“Repugnante”. Defensor Público Tandick Resende afirma ter ficado “arrasado” após ler processo de idosa contra Geraldo Magela

Geraldo Magela.

O Defensor Público Tandick Resende, personalidade do Direito reconhecida pela competência e sensibilidade social, gravou um vídeo em que demonstra estarrecimento com o drama vivido pela idosa de 73 anos, autora de acusações graves contra o secretário de saúde de Ilhéus.

Tandick Resende. Foto: arquivo pessoal.

Dona Clarice de Cunto teria sido vítima de um golpe em 2013, quando vendeu uma casa localizada em Olivença para Geraldo Magela.

No vídeo, Tandick Resende externa indignação: “a que ponto chegou esse senhor Geraldo Magela, atual secretário de saúde. Deixou essa senhora sem o que há de mais primordial, depois da vida, que é ter sua casa própria”.

O defensor público afirma que leu os autos do processo e ficou “muito arrasado”. Com 27 anos de experiência como operador do Direito, Tandick Resende disse que jamais se deparou com algo tão “repugnante”.

Resende pediu que a sociedade de Ilhéus reflita e “que a justiça seja feita em relação a Dona Clarice”.

O vídeo foi gravado no último sábado, 30 de maio. Assista.

Mesaque Soares: acusação de idosa contra Magela existe e o prefeito deve demiti-lo

Dona Clarice (a vítima) e o silencioso Geraldo Magela.

Em publicação com vídeo no Facebook, o advogado Mesaque Soares confirma a existência da acusação feita por uma idosa de 73 anos contra o secretário de saúde de Ilhéus.

Geraldo Magela é acusado de aplicar um golpe na aposentada Clarice de Cunto que em 2013 lhe vendeu uma casa em Olivença.

Mesaque Soares.

No vídeo postado neste sábado, 30, Mesaque Soares afirma que a informação da reportagem procede. “É verdadeiro esse processo que ele responde. Fake news é o que eles produzem. Aos invés de enfrentar a verdade, discutir a verdade, eles promovem mentira”.

No texto que acompanha o vídeo, o advogado declarou que o prefeito de Ilhéus “deveria demitir Magela, que além de ter comprado álcool em gel numa ‘budega’ de Coaraci, fato que está sendo investigado pelo Ministério Público Estadual, é acusado de lesar uma senhora de 73 anos”.

Mesaque Soares é o segundo profissional do Direito que se manifesta sobre o caso. Ontem publicamos o comentário do advogado e ex-vereador Nizan Lima, que classificou Magela como “secretário estelionatário“.

Veja o vídeo de Mesaque Soares.

Com quase 700 casos de Covid-19 em Itabuna, prefeito curte praia em Ilhéus

Um flagrante do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, viralizou nas redes sociais neste último fim de semana.

Sem camisa e com uma máscara facial ‘no pescoço’, o octogenário chefe do executivo itabunense aparece nas imagens caminhando numa praia da zona sul de Ilhéus, ao lado de um amigo. O registro foi realizado no domingo (17).

No mesmo dia em que ocorreu o flagrante, o Boletim Epidemiológico da Bahia informou que Itabuna possui 636 casos de Covid-19 e 240 resultados de exames aguardados.

Dias antes, na terça-feira (12), Fernando decretou toque de recolher no município que comanda. A medida é válida até a próxima quinta-feira (21).

Assista:

Em vídeo, Zé Rezende e José Carlos Júnior “inauguram” a nova ponte Ilhéus-Pontal

Dois “Zés” ilustres inauguram a ponte. Imagem extraída de vídeo.

O memorialista José Rezende Mendonça e o blogueiro José Carlos Junior gravaram um vídeo bem humorado do momento em que atravessaram a nova ponte Ilhéus-Pontal e promoveram a “inauguração” oficiosa da obra de infraestrutura.

José Rezende vestido numa camisa do glorioso Botafogo e José Carlos Junior vestido na camisa do grande Vasco da Gama (primeiro clube do Rio de Janeiro a aceitar jogadores negros no elenco) fizeram a “inauguração” independente da presença das autoridades.

Os dois sugeriram um nome despersonalizado para a ponte, ou seja, que não homenageie ninguém especificamente, e sim a cidade. A dupla sugeriu o nome “São Jorge dos Ilhéus”.

No vídeo os dois ironizam a possibilidade do presidente Jair Bolsonaro fazer a inauguração da ponte e tirar o brilho do governador Rui Costa, que se apresenta como principal responsável pela obra.

Assista.

Marão “tem que ser prefeito e homem para cumprir as palavras”, diz cacique Tupinambá durante protesto

Cacique Raimundo Tupinambá. Imagem extraída do vídeo gravado pelo repórter Thiago Dias.

O repórter Thiago Dias enviou para a redação do BG uma entrevista gravada com o cacique Raimundo Tupinambá durante o protesto que está ocorrendo na ponte Ilhéus – Pontal.

Os índios Tupinambás e os moradores de Sapucaieira reclamam da má qualidade das estradas, que impede crianças de estudar e também o escoamento da produção agrícola.

O engarrafamento na Zona Sul é muito grande e ultrapassa a AABB, chegando aos condomínios da Praia dos Milionários.

Veja a entrevista em vídeo com as reclamações do cacique sobre o governo Mário Alexandre:

Governo Marão autoriza festa no Mário Pessoa, revolta moradores da Cidade Nova e PM apreende equipamentos

Uma festa realizada no Estádio Mário Pessoa, no último sábado, 20, gerou revolta e insatisfação em diversos moradores do bairro Cidade Nova, em Ilhéus.

A festa foi autorizada pelo governo do prefeito Mário Alexandre, por meio da superintendente de meio ambiente, Joelia Sampaio. Durante 5 horas, equipamentos com emissão sonora acima do limite permitido perturbaram o sossego dos moradores.

Apesar de ter estabelecido limites de horário e de decibéis, a autorização deferida por Joelia Sampaio desrespeita recomendação do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), que orientou a Prefeitura de Ilhéus a não permitir esse tipo de evento em áreas de grande adensamento residencial.

A Companhia Independente de Policia de Proteção Ambiental (CIPPA), após receber inúmeras reclamações, esteve no Estádio Mário Pessoa e apreendeu equipamentos sonoros dos infratores.

A PM mediu 108 decibéis de pressão sonora, quando o limite permitido pela autorização era de 85. A aparelhagem de Jonas Silva dos Santos foi apreendida e ele vai responder por crime ambiental.

Aparelhagem apreendida pela PM. Foto: CIPPA-PS.

Num texto informativo enviado à imprensa, a CIPPA adverte que a constante exposição a emissão de ruídos acima do permitido, causa danos à saúde humana, como problemas circulatórios, psicológicos e surdez irreversível. Esses problemas podem afetar não só o responsável pelas emissões sonoras, como também, as pessoas ao redor.

Segundo informações obtidas pelo BG, o governo Marão tende a não obedecer os critérios recomendados pelo MP-BA, pois já está em pré-campanha de reeleição e deseja ter o apoio das pessoas que promovem esses eventos.

Nossas fontes afirmam que ao permitir a festa no Mário Pessoa, o governo demonstra a intenção de desvalorizar o estádio como espaço público, pois objetiva transformá-lo num shopping center.

O BG enviou mensagens à secretaria de comunicação com pedido de esclarecimentos. Não conseguimos resposta até a publicação dessa reportagem.

Videos gravados por moradora prova a poluição. Ela também fala sobre a perturbação do sossego.

Atualizado às 17 horas.

Jonas dos Santos, identificado pela PM como o responsável pela aparelhagem, entrou em contato com o BG para contar outra versão.

Disse que não é dono do equipamento, mas organizou a festa. A pessoa que é proprietária não estava no momento da abordagem da CIPPA, por isso, ele se dispôs a assinar a autuação.

Jonas elogiou o trabalho da Polícia Militar, “todos foram educados”. Disse que o problema foi causado pelo mixador da “Banda Ding Dong” (uma das atrações) que aumentou o volume sonoro acima do limite estabelecido pela autorização da Superintendência de Meio Ambiente.

Segundo Jonas, membros da “Ding Dong” desacataram os PMs e mantiveram o som muito alto. O desacato justificou a apreensão do equipamento.

A secretaria de comunicação de Ilhéus encaminhou a nota abaixo.

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), esclarece à população sobre o “paredão sonoro” ocorrido no último sábado (20), à noite, nas instalações do Estádio Mário Pessoa. A pasta informa que o espaço foi solicitado, a princípio, para realização de um evento familiar, apenas, como já ocorrido em outras oportunidades.

O promotor responsável pelo evento não obteve devida autorização para esse fim na localidade. De acordo com o protocolo municipal, a autorização deve ser obtida na Superintendência do Meio Ambiente (SEMA). A Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA) realizou a apreensão de aparelho de som utilizado na festa.

O Governo Municipal reafirma seu compromisso junto à população, em total cumprimento as exigências recomendadas pelo Ministério Público da Bahia, através da 11ª Promotoria de Justiça de Ilhéus, quando da liberação, realização e fiscalização de eventos sonoros no município, e com isso, objetiva a transparência total dos fatos e a busca pelo cumprimento da ordem pública.

Humor. Ailton Enfermeiro: “vereadores ao lado do prefeito estão na boquinha, com a chupeta na boca”

Segundo Ailton, a chupeta está na boca dos vereadores que gravaram o vídeo.

Ailton Enfermeiro, o comentarista mais corajoso e ousado dos grupos de Whatsaap de Ilhéus, afirmou que os oito vereadores que gravaram mensagens de apoio ao prefeito Marão, contra o retorno dos 268 servidores, são “traíras” e não representam o povo, apenas a si mesmos.

Comentarista “boca de 09” que “bota pocando e não come nada de ninguém”, Ailton disse que os vereadores do vídeo querem “esculhambar ” e “defamar” Ilhéus, pois gostam de “mamar”.

Vídeo que circula no Whatsaap traz o desabafo de Ailton (com a foto dele nas laterais), e as imagens dos vereadores no centro.

Ouça Ailton Enfermeiro, “O Fantástico de Ilhéus”.

Exclusivo. Presidente da Câmara reconhece Nazal como prefeito em exercício de Ilhéus

César Porto, presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus.

O presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, César Porto, em pronunciamento no plenário do legislativo na última terça-feira, 07, reconheceu José Nazal como prefeito em exercício, uma vez que o titular, Mário Alexandre, está em viagem aos EUA.

O discurso de Porto contrapõe o vídeo dos oito vereadores que não reconheceram a legitimidade de Nazal para reintegrar os 268 servidores afastados por Marão.

Assista o vídeo.

Vereadores gravam vídeo com mensagens de apoio a Marão

Foto do plenário da Câmara de Vereadores de Ilhéus. Foto: Ilhéus em Resumo/reprodução.

Nove vereadores de Ilhéus gravaram um vídeo com mensagens de apoio ao prefeito Mário Alexandre, em contraposição ao decreto do prefeito em exercício, José Nazal, que reintegrou 268 servidores nesta quinta-feira, 09.

Os vereadores Ery Bar, Juarez da Princesa Isabel, Paulo Carqueija, Nerival, Aldemir Almeida, Thadeu Muniz, Pastor Matos, Jerbson Moraes e Gil Gomes ressaltaram que só o prefeito Mário Alexandre tem legitimidade.

O vereador Paulo Carqueija, que já teve uma apoiadora exonerada por Nazal em julho de 2018, por não trabalhar, foi o mais enfático. Disse que os decretos de Nazal não tem força jurídica e possuem objetivos eleitorais.

O vídeo dos vereadores é uma resposta a José Nazal e uma tentativa de fortalecer politicamente Marão.

Taxistas do Aeroporto de Ilhéus impedem passageiros de usar carros do Uber

Imagem extraída de vídeo.

 

A denúncia é de uma internauta que gravou vídeo e compartilhou no Whatsaap. O fato ocorreu ontem, domingo, 05.

Taxistas do Aeroporto Jorge Amado, de Ilhéus, insatisfeitos com a perda de clientes impedem passageiros de usar os carros do aplicativo Uber, cujo valor das corridas é bem menor.

A denunciante afirma ter sido ameaçada por um taxista.

Veja as imagens.

Governo Marão mente sobre pagamento de salários antes do 1º de maio

Notinhas.

Marão, o prefeito cuja palavra é sempre motivo de decepção.

O prefeito Mário Alexandre deu mais um passo rumo à credibilidade zero.

Em vídeo divulgado nas redes sociais na última terça-feira, 30, Marão assegurou que os salários de abril já estavam disponíveis nas contas bancárias dos servidores municipais.

Mais uma vez o prefeito faltou com a verdade. Os vencimentos dos trabalhadores da saúde não foram depositados.

Em grupos do Whatsaap, o vídeo com o sorriso forçado do prefeito foi motivo de piada. Em sua fala truncada, Marão fala em “presentão” para os servidores, com “salário na conta”.

O gestor não tem o controle da máquina administrativa e os compromissos que ele assume nada valem.

Assista o vídeo com a “palavra” mais uma vez não cumprida.