Menino de 10 anos que sumiu após ser levado por homem é achado; suspeito trocou tiros com a polícia e está internado

Francisco José dos Santos, que já foi preso por estupro de vulnerável — Foto: Reprodução/TV Santa Cruz.

O menino de 10 anos que estava desaparecido há oito dias em Itabuna, no sul da Bahia, foi encontrado pela polícia na cidade vizinha, Ilhéus, a cerca de 30 km de Itabuna, na noite de quinta-feira (5).

A criança foi levada por um homem no bairro Jardim Vitória, em Itabuna, na madrugada do dia 27 de fevereiro. Câmeras de segurança flagraram a ação. Identificado, a polícia informou que o suspeito já foi preso pelos crimes de estupro de vulnerável, sequestro e cárcere privado, além de exploração de trabalho infantil análogo ao escravo.

A polícia informou que na noite de quinta-feira, começou a receber denúncias de pessoas que tinham visto o menino e o suspeito em praias de Ilhéus. O homem foi identificado como Francisco José dos Santos, de 25 anos.

Após as denúncias, a polícia começou a fazer buscas em Ilhéus e encontrou o menino com o suspeito no bairro Hernani Sá. Não há detalhes se os dois foram achados na rua ou dentro de algum imóvel.

Ao ser abordado pelos policiais, Francisco sacou arma e houve confronto. Ele foi socorrido e está internado no Hospital Costa do Cacau.

Já a criança fugiu e só foi encontrada depois, escondida no terreno de uma construção abandonada. Depois de ser achado, o menino foi devolvido à família. Ele mora com o pai em Itabuna. A mãe, que mora no Espírito Santo, já está na Bahia e acompanhou o caso.

Do G1 Bahia.

Sumiço de Carolina Fernandes: filhas serão ouvidas hoje

Carolina Fernandes está desaparecida desde o sábado, 15.

O BG conversou com o delegado Evy Paternostro, responsável pelo caso de Carolina Fernandes, que sumiu no sábado, 15 de fevereiro.

Carolina e o namorado Rafael desapareceram após participarem do desfile do bloco “As Muringuetes”, no bairro Pontal em Ilhéus.

As duas filhas de Carolina serão ouvidas nesta sexta-feira, 28. As oitivas foram remarcadas duas vezes a pedido do pai das garotas. O delegado informou que uma condução coercitiva pode ser realizada, sob determinação da justiça, para forçar o pai a levar as adolescentes para prestarem depoimentos.

De acordo com o delegado Evy Paternostro, Coordenador da 7ª Coorpin, as investigações tiveram alguns avanços, pessoas foram ouvidas e o Judiciário tem auxiliado em alguns momentos.

Uma das linhas de investigação trabalha com a possibilidade de crime passional, já que o casal brigava constantemente, segundo informações.

O delegado informou que uma das filhas de Carolina estava na mesma festa que ela, no bairro do Pontal. De acordo com relatos, a filha teria visto e falado com a mãe.  A filha que mora com Carolina teria recebido mensagens via WhatsApp logo após a festa. As mensagens serão verificadas e inspecionadas já que podem fornecer fatos que poderiam parecer irrelevantes, mas que servem de indícios na investigação.

TV Cabrália faz reportagem sobre o desaparecimento de Carolina Fernandes

Carolina e Rafael.

A TV Cabrália fez uma reportagem sobre o desaparecimento de Carolina Fernandes Miron, de 38 anos, desde o sábado, dia 15. O sumiço de Carolina tem causado muito sofrimento e apreensão em seus familiares, principalmente nas duas filhas, uma de 15 anos e outra de 18.

Carolina foi vista pela última vez no bloco “As Muringuetes” que desfilou no bairro do Pontal. Ela nasceu no Rio Grande do Sul, morava em Ilhéus há oito anos e estava separada há dois anos do pai de suas filhas.

Veja o vídeo:

Sumiço de Carolina Fernandes: namorado quase desconhecido e ciumento também desapareceu

Carolina e o namorado Rafael. Casal está desaparecido. Foto enviada por familiares da moça.

Reportagem: Emilio Gusmão.

O desaparecimento de Carolina Fernandes Miron, de 38 anos, desde o último sábado, dia 15, tem causado muito sofrimento e apreensão em seus familiares, principalmente nas duas filhas, uma de 15 anos e outra de 18.

Carolina foi vista pela última vez no bloco “As Muringuetes” que desfilou no bairro do Pontal. Ela nasceu no Rio Grande do Sul, morava em Ilhéus há oito anos e estava separada há dois anos do pai de suas filhas.

Há pouco tempo iniciou um novo relacionamento com um homem chamado Rafael. Os familiares dela têm poucas informações sobre o novo companheiro. Alguns sequer sabiam do namoro e outros afirmam que ele não tem parentes em Ilhéus.

O temperamento introspectivo de Rafael, pouco comunicativo e fechado, tem gerado desconfianças. Um familiar disse em depoimento à Polícia Civil que o rapaz também é ciumento e agressivo, e que já teria agredido fisicamente Carolina. Não há registro de nenhum fato a esse respeito na delegacia.

Carolina e Rafael na praia.

O casal reside no Centro de Ilhéus nas proximidades do Supermercado Alana. Ela teve uma pequena padaria no Pontal e também labutou, durante certo tempo, na confecção de camisas e uniformes feitos sob encomenda.Comenta-se que o namorado possui um sítio em Acuípe, próximo de Olivença.

Carolina gosta de política, é militante do PT e das causas feministas. Tentou ser candidata a vereadora nas eleições de 2016 com o nome “Carol Ilhéus”, mas a candidatura não foi adiante, pois ela não cumpriu o prazo de mudança do domicílio eleitoral.

Ela também morava com a filha mais nova que no momento está muito abalada e torcendo para que a mãe seja encontrada em perfeitas condições.

A família registrou um boletim de ocorrência na delegacia (7ª Coorpin). O BG busca mais informações junto à Policia Civil.

Adriano da Nóbrega não sofreu tortura, diz perito

Adriano da Nóbrega. Foto: Reprodução.

Fonte: Agência Brasil

O novo exame do ex-policial militar Adriano da Nóbrega, realizado na quinta-feira (20), no Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro, não apontou sinais evidentes de tortura. A informação foi divulgada pelo médico legista Talvane de Moraes, que acompanhou a necrópsia como convidado de dois legistas contratados pela família de Adriano: Francisco Moraes Silva e Ari Fontana, que vieram do Paraná.

“Não [há sinais de tortura]. Que eu tivesse [visto], não”, disse o perito. Ele destacou, porém, que os resultados finais vão depender de exames complementares. “Eu não observei isto. Eu fiquei fora, não trabalhei com o corpo, fiquei só observando. A perícia do corpo terminou, mas agora vem o resultado do laboratório para complementar”, acrescentou.

O procedimento começou às 16h30 e se estendeu até as 21h. O novo exame foi determinado pelo juiz da comarca de Esplanada (BA), Augusto Yuzo Jouti, que atendeu a pedidos do Ministério Público (MP) da Bahia e da defesa do ex-policial, morto no dia 9 de fevereiro durante confronto com policiais baianos. O laudo do novo exame deve ser apresentado à Justiça baiana em 15 dias.

Além dos peritos do IML do Rio e dos convidados, estiveram presentes duas advogadas da família, uma irmã de Adriano e um representante do MP da Bahia. Ao final do procedimento, com exceção do perito, os demais saíram por uma porta lateral, sem falar com a imprensa.

Itabuna: quadrilha rouba caminhão e leva 30 sacas de cacau de depósito

Foto: Verdinho.

Um motorista de caminhão de frete foi surpreendido, na tarde da terça-feira, 18, por uma quadrilha em Itabuna.

O motorista informou à Polícia Civil que um casal o abordou e perguntou se ele estava disponível para fazer um trabalho, ao que ele respondeu que sim. O homem então sugeriu que a mulher fosse com o motorista no caminhão com o objetivo de ensinar o local aonde ele iria fazer o trabalho, que seria no bairro Lomanto.

Ao chegar ao bairro, quatro homens abordaram o caminhão e anunciaram o assalto. Com o caminhão em mãos, a quadrilha foi até um depósito, rendeu os funcionários e roubou 30 sacas de cacau, cujo valor é de aproximadamente R$ 24.300,00.

Os assaltantes colocaram a carga no caminhão roubado e fugiram. O dono do veículo foi deixado no depósito, junto com as outras vítimas do assalto. A Polícia Civil investiga o caso.

*Com informações do Verdinho Itabuna.

Caso Bruno Loureiro: polícia prende mais um envolvido no homicídio

Jailson Cruz foi preso na manhã desta terça, 18.

A Polícia Civil prendeu na manhã desta terça-feira, 18, mais um envolvido na morte de Bruno Loureiro, encontrado na manhã do dia 06 de fevereiro deste ano, em uma praia da cidade de Canavieiras.

Jailson Cruz foi encontrado após o trabalho de inteligência da Polícia Civil. Ele foi levado para a delegacia de Ilhéus e está à disposição da justiça.

De acordo com as investigações, a morte de Bruno teve relação com a autoridade que ele teria na pousada em que era gerente, pois possuía uma procuração para cuidar das finanças da empresa.

Relembre o caso clicando aqui.

*Com informações do Fábio Roberto Notícias.

Com objetivo de reatar relacionamento, homem tramou assalto falso a ex-namorada para salvá-la

Homem tentou reconquistar a ex-namorada tramando assalto contra ela.

Um homem foi preso na terça-feira (4) por tramar um assalto a ex-namorada. Segundo a polícia, o objetivo era salvá-la e impressioná-la a ponto de reatar o namoro. O crime ocorreu no dia 28 de maio de 2019, no bairro da Serraria. Um amigo dele também foi preso por participação na ação.

A Delegacia Especializada de Roubos da Capital (DERC) cumpriu na terça dois mandados de prisão temporária, expedidos pela 4ª Vara Criminal da Capital, contra os dois homens.

O delegado José Carlos André explicou que a vítima estava com o ex-namorado em casa quando teve a residência invadida por dois homens armados, que a agrediram e levaram pertences avaliados em R$ 4 mil. Mesmo sabendo que tinha tramado o assalto, o ex-namorado fingiu surpresa com a ação dos dois assaltantes. Ao ser preso, ele contou que planejou o assalto para que a namorada se assustasse, fosse salva por ele e, impressionada, reatasse o relacionamento.

O segundo homem foi preso em Guaxuma é um motorista de aplicativo que emprestou o próprio carro para o assalto tramado pelo amigo. O delegado contou que, como a placa do carro foi anotada durante o crime, o motorista de aplicativo registrou um boletim de ocorrência falso alegando que o carro dele havia sido roubado. O homem negou participação no roubo, mas confirmou que não teve o veículo roubado e que somente registrou um B.O. falso para acobertar a versão do amigo.

De acordo com o delegado José Carlos, provas técnicas que apontavam para a participação dos investigados no crime de roubo foram reunidas, mas o investigadores da DERC ainda realizarão diligências para esclarecer outros detalhes do crime.

Fonte: G1 Alagoas

Detento do Conjunto Penal de Itabuna é encontrado morto em cela

Conjunto Penal de Itabuna, no sul da Bahia — Foto: Reprodução / TV Bahia.

Um detento do Conjunto Penal de Itabuna foi encontrado morto na cela onde estava, na madrugada deste domingo (26). De acordo com a direção do Conjunto Penal, a suspeita é de que o detento tenha sido morto, mas o caso será investigado.

Conforme detalhou a direção, o homem estava na ala de adaptação, onde o presos recentes ficam por 10 dias. Depois que vão para as celas. Ele tinha sido preso por furto.

Na cela, com ele tinham outros cinco presos. A direção suspeita que a vítima foi morto por sufocamento, pois ele não tinha nenhum ferimento aparente. Entretanto, a confirmação da causa da morte só poderá ser confirmada quando sair o laudo da perícia.

Os cinco internos que dividiam a cela com o suspeito foram levados para a delegacia e ouvidos. Além de responder pelo procedimento criminal, o conjunto penal vai abrir um procedimento administrativo disciplinar para investigar a morte.

Quando for descoberta a autoria, o caso é encaminhado para a vara crime, para o juiz determinar o que será feito. O prazo de conclusão é de 30 dias.

Fonte: G1 Bahia

‘Ela assumiu o risco’, diz coronel da PM sobre turista piauiense estuprada em Itapuã

Foto: Maiana Belo/G1.

Fonte: Correio 24 horas

A declaração do coronel da Polícia Militar, Eurico Costa, foi um dos assuntos mais comentados em vários sites de Salvador e de toda Bahia. Ao comentar o caso da turista que foi estuprada na praia de Itapuã, o militar afirmou que “Foi um comportamento de risco. O que uma pessoa vai fazer numa praia deserta das 19h às 23h? Vai fazer o quê? Ela assumiu o risco”, declarou ele na manhã da sexta-feira (10). Ele disse também que a Polícia Militar não pode ser responsabilizada pelo que aconteceu com o casal. “Trabalhamos constante na região, mas não temos efetivo para garantir a segurança somente daquelas pessoas que estavam naquele horário, num local onde não havia ninguém”, informou.

A piauiense de 19 anos foi estuprada e seu namorado, de 27 anos, assaltado na noite da terça-feira (7), na praia de Itapuã, em Salvador. A turista e o namorado foram surpreendidos por dois criminosos quando caminhavam na praia. Os dois, que são de Teresina (PI), estavam curtindo alguns dias de folga na capital baiana.  O autor do estupro se apresentou na 12ª Delegacia (Itapuã) nesta manhã e foi levado para a Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur), onde está preso. Já o comparsa dele está internado no Hospital Geral do Estado (HGE), após ter sido espancado por populares durante um assalto no bairro de Sussuarana. Leia mais sobre o crime clicando aqui.

O tenente-coronel Eurico Filho Silva Costa. Imagem: Reprodução/TV Bahia.

 

Ainda segundo o militar, o comportamento do casal foi de risco e, portanto, eles devem assumir as consequências. “O casal teve um tipo de comportamento que não podemos nos responsabilizar. Se um carro trafega a 200 km/h, o motorista assume as consequências, o risco de bater, capotar. Foi a mesma coisa que aconteceu”. Após a repercussão negativa do comentário, o coronel pediu desculpas afirmando que nunca defendeu a culpabilização da mulher e que se solidariza com  a vítima.

Ontem, o BG recebeu mensagens de muitas mulheres indignadas com a insensibilidade do coronel diante do sofrimento da jovem.

Veja abaixo a nota enviada pela Polícia Militar sobre o caso: (mais…)

Itabuna: mulher morre após ser vítima de bala perdida

Evanice foi alvo de bala perdida em Itabuna.

Uma mulher, identificada como Evanice Pereira Cruz, morreu na quarta-feira, 08, vítima de bala perdida na Rua Epitácio Pessoa, no bairro Sarinha em Itabuna.

O disparo atingiu a barriga da vítima, que foi socorrida e levada com vida ao Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães. Dona Vanda, como era conhecida, não resistiu aos ferimentos e morreu. Amigos e familiares da vítima estão indignados com o acontecido.

Itabuna registrou 05 homicídios em apenas oito dias do ano. A Polícia Civil investiga o caso.

 

* Com informações do iPolítica

PM acusado de matar fotógrafo se entrega no Complexo Policial de Itabuna

Felipe se entregou no final da tarde desta segunda, 06.

O policial militar Felipe Prado de Araújo acaba de se entregar no Complexo Policial de Itabuna momentos depois de a Justiça decretar a sua prisão preventiva. A apresentação ocorreu há pouco, com o militar acompanhado de defesa e policiais. Felipe matou, com 11 tiros, no dia 1º, o fotógrafo Sandro Silva Santos, de 36 anos.

Sandro namorava a ex-companheira do policial. Felipe estava fardado e usou arma da Polícia Militar para atirar 11 vezes na vítima. O crime foi cometido na frente dos próprios filhos do policial.

No momento do crime, segundo testemunhas, Sandro assentava uma porta na casa da sogra. Felipe teria chegado já atirando. A vítima não teve chances de defesa.

*Com informações do Pimenta Blog 

Justiça decreta prisão de PM acusado de matar fotógrafo em Itabuna

O policial militar Felipe Prado de Araújo teve a prisão decretada pela Justiça.

Nesta segunda-feira, 06, a justiça decretou a prisão preventiva do policial militar Felipe Prado de Araújo. Ele é suspeito de ter assassinado um fotógrafo no município de Itabuna, no dia 01/01.

Segundo familiares do fotógrafo Sandro Silva Santos de 36 anos, o soldado Felipe Prado de Araújo o matou por ciúmes. A vítima era o atual namorado da ex-mulher do policial.

Ele se apresentou neste domingo ao batalhão e liberado em seguida.

*Com informações do Políticos do Sul da Bahia

PM acusado de matar fotógrafo presta depoimento e é liberado

O policial militar Felipe Prado de Araújo.

No último domingo, 05, o policial militar Felipe Prado de Araújo esteve no 15º Batalhão em Itabuna para se apresentar. O PM foi ouvido, liberado e retornou hoje, 06, para realizar serviço interno.

Felipe é suspeito de assassinar o fotógrafo de 36 anos, Sandro Silva Santos, no primeiro dia de 2020, em Itabuna. A motivação para o homicídio teria sido ciúme, pois Sandro era atual namorado da ex-companheira de Felipe.

A apresentação foi negociada por Rodrigo Eduardo Rocha Cardoso, que é advogado na ASPRA/ITABUNA. Segundo informações, a Polícia Civil pediu a prisão preventiva de Felipe Prado e a decisão da justiça deverá ser anunciada nesta semana.

*Com informações do Políticos do Sul da Bahia

Canavieiras: dupla armada é presa ao assaltar farmácia; um dos suspeitos caiu de telhado durante tentativa de fuga

Dupla armada é presa ao tentar assaltar farmácia no sul da BA — Foto: Divulgação/Polícia Militar.

Dois jovens foram presos enquanto tentavam assaltar uma farmácia na cidade de Canavieiras, na tarde da quinta-feira (2). Durante o crime, eles fizeram funcionários e clientes do estabelecimento de reféns.

A dupla foi localizada depois que o dono da farmácia conseguiu ligar para a Polícia Militar, para relatar que estava sendo assaltado. Equipes da PM estiveram no local e encontraram os dois suspeitos ainda na farmácia.

Um dos suspeitos foi preso na hora e levado para a delegacia de Canavieiras. O segundo tentou fugir pelo telhado da farmácia, de onde caiu. Ele precisou ser hospitalizado e está preso em unidade médica sob custódia da polícia. O estado de saúde dele não foi revelado.

Com a dupla, a polícia apreendeu o revólver, dinheiro, celulares, relógios e uma motocicleta roubada, que estava sendo utilizada pelos suspeitos. O caso será investigado pela delegacia da cidade.

Fonte: G1 Bahia