A REVOLUÇÃO DOS BITS

Por Fabricio KC para o Ops!

O episódio Wikileaks nos conduz a cenários de divagação sobre a importância da internet, ainda não mensurada por nós. A rede, incompreendida, quiçá incompreensível, pelos espíritos – como diria Octávio Paz – “condenados à modernidade”, veio para ficar e romper tradições centenárias. O impacto das transformações sobre a cultura (cujos efeitos infiltram todas as demais dimensões da vivência humana) exige reflexão: é fundamental compreender o novo ecossistema da informação – tarefa que envolve mais intuição, imaginação e participação do que conhecimento, embora, claro, não o dispense.

Desde o surgimento do Napster, o serviço pioneiro de troca de arquivos ponto-a-ponto (peer-to-peer ou P2P), a internet, essa rede de pessoas, nos oferece demonstrações legítimas de que mudanças radicais estão em curso: a competição dá lugar à colaboração; a Economia da Atenção faz frente à Economia da (escassez) de Informação; a extraterritorialidade dos Estados dissolve fronteiras, inclusive, jurídicas; o conceito de propriedade imaterial é, enfim, posto em prática; o excesso de ‘propriedade’ intelectual traz ameaças à criatividade e às liberdades fundamentais; e, por fim, os Leaks abrem caminho para um maior grau de transparência por parte dos governos supostamente democráticos e questiona, transforma e redimensiona o jornalismo atual.

(mais…)