Selo de turismo certificará higiene e prevenção contra a covid-19

Praia do Cristo, em Ilhéus. (Foto: TripAdvisor)

O Ministério do Turismo (MTur) lançou o selo Turismo Responsável, uma certificação, disponível na internet, que tenta assegurar a turistas, viajantes e consumidores que o hotel ou pousada onde se instalaram e o bar ou restaurante onde fazem refeições estão cumprindo requisitos de higiene e prevenção contra a covid-19.

O selo é gratuito e está vinculado ao Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur). Deve ser colado em local de fácil acesso aos clientes e contém QR Code pelo qual o turista poderá verificar as medidas adotadas pelo estabelecimento.

A ferramenta também possibilitará o encaminhamento de denúncias que, em caso de comprovado o descumprimento de exigências, poderá resultar em revogação do selo.

De acordo com o ministério, a medida é a primeira etapa para a retomada de atividades turísticas, paralisadas desde março por causa da pandemia provocada pelo novo coronavírus.

A iniciativa, validada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), atende preocupações de empresários do setor que querem voltar aos seus negócios, mas dando a certeza de não expor turistas, nem empregados a riscos de contágio.

Para o secretário de Integração Interinstitucional do Ministério do Turismo, Bob Santos, os novos protocolos sanitários de biossegurança vieram para ficar.

Segundo ele escreveu em artigo para a Confederação Nacional do Comércio (CNC), num primeiro momento da retomada do turismo a escolha dos viajantes “será por viagens de curta duração, em fins de semana ou feriados prolongados. Os destinos de natureza, de aventura, de base comunitária e de ecoturismo serão os mais procurados, tendo em vista a baixa aglomeração de pessoas”. Informações da Agência Brasil.

Bolsonaro sanciona parcialmente lei que cria a Nova Embratur

Medida está publicada no Diário Oficial da União de hoje (25).

Está publicada na edição desta segunda-feira (25) do Diário Oficial da União a sanção parcial da lei que cria a nova Embratur.

Ao todo, cinco pontos do texto aprovado por deputados e senadores foram vetados, entre eles incentivos fiscais voltados para o setor do turismo. Em sessão conjunta do Congresso Nacional, que ainda não tem data marcada, os parlamentares podem acatar ou derrubar os vetos.

No veto, o presidente Jair Bolsonaro excluiu, por exemplo, o trecho que zerava, a partir de 2021, o Imposto de Renda (IR) devido por empresas aéreas por causa de contratos de leasing de aeronaves e motores.

A justificativa é que o Congresso não indicou estimativa de impacto ou fontes de compensação dessas perdas. Também ficou fora da norma o artigo que garantia a redução para 6%, até 2024, do IR sobre valores remetidos ao exterior para gastos pessoais de brasileiros em viagens internacionais.

Entre os trechos vetados por Bolsonaro está ainda o que transfere recursos do Fundo Nacional da Aviação Civil ao Fundo Geral de Turismo. O governo argumenta que a medida geraria impacto econômico negativo para o mercado de transporte aéreo.

Também foi vetado o trecho que colocaria deputados de comissões da Câmara no conselho deliberativo da Embratur. Para o governo, a medida inclui membros no conselho sem correlação com os períodos de mandato dos parlamentares, dando a eles atribuições próprias do Poder Executivo.

A Lei 14.002, de 2020, transforma o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) em uma agência com status de serviço social autônomo, a Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo. O texto teve origem na Medida Provisória 907/2019, aprovada pelo Congresso.

De acordo com a norma sancionada, a nova Embratur tem a missão de planejar, formular e implementar serviços turísticos. Informações da Agência Brasil.

Incompetência do governo Marão na gestão do turismo pode levar Ilhéus a perder recursos, afirma presidente da ATIL

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre e o presidente da ATIL, Átila Eiras.

O presidente da Associação de Turismo de Ilhéus (ATIL), Átila Eiras, concedeu entrevista ao programa O Tabuleiro na segunda-feira, 02.  Átila mostrou seu inconformismo com a atual situação do turismo na cidade.

“O Trade turístico está muito chateado. Nós não estamos sendo ouvidos”, declarou Átila. O presidente da ATIL afirmou que em uma reunião realizada em Serra Grande, Jorge Ávila, representante do Governo do Estado, informou que municípios que não participam das reuniões da instância de governança estarão fora do mapa turístico da Bahia.

Átila afirmou que se Ilhéus não se mexer agora, não receberá recursos do Ministério do Turismo e de órgãos afins.  “A Câmara Costa do Cacau é formada por onze municípios e é comum vermos representantes de todos eles, Ilhéus nunca enviou nenhum representante” informou. Segundo ele, há descaso, falta de interesse e de conhecimento sobre Turismo na gestão municipal.

Durante a conversa, o empresário disse que é preciso investimento e valorização dos atrativos da região. Segundo ele, municípios menores, como Itacaré, possuem um calendário certo das festas e eventos que acontecerão na cidade durante o ano, que fazem os donos de hotéis, bares e restaurantes se programarem e venderem seus produtos; e consequentemente a cidade, de acordo com a programação.

“Ilhéus possui festas esporádicas. Ninguém ganha com isso. A rede hoteleira não consegue usar os eventos em seus empreendimentos. Ilhéus terá mais uma gestão que se finaliza sem que tenha sido feita nenhuma força de trabalho ou investimento da cidade como destino turístico” disse Átila.

Ao final da conversa, o empresário solicitou ao radialista Vila Nova que perguntasse ao prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, entrevistado no programa desta terça-feira, 03,  quais ações foram feitas para incentivar a promoção de atrativos durante sua gestão.

Grupo desiste de construir resort em Una e Ilhéus; construção em área indígena foi a causa

Um dos empreendimentos do Grupo Vila Galé no Brasil. Foto: Reprodução.

O Grupo Vila Galé confirmou ontem (20), por meio do seu presidente, Jorge Rebelo de Almeida, que a empresa desistiu do projeto de construir um ‘resort’ entre as cidades de Una e Ilhéus. A decisão de criar uma unidade na Bahia foi anunciada publicamente em 11 de novembro de 2019.

Em outubro, políticos e ativistas das causas indígenas, protestaram contra a instalação do resort após divulgação de uma notícia no portal ‘The Intercept’, segundo a qual o projeto hoteleiro ocuparia uma reserva indígena.

Em tom de ironia, o presidente do Vila Galé confirmou a decisão dizendo que “Desistimos porque foram colocadas notícias a circular a dizer que estávamos a maltratar os indígenas. Um hotel não sobrevive a uma coisa destas. E, depois, temos tantas alternativas para fazer hotéis no Brasil…”.

A construção do resort ocuparia uma área com cerca de 470 quilômetros quadrados, e teria um investimento de cerca de 45 milhões de euros. A previsão era construir um ‘resort’ com 1.040 camas e gerar mais de 500 empregos diretos e 1.500 indiretos.

*Com informações do Jornal Bahia Online

Estados do Nordeste farão promoção turística unificada

Estados do Nordeste farão promoção turística unificada.

Assuntos como a formação de um produto turístico único, com marca conjunta, incentivo à aviação regional e campanha de marketing para minimizar os impactos de imagem causados pelas manchas de óleo nas praias estiveram na pauta dos secretários de Turismo dos estados nordestinos durante reunião realizada, nesta quarta-feira (13), em Fortaleza.

Presente ao encontro, o secretário do Turismo do Estado, Fausto Franco, ressaltou a importância dessa união de forças para divulgar o destino, considerando que é um segmento gerador de emprego e renda para os estados, com participação expressiva na economia. “O turismo é fundamental para a economia do Nordeste. Na Bahia, a atividade é responsável pela geração de milhares de postos de trabalho. Por isso, esse esforço concentrado ajudará muito a termos uma alta estação aquecida”, disse Franco.

A opinião do baiano é compartilhada com os colegas de pasta. O titular do turismo do Ceará pontuou que, individualmente, os estados possuem grande potencial e que, unidos, “podemos dar um salto grande e concorrer com destinos até do exterior. Somos fortes e, juntos, podemos ter mais força para pleitearmos verbas e ações junto ao Governo Federal, por exemplo”, destacou o secretário do Turismo do Ceará, Arialdo Pinho.

Além da marca unificada, foram discutidos pontos como a aviação regional e os subsídios para fortalecer o setor, puxado principalmente por Ceará e Bahia. Os dois estados ficaram responsáveis por montar um projeto para buscar apoio junto ao Governo Federal.

CVC (mais…)

Câmara Técnica da Costa do Cacau ganha certificação do Ministério do Turismo

Ilhéus. Foto: Arquivo

A Câmara Técnica de Turismo da Costa do Cacau é a primeira instância de governança institucionalizada da Bahia a ser reconhecida com certificação pelo Ministério do Turismo (MTur). O grupo já tem inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), funciona como uma espécie de associação e tem como mantenedores os 11 municípios da zona turística, dentre eles, Ilhéus e Itacaré.

Instituídas pela Lei Estadual do Turismo, as câmaras reúnem participantes do poder público, entidades da iniciativa privada e da sociedade civil. Sua finalidade é articular o desenvolvimento do turismo numa região.

Segundo o diretor de Regulação e Certificação de Serviços Turísticos da Secretaria do Turismo da Bahia (Setur-BA), Divaldo Borges, a Câmara da Costa do Cacau é a única a já funcionar nesse modelo. “Com isso, é possível levantar fundos para realização de ações como promoção do destino e a também captar recursos governamentais para investimento, por exemplo”, explicou Borges.

De acordo com o novo mapa do turismo brasileiro, construído pelo MTur com apoio da Setur-BA, os municípios que compõem a Costa do Cacau são Ilhéus, Itacaré, Maraú, Ipiaú, Una, Canavieiras, Itabuna, Uruçuca, Santa Luzia, Pau Brasil e São José da Vitória. A partir de 2021, somente os municípios que participarem de câmaras técnicas institucionalizadas poderão se manter ou ingressar no mapa turístico.

Para a empresária Cida Aguilar, presidente da Câmara Técnica da Costa do Cacau, o reconhecimento do Ministério é a prova de que o turismo na região está se profissionalizando. “Estamos super felizes por sermos a primeira câmara reconhecida na Bahia. Esse reconhecimento nos dá credibilidade para desenvolver ações voltadas ao desenvolvimento da nossa zona turística”, pontuou.

Estados do Nordeste se unem para promoção do turismo

Foto: Setur

Os secretários do Turismo dos nove estados do Nordeste aprovaram um plano de promoção conjunta e uma agenda integrada da região para o setor. A resolução foi aprovada nesta quinta-feira (26) após encontro dos gestores na 47ª edição da Feira de Turismo da Abav, realizada até sexta (27), em São Paulo.

Participaram da reunião os secretários Fausto Franco (BA), Rodrigo Novaes (PE), Catulé Júnior (MA), Arialdo de Mello Pinho (CE), Sales Neto (SE), Carina Câmara (PI), Aninha Costa (RN) e a presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino. Fausto Franco explica que a proposta é promover os atrativos do destino Nordeste, buscando mais investimentos e estruturação para o setor. “A ação faz parte do Consórcio Nordeste, onde os estados já estão atuando em outras áreas”, afirma.

Recentemente, a Bahia, que lidera a atração de visitantes na região, com um fluxo de 8 milhões de turistas vindos de outros estados e do exterior, adotou um programa ousado de renúncia fiscal para incentivar a operação de novos voos. Até 2020, a iniciativa vai propiciar 215 novos voos ligando o estado a outros polos emissores no Brasil, sobretudo São Paulo e Minas Gerais, dois dos principais mercados para o turismo baiano. A ampliação da malha aérea vai abrir 1,8 milhão de novos assentos para os destinos da Bahia.

Com esta iniciativa, o Estado faz renúncia de R$ 15 milhões em um ano, com isenção de taxas no querosene de aviação. Estão previstas a entrada de R$ 900 milhões e um número de 768 mil passageiros. O vice-presidente do Fornatur/Nordeste e secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, destaca a importância da criação do grupo para o desenvolvimento da região. “A reunião dos nossos estados é de grande importância para a criação ações conjuntas no âmbito político, como também vendendo o Nordeste como destino único. Essa ação vem seguindo os laços existentes no Consórcio do Nordeste, criado com todos os governadores da região”.

Porto Seguro terá 12 novos voos da Latam

Rotas virão de São Paulo, Belo Horizonte e Brasília. (Foto: Carlos Daniel Dobelli)

Segundo maior destino turístico da Bahia, o município de Porto Seguro, localizado na Costa do Descobrimento, no extremo sul do estado, receberá 12 novos voos semanais da Latam. O anúncio das rotas que virão de São Paulo (6), Belo Horizonte (4) e Brasília (2) foi feito pelo secretário do Turismo do Estado, Fausto Franco, durante o Show Tour, evento que reúne até sexta-feira (16), no município, operadores, agentes e empresários do setor hoteleiro.

Os voos fazem parte de um plano da companhia para ampliar em 30% a oferta de linhas no Estado e casa-se com o decreto editado pelo governador Rui Costa, que prevê incentivos às companhias aéreas que ofereçam mais voos para a capital e o interior da Bahia. As companhias Azul, Gol e Passaredo já haviam anunciado 161 novos voos.

Franco considerou o evento um sucesso, pois as rodadas de negócio foram positivas para representantes do trade do Estado e do Brasil, “mostrando a força do nosso turismo e o protagonismo da Costa do Descobrimento nesse segmento”. O secretário acrescentou ainda que os índices de ocupação da rede hoteleira estão acima da média para esta época do ano. “Isso é resultado de um modelo de captação e investimento do Governo do Estado que está dando certo”, concluiu o secretário.

Show Tour

Com o tema “Estratégia Multicanal no Turismo”, a Feira acontece simultaneamente no hotel Solar do Imperador e no Portal Beach, em Porto Seguro, com uma extensa programação que conta com palestras, exposições, eventos técnicos, Famtour, capacitações e rodadas de negócios.

Participaram da abertura do evento a prefeita de Porto Seguro, Claudia Oliveira; o presidente da ABIH–BA, Glicério Lemos; o vice-presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagem na Bahia (Abav-BA), Jorge Pinto; e os diretores da Azul, Marcelo Bento; da CVC, Claiton Armelin; da Decolar.com, Renata Bufarat.

Turismo cresce 11% na Bahia em maio

Visão da Chapada Diamantina. Foto: Ascom-Seplan.

A Bahia ficou na segunda colocação nacional em crescimento do turismo, com 11% em maio, em comparação com o mesmo mês de 2108, de acordo com a Pesquisa Mensal de Serviços, realizada pelo IBGE. O resultado da Bahia é maior do que o dobro do nacional (5,1%), na mesma base de comparação.

“A pesquisa mostra a força do setor turístico da Bahia, que ficou na segunda colocação nacional. A tendência é que o setor avance ainda mais, com o pacote de incentivos assinado pelo Governo do Estado com as empresas Gol, Azul e Passaredo, que resultará em 161 novos voos, e a sinalização de empresas como a Prima (Espanha) e a Hirmer (Alemanha) em investirem em empreendimentos turísticos Litoral Norte e no Sul do Estado, dentre outras”, afirmou o secretário do Planejamento, Walter Pinheiro.

As variações positivas vieram do Ceará (13,0%), Bahia (11,0%) e São Paulo (8,4%). Em contrapartida, as principais unidades que puxaram o volume para baixo foram: Distrito Federal (-6,6%), Santa Catarina (-4,8%) e Paraná (-1,2%). Pinheiro lembrou ainda que pesquisa do Instituto Datafolha cravou a Bahia como o melhor destino turístico do país, e a capital baiana foi a única cidade brasileira a constar na lista anual do The New York Times, com os melhores lugares a serem visitados em 2019.

Prefeitura de Itacaré e Senac realizam capacitação para o 6º Festival Gastronômico

Foto: Secom-Itacaré.

A Prefeitura de Itacaré, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, em parceria com o Senac, está realizando capacitações para os estabelecimentos inscritos no 6º Festival Gastronômico Sabores de Itacaré. As capacitações estão sendo realizadas no restaurante Beco das Flores até este sábado, dia 13 de julho, com os seguintes workshops: Estética de Preparação de Pratos, higiene e manipulação de Alimentos, Qualidade no atendimento de bares e restaurantes, Ficha Técnica e Como Precificar seu produto sem sofrer prejuízos.

Durante as aulas, os cerca de trinta participantes conheceram métodos para montar e decorar pratos e travessas para eventos e para refeições diversas com lições sobre Boas Práticas na Manipulação de Alimentos e Técnicas de Montagem e Preparação de Pratos (mise en place). Também aprenderam a elaborar, montar e apresentar receitas de pratos da cozinha regional.

O objetivo dos whorkshops é a capacitação de profissionais que atuam no setor de serviços de alimentação nos processos de manipulação e produção de alimentos de forma segura. Entre os conteúdos do curso está a Qualidade no Atendimento para Bares e Restaurantes; Qualidade no Atendimento em Bares e Restaurantes; Qualidade na prestação de serviços; Higiene e segurança no trabalho; O trabalho em equipe como fator de qualidade; O cliente; Reconhecimento da Qualidade. O curso também visa preparar o participante para realizar controles administrativos e operacionais ligados ao estoque, às vendas e à manutenção de infraestrutura, equipamentos e utensílios. Além disso, busca formar profissionais com competências para atuar e intervir em seu campo de trabalho, com foco em resultados.

2ª edição do Fórum de Turismo de Itacaré tem programação definida

Rafael Piedade, especialista em turismo de conservação de aves, será um dos palestrantes.

A 2ª edição do Fórum de Turismo de Itacaré será aberta oficialmente nesta terça-feira, dia 18, às 9 horas da manhã, no Ecoporan Hotel. O evento acontecerá entre os dias 18 a 20 de junho, trazendo para a cidade grandes nomes do turismo nacional e tendo como palestrantes profissionais renomados das mais diversas áreas, do Brasil e até de outros países. Esse ano o evento tem como tema “Turismo de Experiência & Melhoria da Competitividade”.

Para o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio o Fórum de Turismo será mais uma grande oportunidade para empresários, comunidades e o poder público conhecerem as principais tendências de turismo e trabalharem a grande diversidade que o turismo de Itacaré, que não se resume apenas às belas praias, mas também toda a região rural, a exemplo de Taboquinhas e Água Fria, com suas cachoeiras, aventuras e fazendas de cacau. Serão três dias de imersão em turismo com palestrantes nacionais e internacionais, rodadas de negócios, oficinas e visitas técnicas aos pontos turísticos do município.

De acordo com o secretário municipal de Turismo, Júlio Oliveira, as pessoas quando viajam a turismo não querem apenas conhecer um lugar novo ou simplesmente sair da rotina, mas sim vivenciar uma experiência marcante em suas vidas. E foi pensando nisso que se chegou ao tema da 2ª edição do Fórum de Turismo de Itacaré, exatamente para debater as melhores práticas e ações para transformar esse setor em negócios ainda mais marcantes e rentáveis.

A realização é da Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria Municipal de Turismo, com o apoio da Conselho Municipal de Turismo, Sebrae. SPHA, Ecoporan Hotel, Ministério do Turismo e Governo da Bahia/Secretaria Estadual de Turismo. A proposta desse evento, segundo explicou Júlio Oliveira, é compartilhar as experiências, ampliar os conhecimentos nessa área, vivenciar os casos de sucesso e possibilitar a integração com agentes e profissionais brasileiros renomados.

Confira a programação:

(mais…)

Bahia é destino preferido dos paulistanos, diz pesquisa

Bahia superou o Rio de Janeiro na preferência dos paulistas.

Uma pesquisa do Datafolha divulgada neste fim de semana aponta a Bahia como o destino preferido dos paulistanos. O maior pólo emissor de turistas do Brasil elegeu o estado como o melhor para visitar. Desta vez, o estado superou o Rio de Janeiro, com quem ficou empatado tecnicamente nos últimos sete anos.

Ainda conforme a pesquisa, os paulistanos destacaram Salvador, Chapada Diamantina e Porto Seguro como alguns dos principais locais de visita. Falando da capital, também foram apontados os melhores atrativos: os bairros de Santo Antonio e do Carmo foram citados, além do Pelourinho.

Por conta do resultado, a Bahia foi destaque na coluna Viaja São Paulo da Folha de São Paulo. O jornal destacou que a Chapada é uma das mais conhecidas formações geográficas desse tipo no país, que fica no coração do estado, atrai os turistas com suas serras, rios e vegetação abundante.

A publicação da lembra ainda da a indicação de Salvador como a única cidade brasileira indicada em 2019 como “lugar a conhecer” na lista anual do jornal americano The New York Times. No decorrer do texto ainda são citados o Litoral Norte, Litoral Sul e a Costa do Cacau. Com destaque de sugestão para Praia do Forte, Porto Seguro, Ponta do Corumbau, Taipu de Fora, Ilhéus e Itacaré.

A pesquisa

1.632 entrevistados com 16 anos ou mais pertencentes às classes A e B da cidade de São Paulo que viajaram nos últimos 12 meses para fora do estado de São Paulo, ouvidos entre 11 e 23 de março

95% é o nível de confiança da pesquisa. Ou seja, se cem levantamentos fossem realizados com a mesma metodologia, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro

3 pontos percentuais para mais ou para menos é a margem de erro da pesquisa Datafolha.

Uruçuca participa de oficina de atualização do Mapa do Turismo Brasileiro

Foto: Ascom/Uruçuca.

A diretora de turismo da Prefeitura de Uruçuca, Cláudia Cruz, participou da Oficina de Atualização do Mapa do Turismo Brasileiro, na última semana em Salvador. De 01/04 a 30/07 deste ano, os 5.570 municípios brasileiros poderão pleitear sua inclusão no Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021. Atualmente o mapa é composto por 3.285 municípios.

Com o Mapa do Turismo, é possível ter uma radiografia do setor no Brasil e entender de maneira mais clara as potencialidades para investir de maneira adequada na melhoria de infraestrutura, realização de campanhas publicitárias, entre outras ações.

“Nosso município tem grande potencial do setor turístico e não pode ficar de fora de uma ação como esta, que vai contribuir muito para geração de emprego e renda. O prefeito Moacyr Leite tem se empenhado e incentivado bastante o turismo em nosso município”, disse a diretora.

Câmara de turismo discute plano para incrementar economia na Costa do Cacau

Encontro priorizou a consolidação da Estrada do Chocolate. Foto: Ascom/Setur.

Reunião entre o secretário Estadual do Turismo, Fausto Franco, integrantes da Câmara de Turismo da Costa do Cacau, prefeitos e lideranças empresariais do sul da Bahia, discutiu ações para incremento do turismo na região.O encontro ocorreu ontem (quinta-feira, 28), no Centro de Convenções de Ilhéus.

A presidente da Câmara de Turismo, Maria Aparecida Aguilar, apresentou itens da pauta prioritária que inclui a consolidação da Estrada do Chocolate, como produto turístico, e novos investimentos na infraestrutura aeroportuária, dentre outros itens. Os participantes da reunião destacaram a relevância de ações já realizadas em conjunto com o governo estadual e apontaram a necessidade de se elaborar de um plano de novas ações para a Costa do Cacau.

Início da Estrada do Chocolate. Ascom/Setur.

O secretário Estadual Fausto Franco iniciou sua fala destacando a importância dos municípios da região para o turismo da Bahia e o interesse do governo em atuar de forma eficaz na solução das demandas. “Vamos atuar na valorização intensiva desse roteiro que oferece sol e praia, história, cultura, gastronomia e ecoturismo, emoldurados pela Estrada do Chocolate”, afirmou. “Nas ações relativas à infraestrutura, por exemplo, buscaremos resultados com a transversalidade entre secretarias”.

Ele enfatizou, ainda, o êxito de atividades produtivas que ajudam a divulgar a Bahia no Brasil e no exterior. Entre elas, a produção de chocolate de altíssima qualidade, reconhecida entre os europeus, por exemplo. O rei Felipe VI, da Espanha, foi presenteado esta semana com uma caixa do chocolate de Ilhéus. “Um produto de excelência que projeta ainda mais a região do cacau”, resumiu o secretário.

Acredite. Secretário de turismo da Bahia ficou 45 minutos à espera de Marão

Notinhas.

Cida Aguilar, o secretário Fausto Franco e o prefeito Mário Alexandre após os 45 minutos de atraso.

O jeito “largadão” do prefeito Mário Alexandre não cansa de surpreender.

A Câmara de Turismo da Costa do Cacau se reuniu nesta quinta-feira, 28, em Ilhéus, no Centro de Convenções. O início da reunião foi programado para 16 horas.

O encontro teve as presenças de Fausto de Abreu Franco (secretário estadual de turismo), Cida Aguilar (presidente da Câmara de Turismo da Costa do Cacau), e dos prefeitos Antônio de Anizio (Itacaré), Dr. Almeida (Canavieiras) e Moacyr Leite (Uruçuca).

As personalidades listadas no parágrafo anterior vieram de outras cidades e chegaram antes do horário previsto. O prefeito anfitrião, por incrível que pareça, chegou quarenta e cinco minutos atrasado.

Reportagem publicada neste blog revela que Ilhéus perde para Santa Cruz de Cabrália e Praia do Forte no ranking dos destinos turísticos da Bahia.

Completamente descompromissado com o fomento da atividade econômica, Marão deixou o secretário Fausto Franco quarenta e cinco minutos esperando.

Vale ressaltar que os atrasos de Marão nos eventos com autoridades estaduais e federais são corriqueiros.

Ao receber ligações cobrando pontualidade, Marão dá sempre a mesma resposta: “estou na pooonnnte”.