SERVIDORES DA SAS AGUARDAM SALÁRIOS

Texto baseado em um e-mail recebido pelo Blog do Gusmão.

Depois das denúncias contra o secretário afastado, Augusto Macedo, o problema que se instala agora na secretaria de ação social de Ilhéus é o atraso dos salários dos servidores.

Ao procurar esclarecimentos na secretaria, a informação recebida é que não há previsão para quitar o pagamento.  Segundo o autor, a verba do governo federal destinada aos programas sociais, como Bolsa Família, Peti, Projovem, e que custeia também os salários, nunca atrasa. “Chega na conta da prefeitura no dia 20 de cada mês”, garante o leitor.

Os funcionários estão insatisfeitos também, pelo não recebimento do vale-transporte. Em um ano, saíram vales equivalentes a dois meses.

PREFEITOS DEMITEM PARA PAGAR 13º

Com informações do jornal A Tarde.

A união dos municípios da Bahia (UPB) estima que 50% das prefeituras baianas estejam cortando gastos, demitindo funcionários, para pagar o 13º salário e honrar dívidas com fornecedores.

O principal motivo que leva os municípios a “cortar pela carne” é a frustração dos repasses do fundo de participação dos municípios (FPM) pelo governo federal. A previsão do FPM para a Bahia em 2010 era de 4,984 bilhões de reais para os 417 municípios, mas a confederação nacional dos municípios (CNM) acredita que o estado feche o ano com -5,7% desse valor.

Prefeitos dos municípios de Valença, Itambé, Uruçuca e Mulungu do Morro admitiram as demissões.

DILMA: “MÍNIMO DEVE SUPERAR 600 REAIS”

Do G1.

A presidente eleita Dilma Rousseff disse nesta quarta-feira (03), durante entrevista no Palácio do Planalto, que o salário minimo deve ter um aumento no ano que vem.  “O salário mínimo deve estar acima de R$ 600 no fim de 2011”, afirmou.

Ela disse ainda que terá as áreas de saúde e educação como prioridade no seu governo.

A presidente eleita afirmou que há “uma pressão” de governadores para que seja compensado o fim da CPMF. Mas, ela afirmou que não pretende enviar uma proposta de novo tributo para o Congresso Nacional.

(mais…)

EDUCAÇÃO É PRIORIDADE, DESTACA FÉLIX JÚNIOR.

O candidato a deputado federal (PDT), Félix Júnior, afirma que a educação é o investimento mais rápido, sustentável e indicado, para o crescimento sócio-econômico da Bahia.

Félix Júnior observa que a educação “é sempre apontada como a prioridade número um e como um caminho seguro para abrir portas e oportunidades para os jovens e para as mulheres”. Depois vem a busca pelo emprego, o combate a violência e investimentos em obras de infra-estrutura.

O candidato, caso eleito, vai defender a implantação do ensino em tempo integral (alunos estudando os dois turnos), nos municípios de médio porte, além de cobrar do governo federal escolas técnicas, nas diversas cidades do interior.

PELA INFLAÇÃO E NADA MAIS

Segundo o DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), cerca de 97% das negociações salariais no primeiro semestre tiveram reajustes iguais ou acima da inflação, melhor que nos dois anos anteriores.

De acordo com o departamento, a melhora no resultado  de 2010, em comparação com os dois anos anteriores, é um indicativo do bom momento que passa a negociação coletiva, em sintonia com a evolução dos indicadores econômicos do País.

O governo se comprometeu a corrigir o mínimo e as aposentadorias do INSS apenas pelo índice da inflação, conforme a proposta do Orçamento Geral da União, que segue para o congresso na próxima terça-feira (31).

Com informações do Estadão.

PREFEITURA DE MARAÚ IMPÕE SALÁRIO MÍNIMO A TODOS OS CONCURSADOS

Os funcionários da prefeitura de Maraú há 9 anos convivem com um plano de cargos e salários desatualizado. Com o passar do tempo, os vencimentos dos servidores estão sendo equiparados ao valor do salário mínimo.

Diante do silêncio do prefeito e dos vereadores, alguns recorreram à justiça do trabalho. Grande parte das pessoas que trabalham em cargos comissionados, através de indicações políticas, não passam pelo mesmo problema.

SERVIDORES DE ITABUNA PODEM ENTRAR EM GREVE

A presidente do Sindicato dos Servidores de Itabuna (SINDSERV), Karla Lúcia, comunicou que diante do descaso da prefeitura de Itabuna com os servidores públicos, o sindicato tomará as atitudes cabíveis, que inclui uma denúncia ao Ministério Público e a deflagração de uma greve.

Os funcionários municipais ainda não receberam o salário do mês de julho, e segundo o secretário de saúde, Antonio Vieira, não há previsão. O sindicato aguardará o prazo estipulado pela lei (5° dia útil do mês), se a grana não sair, entrarão em greve..

Veja abaixo o comunicado:

(mais…)

AGENTES DE COMBATE À DENGUE RECLAMAM INSALUBRIDADE

Segundo leitora do Blog do Gusmão, a secretaria de saúde de Ilhéus, não paga aos agentes de combate à dengue, o valor referente a insalubridade, desde o tempo em que foram contratados, há seis meses. Como se não bastasse, a secretaria prorrogou o contrato por mais dois meses, sem constar na carteira de trabalho esse período, desconsiderando a contribuição previdenciária.

SERVIDORES MUNICIPAIS DE ITABUNA EM CAMPANHA SALARIAL

Segundo a presidente do SINDISERV de Itabuna, Karla Lúcia, os servidores municipais e os agentes comunitários de saúde estão revoltados com o descaso da prefeitura com relação à campanha salarial de 2010.

Com a finalidade de decidir qual posição deverá ser tomada diante desse problema, uma assembléia será realizada na próxima segunda-feira (24), às 13:00 horas, no Recanto dos Comerciários, no bairro da Conceição.

“A categoria está revoltada com essa postura do prefeito. Na assembléia iremos decidir qual atitude será tomada pelos trabalhadores em relação às reivindicações dos servidores e dos agentes de saúde” disse Karla.

A campanha salarial desse ano visa um reajuste de 14,7% para os funcionários municipais.

SINTEPAV MANTÉM GREVE

O presidente da SINTEPAV, Bebeto Galvão.

A greve dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de Estradas, Pavimentação, Obras de Terraplenagens do Estado da Bahia (SINTEPAV-BAHIA) continua.

Bebeto Galvão, presidente do SINTEPAV, afirmou que os empresários não concordaram em reajustar o salário dos trabalhadores em 15%. “Eles ofereceram 10% de reajuste, o que consideramos muito aquém das nossas expectativas.”, completou.

Segundo Bebeto, a falta de um acordo poderá prejudicar obras importantes como a Via Expressa e do Metrô, em Salvador.

OBRAS NO ESTADO ESTÃO PARALISADAS

O presidente da SINTEPAV, Bebeto Galvão.

As principais obras públicas da Bahia, como as do Metrô e da Via Expressa em Salvador, estão paralisadas. Isso aconteceu porque o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de Estradas, Pavimentação, Obras de Terraplenagens do Estado da Bahia (SINTEPAV-BAHIA), deu inicio a uma greve para solicitar um aumento de salário.

Segundo o presidente da SINTEPAV, Bebeto Galvão, apesar da dificuldade para estabelecer um acordo, algumas conquistas já foram alcançadas em 2010. Bebeto cita como exemplo os funcionários do canteiro de obras de São Roque do Paraguaçu – responsáveis pela reforma e construção da plataforma da Petrobrás – que conseguiram um aumento salarial de 15%.

“Esperamos que nesta semana, no mais tardar terça ou quarta-feira, os nossos trabalhadores voltem às suas atividades, mas isso depende dos patrões, se eles atenderem as reivindicações da classe”, disse Bebeto Galvão.

CARTA PÚBLICA DOS SERVENTUÁRIOS DA JUSTIÇA

Carta Pública enviada pelos servidores da justiça de Ilhéus.

“Diante da divulgação, por meio da imprensa regional e nacional, de diversos problemas relacionados à Justiça baiana, nos vimos no dever de vir a público esclarecer com maior profundidade a posição dos servidores do Poder Judiciário da Bahia, particularmente dos lotados na Comarca de Ilhéus, quanto a estes fatos.

Com esse intuito, realizou-se na data de 17 de março do corrente ano uma reunião, em que participaram servidores de diversas funções e cargos. Nessa oportunidade, discutiu-se a melhor forma de esclarecer à sociedade qual seria a real participação e responsabilidade dos servidores neste quadro. Os pontos discutidos foram os seguintes:

(mais…)

GUARDAS MUNICIPAIS REALIZAM PARALISAÇÃO NA SEXTA

Na sexta-feira (19) haverá, no Ginásio de Esportes de Ilhéus, às 11 horas da manhã, uma paralisação dos guardas municipais para reivindicar os seus direitos trabalhistas.

Segundo um funcionário municipal de nome Tiago, a base salarial dos guardas sempre foi apenas de um salário mínimo. Recentemente, mais um projeto foi entregue a prefeitura propondo a regulamentação dos servidores e um aumento salarial, mas de nada adiantou. Por esse motivo os guardas municipais resolveram protestar para garantir melhores condições de trabalho.

Estarão presentes na mobilização o prefeito Newton Lima e o secretário de segurança pública, César Nunes.