MP-BA abre inquérito civil para apurar estacionamentos de locadoras nas ruas do Pontal

Carros de locadoras na Rua do Bonfim. Foto: Google Earth.

O Ministério Público da Bahia instaurou inquérito civil para apurar o uso de algumas ruas do bairro Pontal, em Ilhéus, por carros de locadoras. Os veículos ficam permanentemente estacionados nas imediações do aeroporto Jorge Amado, dificultando o trânsito e a circulação de pedestres e deficientes físicos.

Na portaria assinada na última sexta-feira, 19, o promotor Paulo Sampaio (11ª Promotoria) informa que o MP recebeu representação de um grupo de moradores sobre o uso indevido das ruas.

Segundo os reclamantes, a empresa Localiza é a mais abusiva, pois usa a Rua Davi Maia (antiga Bonfim) como garagem para os seus carros.

Leia a portaria.

PM busca a identificação dos arruaceiros da Passarela do Álcool

Para evitar as cadeiradas, PM também vai intensificar as rondas. Imagem extraída de vídeo.

Em contato com o BG na manhã desta segunda-feira, 08, o major Pinheiro disse que a PM busca a identificação dos “arruaceiros” responsáveis pelas brigas na Passarela do Álcool, no bairro Pontal.

As confusões gravadas em vídeos foram divulgadas por este blog no último sábado, 06 (veja aqui).

Responsável pela 69ª CIPM, cuja atribuição é o policiamento na zona sul de Ilhéus, o major explicou que os causadores das confusões provavelmente são de outras cidades. Na visão dele, local é frequentado por muitas famílias, devido à diversidade de estabelecimentos com bebidas e comidas variadas, mas infelizmente, de uns tempos para cá o clima de tranquilidade diminuiu.

Segundo o comandante, o policiamento no Pontal será reforçado com rondas mais frequentes das viaturas. O major contou ao blog que nem sempre a PM toma conhecimento dos problemas, por não ser acionada.

Brigas constantes na Passarela do Álcool apavoram moradores do Pontal. Veja os vídeos.

Cadeira “voando” em mais uma briga na Passarela do Álcool. Imagem extraída de vídeo.

Um grupo de moradores da Rua Hermínio Ramos, no bairro Pontal, manteve contato com o BG neste sábado, 06, para reclamar de brigas generalizadas e rotineiras na Passarela do Álcool, em Ilhéus.

Segundo relatos, as brigas normalmente envolvem várias pessoas e acontecem sempre nos finais de semana. Cadeiradas, socos, pontapés, garrafas quebradas, xingamentos e muito barulho apavoram os moradores, que muitas vezes são acordados durante as madrugadas.

As confusões foram intensificadas a partir de dezembro de 2018, mas nos dois últimos finais de semana a situação piorou.

Abaixo-assinados de 72 moradores foram entregues em novembro de 2017 e outubro de 2018 à Prefeitura e ao Ministério Público da Bahia.

“Os comerciantes utilizam áreas públicas [calçadas e ruas] para colocar mesas e cadeiras, mas não providenciam seguranças para garantir a tranquilidade. Todo final de semana tem cachaçada, murro e cadeira voando. Estou vendo a hora de acontecer um tiroteio aqui”, prevê um morador.

Veja os vídeos de três confusões.

Briga que ocorreu em dezembro de 2018.

 

Confusão gravada no dia 30 abril (sábado).

 

Confusão registrada ontem (sexta-feira, dia 05 abril).

ESGOTO A CÉU ABERTO E RUA INTERDITADA NO PONTAL

Água de esgoto toma conta da rua Salgado Filho. Buraco impede trânsito de veículos na via.

Os moradores da rua Salgado Filho, no bairro Pontal, em Ilhéus, sofrem com um antigo problema: o vazamento da rede pluvial provocado por ligações clandestinas de esgoto.

Volta e meia, o problema ressurge e o mau cheiro emerge junto com a água suja que se espalha pela rua. Há duas semanas a situação se agravou. Um ponto de vazamento da rede pluvial virou um grande buraco. A cratera impede o trânsito de veículos na via.

Moradores já solicitaram o auxílio da Prefeitura de Ilhéus, mas o governo ainda não enviou uma equipe ao local.

BANDIDOS ASSALTARAM O GBARBOSA COM DUAS FACAS E UM REVÓLVER DE BRINQUEDO

Imagem: Google.

Segundo informações do major Pinheiro, comandante da 69ª  Companhia Independente de Policia Militar, de Ilhéus, o assalto à loja do supermercado G Barbosa, no bairro Pontal, foi praticado por três homens que portavam duas facas e um revólver de brinquedo (o major chamou de simulacro). Na postagem anterior informamos seis homens.

A ação criminosa foi iniciada por volta das 5h30min desta segunda-feira, 09. Quando entraram na loja, os assaltantes conseguiram pegar fardas da rede de supermercados e as vestiram. À medida que os funcionários chegaram, forçadamente foram confinados numa sala. Cerca de quinze trabalhadores ficaram nessa situação.

Os assaltantes usaram um maçarico para tentar abrir os dois cofres da loja, mas só tiveram êxito em um. Cerca de R$ 8 mil foram levados além de celulares e outros objetos de funcionários.

As facas, as fardas e o revólver de brinquedo utilizados no crime foram encontrados no fundo da loja. No momento a Policia Militar faz buscas para tentar prender os autores.

BANDIDOS ASSALTAM O SUPERMERCADO GBARBOSA DE ILHÉUS

Imagem enviada por um leitor.

Por volta das 8h30min desta segunda-feira, 09, cerca de seis elementos assaltaram o supermercado GBarbosa no bairro Pontal em Ilhéus.

De acordo com as primeiras informações, eles levaram o cofre, fizeram funcionários de reféns durante alguns minutos e fugiram no sentido do conjunto habitacional Sapetinga.

Estamos em busca de mais informações.

MORRE SEGUNDA VÍTIMA DE NOITE VIOLENTA NO PONTAL

Luan Rafael, segunda vítima de atentado na Lomanto Junior, morreu hoje no Hospital Costa do Cacau.

A informação é do Blog Agravo. Ontem à noite, no bairro Pontal, em Ilhéus, homens atiraram contra três jovens que deixavam uma festa realizada no antigo espaço do Clube Satélite. O crime aconteceu perto de um posto de combustíveis, na Avenida Lomanto Junior. Os autores dos disparos estavam num carro e fugiram na direção da Avenida Princesa Isabel. Os tiros mataram o adolescente Patrick Silva, de 16 anos, no local.

Conforme o Agravo, outra vítima dos tiros, Luan Rafael Santos Caxias, de 19 anos, morreu hoje (16) no Hospital Regional Costa do Cacau. O terceiro jovem ferido, Matheus Oliveira, está internado na mesma unidade.

RUA CASTRO ALVES TEM QUATRO ACIDENTES DE TRÂNSITO EM DUAS SEMANAS

Imagem registra quarto acidente na rua Castro Alves em menos de duas semanas.
Imagem registra quarto acidente na rua Castro Alves em menos de duas semanas.

No Pontal, zona sul de Ilhéus, a rua Castro Alves virou um caminho alternativo para escapar do congestionamento da avenida Getúlio Vargas, mais conhecida como “Lomanto Júnior” por causa da ponte que leva o nome do ex-governador.

O aumento do fluxo de veículos certamente contribuiu para a marca preocupante que a rua Castro Alves atingiu: quatro acidentes de trânsito em menos de duas semanas. Só na semana passada foram três. O quarto ocorreu por volta das 12h30min desta segunda-feira (6). Uma imagem do último acidente, que circula nas redes sociais, mostra uma pessoa deitada no chão e rodeada por pessoas que lhe prestam socorro. Também é possível ver a motocicleta envolvida no incidente.

O MAR DO PONTAL

Pescadores na praia do Morro de Pernambuco. Imagem do acervo de José Rezende Mendonça.
Pescadores diante da baía do Pontal. Imagem do acervo de José Rezende Mendonça.

Por José Henrique Abobreira

abobreira artigoO mar de São João da Barra do Pontal é uma vocação ou um feitiço para os homens desse bairro de Ilhéus, como registrou Adonias Filho no romance Luanda Beira Bahia.

As obras de Jorge Amado e de Sogígenes Costa também falam do mar do Pontal e da velha e indômita barra que desafia marinheiros. Uma das frontes do Búfalo Bifronte de Sosígenes é o Morro de Pernambuco, ornando o acesso marítimo à baía.

Adonias fala da frondosa jindiba da rua da frente da praia do Pontal, a hoje Avenida Getúlio Vargas, erroneamente chamada de Avenida Lomanto Júnior. O escritor também destacou a vocação do homem pontalense para a vida no mar.

Em várias passagens literárias, o amado Jorge nos brindou com imagens dos mares do Pontal recebendo aventureiros e desbravadores. Prostitutas, trabalhadores de outros estados nordestinos e apostadores venciam o canal da barra para desembarcar no antigo porto de Ilhéus.

Do mesmo porto saíram os frutos de ouro do cacau que ganharam o mundo transportados por grandes embarcações. Jorge cita também seu grande amigo e boêmio doutor Helvécio Marques e a deliciosa moqueca de arraia que era servida na sua no Pontal.

Até hoje existe uma forte tradição entre os filhos de famílias pontalenses, a de seguir a carreira de marítimos. Não é raro encontrarmos jovens agregados na Marinha Mercante, frota de navios da Petrobras e mesmo alistados ou fazendo carreira na Marinha de Guerra. Os pais foram mestres pescadores ou embarcados. Esterlino, Barbeirinho, seu Vavá, Manoel Marinheiro, Zequinha, Jerônimo, dentre vários outros que a memória não alcança.

(mais…)

PISCINA DESCOBERTA PODE SER FOCO DO AEDES NO PONTAL

Imagem registrada por um leitor do Blog do Gusmão.
Imagem registrada por um leitor do Blog do Gusmão.

Um leitor afirma que a piscina descoberta de uma casa no bairro Pontal pode ter virado um foco de reprodução do mosquito Aedes aegypti. Segundo ele, o imóvel (onde funcionava uma fábrica) está desocupado. A Prefeitura de Ilhéus já foi notificada, mas, ainda não tomou providências. A propriedade fica na Rua Coronel José Félix (sem número), perto da Clínica Santana, entre dois prédios.

JABES É VAIADO NO “ZÉ PEREIRA”

Jabes Ribeiro. Foto: Alfredo Filho/Secom.
Jabes Ribeiro. Foto: Alfredo Filho/Secom.

O Bloco do Zé Pereira, um dos mais tradicionais de Ilhéus, ganhou as ruas do bairro Pontal na madrugada desse sábado (6). Concentrados na Praça São João Batista, os foliões iniciaram a marcha da alegria à meia-noite, como manda a tradição.

O prefeito Jabes Ribeiro (PP) prestigiou a saída do bloco. Visitou o Bar do Jorginho, perto da praça, onde a galera aquecia os motores para o desfile.

Um casal de músicos se apresentava num pequeno palco montado em frente ao bar. A dupla saudou o prefeito na chegada, mas, as vaias dos foliões abafaram a saudação.

Quando o prefeito deixava o local, já na rua, uma mulher correu entre a multidão para abraçá-lo. O gesto carinhoso e espontâneo serviu como um consolo depois do apupo.

Cabe lembrar que Jabes Ribeiro é acostumado a receber vaias no Pontal. A maioria do bairro sempre vota contra ele.

FOLIAS DO PONTAL: MANDUS, DOMINÓS, CARETAS E NEGO JEJE

Caretas.
Caretas.

Por José Henrique Abobreira

abobreira-ternoO Pontal é mesmo um bairro diferenciado, com a sua mania de independência. Até o Carnaval por aqui era separado da folia do centro. A municipalidade, já ciente disso, separava um dia dos festejos de Momo na Soares Lopes para dar passagem aos blocos e afoxés pontalenses.

O Carnaval dos blocos pontalenses teve início a partir da fundação do Clube Social do Pontal, na década de 40. Dali surgiu a ideia de um grupo de jovens que frequentavam os salões de festas do clube para fundar um cordão carnavalesco. Dessa movimentação surgiu o GUADALAJARA, com participantes da juventude classe média do bairro.

Dona Dadá (ou professora Gilda – minha mãe) contava, para deleite dos filhos guris, que tinha sido a primeira porta-estandarte do bloco Guadalajara. Isso para desespero e noites insones do namorado Abobreira. O comunista ortodoxo não via com bons olhos aquela alienação do povo (risos). Na verdade não era nada de consciência política, era ciúme de ver a amada sambando a mil na avenida, objeto de fius-fius da galera jovem e irreverente do bairro.

Dona América já organizava, nessa mesma época, o cordão BAMBAS DO SALGUEIRO. Salgueiro era uma modalidade de conservação dos peixes fisgados em alto mar pelos pescadores de saveiros. Naquele tempo não havia gelo nem barco a motor. Como a viagem era super demorada, salgavam os peixes para conservá-los. O bloco foi formado essencialmente por pescadores e membros das suas famílias.

Pronto, estava aí desenhada a luta de classes em plena folia carnavalesca do Pontal: Guadalajara versus Bambas do Salgueiro ( risos). Trataram então de organizar um desfile em plena avenida Getúlio Vargas (que depois da inauguração da ponte viria a ser avenida Lomanto Jr, em homenagem ao governador que teve a raça de construí-la, obra prometida desde o Império. A segunda ponte está a aguardar uma reencarnação de Lomanto Jr. para construí-la).

(mais…)

OBRA ATRAPALHA TRÂNSITO NO PONTAL

Servidores ocupam faixa exclusiva para consertar calçada. Imagem cedida ao Blog do Gusmão.
Servidores ocupam faixa exclusiva para consertar calçada. Imagem cedida ao Blog do Gusmão.

O fluxo de carros está muito lento no bairro Pontal, especialmente, na pista sentido centro. Segundo um leitor deste blog, além do grande número de veículos, o  problema foi agravado por uma obra da Prefeitura de Ilhéus que ocupa parte do corredor exclusivo para ônibus, táxis e motos. Ele registrou a imagem acima na manhã dessa segunda-feira (28).

NATAL NA PRAÇA AGITA O PONTAL

Evento seguirá até o próximo dia 19.
Evento seguirá até o próximo dia 19.

A nona edição do Natal na Praça começou nesse domingo (13) e seguirá com atrações ao longo da semana na Praça São João Batista, no bairro Pontal, em Ilhéus. A Paróquia São João Batista é responsável pelo evento.

Confira a programação.

14/12 > Segunda-feira

19h Benção do Santíssimo e Entrega da Vela da Família

Atrações: Luís Fábio e Banda, Paulo Henrique, Abiel, Edu Neto

15/12 > Terça-feira

19h Missa da Partilha dos Alimentos Não Perecíveis

Atrações: Armando Lui e Banda Lordão

16/12 > Quarta-Feira

19h Novena de Natal

Atrações: Coral da CEPLAC, A-rrisca Cia de Dança, Neya dos Anjos e Amigos em Canção, Servir e Adorar

(mais…)

O “ILHÉUS EM AÇÃO” ABANDONOU O PONTAL?

Moradora reclama que parte da calçada do muro da pista do Aeroporto Jorge Amado, no bairro Pontal, virou um ponto viciado de entulho. Lixo orgânico e outros resíduos estão acumulados no local há mais de vinte dias. A imagem foi enviada registrada nessa terça-feira (3).
Moradora de Ilhéus reclama que parte da calçada do muro da pista do Aeroporto Jorge Amado, no Pontal, virou um ponto viciado de entulho. O monte de resíduos sólidos está no local há mais de vinte dias. A imagem foi registrada nessa terça-feira (3). Enquanto isso, não há mais sinal do programa “Ilhéus em Ação”, da prefeitura, no bairro.