OTTO ALENCAR FALA DAS AÇÕES NA SEGURANÇA PÚBLICA

Otto Alencar, candidato a vice-governador pela coligação “Pra Bahia Seguir em Frente”, fala sobre as ações realizadas em segurança pública. Ele garante que o governo do estado tem usado ferramentas tecnológicas no combate à criminalidade.

A secretaria de segurança pública (SSP) criou em 2008, a delegacia digital que permite através da internet, que os cidadãos comuniquem ocorrências policiais delituosas ou não-delituosas, além da implantação do sistema de identificação civil (Siida) que permite a pesquisa de impressões digitais em banco de dados nacional. São os exemplos de ações citado por Otto Alencar.

Na área social, o candidato ressalta a importância do programa Ronda nos Bairros e a adesão ao Pronasci, na periferia de Salvador. Ele afirma que a diminuição dos casos de homicídios, foi expressiva. Otto menciona  também, sobre o programa de proteção a jovens (Protejo), que integra adolescentes socialmente vulneráveis em ações educativas, além do programa Mulheres de Paz, que orienta e dá acesso à justiça e mediação de conflitos.

POLÍCIA CIVIL GANHA NOVA FROTA

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) entrega hoje (30), às 10 horas, no Centro Administrativo da Bahia, 45 motocicletas e quatro carros-presídio novos para a Polícia Civil. O investimento faz parte do Plano Estadual de Segurança Pública, que tem como prioridade a renovação das frotas policiais.

Os veículos serão utilizados nos serviços de investigação e no transporte de presos para delegacias e unidades prisionais.

ATÉ TU CAPITÃO!

Contradição: Capitão Fábio não votou a favor dos oficiais.

Fábio Santana (Capitão Fábio) é deputado estadual pelo segundo mandato consecutivo. Ele não é capitão do exército, marinha ou aeronáutica. Fábio é oficial da polícia militar da Bahia, e usa a definição de sua patente como nome de campanha, gravado na urna eletrônica.

Apesar do largo vínculo com a PM, no dia 09 de junho, Capitão Fábio (PRP) deixou os seus companheiros de corporação “a ver navios”, não votou uma emenda que incorporava 400 reais de gratificação aos salários dos oficiais.

Ele não votou a seu favor, como também, se omitiu de votar beneficiando os seus colegas de farda. Vale lembrar que o outro capitão deputado, o Tadeu, do PSB, votou pela aprovação da emenda.

Fábio vai ter que arranjar boas explicações, pois nas companhias, batalhões e até mesmo dentro das viaturas, ninguém quer saber dele, é página virada.

VIOLÊNCIA NA BAHIA: PAULO SOUTO AFIRMA QUE NÃO TEM CULPA

O ex-governador Paulo Souto (DEM), que postula novamente o Palácio de Ondina, afirmou ao Blog do Gusmão, durante uma entrevista concedida ontem (quarta-feira/09), que o seu governo não tem culpa pela onda de violência que tomou conta do estado.

O democrata garantiu ter investido mais em segurança pública, e citou os índices do seu período, segundo ele menores. Indagamos sobre os investimentos na área social durante a sua gestão, se podem ser considerados compatíveis com o que está sendo gasto no governo Wagner,  “PS” respondeu que foram maiores.

Confira a entrevista na Rádio Gusmão.