ACIDENTE DE CARRO MATA ENFERMEIRA

Faleceu hoje pela manhã (terça/09), a enfermeira Ana Marta Homem Del Rey, na BR 101, Km 567, próximo à entrada de Arataca, num trágico acidente em que seu carro colidiu contra um caminhão tanque.

Profissional bastante conhecida entre os enfermeiros, Ana Marta trabalhava ultimamente como secretária de saúde em Belmonte. Também lecionava no curso de enfermagem da UESC e colaborava com o projeto Jovem Bom de Vida. No passado, administrou uma escola técnica de enfermagem em Ilhéus, onde deixou muitas saudades. Seus colegas lamentam e transmitem o pesar aos seus familiares.

O velório está acontecendo na capela do hospital Santa Isabel, no bairro da Cidade Nova, em Ilhéus, e o sepultamento será amanhã. O local ainda não foi definido.

BESTUNTA ELETRÔNICA, TRAMBOLHO QUE NÃO VAI FUNCIONAR

Sinaleiras teriam sido instaladas para enganar os moradores.

Os semáforos que foram instalados em fevereiro do ano passado (2009), no cruzamento entre a Barreira e a Urbis (Hernani Sá), representam simbolicamente, o quanto a administração do prefeito de Ilhéus, Newton Lima, é omissa e incompetente.

O equipamento jamais funcionou, e segundo fontes da prefeitura, da área de trânsito, é provável que jamais funcione.

O trambolho foi montado devido a um “rompante” do secretário Carlos Freitas (serviços públicos transportes e trânsito), que teria mandado reunir algumas sinaleiras “que não prestam mais pra nada”, só pra fazer número diante da população.

(mais…)

SANGUE NA CALÇADA

Este Blog já avisou para o secretário Carlos Freitas (trânsito), e na última quinta-feira (04) lembrou ao secretário Alcides Kruschewsky (governo).

Já completou um ano que o semáforo entre a Barreira e a Urbis (bairros de Ilhéus) foi colocado, e não funciona.

Uma prefeitura que não tem 20 mil reais para consertar um equipamento que salva vidas, é melhor fechar as portas.

Nesta madrugada um grave acidente ocorreu no cruzamento.

Clique aqui para mais detalhes.

PRESIDENTE DO SINSEPI CHAMA CARLOS FREITAS DE MENTIROSO

Informações do Tabuleiro.

Luiz Cláudio Machado (Lú), presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Ilhéus (Sinsepi), em entrevista ao radialista Vila Nova, hoje (06), afirmou que não tem responsabilidade pelo problema do acúmulo de lixo.

Para o presidente do sindicato, o secretário de Serviços Públicos Carlinhos Freitas é um mentiroso e incompetente. Isto se deve à afirmação do secretário, que alegou como motiva para a sujeira, um convite feito aos garis, para uma feijoada feita pelo sindicato, no domingo (27), durante o expediente, atrasando a limpeza. O que houve, segundo ele, foi uma confraternização com os garis, após o horário de trabalho.

Lú disse ainda que Carlinhos é incompetente, pois não colocou agentes de trânsito suficientes nas ruas, possibilitando engarrafamentos em vários trechos do município.

A falta de competência ainda se reflete na limpeza, já que materiais básicos como vassouras, sacos e carrinhos não estão sendo disponibilizados.

CIDADE LOTADA, PONTE ENGARRAFADA

Imagem do blog Acorda Meu Povo.

É sempre assim, todos os anos!

Quando Ilhéus “lota” de turistas que vêm passar as festas de final de ano, o trânsito nos sentidos centro/zona sul e vice-versa fica bastante complicado.

Nestas épocas percebemos o quanto é urgente a construção de uma nova ponte.

Infelizmente, as nossas autoridades sequer têm um projeto para cobrar dos governos federal e estadual a viabilização da obra.

Seria interessante que os nossos deputados e demais representantes se unissem em torno de uma agenda em comum: a construção de um novo elo centro/zona sul.

Para este blogueiro é um erro falar da duplicação da BA 415 (Ilhéus-Itabuna), do Porto Sul, ZPE e etc., sem pensar na “arrumação” da cidade após o provável e esperado aumento populacional, que virá com a implantação dos projetos “desenvolvimentistas”.

E o esgotamento sanitário do Pontal?

Aí já é outro sonho, outros quinhentos!

EXCLUSIVO: PREFEITO DECIDE EXONERAR CHEFE DE TRÂNSITO QUE NÃO ATENDE PEDIDOS DE VEREADORES

Valério: o inimigo número um dos vereadores que gostam de "tirar multas".

Na tarde desta terça-feira (22), o prefeito de Ilhéus, Newton Lima, decidiu exonerar o chefe de educação para o trânsito, Valério Bomfim, alegando que não cabe a um funcionário que exerce cargo de confiança, ocupar também a função de sindicalista.

Valério, que também é servidor municipal concursado, lidera uma greve dos agentes de trânsito, que reivindica o pagamento de insalubridade e outros direitos adquiridos.

O Blog do Gusmão descobriu que os motivos da saída do agente vão muito além da liderança grevista. Na verdade, Bomfim se notabilizou por ter negado insistentemente pedidos de vereadores, tentando liberar amigos das multas aplicadas pelos agentes de trânsito.

A conduta sempre exemplar na aplicação da lei desagradou alguns parlamentares ilheenses, principalmente o presidente do legislativo, Jailson Nascimento, que o “elegeu” como um desafeto pessoal.

Valério multou diversas pessoas “poderosas”, não poupando sequer a própria mãe (o bom exemplo começa em casa), e a esposa do seu chefe, o secretário Carlos Freitas.

Ouça na Rádio Gusmão, a entrevista de Valério Bomfim concedida na noite desta terça-feira (22).

Duração 10 minutos.

AGENTES DE TRÂNSITO PARALISADOS

Texto enviado pela representação dos agentes.

Desde o último dia 12 e 13, sábado e domingo, que os agentes de trânsito de Ilhéus deflagaram uma paralização. Esta semana, mais uma vez, não houve agentes na rua aos sábados e domingos. Os agentes reclamam da morosidade e falta de resposta do prefeito municipal em relação ao pleito da categoria em relação ao adicional de insalubridade a que têm direito. Após várias reuniões e interferências inclusive de vereadores e um ano de espera, resolveram então paralisar as atiidades em regime de horas extras.

MUDANÇA DE NÍVEL

Outra reivindicação da categoria é a classificação horizontal dos membrois da categoria que ainda não obtiveram este direito. A categoria entende que é no mínimo falta de respeito com o coletivo, uma vez que mais de 50% dos membros da categoria já recebem seus vencimentos atualizados pela mudança de nível. Por outro lado fere a legislação trabalhista quando dá remunerações diferentes a quem presta funções iguais, fere o princípio da ISONOMIA. Dos trinta e dois(32) agentes de trânsito, concursados, vinte e dois(22) estão nesta situação, enquanto isso, outros funcionários, que inclusive deram entrada muito tempo depois, já obtiveram suas classificações. Segundo informações de alguns, de forma política.

(mais…)

INTERVENÇÕES FACILITAM TRÂNSITO DE ITABUNA

Intervenções no trânsito garantem maior segurança e acessibilidade-01-foto Vinícius BorgesComeçaram nessa quarta-feira (16) os processos de intervenções no trânsito de Itabuna. As mudanças incluem um conjunto semafórico, faixas de pedestres e a revitalização da sinalização vertical e horizontal.

Os novos semáforos permitirão uma maior segurança para os pedestres, já que, acionado o botão instalado no suporte, o sinal permite a passagem das pessoas.

O secretário de Transporte e Trânsito, Wesley Gonçalves Melo, afirma que também serão implantadas rampas para deficientes físicos na cidade.

No total 10 mil metros de vias centrais receberão este benefício. Bairros como o Pontalzinho, Califórnia, Fátima e São Caetano em breve terão as novas implantações.

REFORMA DA AMÉLIA AMADO

O projeto de reurbanização da Avenida Amélia Amado em Itabuna está sendo disputado por oito empresas, sendo quatro locais. O custo total do empreendimento será de aproximadamente 13 mil reais. A decisão das propostas acontecerá no próximo dia 14 de dezembro e a publicação do resultado oficial sairá no dia 17.

Fernando Vita, Secretário de Desenvolvimento Urbano da cidade, explicou que o espaço na Amélia Amado facilitará a mobilidade urbana de um modo geral. Estimam-se a criação de um espaço de conveniência, novo sistema de iluminação, corredor para ônibus, cinco pistas, ciclovias e pistas para caminhada. Além disso, o projeto visa o encapsulamento do canal.

“A obra vai permitir tirar um esgoto que corre a céu aberto, gerando ao mesmo tempo melhores condições para o trânsito na área central da cidade, com mais espaços para estacionamento”, afirmou Vita.

A prefeitura estipula que todo o trabalho já esteja concluído no dia 28 de julho de 2010.

TELEANÁLISE: A MORTE DE VOLTA À VIDA

Por Malu Fontes

malu fontesA morte está de volta, e no pior sentido. As gerações urbanas que adolesceram nas últimas três décadas foram desacostumadas com a morte, no que se refere ao contato visual com a presença de um corpo morto. Os percursos e os rituais da morte há muito se afastaram dos espaços privados, da casa onde se mora. Migraram para os hospitais e destes para velórios nos cemitérios. O que alguns historiadores chamam de morte burguesa se caracteriza justamente por ocorrer e ser embalada, durante e depois, num processo de medicalização, institucionalização, assepsia e distanciamento físico em que o corpo morto praticamente desaparece do raio de visão até mesmo dos familiares mais próximos.

Quem viveu a infância nos idos dos anos 60, 70, ou longe dos grandes centros urbanos, certamente traz na memória imagens e cenas de um conhecido ou ente querido morto, geralmente em casa, onde eram realizados os velórios. Os ritos fúnebres em espaços privados eram tão comuns como os batizados e os casamentos. Com a institucionalização da morte e sua transferência para os domínios da medicina, as crianças, os adolescentes e os adultos jovens contemporâneos sempre, com raras exceções, foram mantidos à distância do fenômeno pontual da morte e mais ainda das imagens reais de um corpo morto.

(mais…)

EM NOME DE DEUS, PAREM!

Por Daniel Thame.

Padre José Carlos
Padre José Carlos

O padre José Carlos Lima dedicou boa parte de sua vida a um trabalho edificante: recuperar e ressocializar adolescentes que cometeram ato infracional.

Através da Fundação Reconto, semente plantada em Canavieiras e que frutificou em unidades em Ilhéus, Itabuna, Eunápolis, Porto Seguro e Teixeira de Freitas; permitiu que centenas de adolescentes deixassem de ser encaminhados para instituições em Salvador, que em vez de recuperar, funcionavam quase como escolas do crime.

A aplicação das chamadas medidas socioeducativas, determinadas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, tiveram no padre José Carlos um entusiasta incansável, a ponto da experiência da Fundação Reconto ser levada a outras regiões do Estado.

São inúmeros os casos de adolescentes que, atendidos pela Fundação Reconto, voltaram aos estudos, aprenderam uma profissão e hoje estão inseridos no convívio social.

(mais…)