Homem mata ex-mulher com motosserra em Itabuna

Márcia Luísa (a vítima) e José Francisco (o assassino).

De acordo com o site Pimenta, no início da madrugada de ontem (segunda-feira, 23), um homem utilizou uma motosserra para esquartejar a ex-mulher. O assassinato extremamente cruel ocorreu na região do bairro Santa Clara, perto da estrada vicinal de acesso à localidade conhecida como Ribeirão dos Cachorros, em Itabuna. A vítima foi identificada como Márcia Luísa dos Santos Melgacio, de 40 anos.

Márcia teria sido sequestrada pelo ex-companheiro, identificado como José Francisco dos Santos, de 49 anos, e levada para a zona rural. Quando percebeu que seria assassinada, Márcia Luísa tentou fugir, mas foi alcançada e morta.

Minutos depois de localizar o corpo de Márcia Luísa, a polícia recebeu informações de que José Francisco teria cometido suicídio. O corpo dele foi encontrado numa casa na rua Petrópolis, no bairro Sarinha Alcântara, no final da tarde. Os corpos foram levados para o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna.

Filha de servidor municipal afastado saiu de Ilhéus para ajudar a família e foi assassinada

Filha do servidor afastado Neilton Braz (foto) foi assassinada em Vitória (ES). Imagem extraída de vídeo.

Vídeo que circula nas redes sociais, realizado pela campanha de um candidato a prefeito, tem causado forte comoção em vários leitores do BG.

O servidor público municipal Neilton Santos Braz, que foi afastado em janeiro de 2019, conta que nesse período de quase dois anos perdeu uma filha que foi morar em Vitória (ES) com o objetivo de ajudar a família que estava vivendo (e ainda está) dificuldades financeiras.

Segundo Neilton Braz, na capital capixaba a filha dele foi assassinada. No vídeo, o funcionário afirma que o gestor responsável pelo afastamento não tem coração. Emocionado, pede solidariedade com a dor dele e de mais “trezentos e sessenta e sete pessoas” (precisamente 268 servidores) afastadas pela força do decreto municipal.

“Pense um pouco em nossa família que está passando por necessidade. Esse cidadão não tem compromisso com ninguém. Só tem compromisso com o grupinho dele”.

Mulher agredida por Carlos Freitas Filho relata dificuldade para enxergar

Imagem extraída de vídeo.

A mulher que foi agredida com vários socos no rosto por Carlos Samuel Freitas Costa Filho, em Ilhéus, relatou à polícia que está com dificuldades na visão após as agressões. Ela passará por exames. O inquérito do caso foi concluído nesta quinta-feira (29) e será encaminhado à Justiça.

O crime aconteceu no dia 20 de junho, mas o vídeo que mostra as agressões começou a circular nas redes sociais neste mês. As imagens mostram Carlos Samuel atacando a vítima brutalmente com ao menos nove socos no rosto. Mesmo sabendo que estava sendo filmado, o agressor não se intimidou.

A vítima está sob acompanhamento psicológico e deve fazer os exames médicos para detectar possíveis sequelas da agressão nos próximos dias. Além da dificuldade na visão após os socos, ela também contou que passou a sentir muitas dores de cabeça.

Uma das testemunhas da agressão, que é a pessoa que registrou em vídeo, está sob proteção da polícia porque foi ameaçada por ter feito as imagens. Outra testemunha é uma ex-vizinha do casal, que também prestou depoimento. (mais…)

Ilhéus: homem flagrado em vídeo agredindo mulher com diversos socos se apresenta à polícia

Carlos Samuel Freitas se apresentou na 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) com três advogados — Foto: Izabella Freitas / TV Santa Cruz.

O homem que foi flagrado em um vídeo agredindo uma mulher com vários socos no rosto, em Ilhéus, e que era considerado foragido da Justiça, se entregou à polícia na tarde desta quarta-feira (21).

Carlos Samuel Freitas se apresentou na 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), em Ilhéus. Ele chegou ao local com três advogados.

Ainda nesta tarde, ele vai passar por exame de corpo delito. Em seguida, será transferido para o presídio da cidade. Além disso, ele deve participar de uma audiência de custódia nos próximos dias. Ainda não há data prevista.

O crime aconteceu no centro de Ilhéus. Um vídeo que mostra as agressões circulou nas redes sociais, no dia 14 de outubro. Mesmo sabendo que estava sendo filmado, o agressor não se intimidou e continuou a bater na mulher.

Carlos Samuel se apresentou com o advogado à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), em Ilhéus, no dia 15, mas foi liberado após quatro horas de depoimento. Apesar da liberação, a polícia solicitou à Justiça a prisão preventiva dele, assim como o Ministério Público da Bahia (MP-BA).

Segundo o órgão, o pedido da prisão se fundamentou “na necessidade de resguardar a ordem pública, considerando-se a gravidade da conduta concreta (exacerbada violência empregada) e a condição reincidente do autor do fato”. Além da prisão, a Justiça concedeu medida protetiva para a vítima que aparece no vídeo sendo agredida por Carlos.

Dias depois, através de mensagem de celular, o advogado de Carlos Samuel Freitas informou que ele não iria se apresentar. Na ocasião, ele pediu a revogação da prisão do cliente. No entanto, o pedido foi indeferido pela justiça. O advogado anunciou nesta quarta que fará um pedido de reponderação, alegando que ele se apresentou de forma espontânea. (mais…)

‘Pedia desculpas e falava que não lembrava’, diz mulher agredida a socos; homem está foragido

Franciele afirma que estava em um relacionamento abusivo com Carlos Samuel. Foto: Reprodução.

Franciele Azevedo, mulher agredida por Carlos Samuel Freitas com vários socos, em Ilhéus, falou pela primeira vez sobre o caso. A agressão foi filmada e viralizou na internet.   Em um post em uma rede social, Franciele, de 26 anos, contou que vivia um relacionamento abusivo com Carlos Samuel e que já sofreu várias agressões dele.

“Me chamo Franciele Azevedo o vídeo que está circulando, onde apareço sendo agredida sou eu. Portanto demorei para me posicionar pelo fato, que sempre achava ele iria mudar onde permaneci por um tempo no relacionamento abusivo, pois o mesmo depois de todas as vezes que me agredia me pedia desculpas e falava que não lembrava o que tinha feito e nem o porque tinha feito e no final a culpa era sempre minha”, desabafou a vítima em um post feito na noite de sexta-feira (16).

Franciele relatou na publicação que ainda tem dificuldade para falar sobre as agressões, que deixaram marcas físicas e emocionais.

“Não é fácil para mim vim aqui falar sobre esse assunto onde várias pessoas me julgam, como se eu merecesse e sempre me culpando pelas agressões, minha única culpa foi pensar que um dia ele mudaria, mas não mudou. Onde sofri pressões psicológicas, sigo hoje cheia de problemas e dores que essas agressões me causaram”, disse.

Franciele contou que conheceu Carlos Samuel pelas redes sociais, no final do mês de março deste ano. Segundo ela, no início do relacionamento o homem não tinha comportamento agressivo.

A vítima contou que muitas vezes as agressões aconteceram por ciúme, mas que em outras bastava ela falar algo que o suspeito não gostasse para a situação se repetir. Franciele contou que s em seis meses de namoro foi agredida mais de cinco vezes. “Eu, infelizmente, gostava muito dele. Acreditei novamente nele, nos pedidos de desculpas. Teve várias outras [agressões] que, como eu estava sem celular, não pude tirar fotos, mas quando tinha oportunidade eu tirava”, disse.

Carlos Samuel Freitas teve a prisão preventiva decretada na noite de quinta-feira (15), e está foragido desde a sexta-feira (16), quando a polícia fez buscas em endereços ligados a ele, mas não o encontrou. Carlos Samuel Freitas chegou a prestar depoimento na Delegacia de Atendimento Especializado à Mulher (Deam), em Ilhéus, na quinta-feira (15), mas foi liberado por não haver flagrante e porque não existia mandado de prisão contra ele.

*Com informações do G1 Bahia.

Ilhéus: MP-BA pede a prisão preventiva de homem que agrediu namorada com 11 socos no rosto

Imagem extraída de vídeo.

O Ministério Público estadual requereu hoje, dia 15, a prisão preventiva de Carlos Samuel Freitas Costa Filho, identificado como autor das agressões contra uma mulher, filmadas e veiculadas em vídeo pelas redes sociais online e imprensa. A notícia do fato foi encaminhada na manhã de hoje ao MP, que solicitou de imediato a documentação à autoridade policial para a adoção das medidas cabíveis. O pedido da prisão se fundamentou “na necessidade de resguardar a ordem pública, considerando-se a gravidade da conduta concreta (exacerbada violência empregada) e a condição reincidente do autor do fato”.

Carlos Samuel já foi denunciado em 2015 pelo MP por crimes de violência doméstica, ameaça e cárcere privado cometidos contra outra mulher. Ele foi condenado pela Justiça em primeira instância. Após recurso impetrado pela defesa de Carlos Samuel, a condenação quanto ao crime de cárcere privado foi mantida em agosto último pelo Tribunal de Justiça da Bahia, que reconheceu a prescrição referente aos crimes de violência doméstica e ameaça.

Nesta quinta, o suspeito se apresentou, com o advogado, à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam). Carlos Samuel chegou à delegacia por volta das 14h30 e começou a ser ouvido às 15h. No depoimento, que durou cerca de quatro horas, ele contou que o caso aconteceu no dia 20 de junho, que eles tinham um relacionamento há seis meses e moravam juntos. O suspeito também disse que estava arrependido.

A vítima também já foi ouvida, mas na delegacia da cidade onde mora, em Uruçuca, a cerca de 42 km de Ilhéus. À delegada, a mulher confirmou que o relacionamento era conturbado, que ocorriam agressões e que depois do dia em que o vídeo foi gravado, ela voltou a ser agredida por Carlos Samuel. Ela também relatou que o relacionamento já acabou e eles chegaram a morar juntos por cerca de seis meses.

Em nota divulgada, o agressor diz que é “um jovem trabalhador” e que não tem “envolvimento com algum tipo de prática criminosa. Carlos Samuel escreveu também que está arrependido do que fez, e que vai “sofrer as reprimendas judiciais conforme se prevê a lei”.

O suspeito disse que ele e a vítima mantinham uma “relação muito conturbada, eivada de inúmeros casos de ciúme doentio, diversas agressões físicas e morais”. Ele escreveu ainda que, no dia em que deu 11 socos no rosto da vítima, estava bêbado, voltando de uma festa, e que as agressões aconteceram porque ele “perdeu a cabeça”.

*Com informações do G1 Bahia.

Canavieiras: mulher é morta a facadas; suspeito do crime, companheiro é procurado pela polícia

Homem é procurado pela polícia suspeito de matar companheira a facadas — Foto: Redes sociais.

Uma mulher de 36 anos foi morta a facadas em Canavieiras, na segunda-feira (12). De acordo com a polícia, o companheiro dela, identificado como Carleondas Brito Meira, é suspeito do crime. Ele é procurado por policiais.

O caso aconteceu em um acampamento de ciganos, perto da rodoviária do município e onde Ana Paula Silgueira de Jesus morava com o companheiro.

A família da vítima contou à polícia que o crime aconteceu por volta das 17h45, após uma discussão do casal durante uma comemoração o dia de Nossa Senhora Aparecida, da qual os ciganos são devotos. O suspeito fugiu em seguida.

O corpo da vítima foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus. Não há informações sobre o enterro.

Do G1 Bahia.

 

Dois homens em situação de rua são mortos a facadas em Porto Seguro

Dois homens em situação de rua foram mortos a facadas, na terça-feira (6), na cidade de Porto Seguro. O suspeito do crime é um homem também em situação de rua.

Segundo informações da Polícia Civil, o caso ocorreu por volta das 2h40, na Praça São Sebastião, quando as vítimas, identificadas como José Carlos da Silva Santos, 54 anos, e Genilson de Jesus Oliveira, 33 anos, se envolveram em uma discussão com um terceiro homem, ainda não identificado. Os dois foram atacados com golpes de faca.

A Polícia Militar informou, em nota, que a guarnição da cidade foi acionada após informações de dois corpos achados na praça, no bairro Campinho. A PM isolou a área e acionou o Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc).

O suspeito está foragido e tem passagem pela polícia por outro homicídio, ocorrido em 2011, na cidade de Prado, também no sul da Bahia. O caso é investigado pela 1ª DT/Porto Seguro.

*Com informações do G1 Bahia.

Homem é assassinado no calçadão de Ilhéus

Foto enviada via WhatsApp.

Por volta das 13h desta terça-feira (06), um homem foi morto a tiros no calçadão da Marquês de Paranaguá no Centro de Ilhéus.

O assassinato aconteceu nas proximidades de uma agência da Caixa Econômica Federal e assustou os comerciantes e pessoas que passavam pelo Centro.

A Polícia Militar foi acionada e chegou rapidamente ao local.

Segundo informações de populares, outro homem e uma mulher também foram alvejados mas não correm risco de morte.

O Departamento de Polícia Técnica foi ao local para remover o corpo.

A polícia está em contato com lojistas do calçadão em busca de imagens de câmeras de segurança que possam ajudar na investigação do crime.

*Com informações do Blog Chico Andrade.

Ilhéus: criança é baleada em troca de tiros entre facções

Imagem ilustrativa.

Um menino de 9 anos foi baleado no abdômen após um ataque a tiros de um grupo criminoso no bairro Nossa Senhora da Vitória, zona sul de Ilhéus. O crime aconteceu na tarde de sábado (26), mas as informações só foram confirmadas pela polícia no domingo (27).

De acordo com o delegado Hélder Carvalhal, os bandidos teriam invadido um condomínio no bairro para atingir integrantes de grupo criminoso rival. Eles chegaram atirando no local e atingiram a criança, que foi levada por familiares para um hospital da região.

Segundo o delegado, será instaurado um inquérito para investigar o caso. Testemunhas e os pais da criança serão ouvidos. Não há informações sobre o estado de saúde dela.

*Com informações do G1 Bahia.

Ilhéus: homem é assassinado na Passarela do Álcool

Foto: Reprodução.

Um homem identificado como Renato Erudilho Suzarte Neto foi morto na madrugada da segunda-feira (21), nas proximidades da Passarela do Álcool, bairro do Pontal, zona sul de Ilhéus.

Renato estava acompanhado da namorada e de um amigo quando foi atingido por três disparos de arma de fogo. Informações dão conta que dois homens encapuzados se aproximaram da vítima e efetuaram os disparos. Os tiros atingiram Renato no pescoço, peito e coxa

Segundo informações, a vítima possuía inúmeras passagens pela polícia. Em 2019, Renato foi preso junto com um homem que é apontado como um dos líderes de uma facção criminosa de Ilhéus.

A Polícia Civil de Ilhéus investiga o caso.

Corpo de mulher é encontrado dentro de mala em Ilhéus

Após denúncia anônima, policiais civis e peritos do Departamento de Polícia Técnica encontraram o corpo de Thaianne Nascimento Oliveira em um terreno nas proximidades da Praia do Marciano, zona norte de Ilhéus, na manhã da quarta-feira (02).

O corpo de Thaianne, que tinha 26 anos, foi reconhecido por familiares. A jovem morava no Alto do Coqueiro, Malhado, e estava desaparecida desde o dia 07 de agosto.

O corpo da jovem estava em avançado estado de decomposição, em pedaços, dentro de uma mala que foi enterrada numa cova rasa. A Polícia Civil investiga o crime.

Com informações do Pimenta Blog.

Ilhéus: homem é morto a tiros quatro dias depois da filha ser assassinada

Foto: Portal Vermelhinho.

Um homem foi morto a tiros na tarde de quinta-feira (27), em Ilhéus, quatro dias depois da filha ser assassinada. A polícia acredita que os casos estejam ligados, mas ainda não há detalhes sobre autoria e motivação.

De acordo com informações da Polícia Civil, a vítima, identificada como Jorge Mendes Santos, foi atingida por disparos e arma de fogo quando voltava do trabalho.

Já a Polícia Militar (PM), informou que homens da 69ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) foram acionados com a informação de que havia um homem ferido por disparos de arma de fogo, na localidade conhecida como 4ª Travessa Paraguai, no bairro Nelson Costa.

Ainda de acordo com a PM, no local, após verificar o fato, a guarnição acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), porém a vítima não resistiu aos ferimentos.

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi acionado para realizar perícia e remoção do corpo.

A ocorrência foi registrada pela 1ª Delegacia Territorial de Ilhéus (DT), que investiga o crime.

*Com informações do G1 Bahia.

Ilhéus: suspeitos de tráfico morrem em confronto com policiais em casa abandonada

Suspeitos de tráfico morrem em confronto com policiais em casa abandonada no sul da Bahia — Foto: Divulgação / SSP-BA.

Dois homens suspeitos de tráfico de drogas morreram após um confronto com policiais militares, na manhã desta quarta-feira (26), em uma casa abandonada, perto do Porto Seco, em Ilhéus.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), equipes da 70ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Ilhéus) foram até o local após receberem denúncias anônimas.

De acordo com a SSP, houve um confronto e os dois suspeitos foram baleados, socorridos e levados para o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), mas não resistiram aos ferimentos.

Com eles, segundo o órgão de segurança, os PMs apreenderam dois revólveres calibre 38, 12 munições, 57 buchas de maconha, 32 pedras de crack, uma máscara preta estilo balaclava e 10 pacotinhos de cocaína.

O comandante da 70ª CIPM, capitão Fábio Luiz Magalhães, informou que um dos suspeitos era envolvido com um grupo criminoso de Ilhéus. O material apreendido foi encaminhado para a 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Ilhéus), onde o caso foi registrado.

Do G1/BA.

Maraú: homem é preso após ser acusado de estuprar filha de 13 anos

Na manhã da terça-feira (11), um homem foi preso pela Polícia Civil no povoado de Saleiro em Maraú. O homem foi acusado de estuprar a filha de 13 anos de idade.

A delegada Andréa Oliveira informou que a prisão preventiva do homem foi decretada pela justiça na segunda-feira (10).

De acordo com informações policiais, a jovem era estuprada desde os 10 anos.

As investigações policiais afirmam que a adolescente era abusada quando a mãe da vítima saia para trabalhar numa pousada no período noturno.

O crime foi descoberto após a mãe da jovem desconfiar do ciúme excessivo do pai com a garota. A mãe levou a menina até o posto de saúde de Saquaíra, onde a garota foi atendida por uma psicóloga e contou sobre os abusos que sofria.

*Com informações do site Barra Grande 24 horas.