MPE PEDE TRANSFERÊNCIA DO JÚRI DE MARCOS GOMES

Markson Monteiro Oliveira, conhecido como Marcos Gomes.

O Ministério Público Estadual (MPE) pediu ao Tribunal de Justiça da Bahia o desaforamento do júri de Marcos Gomes. O pedido para transferir o julgamento de Ibicaraí para Salvador será analisado pela presidente do TJB, Telma Brito.

A promotoria regional quer impedir uma possível influência política e econômica do acusado sobre os jurados. Marcos é filho do ex-deputado e ex-prefeito de Itabuna, Fernando Gomes.

Ele é acusado de ter assassinado, em 2006, num Haras, em Floresta Azul, o vaqueiro Alexandro Honorato de Souza, mais conhecido como “Nego Leco”.

Antes da execução, Marcos teria torturado e mantido o rapaz em cárcere privado.

O acusado foi preso em Salvador, em 2009 e solto por decisão do juiz de Ibicaraí, Antônio Carlos Rodrigues. A liminar, no entanto foi cassada, e a prisão de novo decretada, mas o filho de Fernando Gomes continua em liberdade.

Informações do jornal A Região.

NOVO CASO DE VIOLÊNCIA NO TRIVELA

O adolescente ficou com vários hematomas pelo corpo, inclusive nos olhos. Foto: reprodução.

Um adolescente terá que se submeter a uma cirurgia no rosto porque teria sido espancado por seguranças do show Trivela, realizada no último sábado (10), em Olivença, zona sul de Ilhéus. 

Segundo o estudante, que preferiu não se identificar, após a agressão, ele teria ficado com hematomas e fraturas no rosto e no crânio.

“Eles me imobilizaram e me levaram pelo camarote. Um dos seguranças me deu um murro e falou ‘vamos levar ele para o canto’. Ali mesmo eles começaram a me bater com socos, chute… Eles arrancaram minha camisa e me jogaram para fora da festa”, relata o jovem.

Uma testemunha, que também prefere não se identificar, conta que viu a agressão. “Tinha uma barra de ferro, que é a sustentação do camarote, jogaram a cabeça dele contra a barra, na maior agressividade, sem motivo”, diz a garota.

O estudante registrou boletim de ocorrência na delegacia de polícia civil de Ilhéus, contra a empresa que fez a segurança da festa.

O responsável pelo evento disse que o esquema de segurança foi terceirizado por uma firma de Porto Seguro e que só vai se pronunciar sobre o assunto depois que a empresa for notificada.

Informações do G1 Bahia.

FAMÍLIA DO COMERCIÁRIO ASSASSINADO NA SAÍDA DO TRIVELA RECLAMA DA SEGURANÇA

Alex morreu com um tiro na cabeça.

A família do comerciário Alex Conceição dos Santos, assassinado quando saía do show Trivela, na noite de sábado (10), em Olivença, zona sul de Ilhéus, reclama da falta de segurança no local.

“Eu perco um irmão de 24 anos, na flor da idade, com dois filhos para criar porque não existe segurança”, desabafou o irmão Allan Santos.

Alex foi abordado por um grupo de assaltantes, perto do Batuba Beach, casa de eventos onde foi realizado o show. Segundo testemunhas, um dos bandidos teria puxado uma corrente do pescoço da esposa de Alex, que teria reagido.

Os outros assaltantes começaram a espancar o vendedor, que caiu no chão. Uma mulher, que também fazia parte da quadrilha, disparou contra o rapaz.

Todos os integrantes do grupo conseguiram fugir e até o momento não foram localizados.

Informações da TV Santa Cruz.

SUSPEITO DE PEDOFILIA É PRESO EM ILHÉUS

Um homem acusado de abusar sexualmente do enteado de 11 anos foi preso no sábado (10), em Ilhéus. André de Souza Torquato, 34 anos, foi preso em flagrante e encaminhado para o presídio da cidade.

De acordo com a TV Santa Cruz, o acusado negou as acusações feitas pelo garoto no Conselho Tutelar.  A criança disse que sofria abusos desde os 7 anos. O menino foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para realizar exames de corpo delito, onde ficou constatado o abuso.

A vítima, sua mãe e André moravam no bairro Malhado. O jovem foi levado para a casa de uma tia, onde ficará custodiado. A mãe do menino contou que não sabia do caso.

DROGAS NO NOSSA SENHORA DA VITÓRIA

Foto: PM.

Policiais do Pelotão Especial Tático Ostensivo da 69ª CIPM, com o apoio da Ronda Especial (Rondesp) apreenderam uma arma e drogas no bairro Nossa Senhora da Vitória, em Ilhéus, na tarde de ontem (quarta-feira, 7).

As guarnições foram até o bairro averiguar uma denúncia de tráfico de drogas. No local, os policiais prenderam José Roberto, que portava uma pistola 635. Os PMs apreenderam também o menor de inicial F, que estava com papelotes de maconha e cocaína, além de R$ 469,00 em espécie.

MENORES COM ARMAS E DROGAS NA ZONA SUL

Foto: PM.

Na tarde de ontem (quinta-feira, 01) o Pelotão Especial Tático Ostensivo (PETO) apreendeu uma pistola 380 e um revólver calibre 38, com três menores, na zona sul de Ilhéus.

O trio estava num táxi, que ia pela BA 001, no sentido Ilhéus-Olivença, quando foram abordados pelos policiais. Além das armas, foram encontrados 4 papelotes de maconha e R$ 242,00 em espécie.

Os três foram recolhidos e estão na 7ª COORPIN, junto com o taxista.

DROGAS NO ALTO DO ROMBUDO

Leandro dos Reis (esquerda) e Marcone Menezes (direita). Foto: PM.

Policiais da 68ª Companhia de Polícia Militar de Ilhéus prenderam dois homens por porte ilegal de arma e tráfico de drogas, no Alto do Rombudo, na tarde de ontem (terça-feira, 30).

Com Marcone Menezes Santos foi encontrado com um revólver calibre 32, com seis cartuchos intactos, 20 trouxinhas de maconha e um tablete da mesma droga, pesando cerca de 60 gramas.

Também foi capturado Leandro dos Reis Nascimento, que portava 20 trouxinhas de maconha, e R$ 73 em espécie.

As prisões só foram possíveis por causa da colaboração da comunidade, que denunciou a dupla. Para incentivar a participação da população, a 68ª CIPM disponibiliza, além do número 190, o email [email protected], onde as pessoas podem entrar em contato com a polícia, o sigilo é total.

POÇÕES: BLOGUEIRO É PERSEGUIDO PELO PREFEITO

Adelson Meira.

O blogueiro Adelson Meira, que mantém o site Portal Poções, denunciou ao Blog do Anderson, a perseguição que vem sofrendo do prefeito de Poções, Luciano Mascarenhas.

Segundo Meira, o prefeito teria atentado contra sua companheira, quando ela saía de casa, na noite de ontem (sexta-feira, 19). Após a investida contra a mulher, pessoas a mando de Mascarenhas perseguiram o comunicador pelo centro da cidade, tendo a Polícia Militar que intervir.

Adelson prestará queixa na delegacia de Poções, na próxima segunda-feira (22).

ATIRADOR PEDE DESCULPAS À FAMÍLIA DE PERRONE

Perrone.

Os jovens Leonardo Bruno dos Santos Santana e Cássio de Souza Alves, ambos de 26 anos, foram apresentados pela Secretaria da Segurança Pública (SSP), na tarde de ontem (sexta-feira, 19), como os autores da tentativa de latrocínio contra o baterista Paulo César Perrone Souza Júnior, da banda Estakazero.

De acordo com o titular da pasta, Maurício Teles Barbosa, eles integram uma quadrilha composta por dez pessoas, responsável por mais de 100 saidinhas bancárias na capital.

Segundo a coordenadoria de polícia civil de Salvador, Leonardo assumiu os dois disparos que atingiram a cabeça de Perrone, e Cássio pilotava a motocicleta durante o assalto praticado no dia 19 de julho.

Leonardo pediu desculpas aos familiares do baterista. “Todos os dias oro por ele e peço que Deus o ilumine. O que fiz não foi intencional”, disse. 

Na manhã deste sábado (20), segundo informações da polícia, o baterista saiu do coma induzido, mas continua internado, inconsciente, na UTI do Hospital Geral do Estado, em Salvador (HGE). O quadro dele é considerado grave, mas estável. 

FAMÍLIA DE MULHER ASSASSINADA CRIA SITE PARA DIVULGAR FOTO DE SUSPEITO

Cruz é considerado foragido pela polícia.

Familiares e amigos da promotora de vendas Joselita de Jesus Pedreira, que morreu baleada após um assalto a uma loja de jóias em Feira de Santana,  criaram um site para divulgar a foto do principal suspeito pelo crime, Nailton Bruno Carvalho da Cruz, 26 anos, e pedir por informações sobre o paradeiro do criminoso.

O crime aconteceu em 13 de julho, quando Nailton assaltou uma loja de jóias e, na fuga, acabou disparando um tiro para trás. Joselita passava pela rua e morreu ao ser atingida.

O site, que entrou no ar na noite de ontem (sexta-feira, 19), também mostra a filmagem de segurança da loja, que flagra o momento da fuga de Nailton da Cruz.

Quem tiver informações deve ligar para o Disque Denúncias – o anonimato é garantido.

O criador do site, um amigo da vítima, afirmou que a família não está sendo informada sobre o andamento das investigações do caso.

Informações do Correio.

PM APREENDE ARMA NO ALTO DA UBERLÂNDIA

Foto: PM.

Policiais Militares do Pelotão Especial prenderam, na manhã de ontem (quinta-feira, 18), Gustavo Santos de Jesus (19 anos) que estava com um revólver calibre 38, com seis projéteis ainda intactos e dois celulares.

A prisão ocorreu no Alto da Uberlândia, em Ilhéus, onde, no mês passado, foi recolhido um arsenal contendo 12 armas que estavam em poder de criminosos.

As duas ações só foram possíveis graças às denúncias anônimas, feitas pela população e que tem auxiliado no trabalho dos policiais.

GRUPO TENTA ROUBAR CAIXA ELETRÔNICO EM ILHÉUS

Um caixa eletrônico foi alvo de criminosos por volta das 5h desta quarta-feira (17), em Ilhéus. O equipamento funciona dentro de uma agência bancária, na Avenida Marquês de Paranaguá, centro.

De acordo com Irineu Andrade, coordenador da Polícia Civil do município, a tentativa de roubo não foi bem sucedida, mas pode ter sido realizada por uma quadrilha especializada. Segundo ele, os criminosos fizeram um pequeno furo na máquina e tentaram introduzir um micro computador, que induz o sistema do caixa a efetuar saques.

Porém o sistema operacional da máquina identificou e bloqueou a invasão.

De acordo com a Polícia Militar, o crime foi cometido por duas mulheres e dois homens. Os suspeitos já tinham fugido quando os policiais chegaram ao local.

Informações do G1.

HOMICIDAS SÃO PRESOS EM VALENÇA

Investigadores da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia (Coorpin) de Valença cumpriram, ontem (terça-feira, 9), mandados de prisão contra Alexsandro Nascimento Batista, o “Leck” (21), e Manoel Rafael Bispo de Jesus, o “Jorge Bocão” (34).

Segundo a Coorpin, Jorge Bocão assassinou a tiros um comparsa, identificado como Ailton Jesus dos Santos. Ambos eram envolvidos com o tráfico de drogas. A polícia ainda investiga o motivo do crime.

Já “Leck” era procurado por ter executado o estudante Luís Fagner da Paixão Lobo, 19 anos, em Valença. Além de ser suspeito de envolvimento em outras mortes, e integrar uma quadrilha de tráfico de drogas.

EXECUÇÃO A TIROS NO IGUAPE

O corpo de um jovem, assassinado a tiros, identificado apenas como ‘Charles’, foi encontrado por volta das 6h30min desta terça-feira (9), na Rua Euvídio Leal, no Iguape, em Ilhéus.

Segundo a Polícia Militar, o corpo foi encontrado por populares próximo a um matagal, ao lado do antigo Motel Iguape.

De acordo com depoimentos de testemunhas, três homens teriam efetuado os disparos contra a vítima, que supostamente tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

DINHEIRO E DROGAS NO ILHÉUS II

Foto: PM.

Policiais Militares da Ronda Especial (Rondesp) prenderam três pessoas no bairro Ilhéus II, na noite de ontem (terça-feira, 02), por volta das 21h, em Ilhéus.

Ao ver a guarnição, o trio tentou fugir para dentro de uma casa, mas foram alcançados e detidos. Na residência, a polícia prendeu Fábio Costa Santos, Viviane de Jesus Santos, apelidada de “Neguinha” e Carlos Evandro Nobre Cunha, conhecido como Abdala.

Os PMs recolheram seis projéteis de calibre 38, um tablete, com um quilo, e 29 trouxinhas de maconha, 29 pedras de crack, jóias, aparelhos eletrônicos e dinheiro.

OPERAÇÃO “SUSto” DA POLÍCIA FEDERAL: ROLAND LAVIGNE DEMONSTRA TRANQUILIDADE

O médico Roland Lavigne, proprietário da Vidamedi, concedeu entrevista ao Blog do Gusmão na manhã dessa terça-feira (02). A clínica do ex-deputado é acusada de cobrar taxas indevidas de usuários do SUS. Por volta das 8h de hoje, uma equipe da Policia Federal esteve na Vidamedi, onde apreendeu documentação e equipamentos. Apesar dos transtornos, Roland demonstra tranquilidade e afirma que sua empresa sairá ilesa da investigação, uma vez que pelo SUS, ela só atende procedimentos de urgência e emergência. Segundo ele, a operação da PF vai corrigir um grave problema em Ilhéus, onde um grupo de clínicas, protegidas politicamente, consegue concentrar em poucas mãos, grande parte dos recursos do SUS. Roland cita nomes. Não conseguimos manter contato com os responsáveis pelas demais empresas investigadas (Clínica Radiológica de Ilhéus, Centro Médico de Ilhéus e Clínica São Lucas). Ouça a entrevista.