CARLOS FREITAS COLOCA A CULPA EM JOSÉ NAZAL QUE COLOCA A CULPA EM JORGE BAHIA

carlinhos, nazal e bahia copy

Deu a louca no governo Newton Lima.

O radialista Vila Nova entrevistou o presidente do grupo Eros, Valtércio Costa, um dos organizadores da Parada Gay, realizada no último domingo (27/09).

O evento virou notícia devido ao tiroteio entre gangues rivais, que não tiveram participação direta na festa.

A polícia militar mandou apenas 22 policiais e a prefeitura não fez o ordenamento do trânsito.

O secretario Carlos Freitas afirmou que não recebeu ofício dos promotores da Parada, solicitando agentes de trânsito e colocou a culpa no secretário de governo, José Nazal, que por sua vez passou “a bola” para Jorge Bahia, chefe de gabinete do prefeito Newton Lima.

Ouça na Rádio Gusmão, um trecho do programa de Vila Nova, e tente entender a desorganização e a incompetência do atual governo.

Duração: 4 minutos.

RUY CARTEIRO E AIRIZON ALVES CONTINUAM COM MÁRCIO VELOSO

ruy carteiro

airizon

Confirmando informação publicada por este Blog, Ruy Carteiro admitiu ter conversado com o vice-prefeito Mário Alexandre, porém, negou ao radialista Vila Nova que esteja voltando para o grupo de Marão.

Tem gente que “dorme de toca” achando que a reeleição está garantida, já outros, dormem “com um olho aberto e o outro fechado”. É o caso de Márcio Veloso. Articulação rápida e precisa.

Ouça na Rádio Gusmão as entrevistas de Ruy e Airizon no programa “O Tabuleiro”, edição de ontem (sexta/25).

Duração: 7 minutos.

A “GRANDE POLÍTICA” DE JOSIAS GOMES

Josias e Gusmão

Se o poema de Drummond pudesse ser adequado à situação política do ex-deputado federal Josias Gomes, neste momento, com certeza ele seria assim: no meio do caminho tem duas pedras.

Na verdade, são dois rochedos que podem impedir o retorno do excelente parlamentar entre os anos de 2003 a 2007, à câmara dos deputados: o episódio do mensalão e o deputado federal Geraldo Simões.

O ex-prefeito de Itabuna é o maior oponente, e está dentro do mesmo partido. Geraldo pela forma como se refere ao “companheiro”, deixa subentendido que fará de tudo para minar o seu ex-secretário.

O outro obstáculo, ainda mais rígido, está fundamentado na seguinte questão: como convencer o eleitor, de que aquele que pretende cometer um erro, jamais deixa um documento se identificando?

Tirando estes dois empecilhos, Josias tem todas as condições para retornar ao parlamento, porque sem sombra de dúvida é um político hábil e agregador.

Além de muitas bases espalhadas pelo estado, hoje o PT ilheense está quase todo fechado com ele. O poder de convencimento deste pernambucano de 56 anos, radicado na Bahia, atraiu os dois “homens de confiança” de Dr. Ruy Carvalho (Gil Leal e Gerson Marques), que preferiram a companhia de Josias, do que seguir em frente com o médico de velhas batalhas.

Este é um pequeno exemplo da capacidade que Josias tem de atrair novos aliados, garantindo a permanência dos antigos, como o professor Edinei Mendonça, um “gomista” entusiasta.

O Blog do Gusmão bateu um papo com o petista PHD em política, que não se deixou levar pelo polemicismo deste blogueiro, saindo das perguntas “apertadas” com aquela malícia de dar inveja.

Pincipais destaques:

Quem é mais agregador Josias ou Geraldo?

Porque Geraldo tem má vontade explícita com Josias?

Dr.Ruy e o PT de Ilhéus: quem tem mais votos?

Josias no lugar de Rui Costa, menos problemas para Wagner?

Capitão Azevedo e Newton Lima: quem é o pior?

Ouça na Rádio Gusmão.

Duração: 22 minutos.

SECRETÁRIA DE SAÚDE ACUSA CONSELHO DE ESTAR MANIPULANDO INFORMAÇÕES

Secretária Marleide Figueiredo foto Mary Melgaço

O Blog do Gusmão entrevistou nesta sexta-feira (04) a secretária de saúde de Ilhéus, a enfermeira Marleide Figueiredo.

O tema que norteou a conversa foi o relatório elaborado pelo conselho municipal de saúde, apontando indícios de irregularidades na gestão dos recursos do SUS, administrados pelo governo Newton Lima.

Principais destaques.

Porque o aluguel da casa em ruínas no bairro Teotônio Vilela, além de ter sido renovado por duas vezes, também sofreu reajustes?

A secretária costuma receber pedidos de vereadores requerendo compras de passagens?

Algum vereador tem forte influência sobre a sua gestão na secretaria?

Porque a secretaria preferiu reformar imóveis alugados, permitindo que um imóvel da prefeitura (local que abrigou durante 20 anos um posto de saúde) permanecesse abandonado?

Perguntamos se ela admitia a existência de irregularidades surgidas na gestão do secretário anterior.

A secretária acusa o conselho de estar manipulando informações, considera que houve autoritarismo na reunião que aprovou o relatório, ao não permitir que a gestão se defendesse.

Insinua uma suposta “partidarização” das ações do conselho, mesmo sabendo que o relatório foi aprovado por 11 conselheiros, sendo que 6 votaram contra, 2 se abstiveram e 1 não compareceu à reunião (total de 20 votos).

Ouça a entrevista na Rádio Gusmão.

Duração: 25 minutos.

O DESABAFO DO GOVERNADOR

wagner novos secretarios 4Ao dar posse ontem (20/08), aos novos secretários de infraestrutura (João Leão) e indústria, comércio e mineração (James Correia), o governador Jaques Wagner externou suas mágoas em relação ao ministro Geddel Vieira Lima, e aproveitou a ocasião para revelar a desaprovação do presidente Lula ao fim da união PT/PMDB na Bahia.

Ouça na Rádio Gusmão o desabafo de Wagner.

Duração: 5 minutos.

JOÃO HENRIQUE SE EMOCIONA NO AGRADECIMENTO A GEDDEL

JH e Geddel: agradecimento em Jequié, briga em Salvador.
JH e Geddel: agradecimento em Jequié, desentendimento em Salvador.

Nesta semana a imprensa publicou informações sobre um desentendimento entre  Geddel Vieira  Lima e o prefeito de Salvador, João Henrique.

O ministro teria pedido as cabeças de alguns secretários da administração soteropolitana, para acomodar nomes do PMDB que deixaram o governo Wagner. JH não aceitou e os dois divergiram seriamente.

Em Jequié, no último domingo (16), quem acompanhou o encontro regional do PMDB viu justamente o contrário.

João agradeceu ao ministro pelo apoio “salvador” nas eleições de 2008, chegando até a chorar, com lágrimas e tudo. Aproveitou a oportunidade para comunicar o apoio do senador João Durval, seu pai, à candidatura de Geddel.

A política tem dessas coisas.

Ouça na rádio Gusmão, o discurso emocionado de João Henrique.

Duração: 02:46 min.

SECRETÁRIO PEDE DESCULPAS AOS IDOSOS DE ILHÉUS

Após pedir desculpas, secretario melhora atendimento aos idosos.
Depois de pedir desculpas, secretario melhora atendimento aos idosos.

Augusto Macedo, secretário de ação social e trabalho de Ilhéus, admitiu hoje (17), no programa O Tabuleiro, apresentado por Vila Nova, que a secretaria cometeu erros na condução do recadastramento dos idosos, que têm direito ao passe livre no transporte coletivo municipal.

Augusto pediu desculpas públicas, e considerou que a equipe montada carecia de um número maior de membros, para atender em menos tempo as pessoas da terceira idade. Ele informou que o problema já foi corrigido, com a ampliação da equipe, o aumento do número de senhas (de 30 para 70), e a descentralização do atendimento aos bairros Teotônio Vilela e Nossa Senhora das Vitórias, a partir da próxima quarta-feira, dia 19.

Em contato com o Blog do Gusmão, o secretário explicou que os idosos acima de 65 anos possuem direito à gratuidade nos ônibus, independente de fazer o recadastramento, ou não, porém, ressaltou que a carteira emitida pelo sistema de transporte permite que eles passem pelas catracas, sem nenhum custo, podendo fazer uso dos demais assentos nos veículos.

Ouça na Rádio Gusmão, o pedido de desculpas do secretário Augusto Macedo.

Duração 02:45.

ENCONTRO EM JEQUIÉ REAFIRMA GEDDEL COMO ADVERSÁRIO DE WAGNER EM 2010

DSC00333

O PMDB do ministro Geddel Vieira Lima realizou neste domingo (16), o 11º Encontro Regional do partido, em Jequié, no sudoeste da Bahia.

O Blog do Gusmão esteve no evento para conferir a festa peemedebista, e tirou algumas conclusões.

O PMDB tem estrutura, força política e um discurso preparado para entrar na disputa com muitas chances de vitória.

A pré-candidatura de Geddel, hoje, é consenso no partido. Não há espaço para teses divergentes.

Dos 115 prefeitos filiados, 25 estiveram na “Cidade Sol”,  e todos, absolutamente todos, externaram grande insatisfação com o atual governo.

O ministério da integração nacional, segundo relato de muitos prefeitos, está suprindo as carências que “Ondina” não consegue sanar. Isto faz de Geddel uma espécie de governador “paralelo”, com mais prestígio do que Wagner em muitos municípios.

As constatações descritas indicam que Geddel tem condições de complicar, ou, impedir a reeleição de Wagner.

Os democratas e tucanos da Bahia, enfim unidos através do nome do ex-governador Paulo Souto, não devem subestimá-lo. Pelo  que este blogueiro observou, os palanques do “MDB” já foram montados, por sinal, com muita facilidade. Situação parecida, ainda não é possível notar nas hostes dos remanescentes do “carlismo”.

Após o final do evento, o ministro Geddel concedeu uma entrevista coletiva, onde fez diversas críticas ao governo Wagner.

Ouça agora na Rádio Gusmão.

Duração: 14 minutos.

SEGUNDO A COELBA, LEI QUE REGULAMENTA “CALL CENTERS” É SÓ “TEORIA”

Pelo telefone, a Coelba aplica um "gato" nos clientes.
Pelo telefone, a Coelba aplica um "gato" nos clientes.

Na madrugada da última terça-feira (11), um pouco antes da primeira hora, faltou energia em boa parte de Ilhéus, deixando vários bairros às escuras.

Daí em diante, as muriçocas não me deixaram dormir. Sem “luz” para usar o mata-mosquito, decidi ligar para a COELBA, ela mesmo, a saudosa e eficiente COELBA, dos tempos em que pertencia ao governo do nosso estado.

Hoje, a companhia que foi dos baianos, está  disputando com a Telemar (OI), o título de pior empresa  no atendimento aos consumidores.

A Telemar ainda lidera, mas, devagarzinho, a “instável elétrica” ainda chega lá.

Fiquei na linha por 16 minutos, aguardando atendimento e ouvindo o péssimo “repórter COELBA”, personagem que dá dicas óbvias, na enfadonha e repetitiva gravação.

Quando consegui falar com a atendente, lembrei da lei que regulamenta o atendimento pelo telefone, através dos chamados “call centers”. O texto prevê que em 70% dos casos, o consumidor seja atendido em até um minuto de espera. Em casos excepcionais, o limite será de dois minutos.

Ouça na Rádio Gusmão, a explicação dada a este blogueiro.

PS: para não abusar da paciência dos visitantes, cortamos os 15 minutos “iniciais” da gravação.  Quem quiser na íntegra, basta pedir por email.

“DEMOCRACIA NÃO É DEMOCRATISMO”

geddel 1Gusmão entrevista o ministro Geddel.

Para inaugurar a nova fase do Blog do Gusmão, fizemos uma entrevista com o ministro da integração nacional, Geddel Vieira Lima. A conversa foi gravada no domingo, 09 de agosto, dia dos Pais.

Principais destaques:

“Este é um drama que Fábio terá que enfrentar, não por falta de aviso”, Geddel comenta a situação do deputado estadual Capitão Fábio, que provavelmente não terá o apoio “exclusivo” do deputado federal Geraldo Simões (PT), em sua tentativa de reeleição.

“Trair como? Já que deixamos o governo diferentemente do que fizeram com o prefeito João Henrique, no momento que o governador ainda está em primeiro lugar nas pesquisas”, Geddel comenta a saída do governo, afirmando que não houve traição.

“Só me cabe agradecer! Estou pronto para conversar com todos”, ao comentar a simpatia que o prefeito de Ilhéus, Newton Lima, tem por ele, Geddel.

“Trair como? Deixamos o regaço confortável do poder, as varandas cobertas de Ondina, para nos submetermos a todo tipo de retaliação”, o ministro afirma que o PMDB decidiu pagar um preço alto, e que está na oposição.

Ouça na Rádio Gusmão.