busca e 10 mandados de prisão. Foram presos o coordenador do órgão, Kléber Tadeu Leal Cambuí e mais nove pessoas, sendo servidores do órgão, proprietários e funcionários de uma autoescola.

Segundo a Polícia Civil, foram  apreendidos computadores, telefones celulares, notebooks, R$ 3.298,00 em dinheiro, pen drives, cheques a compensar, comprovantes de depósitos, agendas, vários CRLV, DAJE e documentos de transferência de veículos.

As atividades ilícitas desenvolvidas pela organização criminosa geravam grandes prejuízos para o Governo do Estado e para as vítimas, pessoas físicas, já que os valores que deveriam ser  arrecadados com pagamento das taxas não eram recolhidos devidamente. A operação contou com o apoio do Poder Judiciário e do Ministério Público. Os presos permanecerão custodiados na carceragem da Delegacia de Polícia Civil de Brumado até ulterior deliberação.

ACUSADOS DE ESTELIONATO TENTARAM SACAR R$ 45 MIL DE UM BANCO

Kaique Moreira e Edson Oliveira foram presos em flagrante. Foto: Ascom Polícia Civil.

Investigadores da Polícia Civil prenderam dois homens acusados de estelionato na manhã de quinta-feira, 6, em Planalto, cidade do sudoeste da Bahia. Edson Oliveira dos Santos Filho, de 33 anos, e Kaique Moreira de Souza, 28, tentavam sacar R$ 45 mil de uma agência bancária.

Segundo o delegado Sérgio Fabiano de Carvalho, o dinheiro era proveniente de uma transferência bancária fraudulenta. “Estamos apurando o envolvimento de criminosos de outros estados na prática desses delitos”, comentou.

A dupla foi autuada em flagrante na unidade policial e deve ser encaminhada para audiência de custódia.

OPERAÇÃO MOSAICO DESARTICULA ESQUEMA QUE SONEGOU R$ 18 MILHÕES EM ICMS

Foto: Alberto Maraux.

Um esquema que causou prejuízo de R$ 18 milhões aos cofres da Bahia nos últimos quatro anos foi desarticulado hoje, dia 22, pela Operação Mosaico, deflagrada por força-tarefa formada pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), Polícia Civil e Secretaria da Fazenda (Sefaz-Ba).

A ação cumpriu três mandados de prisão e oito de busca e apreensão em Salvador e Camaçari. O alvo principal foi a empresa varejista de pedras naturais Gabisa, acusada de não repassar aos cofres públicos o valor do ICMS cobrado de clientes e declarado ao fisco. Por deixar de fazer o pagamento do débito declarado, a empresa foi classificada como “omissa contumaz”.

O esquema de sonegação envolvia também a criação sucessiva de empresas no mesmo ramo de atividade, que funcionavam por curtos períodos de tempo, bem como a utilização de sócios laranjas, para que o débito constituído fosse direcionado para pessoas de baixa capacidade econômica e financeira, na maioria das vezes empregados ou ex-empregados das empresas constituídas. Atualmente, o nome fantasia em atividade da empresa é Dipedrarochas Naturais.

Além da intenção de burlar o fisco estadual, as práticas fraudulentas contribuíram para desestabilizar o mercado ao configurarem concorrência desleal, explicam os integrantes da força-tarefa, e ainda permitiram aos envolvidos acumular patrimônio de forma irregular, configurando crimes contra a ordem tributária, conforme a Lei Federal nº 8.137/90.

A força-tarefa responsável pela Operação Mosaico é integrada pela Promotoria de Justiça Regional Especializada no Combate à Sonegação Fiscal de Camaçari, pelo Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal e aos Crimes Contra a Ordem Tributária, Econômica, as Relações de Consumo e a Economia Popular (Gaesf) do MP-BA, pela Inspetoria Fazendária de Investigação e Pesquisa (Infip) da Sefaz-B, pela Companhia Independente de Polícia Fazendária (Cipfaz) e pela Polícia Civil do Estado da Bahia. Os mandados de prisão e busca e apreensão foram expedidos pela Vara Criminal de Camaçari.

Com informações da Ascom/Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz).

HOMEM É PRESO POR SE MASTURBAR ENQUANTO OBSERVAVA ADOLESCENTES

Bruno Silva Santos. Foto: Ascom/Polícia Civil.

Bruno Silva Santos, de 33 anos, foi preso após ser flagrado se masturbando enquanto observava sete adolescentes que ensaiavam uma coreografia, em Salvador.  Em depoimento à polícia, afirmou que se masturbou para ativar a testosterona durante a musculação. A informação foi divulgada pela Polícia Civil nesta sexta-feira , 10.

Bruno disse que estava fazendo musculação no terraço de um imóvel e, entre uma série e outra, se masturbava para ativar a testosterona. Em outra casa, as sete adolescentes ensaiavam e eram observadas por ele.

As garotas perceberam o assédio e contaram a situação para a mãe de uma delas. Após o relato, a mulher tentou um diálogo com Bruno.

A polícia informou que, mesmo após ser chamado atenção pela mulher, Bruno continuou a se masturbar e ainda ameaçou as vítimas.

Diante da situação, as adolescentes foram até a 3º Delegacia Territorial (DT/Bonfim) e denunciaram o homem. Os investigadores da unidade foram até o local indicado pelas vítimas e flagraram Bruno ainda no imóvel. No local, peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) encontraram e recolheram amostras de sêmen dele.

Com informações do G1.

POLÍCIA PRENDE OUTRO ACUSADO DE SEQUESTRAR EX-PREFEITO DE VALENÇA

Cléber dos Santos Freire. Imagem: Draco.

Nessa quarta-feira (13), o Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) prendeu mais um acusado de participar do sequestro do ex-prefeito de Valença, Ramiro José Campelo de Queiroz.

De acordo com o delegado Cleandro Pimenta, Cléber dos Santos Freire, de 40 anos, é acusado de vigiar o ex-prefeito no cativeiro, localizado em Dias D’Ávila. Ele teve seu mandado de prisão preventiva cumprido quando saía da casa de sua filha, em Salvador.

Ainda segundo o delegado, com a prisão de Cléber foi possível chegar a um dos locais onde a quadrilha manteve a vítima.

O imóvel em que a vítima ficou foi alugado por Márcio Reis dos Santos, o “Bradock”, que foi preso em 14 de fevereiro, em São Paulo, junto com mais três acusados pelo sequestro. Os criminosos teriam dividido os R$451 mil pagos pela família do ex-prefeito.