Covid-19: especialistas listam motivos para parar o país por ao menos 2 semanas

Foto: Reprodução.

Praias e comércio fechados, toque de recolher e barreiras sanitárias em todo o país por, pelo menos, duas semanas. É o que defendem especialistas ouvidos pelo G1 como medidas nacionais e coordenadas que o governo federal deveria adotar em março para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus, que já registrou recordes em apenas dois meses de 2021.

Segundo os especialistas ouvidos pelo G1, os argumentos listados abaixo mostram a necessidade de um lockdown nacional (bloqueio geral), com medidas duras de restrição de circulação, durante o mês de março no Brasil: (mais…)

137 vidas perdidas. Bahia registra maior número de mortos em 24h desde o início da pandemia

Foto: Correio/reprodução.

Nesta sexta-feira (26) foram registrados 137 óbitos, o maior número desde o início da pandemia num boletim epidemiológico sobre a Covid-19. A informação é da Secretaria Estadual de Saúde.

Esse número supera o ocorrido ontem (25), quando foram contabilizados 100 óbitos. O número de hoje demonstra o crescimento de casos graves, o que tem ampliado a taxa de ocupação nas UTIs.

(mais…)

Saiba o que poderá funcionar na Bahia a partir das 17h de hoje até segunda

Foto: Correio/reprodução.

A partir das 17h desta sexta-feira (26) até às 5h da segunda-feira (1º), ficam suspensas todas as atividades que não estejam relacionadas à saúde pública, alimentação e segurança em toda a Bahia. A medida terá início gradual às 17h de sexta, com o fechamento do comércio de rua. Às 18h, bares e restaurantes com atendimento presencial devem fechar e, às 19h, os shoppings, galerias e demais centros comerciais.

Essa diferença de horário serve para escalonar o uso do transporte público e evitar aglomerações nos veículos. Os estabelecimentos deverão encerrar suas atividades com até 30 minutos de antecedência, de modo a garantir o deslocamento de seus funcionários às suas residências.

(mais…)

Bahia tem 195 pacientes na fila de espera por vagas de UTI

A Bahia vive o pior momento da pandemia de Covid-19.

O colapso é iminente.

Durante entrevista nesta quinta-feira (25), o governador Rui Costa disse que a Central de Regulação registra 195 pacientes contaminados pelo novo coronavírus à espera de vagas de UTI.

Apesar do quadro estarrecedor, o governo estadual decidiu decretar um meio termo entre toque de recolher e lockdown.

A situação exige medidas mais duras e radicais, dizem os especialistas.

Governador proíbe venda de bebidas alcóolicas no próximo final de semana

Em entrevista nas redes sociais nesta quinta-feira (25), o governador Rui Costa anunciou a proibição da venda de bebidas alcóolicas, inclusive em supermercados, no próximo final de semana.

Em reunião com os prefeitos dos munícipios da Bahia, o governador chegou a concluiu que as bebidas alcóolicas também geram aglomerações.

Há 930 pacientes em estado grave na Bahia; 68 pessoas morreram nas últimas 24 horas

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.398 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,7%) e 3.659 recuperados (+0,6%). Dos 664.904 casos confirmados desde o início da pandemia, 635.265 já são considerados recuperados e 18.251 encontram-se ativos.

Pelo sexto dia consecutivo, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) registra o maior número de pacientes internados em UTIs Covid-19 desde o início da pandemia. São 930 pacientes adultos e pediátricos em estado grave ocupando leitos nas diversas regiões da Bahia. O boletim epidemiológico desta quarta-feira (24) também registra 68 mortes. Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizadas hoje.

(mais…)

Coveiros de Ilhéus não sabem quando serão imunizados

Imagem ilustrativa.

Os coveiros dos cemitérios municipais de Ilhéus ainda não foram informados sobre a data em que serão imunizados contra o novo coronavírus.

O BG conversou com alguns e ouviu relatos de que três deles já foram infectados, contudo, não puderam afirmar se a contaminação ocorreu no ambiente de trabalho.

Os infectados atuam nos cemitérios São João Batista, Vitória e Couto. As equipes estão labutando com equipamentos escassos e precários, mas até o momento não deixaram de executar o serviço.

Um coveiro nos disse que o vereador Fabricio Nascimento (PSB) encaminhou pedido à secretária municipal de saúde, mas até agora nenhuma resposta foi dada.

No Rio de Janeiro, capital que nesta semana suspendeu a vacinação por falta de doses, vários trabalhadores do sistema funerário já foram vacinados.

Ilhéus tem vacinas, mas os coveiros ainda aguardam.

Vacina não é questão individual, é proteção coletiva, afirma infectologista do Hospital Couto Maia

Infectologista Ceuci Nunes. Imagem de vídeo produzido pela SECOM-BA.

A médica infectologista Ceuci Nunes é diretora-geral do Instituto Couto Maia (Icom), um dos primeiros hospitais a receberem os pacientes de Covid-19 na Bahia. Nesta breve entrevista, ela responde perguntas e fala sobre a importância da vacina, especialmente diante do grande número de notícias falsas circulando nas redes sociais. Para ela, a vacina contra a Covid-19 surge rapidamente, impulsionada pela existência da pandemia, que uniu cientistas de todo o mundo na pesquisa em busca da cura, e também pelo estágio de desenvolvimento tecnológico que o planeta alcançou.

Para a infectologista, a rapidez na produção da vacina não coloca em cheque a segurança nem a eficácia do medicamento. Ceucí também destaca que, para que o vírus pare de circular, como foi a erradicação da varíola, é preciso que grande parte das pessoas seja imunizada – mais de 80% da população. “Não vamos ter medo da vacina, a gente precisa ter medo da doença que está matando milhões de pessoas no mundo. A vacina é a luz no fim do túnel. A gente precisa é pedir ao Ministério da Saúde, aos governantes, que consigam vacinas, as mais diversas, para todos os brasileiros”.

Leia a entrevista ou assista o vídeo abaixo.

Pelo menos cinco vacinas diferentes foram desenvolvidas em prazo inferior a um ano. Essa velocidade causa algum tipo de insegurança em relação à vacina e sua eficácia?

(mais…)

Rui confirma determinação de proibir festas e aglomerações no fim do ano

Governador Rui Costa.

O governador Rui Costa gravou na tarde desta segunda-feira (21) um pronunciamento oficial, no qual pede apoio aos baianos neste momento de segunda onda do novo coronavírus. Rui também reiterou a sua determinação às forças policiais do Estado de proibir aglomerações durante as comemorações de fim de ano na capital e interior.

(mais…)

Bahia registra 4.920 novos casos e 29 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, nas últimas 24 horas foram registrados 4.920 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,1%) e 4.031 recuperados (+0,9%) na Bahia. O boletim epidemiológico desta quinta-feira (17) contabiliza 29 óbitos e 12.719 casos ativos no território baiano.

Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes são: Ibirataia (9.992,16); Jucuruçu (7.801,88); Conceição do Coité (7.788,39); Muniz Ferreira (7.666,40); Pintadas (7.588,39).

Na Bahia, 34.941 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

(mais…)

Pontal registra crescimento de casos ativos de Covid-19

Bairro Pontal. Imagem aérea de José Nazal.

O mapa da Covid-19 elaborado por José Nazal informa que nas últimas 24 horas não houve crescimento no número de casos ativos de Covid-19 em Ilhéus.

Entre os dias 14 e 15 de dezembro (segunda-feira e terça-feira desta semana) Ilhéus continuou com 299 infectados em condições de passar o novo coronavírus para outras pessoas.

O mapa mais recente chama atenção pelo crescimento de casos no bairro Pontal. No dia 14 a localidade próxima ao Morro de Pernambuco registrou 32 casos. Após um dia contabilizou 42.

No momento, o Pontal é o bairro com mais pessoas contaminadas seguido por Conquista (33), São Francisco (25), Hernani Sá (23), Malhado (20). Veja os demais bairros na tabela.

(mais…)

Descontrole em Ilhéus: número de casos ativos de Covid-19 aumenta 30% em uma semana

De acordo com o mapa da Covid-19 elaborado por José Nazal, no dia 07 de dezembro Ilhéus registrou 229 casos ativos de Covid-19. Uma semana depois, ou seja, no dia 14 de dezembro, Ilhéus contabilizou ontem 299 casos ativos e o aumento corresponde a 30%.

Desde o inicio da pandemia 268 pessoas moradoras de Ilhéus faleceram devido aos males da doença. Dos cinquenta leitos de UTI direcionados ao tratamento, 49 estão ocupados e apenas 1 está vago, conforme o boletim resumido da Secretaria Municipal de Saúde.

Os bairros com mais casos ativos são: Conquista (51); Malhado (22); Hernani Sá (17); Pontal (17). Veja as demais localidades na tabela.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Veja o mapa.

Na versão anterior desse texto informamos que o número de casos ativos cresceu 74% em uma semana. Erramos.

Na verdade cresceu 30%. 

O texto foi corrigido.

Ilhéus: veja quantos casos ativos de Covid-19 tem o seu bairro

O mapa elaborado por José Nazal com a distribuição dos casos ativos de Covid-19 pelos bairros é uma iniciativa diferenciada e importante que não é vista em outros municípios da Microrregião Ilhéus-Itabuna.

Veja como como está cada bairro, distrito ou localidade de Ilhéus em relação à pandemia.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Veja o mapa.