ÂNGELA SOUSA: 13 MIL VOTOS E MUITAS PROMESSAS

Ângela Sousa.
Ângela Sousa.

O Blog do Gusmão analisa a partir desta quarta-feira (20) o empenho dos deputados estaduais que se elegeram com boa margem de votos em Ilhéus no pleito de 2010.

Durante a semana passada, analisamos as ações (ou a falta delas) dos parlamentares federais. As matérias você pode ver clicando aqui.

Os cinco deputados mais bem votados em Ilhéus foram: Ângela Sousa (PSD/13.708 votos); Ronaldo Carletto (PP­/5.312 votos); Fátima Nunes (PT/3.092 votos); Augusto Castro (PSDB/1.783 votos); e José de Arimatéia (PRB/1.745).

Outros nomes como dos itabunenses Gilberto Santana (eleito) e Wenceslau Júnior (suplente) e do atual vice-prefeito de Ilhéus, Cacá Colchões (suplente) também angariaram considerável quantidade de votos na cidade. Cacá, por exemplo, teve 14.004 votos.

A série de matérias será iniciada com um apanhado das ações de Ângela Sousa, a mais votada em Ilhéus.

Ângela tem 60 anos. Foi vice-prefeita de Ilhéus entre 2000 e 2004, quando o titular era Jabes Ribeiro. Hoje, os dois são inimigos políticos. Está na Assembleia Legislativa da Bahia desde 2007.

É vice-líder da maioria na Alba e, nos últimos dois anos, ocupou comissões como de infraestrutura e direitos das mulheres.

Ângela é vista com desconfiança por vários setores da sociedade por fazer pequena política, sem grandes propósitos ou ações. Tem sua base eleitoral nas igrejas protestantes espalhadas pelo sul da Bahia.

Desde sua reeleição, em 2010, a deputada demonstra interesse pela implantação do Porto Sul em Ilhéus, pela reforma das centrais de abastecimento da cidade e pela implantação do sinal de telefonia no distrito de Inema.

Apesar de todo o interesse da parlamentar, ações concretizadas contam-se a dedo. Ângela é apontada como a responsável pela construção do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus.

A deputada é famosa pelos releases que envia à imprensa onde aparece ‘parabenizando’, ‘aplaudindo’ ou ‘prestigiando’ ações e eventos alheios.

Na atual legislatura, já apresentou à mesa diretora da Alba mais de 30 documentos, entre Projetos de Lei, requerimentos e moções.

ALICE PORTUGAL: 2278 VOTOS EM ILHÉUS E NENHUMA AÇÃO EFETIVA EM BENEFÍCIO DA CIDADE

Alice Portugal.
Alice Portugal.

O Blog do Gusmão encerra nesta segunda (18) a série de matérias mostrando o desempenho dos deputados federais mais votados em Ilhéus. No grupo dos que conseguiram mais votos na eleição de 2010, Alice Portugal (PCdoB) foi a quinta colocada.

Da votação conquistada, cerca de 85 mil votos, a deputada comunista conquistou 2.278 em Ilhéus.

A votação se deve, em parte, à proximidade de Alice com lideranças partidárias da cidade e a dobradinha com o hoje vice-prefeito de Itabuna, Wenceslau Júnior, na época candidato a deputado estadual.

Em 2010, a deputada se elegeu para o terceiro mandato, sempre com fortes bases em Salvador, onde reside. Demonstração de sua afinidade com os soteropolitanos foi a sua pré-candidatura ao comando da capital no ano passado, dissolvida em apoio ao então candidato do PT, Nelson Pelegrino.

Numa busca em seu site, encontramos algumas ações envolvendo Ilhéus. Todas anteriores a 2011, mas sem qualquer efeito prático.

Desde o inicio de seu terceiro mandato até esta segunda-feira, Alice protocolou no congresso 37 documentos. A maioria requerimentos e Projetos de Lei. Ao lado de outros parlamentares, assinou o PL que cria o “vale-cultura”.

Alice tem atuação destacada em favor da educação, mas nenhuma ação que atinja diretamente Ilhéus.

Além de apresentar requerimentos e projetos de lei no congresso, a deputada comunista costuma gastar de sua cota mensal 25 mil reais. Entre as despesas, as mais altas são com telefonia, bilhetes aéreos e locação de carros ou aeronaves.

A assessoria da deputada Alice Portugal não respondeu o e-mail enviado por este blog onde pedíamos informações sobre o mandato.

GERALDO SIMÕES: 3122 VOTOS EM ILHÉUS E NENHUM RESULTADO PRÁTICO

Geraldo Simões.
Geraldo Simões.

Retomando a série sobre o empenho de deputados federais em prol de Ilhéus, o Blog do Gusmão analisa nesta sexta-feira (15) os dois últimos anos de mandato do petista Geraldo Simões.

Simões tem raízes políticas em Itabuna, onde foi prefeito, mas não deixa de conquistar votos por aqui. Em 2010, foram 3.122.

O deputado é conhecido pelo projeto familiar que tem na política local e pela fama de não suportar as críticas da imprensa.

Sobre as iniciativas focadas em Ilhéus, podemos elencar poucas. Numa busca em seu site oficial, identificamos postagens envolvendo a cidade.

São notícias onde o deputado aparece em audiências ‘defendendo’ ações como a duplicação da BR-415, que liga Ilhéus a Itabuna, a implantação do Porto Sul e relacionadas ao cacau. Os resultados práticos das reuniões geram questionamentos.

Em novembro de 2012, Geraldo participou de reunião com o presidente da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), José Muniz Rebouças, para solicitar a dragagem do Porto de Ilhéus.

Informações divulgadas pela assessoria no site de mandato afirmam que o deputado pediu também a manutenção dos equipamentos utilizados nas operações de carga e descarga do porto. 

Nos quinze documentos que protocolou no congresso até esta sexta (15), Geraldo requer, na maioria das vezes, informações de órgãos do executivo.

Um de seus projetos de lei (PL 851/2011) determina que “os produtos que estamparem a denominação de chocolate ou chocolate branco, ou termos correlatos que induzam o consumidor a entender que contenham chocolate ou chocolate branco em sua formulação, devem conter obrigatoriamente, respectivamente, massa de cacau, cacau em pó ou manteiga de cacau, e manteiga de cacau em quantidades mínimas a serem definidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária”.

A medida, justifica o parlamentar, tem como finalidade coibir a propaganda enganosa e estimular o uso de cacau nos produtos que contenham chocolate.

De sua cota parlamentar, Geraldo costuma usar 35 mil reais mensalmente. Informações públicas mostram que os maiores gastos são com divulgação da atividade parlamentar, viagens e manutenção do gabinete.

Apesar do deputado gastar R$ 7.500,00 todo mês com uma empresa de assessoria de comunicação, este blog não recebeu a resposta do e-mail solicitando informações do mandato.

ACM NETO: 4500 VOTOS EM ILHÉUS E A RENÚNCIA DO CARGO

ACM Neto.
ACM Neto.

Ontem (terça-feira, 12), o Blog do Gusmão sintetizou as ações do deputado federal Josias Gomes (PT) que atingiram diretamente Ilhéus. A matéria você confere clicando aqui.

Nesta quarta-feira, faremos um apanhado do desempenho do atual prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). O herdeiro político do ‘carlismo’ deixou a câmara federal para assumir a prefeitura da capital com a vitória nas eleições de outubro passado.

Neto abocanhou 4.501 votos em Ilhéus. No pleito de 2010, o atual vice-prefeito de Ilhéus, Cacá Colchões, então candidato a deputado estadual, fez dobradinha com ACM na cidade. Daí a considerável votação. Cacá não se elegeu, mas garantiu bons números para o político da capital.

Do mandato de quatro anos que os ilheenses lhe ajudaram a garantir, ACM só cumpriu dois.

Buscando projeção para voos maiores, Neto se tornou uma das principais figuras da oposição ao governo federal no congresso. Desempenhou papel intenso de fiscalização na casa legislativa, mas parou por aí.

De 2011 até o fim de 2012, quando se licenciou para assumir a prefeitura de Salvador, foram oitenta documentos protocolados. A maioria solicitando explicações de contratos e medidas do governo.

Buscas realizadas na internet mostram que iniciativas com foco em Ilhéus sequer existiram nos últimos meses. Com sua saída para o executivo soteropolitano, este blog não conseguiu entrar em contato com a assessoria do político.

Nos últimos dois anos, Neto veio a Ilhéus por duas vezes. Num evento eleitoral do PMDB, no dia 27 de abril, para retribuir o apoio de Cacá Colchões; a segunda vez foi em 15 de novembro de 2012, quando passou pela cidade para descansar em Itacaré.

No congresso, ACM costumava gastar cerca de 30 mil reais por mês com combustíveis, material de escritório e viagens, muitas viagens.

JOSIAS GOMES: ALIANÇA COM NEWTON LIMA E MANDATO POUCO EXPRESSIVO

Josias Gomes.
Josias Gomes.

O Blog do Gusmão continua nesta terça-feira (12) a série de matérias mostrando o empenho de deputados federais em trazer melhorias para Ilhéus.

Ontem (segunda, 11), publicamos um apanhado do mandato do deputado Mário Negromonte (veja aqui), o pepista foi o que mais angariou votos na cidade.

Seguindo a ordem decrescente de votos na cidade, hoje mostraremos o desempenho de Josias Gomes, do PT.

Dos 84.349 votos que precisou para se eleger, o petista conseguiu em Ilhéus 5.296.

Por causa da considerável votação na cidade, o deputado pretendia se candidatar a prefeito de Ilhéus na eleição de 2012.

Até esta terça-feira (12), Josias Gomes protocolou 26 documentos no Congresso. A grande maioria requer informações de órgãos do executivo.

Na relação dos documentos, dois Projetos de Lei: um que pretende “vedar a aquisição de leite importado no âmbito da administração pública direta e indireta” e outro que “institui o salário adicional de periculosidade para os vigilantes e empregados em transporte de valores”.

Destinada a Ilhéus, poucas ações. Em seu site de mandato (acesse aqui), Josias demonstra possuir bases eleitorais por toda a Bahia.

Na mesma página, sua assessoria divulgou esforços do deputado em busca de verbas e investimentos junto ao governo estadual para a cidade. Desde 2011, foram reuniões com o governador Jaques Wagner e secretários de estado. Os resultados práticos desses encontros geram questionamentos.

Josias é considerado ator principal da articulação que trouxe para o PT o então prefeito de Ilhéus, Newton Lima, em outubro de 2011. Na época, Josias afirmou que a filiação do gestor traria novos ares para o município.

Com pouca expressividade em Brasília e bases espalhadas pela Bahia, Josias não poupa gastos com fretamento de aeronaves e emissão de bilhetes.

Informações públicas disponíveis no site da Câmara Federal mostram que o parlamentar gasta, em média, 25 mil reais por mês da cota que tem direito. Na lista de despesas, além dos gastos com transporte aéreo, há despesas com telefonia, gasolina e material para escritório.

A assessoria de Josias Gomes não retornou o e-mail que este blog enviou, no dia 18 de fevereiro, solicitando informações sobre o mandato. 

MÁRIO NEGROMONTE: VOTAÇÃO EXPRESSIVA E BAIXO DESEMPENHO EM PROL DE ILHÉUS

Mário Negromonte.
Mário Negromonte.

O Blog do Gusmão inicia nesta segunda-feira (11) uma série de matérias mostrando o desempenho de deputados federais que angariaram considerável quantidade de votos em Ilhéus na eleição de 2010.

Na lista dos bem votados na cidade, destacam-se os petistas Josias Gomes, Rui Costa e Geraldo Simões; Mário Negromonte (PP); o bispo Márcio Marinho, do PRB; ACM Neto (DEM); e Alice Portugal, do PCdoB.

Dos sete, o pepista Mário Negromonte foi o que mais obteve votos em Ilhéus. Foram 5.898. A votação expressiva na cidade pode ser creditada ao atual prefeito, Jabes Ribeiro, seu correligionário e cabo eleitoral na eleição de 2010.

Apesar de eleito para a câmara federal, em dezembro de 2010 Negromonte foi indicado pelo seu partido para ocupar o Ministério das Cidades.

Comandou a pasta, responsável por tocar obras de saneamento, moradia e transporte, até fevereiro de 2012. Deixou o cargo acusado de irregularidades não comprovadas.

De volta ao mandato de deputado federal em 2012, Mário Negromonte apresentou nove documentos à mesa diretora da câmara até esta segunda-feira (11). Foram requerimentos, projetos de lei e decretos legislativos (veja aqui).

Entre as ações, nenhuma atinge diretamente Ilhéus. O parlamentar e ex-ministro não possui página na internet para a população ter acesso às suas atividades legislativas.

Apesar da aparente baixa produtividade em Brasília, o parlamentar gasta, em média, 30 mil reais mensais com telefone, hospedagem, viagens e combustíveis, segundo informações divulgadas pela câmara dos deputados.

No dia 18 de fevereiro, este blog enviou e-mail à assessoria do deputado pedindo dados sobre o mandato, mas não obteve resposta.