PRF recebeu reunião itinerante do Rotary Club de Itabuna

Reunião aconteceu no auditório da 5ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal em Itabuna na terça-feira (17)

O auditório da 5ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal, na BR 101, em Itabuna, recebeu a reunião itinerante do Rotary Club na última terça-feira, 17 de setembro, véspera da abertura oficial da Semana Nacional de Trânsito. A reunião itinerante, que acontece uma vez por mês, leva os rotarianos às instituições ou empresas para conhecerem de perto as ações desenvolvidas por elas a fim de contribuir com as mesmas.

Esta, que foi a terceira edição, teve palestra do Chefe da Delegacia da PRF Marcus Vinícius Rodrigues sobre a “Semana Nacional do Trânsito”, que apresentou, além das atividades específicas de fiscalização e apreensão da Polícia, diversas ações sociais praticadas por sua equipe para atender a comunidade do entorno do Posto Policial e instituições de Itabuna e região.

A Semana Nacional de Trânsito, que ocorre de 18 a 25 de setembro no calendário nacional, teve aqui sua abertura antecipada e ocorreu na última segunda-feira, dia 16. Em Itabuna, a atividade já está na 15ª edição e promove uma série de ações de conscientização e de saúde voltadas ao público em geral e em especial aos motoristas profissionais. (mais…)


Em 2018, houve 69 mil acidentes em rodovias federais, diz pesquisa

Da Agência Brasil:

Em 2018, foram registrados nas rodovias federais 69.206 acidentes, sendo 53.963 com vítimas (mortos ou feridos). Do total de vítimas, houve 5.269 mortes. Os dados fazem parte de um levantamento elaborado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), lançado hoje (19). Tanto o número de acidentes quanto o número de mortes são os menores desde que o Painel CNT de Consultas Dinâmicas de Acidentes Rodoviários começou a ser realizado, em 2007.

Segundo o levantamento, pelo menos 14 pessoas morreram por dia nas rodovias federais em 2018. Desde que a pesquisa começou a ser feita, foram registradas 88.749 mortes. Incluindo feridos, em média, ocorreram 82 acidentes com vítimas a cada 100 quilômetros de rodovia em 2018.

Tanto o número de acidentes quanto o de mortes, em geral, seguiram uma tendência parecida entre 2007 e 2018. Os dados iniciais mostravam 128.440 acidentes e 7.065 mortes em 2007. Em geral, os dois índices tiveram uma tendência de alta, chegando aos seus ápices em 2011, quando foram registrados 192.322 acidentes com 8.675 mortes nas rodovias federais.

A partir de 2012, em geral, houve uma tendência de queda, tanto no número de acidentes quanto de mortes. De 2014 para 2015, houve uma queda maior em relação aos anos anteriores. O mesmo fenômeno se repetiu entre 2017 e 2018, porém de forma menos acentuada. O número de acidentes caiu de 89.396, em 2017, para 69.206 no ano passado e o de mortes, de 6.243, em 2017, para 5.269 em 2018.

Vítimas

Das mortes em acidentes nas rodovias federais em 2018, os homens são as principais vítimas, respondendo por 81,7% do total. Foram 4.303 casos, contra 951 de mulheres, cerca de 18%.

As pessoas acima de 45 anos são as que mais morrem em acidentes. Em 2018, foram 1.830, o que representa 34,7% do total. Em seguida, vem a faixa de 36 a 45 anos, com 1.074 mortes, 20,5% do total; praticamente empatada com a faixa de 26 a 35 anos, que se envolve em 20,8% das mortes (1.098, em números absolutos) registradas em 2018.

Acidentes

As sextas, os sábados e os domingos são os dias com maior número de acidentes. A colisão é o tipo de acidente com vítimas mais frequente em 2018, com 60,1% das ocorrências. Isso representa um total de 32.447 colisões registradas nas rodovias do país, com 3.231 mortes.

A saída de pista vem em seguida, com 14,9% do total de acidentes. Em 2018, foram registrados 8.063 acidentes de saída de pista com vítimas, das quais 643 morreram. Em terceiro lugar, vem o capotamento/tombamento, com 11,3% do total de acidentes com vítimas. Em 2018, foram 6.109 acidentes, com 321 mortes.

O levantamento mostra ainda que, do total de acidentes com vítimas, o automóvel é o principal veículo envolvido, respondendo por 64,6% do total de ocorrências em 2018 (34.852). Depois vêm as motos, com 44,4% (23.950); e, em terceiro lugar, os caminhões, com 23,4% (12.631). Já os ônibus se envolveram em 3,6%, registrando 1.934 ocorrências, e as bicicletas, em 1.851, 3,4% do total.

(mais…)


PRF prende dois foragidos da justiça nas rodovias federais da Bahia

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu dois foragidos da justiça, nesta última terça-feira (17), nas rodovias federais do estado da Bahia. As prisões aconteceram no Anel Viário de Vitória da Conquista (Km 16), e em Feira de Santana (Km 429), ambas na BR 116.

Em Vitória da Conquista, por volta das 11h, policiais rodoviários federais abordaram um veículo VW/Novo Gol com 05 ocupantes. Durante abordagem um dos passageiros não entregou os documentos pessoais e apresentou nervosismo em excesso para os policiais.

Após consulta nos sistemas de segurança, ficou constatado que o passageiro possuía em seu desfavor um mandado de prisão em aberto decorrente de processo pelo crime previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006 (tráfico de drogas), expedido pela 5ª Vara Criminal de Rondonópolis (MT).

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Vitória da Conquista (DISEP). O grupo pretendia deslocar-se para a cidade turística de Itacaré (BA), porém, o veículo foi recolhido ao pátio da PRF, em razão de estar com o licenciamento atrasado.

Já em Feira de Santana, às 15h, durante fiscalização da Operação Lábaro, agentes deram ordem de parada a um automóvel GM/Classic LS. Após consulta, foi constatado mandado de prisão em desfavor do passageiro, um homem de 45 anos. O documento foi expedido pelo Tribunal de Justiça do estado de Sergipe, pelo crime de tráfico de drogas.

Questionado, o foragido disse que saiu de Uberlândia (MG) e pretendia chegar em Aracaju (SE). Disse ainda, que foi preso anos atrás pela PRF por ser flagrado com drogas. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Judiciária local.

A operação Lábaro acontece em todo o país e visa ampliar o enfrentamento ao crime organizado, atuando nas divisas dos estados e nas regiões e corredores estratégicos, em consonância com conhecimentos de inteligência policial e análise criminal. Além disso, busca prevenir e reprimir as condutas que mais provocam mortes e lesões no trânsito, nos trechos críticos de acidentabilidade.


“Ilhéus precisa de um sistema de transporte complementar” afirma promotor.

Fotomontagem BG

O 11º Promotor de Justiça de Ilhéus, Paulo Sampaio, por meio de nota pública, se defendeu dos ataques e acusações que vem sofrendo por parte de alguns canais de comunicação da mídia local. O promotor foi acusado, via redes sociais e mídias em geral, de cometer irregularidades no combate ao transporte clandestino em Ilhéus.

Em conversa com o BG, o promotor afirmou que a Prefeitura de Ilhéus deveria pensar num sistema de transporte complementar, que seja bem feito, com a realização de uma nova licitação, mediante concessão e que exija critérios mínimos para condutores como a condição dos veículos. Segundo ele, em alguns casos foram encontrados motoristas sem carteira de habilitação e alguns com envolvidos em tráfico de drogas, roubo, homicídio e até mesmo acusados em casos de estupro.

O promotor afirmou que “enquanto o município não enfrentar a situação, a questão vai ficar sempre sendo varrida para debaixo do tapete”. Segundo ele, o inquérito que está sob seu comando prevê uma grande alteração da Lei Orgânica municipal, estabelecendo critério objetivo para o cálculo da passagem, pois o que está em vigência atualmente só interessa às empresas de ônibus, que impõem valores desejados por elas aprovados pela Câmara Municipal e sancionados pelo prefeito.

Paulo Sampaio informou à nossa redação que tem mantido diálogo com o Diretor de Trânsito de Ilhéus, Gilson Nascimento para rever a questão da renovação da frota de veículos, climatização e idade média dos ônibus. “Essa questão se arrasta há anos e acredito que conseguiremos resolvê-la até o final de 2019”, afirmou o promotor. Clique aqui para ver na íntegra a nota de esclarecimento do Ministério Público e o Decreto Municipal n.º 87, de 6 de julho de 2018 que concedeu ao sítio São Paulo a condição de loteamento fechado.


Pis/Pasep: pagamento aos nascidos em setembro começa hoje

A Caixa paga nesta quinta-feira (19) o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) para os trabalhadores nascidos em setembro com direito ao benefício. Para quem tem conta no banco, o depósito foi feito automaticamente na terça-feira (17).

No caso dos servidores públicos, o pagamento do abono salarial do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) é feito pelo Banco do Brasil (BB). Receber o benefício este mês os cadastrados com final de inscrição 2.

Quem pode sacar o benefício

Tem direito ao abono as pessoas cadastradas no PIS/Pasep há, pelo menos, cinco anos e ter trabalhado com carteira assinada em 2018 por, no mínimo, 30 dias, com remuneração salarial até dois salários mínimos, em média.

É preciso, também, que o empregador tenha informado corretamente os dados do trabalhador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2018, entregue ao governo federal.

O Abono Salarial estará disponível para saque até 30 de junho de 2020. Informações da Agência Brasil.


Líder do governo, senador Fernando Bezerra é alvo de operação da PF

O líder do governo do presidente Jair Bolsonaro no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PD), é alvo nesta quinta-feira de uma operação da Polícia Federal que investiga suspeita de desvios de recursos públicos, em uma ação que inclui mandados de busca no gabinete do parlamentar no Congresso, disse uma fonte com conhecimento direto da operação.

A operação foi revelada inicialmente pelo jornal Folha de S.Paulo. De acordo com a Folha, o filho do senador, Fernando Bezerra Filho, também é alvo dos agentes da PF. Bezerra Filho (DEM-PE), que atualmente é deputado federal, foi ministro de Minas e Energia no governo do ex-presidente Michel Temer.

A Polícia Federal não respondeu de imediato a um pedido de informações sobre a operação.

Segundo a Folha, o inquérito apura desvio de dinheiro público de obras na região Nordeste, e os fatos investigados dizem respeito à época em que Bezerra Coelho foi ministro da Integração Nacional no governo da ex-presidente Dilma Rousseff.

Procurada, a defesa do senador não respondeu de imediato a um pedido de comentário. Informações de Reuters.


Uruçuca realiza mais uma etapa de formação de Geografia

Foto: Ascom Uruçuca

Mais uma etapa da formação de Geografia foi realizada esta semana no município de Uruçuca, por meio da Secretaria de Educação, com a parceria da Universidade Estadual de Santa Cruz- UESC, pelo Projeto Cidade Imaginada, Cidade Possível.

A formação foi ministrada pela professora Maria Lícia Silva de Queiróz, e teve como tema “Maquetes intuitivas”, uma proposta de continuidade e de construção dos saberes geográficos das formações anteriores “As Regiões Brasileiras” e “Cartografia e Escala” com o produto final as “Maquetes Intuitivas”.


Petrobras eleva preço da gasolina em 3,5% e do diesel em 4,2%

A Petrobras anunciou, na noite desta quarta-feira (18), reajuste nos preços da gasolina e do óleo diesel. Os novos valores passam a valer nesta quinta-feira (19) nas vendas de refinarias para distribuidoras.

O litro da gasolina foi reajustado em 3,5% e o do diesel, em 4,2%. Para o consumidor final, porém, sobre esses valores, serão acrescidos encargos tributários e trabalhistas e as margens de lucro dos postos de combustíveis.

Na última segunda-feira (16), a Petrobras divulgou nota sobre o bombardeio de refinarias na Arábia Saudita, responsável pela produção de 5% do petróleo mundial, o que gerou uma imediata elevação dos preços dos combustíveis no mundo. A estatal informou, na ocasião, que continuaria monitorando os preços do petróleo e não faria um ajuste de forma imediata.

O último reajuste da gasolina no Brasil havia sido em 5 de setembro e o do diesel, em 13 de setembro. Em sua página na internet, a Petrobras explica como funcionam o mecanismo e as decisões de formação de preços dos combustíveis por ela vendidos.

“Nossa política de preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo. A paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos”, explica, em nota, a estatal.

Segundo a companhia, a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras são diferentes dos produtos no posto de combustíveis. São os combustíveis tipo A: gasolina antes da sua combinação com o etanol e diesel sem adição de biodiesel. “Os produtos vendidos nas bombas ao consumidor final são formados a partir do tipo A misturados a biocombustíveis.”


Governo Marão pinta faixa de pedestres no horário de pico e causa grande engarrafamento

Foto tirada na rua Arthur Lavigne na Conquista durante o engarrafamento

No início da noite desta quarta-feira (18), os ilheenses que precisavam ir para a Zona Sul da cidade foram submetidos a um engarrafamento fora do comum. O trânsito lento se deu por conta da pintura de uma faixa de pedestres na entrada da Sapetinga, que teve início por volta das 16 h e se estendeu até o início da noite. O serviço só foi interrompido quando o trânsito estava completamente congestionado.

Os acessos para a zona sul via Terminal Rodoviário, Plano Inclinado e Rua da Linha estavam comprometidos por conta da pintura da faixa. Em contato com o Diretor de Trânsito da Sutran, Gilson Nascimento, o BG questionou se não haveria um horário mais viável para a realização da ação, que deve ser realizada, desde que não atrapalhe o andamento do trânsito. Em resposta Gilson Nascimento afirmou que a ação deveria ter sido iniciada mais cedo, mas por conta de um problema na máquina o serviço começou com atraso. Segundo ele, assim que o engarrafamento teve início a pintura da faixa foi suspensa. Muitas pessoas reclamaram do congestionamento, afirmando que passaram horas paradas no engarrafamento.


Semana de Mobilidade do Sul da Bahia discutirá região metropolitana do sul da Bahia e acessos da nova ponte de Ilhéus

A programação da Semana de Mobilidade do Sul da Bahia, promovida pelo Instituto Nossa Ilhéus, por meio do projeto MobCidades, vai promover debates e mostra de estudos e projetos sobre mobilidade entre os dias 18 e 20 de setembro, sempre às 19h, na Tenda Teatro Popular de Ilhéus (Avenida Soares Lopes).

Na ocasião, especialistas e representantes do poder público falarão sobre região metropolitana sul baiana e questões referentes à nova ponte Ilhéus-Pontal, entre outros assuntos pautados nos trabalhos apresentados pelos pesquisadores. A entrada é gratuita.

Nesta quarta-feira (18), 10 pesquisas científicas e projetos de intervenção sobre acessibilidade e mobilidade urbana serão apresentados na Mostra Cidade e Movimento. Os trabalhos foram escolhidos entre 23 propostas inscritas em um processo seletivo aberto em agosto.

Os trabalhos serão apresentados em formato de banner/pôster e o público do evento elegerá os três melhores. Após a exposição, será realizado um debate com a presença de um representante de cada uma das dez propostas selecionadas.

Já na quinta-feira (19) será realizado o bate-papo “Os desafios da integração regional e os caminhos para a implantação da Região Metropolitana do Sul da Bahia”. O debate terá como foco a análise do processo de desenvolvimento urbano do Sul da Bahia e os seus impactos na mobilidade da população desta região.

Serão discutidos os desafios para a criação e consolidação de instâncias de governança regionais, como a Região Metropolitana do Sul da Bahia, principalmente no que diz respeito ao planejamento e a gestão integrada da mobilidade. Os debatedores serão José Nazal (vice-prefeito de Ilhéus) e Luciano Veiga (Amurc), com mediação da Profª. Maria Cristina Rangel (UESC).

Na sexta-feira (20), o bate-papo “Os lados da ponte: apresentação e análise do projeto da Ponte Ilhéus-Pontal e seus acessos viários”, vai pautar a obra da nova Ponte Ilhéus-Pontal, que tem previsão de inauguração em fevereiro de 2020 e trará um importante impacto na mobilidade de quem mora, visita ou passa por Ilhéus. As mudanças no trânsito da cidade ainda causam dúvidas e geram divergências. Por isso, o engenheiro de trânsito da SUTRAM, George Moreno, e o arquiteto e urbanista do Núcleo de Projetos da SEINTRA, Bruno Sitta, vão apresentar o projeto dos acessos viários da nova ponte ao centro e à zona sul de Ilhéus, e os professores Peolla Paula (UFSB) e Ricardo Becker (FMT/UNIME) vão analisar a proposta com o público do evento.

O evento é resultado da parceria com a Universidade Federal do Sul da Bahia – UFSB, Associação dos Surdos de Ilhéus – ASI, Rotary Club de Ilhéus e Associação Hernani Sá Criativo. O evento conta ainda com o apoio do Teatro Popular de Ilhéus, Associação dos Moradores do Bairro Hernani Sá, Grupo Andarilhos, CEEP do Chocolate Nelson Schaum, Grupo Franciscano da Melhor Idade, Associação dos Municípios da Região Cacaueira – Amurc, Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade – Sutram e da Indústria do Chocolate da Bahia.

Sobre o MobCidades – Desde 2017, o Instituto Nossa Ilhéus faz parte do projeto MobCidades – Mobilidade, Orçamento e Direito à Cidade”, financiado pela União Europeia e sob coordenação nacional do Instituto Nacional de Estudos Socioeconômicos (INESC). Contempla 10 movimentos da Rede Brasileira de Cidades, sendo o INI o único na Bahia. Cada movimento trabalha com mais quatro co-executores locais, em Ilhéus, são: Associação de Surdos de Ilhéus, UFSB, Rotary Club e Associação de Criativos do Hernani Sá. O objetivo é fortalecer organizações para monitorarem o orçamento público destinado à área de mobilidade urbana, por meio de incidências locais e nacional. Conheça as ações do MobCidades em Ilhéus no link: https://www.nossailheus.org.br/?s=mobcidades.


Sinebahia Itabuna oferta vagas de trabalho nessa quinta-feira (19)

Sinebahia Itabuna tem vagas para operadores de telemarketing.

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis nesta quinta-feira, 19 de setembro.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

 

AUXILIAR ADMINISTRATIVO (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Fundamental Incompleto

Não exige experiência

Possuir habilidade com pacote Office

01 VAGA

 

OPERADOR DE CAIXA(PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

01 VAGA

 

OPERADOR DE TELEMARKETING (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

05 VAGAS

 

INSPETOR DE DISCIPLINA (MONITOR DE RESSOCIALIZAÇÃO) (PCD)

Vaga Exclusiva Para Pessoas Com Deficiência

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses com vigilância

Possuir curso de vigilante ou bombeiro civil

02 VAGAS (mais…)


Jacques Antonio de Miranda é nomeado reitor da UFOB

Professor Jacques Miranda é primeiro reitor eleito da UFOB

O professor Jacques Antonio de Miranda foi nomeado o novo reitor da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB). O decreto que designa o docente ao cargo foi publicado nesta quarta-feira (18), no Diário Oficial da União, para o mandato de quatro anos (2019 a 2023).

Atualmente vice-reitor Pro Tempore, professor Jacques foi o primeiro colocado da lista tríplice, elaborada pelo Conselho Universitário, em reunião extraordinária ocorrida em 18 de junho de 2019, com 27 votos.

Lotado no Centro das Ciências Exatas e das Tecnologias (CCET), no Campus Reitor Edgard Santos, em Barreiras, o futuro dirigente é bacharel, mestre e doutor em Química e integra o quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Química Pura e Aplicada (Posquipa) e do Programa de Pós-Graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação (Profnit). Entre 2011 e 2013, foi diretor do antigo Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável, unidade avançada da UFBA que deu origem à UFOB.

As datas da cerimônia de posse do novo reitor, em Brasília, e da transmissão do cargo da reitora Pro Tempore, professora Iracema Veloso, para a futura gestão serão divulgadas nos próximos dias.


Criminosos são presos durante operação em Santa Maria da Vitória

Vinte e dois mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos na ação, que também apreendeu um adolescente, drogas e arma

Vinte e dois mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos, na manhã desta quarta-feira (18), em Santa Maria da Vitória, durante a Operação Sexto Sentido, deflagrada pela 26ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), daquela cidade.

Carlos Cavalcante Satélites, o Língua, Manoel Messias Moreira dos Santos Júnior, Fernando de Jesus Souza, o Nando, Jailton de Alcântara Oliveira, o “Tomém”, Evandro Couto de Oliveira, o Vando, e Anália Rosa de Alcântara, a Tata, integram a quadrilha alvo da operação e foram presos durante a ação.

Um adolescente de 16 anos também foi conduzido pelos policiais, que apreenderam com os criminosos crack, maconha, uma espingarda calibre 20, um simulacro de pistola, caderno com anotações do tráfico, celulares e computadores, já encaminhados para a perícia, no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

A operação, que contou com o apoio de equipes das 11ª e 24ª Coorpins, sediadas em Barreiras e Bom Jesus da Lapa, respectivamente, teve como objetivo prender traficantes e homicidas. “O nome faz menção bíblica ao sexto mandamento “Não Matarás”, devido ao número de homicídios ocorridos em nossa região”, explicou o coordenador da 26ª Coorpin, delegado Alexandre Haas Pinheiro Cunha.

De acordo com o delegado, além das prisões e apreensões, os policiais também apagaram pichações feitas por traficantes nos muros de imóveis, em Santa Maria da Vitória e São Félix do Coribe.


Combate ao trabalho escravo na Bahia é tema de seminário nesta quarta

Entre 2014 e 2019, 238 trabalhadores foram resgatados em situação de trabalho análogo ao escravo no estado. Este dado é da Comissão de Erradicação do Trabalho Escravo na Bahia (Coetrae-BA), que celebrou dez anos de atuação com um seminário internacional realizado nesta quarta-feira (18), no Ministério Público do Trabalho (MPT-BA), em Salvador. O encontro promoveu debates e reuniu parceiros da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado (SJDHDS).

“Temos que refletir que, em pleno século XXI, nós ainda encontramos este tipo de condição e por isso é fundamental que todos os órgãos envolvidos continuem trabalhando de forma integrada e conjunta. Foram dez anos de muita luta, muito trabalho, mas de fluxos muito proveitosos e, acima de tudo, de conscientizar a sociedade e empresários que este tipo de prática é muito nociva, danosa ao ser humano e ao ambiente de negócio”, afirmou o titular da SJDHDS, Carlos Martins.

Além de membros do MPT-BA, participaram representantes da Organização Internacional do Trabalho, Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Ministério do Trabalho e Emprego, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Ministério Público Federal, Defensoria Pública da União e Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas).

De acordo com a procuradora do MPT-BA, Manuella Gideon, a necessidade de trabalhar torna o trabalhador vulnerável aos abusos e o meio rural é onde se registra o maior número de casos. “Não é uma mera irregularidade trabalhista que faz com que haja um resgate ou a identificação do trabalho escravo. O Código Penal, artigo 149, prevê as hipóteses. Trabalho em condições degradantes, sem um mínimo de dignidade, jornada exaustiva, condições precárias de alojamento, ausência de banheiro, água potável, cama. É uma série de fatores que levam ao entendimento de que aquilo é um trabalho degradante”, explicou.

Um lavrador, que preferiu não ser identificado, foi submetido a condições de trabalho análogas ao trabalho escravo em uma fazenda na região de Vitória da Conquista. Ele trabalhava na lavoura, recebia o salário mensalmente, mas dormia em um curral sem qualquer estrutura. Ele não identificou a situação como trabalho escravo, mas a Polícia Rodoviária Federal resgatou o trabalhador em uma Força Tarefa do Coetrae-BA. “Eu não cheguei à conclusão [de que tinha alguma coisa errada] porque já tinha dois anos que eu estava lá, mas a Polícia Federal chegou, achou que tava tudo errado e parou o serviço”, contou. “Agora a gente está correndo atrás do objetivo para não acontecer mais”, completou o trabalhador.


Correios: funcionários suspendem greve

Após o Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidir ontem (17) que 70% dos empregados dos Correios mantivessem as atividades da empresa, os funcionários suspenderam a paralisação. Com a decisão dos empregados, os Correios vão manter as cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho 2018/2019 até o dia 2 de outubro, data do julgamento do dissídio pelo tribunal.

De acordo com a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), os trabalhadores reivindicam reajuste salarial com reposição da inflação (3,25%) e não querem cortes de direitos conquistados. Os empregados também são contra a eventual privatização dos Correios.

Em nota, os Correios afirmaram que, ao longo dos dois meses de negociação, buscaram construir uma proposta de acordo coletivo dentro das condições financeiras suportadas pelo caixa da empresa. Para os Correios, as federações reivindicam vantagens impossíveis de serem concedidas no atual momento. Ainda na nota, os Correios afirmam que, por meio do julgamento do dissídio, esperam chegar a um entendimento razoável sobre o acordo coletivo. Informações da Agência Brasil.