Em 2018, houve 69 mil acidentes em rodovias federais, diz pesquisa

Da Agência Brasil:

Em 2018, foram registrados nas rodovias federais 69.206 acidentes, sendo 53.963 com vítimas (mortos ou feridos). Do total de vítimas, houve 5.269 mortes. Os dados fazem parte de um levantamento elaborado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), lançado hoje (19). Tanto o número de acidentes quanto o número de mortes são os menores desde que o Painel CNT de Consultas Dinâmicas de Acidentes Rodoviários começou a ser realizado, em 2007.

Segundo o levantamento, pelo menos 14 pessoas morreram por dia nas rodovias federais em 2018. Desde que a pesquisa começou a ser feita, foram registradas 88.749 mortes. Incluindo feridos, em média, ocorreram 82 acidentes com vítimas a cada 100 quilômetros de rodovia em 2018.

Tanto o número de acidentes quanto o de mortes, em geral, seguiram uma tendência parecida entre 2007 e 2018. Os dados iniciais mostravam 128.440 acidentes e 7.065 mortes em 2007. Em geral, os dois índices tiveram uma tendência de alta, chegando aos seus ápices em 2011, quando foram registrados 192.322 acidentes com 8.675 mortes nas rodovias federais.

A partir de 2012, em geral, houve uma tendência de queda, tanto no número de acidentes quanto de mortes. De 2014 para 2015, houve uma queda maior em relação aos anos anteriores. O mesmo fenômeno se repetiu entre 2017 e 2018, porém de forma menos acentuada. O número de acidentes caiu de 89.396, em 2017, para 69.206 no ano passado e o de mortes, de 6.243, em 2017, para 5.269 em 2018.

Vítimas

Das mortes em acidentes nas rodovias federais em 2018, os homens são as principais vítimas, respondendo por 81,7% do total. Foram 4.303 casos, contra 951 de mulheres, cerca de 18%.

As pessoas acima de 45 anos são as que mais morrem em acidentes. Em 2018, foram 1.830, o que representa 34,7% do total. Em seguida, vem a faixa de 36 a 45 anos, com 1.074 mortes, 20,5% do total; praticamente empatada com a faixa de 26 a 35 anos, que se envolve em 20,8% das mortes (1.098, em números absolutos) registradas em 2018.

Acidentes

As sextas, os sábados e os domingos são os dias com maior número de acidentes. A colisão é o tipo de acidente com vítimas mais frequente em 2018, com 60,1% das ocorrências. Isso representa um total de 32.447 colisões registradas nas rodovias do país, com 3.231 mortes.

A saída de pista vem em seguida, com 14,9% do total de acidentes. Em 2018, foram registrados 8.063 acidentes de saída de pista com vítimas, das quais 643 morreram. Em terceiro lugar, vem o capotamento/tombamento, com 11,3% do total de acidentes com vítimas. Em 2018, foram 6.109 acidentes, com 321 mortes.

O levantamento mostra ainda que, do total de acidentes com vítimas, o automóvel é o principal veículo envolvido, respondendo por 64,6% do total de ocorrências em 2018 (34.852). Depois vêm as motos, com 44,4% (23.950); e, em terceiro lugar, os caminhões, com 23,4% (12.631). Já os ônibus se envolveram em 3,6%, registrando 1.934 ocorrências, e as bicicletas, em 1.851, 3,4% do total.

(mais…)

Governo Marão pinta faixa de pedestres no horário de pico e causa grande engarrafamento

Foto tirada na rua Arthur Lavigne na Conquista durante o engarrafamento

No início da noite desta quarta-feira (18), os ilheenses que precisavam ir para a Zona Sul da cidade foram submetidos a um engarrafamento fora do comum. O trânsito lento se deu por conta da pintura de uma faixa de pedestres na entrada da Sapetinga, que teve início por volta das 16 h e se estendeu até o início da noite. O serviço só foi interrompido quando o trânsito estava completamente congestionado.

Os acessos para a zona sul via Terminal Rodoviário, Plano Inclinado e Rua da Linha estavam comprometidos por conta da pintura da faixa. Em contato com o Diretor de Trânsito da Sutran, Gilson Nascimento, o BG questionou se não haveria um horário mais viável para a realização da ação, que deve ser realizada, desde que não atrapalhe o andamento do trânsito. Em resposta Gilson Nascimento afirmou que a ação deveria ter sido iniciada mais cedo, mas por conta de um problema na máquina o serviço começou com atraso. Segundo ele, assim que o engarrafamento teve início a pintura da faixa foi suspensa. Muitas pessoas reclamaram do congestionamento, afirmando que passaram horas paradas no engarrafamento.

Presidente manda suspender uso de radares nas rodovias federais

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, determina ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio de despachos publicados hoje (15) no Diário Oficial da União, que suspenda o uso de radares “estáticos, móveis e portáteis” até que o Ministério da Infraestrutura “conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas”.

De acordo com o documento, a medida tem por objetivo “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade”.

O despacho do presidente pede também que o ministério “proceda à revisão dos atos normativos internos que dispõem sobre a atividade de fiscalização eletrônica de velocidade em rodovias e estradas federais pela Polícia Rodoviária Federal.

Ao deixar o Palácio da Alvorada, nesta manhã, Bolsonaro destacou que os radares fixos, aqueles instalados em postes ao lado das rodovias, não entram nessa suspensão, pois o governo tem contratos com empresas que operam esses equipamentos. “Não vamos alterar contratos”, disse. O presidente já afirmou, entretanto, que a intenção é, ao fim do prazo, não renovar esses contratos. Informações da Agência Brasil.

Pesquisa de mobilidade urbana vai ser realizada em Ilhéus e Itabuna

Reunião aconteceu na quarta-feira, 7. Gilson Nascimento (Diretor Geral da SUTRAM) participou. Foto: Ascom-Seinfra.

Ilhéus e Itabuna irão passar por uma pesquisa inédita e de importância para as ações de planejamento urbano e de transporte a partir deste mês de agosto. A Pesquisa de Origem e Destino baseia-se em buscar informações atualizadas de mobilidade urbana sobre as viagens realizadas pela população e os indicadores socioeconômicos dos moradores em ambos os municípios. Ao final, o resultado permitirá a avaliação e reestruturação das redes de transportes nos municípios. Além disso, irá contribuir no projeto da duplicação da BR-415, entre Ilhéus e Itabuna.

Uma reunião para apresentação do que será executado nos municípios foi realizada nesta quarta-feira (07) na Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), no Centro Administrativo, em Salvador. O encontro contou com a participação de representantes da Seinfra, das Prefeituras de Ilhéus e de Itabuna e do Consórcio Mobilidade Inteligente, que irá realizar a pesquisa.

Bolsonaro deve apresentar até terça PL para mudar CNH

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) informou hoje (1º) que pretende enviar até terça-feira (4) um projeto de lei que faz alterações nas normas da carteira nacional de habilitação.

Com o PL, o governo quer ampliar de cinco a dez anos a validade da CNH e dobrar a pontuação para suspender o direito de dirigir, dos atuais 20 para 40 pontos.

O presidente disse ter consultado o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sobre se poderia mandar as alterações via medida provisória ou por projeto de lei. Maia teria recomendado então o formato de PL. Informações do Metro1.

Racha no Pontal: Adriano Barreto e Thadeu Oliveira são condenados a 16 anos de prisão

Regiane Vitório e José Fernando, vítimas de um racha em 2010.

Em júri realizado nesta quarta-feira, 15, em Ilhéus, Adriano Barreto e Thadeu Oliveira foram condenados a 16 anos prisão, cada um.

A dupla foi acusada de ter matado os estudantes Regiane Vitório e José Fernando Bispo após uma colisão de carros no dia 14 de março de 2010.

Thadeu e Adriano teriam feito um “pega” na Avenida Lomanto Junior (Pontal) quando um dos carros atingiu o Gol dirigido por Regiane, com José Fernando na carona, que saíam da casa de eventos Boca du Mar.

Regiane faleceu logo após o forte impacto e José Fernando dez dias depois. Segundo inquérito da Polícia Civil, os competidores do “racha” estavam alcoolizados.

No júri de hoje, presidido pelo juiz Gustavo Henrique Almeida Lyra, da 1ª Vara do Júri de Ilhéus, a defesa dos acusados, encabeçada pelo advogado Cosme Araujo, sustentou que Regiane transportava sete pessoas dentro do gol no momento do acidente. Com o impacto da colisão, os passageiros que estavam no banco de trás do gol foram arremessados para frente e teriam causado, involuntariamente, as mortes de Regiane Vitório e, dez dias depois, a de José Fernando. Cosme chegou a dizer que o rapaz pode ter falecido devido à infecção hospitalar.

O advogado Jacson Curpetino e as promotoras Darluse Ribeiro e Geovana Barbosa apresentaram laudos do perito criminal Jocimar Ferreira dos Santos com provas de que Adriano Barreto e Thadeu Oliveira conduziram os carros do “racha” a uma velocidade mínima de 125 Km/hora.

Os laudos contribuíram decisivamente para a condenação por homicídio qualificado.

A acusação trouxe à tona o drama das famílias das vítimas. Após o acidente, Armando Vitório (pai de Regiane) e Valdir (pai de José Fernando) desenvolveram depressão profunda e morreram poucos anos depois. A mãe de Regiane, Dona Maria Antônia, hoje sofre devido a um doença degenerativa. A família de Regiane, após a morte da filha caçula, foi embora de Ilhéus.

O juri foi encerrado às 21h20min.

Prefeito de Uruçuca lamenta acidente com ambulância de Serra Grande

Prefeito de Uruçuca, Moacyr Leite.

A Prefeitura de Uruçuca, por meio da Secretaria de Saúde, informa à população que a ambulância do distrito de Serra Grande se envolveu num acidente  na manhã desta segunda-feira, 6, na ponte da Praia do Norte, em Ilhéus.

Segundo o condutor, Fábio Ribeiro, que estava sozinho no momento da colisão, o veículo da frente, Triton L200, reduziu a velocidade bruscamente para não atropelar um cachorro, não dando chance de evitar a colisão. Fábio passa bem. Os veículos envolvidos foram encaminhados à seguradora Porto Seguro.

O prefeito Moacyr Leite lamenta o ocorrido e informa que já determinou que todas as medidas emergenciais sejam tomadas para que o distrito não fique sem um veículo para os atendimentos. O prefeito afirmou, também, ter ficado aliviado ao saber que Fábio, motorista da ambulância, está bem.

Acusados de matar Regiane Vitório e José Fernando durante um “pega” de carros serão julgados no dia 15 de maio

Regiane Vitório e José Fernando faleceram em 2010.

O juiz Gustavo Henrique Almeida Lyra, da 1ª Vara do Júri de Ilhéus, marcou o julgamento de Adriano Barreto e Thadeu Oliveira para o dia 15 de maio. 

A dupla é acusada de ter matado os estudantes Regiane Vitório e José Fernando Bispo após uma colisão de carros no dia 14 de março de 2010.

Thadeu e Adriano teriam feito um “pega” na Avenida Lomanto Junior (Pontal) quando um dos carros atingiu o Gol dirigido por Regiane, com José Fernando na carona, que saíam da casa de eventos Boca du Mar.

Regiane faleceu logo após o forte impacto e José Fernando dez dias depois. Segundo inquérito da Polícia Civil os competidores do “racha” estavam alcoolizados.

O fato ficou conhecido como “pega da morte” ou “pega em Ilhéus” e teve ampla repercussão na imprensa regional (relembre aqui).

O julgamento vai propiciar o embate jurídico de dois advogados criminalistas conceituados. Jacson Cupertino será o assistente da acusação e Cosme Araujo vai defender os réus.

Advogados Cosme Araujo e Jacson Cupertino. Foto: Google/reprodução.

Acidente em Jaguaquara deixa 2 mortos e 3 feridos da mesma família

Foto: Blog do Marcos Frahm/ reprodução.

Duas pessoas morreram e três ficaram feridas após um acidente de trânsito ocorrido no início da manhã desta segunda-feira, 29, na Rodovia Santos Dumont, em Jaguaquara, no Centro Sul Baiano.

Segundo o Blog de Marcos Frahm, a colisão ocorreu na altura do Km 628, próximo ao povoado do Tatu. Uma família retornava da Festa dos Vaqueiros realizada em Milagres, quando o carro Fiat Pálio conduzido por Adiel Dias Santos, 35 anos, colidiu frontalmente com outro veículo de passeio. Adiel não resistiu ao impacto da batida e morreu no local do desastre.

Uma mulher e uma criança que estavam na companhia dele, Sumaia Lima Andrade e Mônica de Jesus Lima sofreram lesões graves.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual as vítimas foram levadas para o Hospital Geral Prado Valadares (HGPV), em Jequié. Um terceiro ferido também foi socorrido.

Foto: Blog do Marcos Frahm/ reprodução.

Adiel era morador do bairro Malvina, em Jaguaquara, onde trabalhava como frentista em um posto de combustíveis. O motorista do outro carro, um Chevrolet Corsa, Vagner dos Santos Alves, de 31 anos, oriundo do município de Brejões, também faleceu. Não há informações sobre as causas da colisão, mas a polícia acredita em ultrapassagem. Os corpos foram levados ao Instituto Médico Legal.

Ônibus da Gaviões da Fiel com 45 torcedores tomba em Vitória da Conquista

Ônibus com 45 torcedores tombou na 116. Foto: Blog do Anderson/reprodução.

Um ônibus que transportava integrantes da torcida organizada Gaviões da Fiel (de São Paulo) tombou na BR-116 num trecho próximo à Vitória da Conquista, nesta segunda-feira, 29, por volta das 5h30min.

No veículo havia 45 torcedores do Corinthians que retornavam de Salvador, depois de assistirem a partida contra o Bahia na Arena Fonte Nova. O Bahia venceu o jogo por 3×2.

Segundo o Blog do Anderson, uma névoa intensa tomava conta da pista e provocou o acidente. O ônibus desceu a ribanceira e 14 pessoas saíram feridas.

O Hospital Geral de Vitória da Conquista não informou o estado de saúde das vítimas.

Assista o vídeo.

Juíza proíbe retirada de radares das rodovias federais

Foto: Franklin de Freitas.

Da Agência Brasil.

A juíza Diana Vanderlei, da 5ª Vara Federal em Brasília, proibiu na quarta-feira, 10, a retirada de radares de velocidade das rodovias federais de todo o país. A decisão foi motivada por um pedido liminar feito pelo senador Fabiano Contarato (REDE-ES), mas não é definitiva e cabe recurso.

Na decisão, a juíza também determinou que seja realizada a renovação dos contratos do Programa Nacional de Controle Eletrônico de Velocidade por mais 60 dias.

“A não renovação dos contratos para a manutenção dos medidores de velocidade foi realizada sem ao menos ser efetiva a implementação de novo modelo de gestão para a segurança nas rodovias federais”, afirmou a magistrada.

Na semana passada, o Ministério da Infraestrutura informou que a instalação de novos sensores foi suspensa para que seja feita uma análise rigorosa do plano de instalação, que foi realizado no governo anterior.

De acordo com a pasta, o atual contrato poderia chegar ao custo de R$ 1 bilhão em cinco anos. A análise também deverá priorizar a redução do uso do equipamento onde não é necessário a segurança viária, com possibilidade de uso de outros mecanismos de segurança.

Prefeitura vai remover carros abandonados nas ruas de Ilhéus

Foto: Secom/Ilhéus.

Atendendo determinações da Lei Municipal 3.699/13 e recomendação do Ministério Público da Bahia, a Prefeitura de Ilhéus, por meio da Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade (Sutram), vai reiniciar a operação de retirada de veículos abandonados nas vias do município, a partir da próxima segunda-feira , 18. Os veículos removidos das ruas serão enviados para um pátio próprio, e depois de 60 dias irão a leilão, se não forem resgatados pelos proprietários.

A Sutram esclarece que veículos abandonados nas ruas da cidade geram inúmeros problemas para a população, pois acabam servindo como depósito para a proliferação do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue e da febre amarela urbana, e também como abrigo para usuários de drogas e criminosos. A operação faz parte das ações da Prefeitura de Ilhéus para promover trânsito mais seguro e proporcionar vias mais limpas.

A população poderá colaborar com a iniciativa, informando onde estão os veículos abandonados. Para isso, a Sutram está disponibilizando um número Disk Denúncia (073-98147-8798), para contatos via WhatsApp.

Governo Marão arrecada R$ 4.7 milhões em multas de trânsito

Foto: Secom/Ilhéus.

Dados do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) mostram que a Prefeitura de Ilhéus, sob o governo Marão, arrecadou de janeiro a outubro de 2018 mais de 4 milhões e setecentos mil reais em multas de trânsito (veja aqui).  

Quando comparamos com o mesmo período do ano anterior, percebemos que houve um aumento de 73,94%. Em 2017, a arrecadação com infrações de trânsito atingiu quase dois milhões e quatrocentos mil reais.

O artigo 320 do Código de Trânsito Brasileiro diz que a receita arrecadada com a cobrança das multas será aplicada, exclusivamente, em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito.

De acordo com informações do TCM, o governo Marão utilizou dinheiro das multas para pagar ações trabalhistas e outras despesas não previstas em lei.

Confira.

Atropelamento no Pontal: por falta de médico no DPT taxista não fez teste de alcoolemia

Imagem registrada do acidente. Foto: Pimenta/reprodução.

O taxista Agnelo Brito Leal, de 56 anos, que atropelou duas mulheres e duas crianças no último sábado, 23, no Pontal, não fez o teste de alcoolemia por falta de médico no DPT de Ilhéus. O acidente gerou indignação, uma vez que as vítimas foram atropeladas na faixa de pedestre.

Segundo informações da Polícia Civil, sem o exame fica impossível saber se ele fez uso de álcool antes do acidente. Outros exames que poderiam detectar o uso de drogas também não foram realizados. Agnelo não socorreu as vítimas e tentou fugir do flagrante, mas foi impedido por populares. Uma das crianças teve traumatismo craniano. Ela tem quatro anos e está internada no Hospital Manoel Novaes, de Itabuna.

A investigação ainda não conseguiu as imagens de uma câmera de segurança que pode ter gravado o acidente.  O acesso não é tão facilitado como parece. A Polícia Civil, em Ilhéus, não possui técnicos capacitados para retirar as imagens dos equipamentos. Para extraí-las, os investigadores normalmente contratam técnicos particulares e os pagam com dinheiro do próprio bolso.

O taxista Agnelo, que mora em Itabuna, passou pela audiência de custódia, mas continua preso. Um agente de trânsito do município, em depoimento, disse que ele não conduzia o carro em alta velocidade. Provavelmente trafegava de 50 a 60 Km/h. A falta de atenção causada pelo uso de celular pode ter causado o acidente.

Marão recebe comerciantes para discutir mudanças no trânsito do Malhado

Marão reunido com os comerciantes da Avenida ACM, do Malhado.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, recebeu os comerciantes estabelecidos na Avenida ACM, no Malhado, que estão insatisfeitos com as alterações no trânsito do bairro, a partir do projeto de mobilidade urbana executado pela Prefeitura Municipal. Nesta terça-feira, 05, os empresários apresentaram algumas reivindicações de ajustes no projeto, que apontam queda nas vendas com a criação da ciclovia e direcionamento do tráfego de veículos em mão única.

O prefeito ouviu as reivindicações e ressaltou que elas serão analisadas pela equipe da Secretaria de Infraestrutura, Transportes e Trânsito.

Por outro lado, o chefe do Executivo, enfatizou a importância do projeto de mobilidade urbana, que se estenderá também para a zona sul e dará a Ilhéus as primeiras ciclovias da história da cidade. “Nossa intenção é fazer o melhor para a população. Os corredores exclusivos para transporte de massa e as ciclovias beneficiam milhares de pessoas e fazem parte do novo conceito de mobilidade urbana, as mudanças são necessárias para construirmos uma cidade melhor para o futuro. Não abro mão do projeto, mas estamos dispostos a fazer todos os ajustes que se fizerem necessários”, garantiu o prefeito.

Com informações da Secom.