setembro 2010
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  



faculdade madre thais

CIRURGIA PARA MUDANÇA DE SEXO EM MULHERES


O Conselho Federal de Medicina (CFM) liberou  a realização de cirurgias para mudança de sexo indicada para transsexuais femininas. O procedimento – que consiste na retirada de útero, mama e ovários – era considerado experimental para essa finalidade. Agora, ele deixa de ter essa classificação, abrindo caminho para que possa ser feito tanto em serviços públicos quanto particulares.

O tratamento de neofaloplastia (construção do pênis), no entanto, continua sendo experimental, por conta da falta de comprovação de sua eficácia estética e funcional.

A resolução condiciona a intervenção cirúrgica a uma análise feita por uma comissão composta por médicos, assistentes sociais e psicólogos. De modo semelhante ao realizado  na mudança de sexo masculina. São dois anos de acompanhamento para verificar as condições do paciente e idade mínima de 21 anos.

Sempre considerei isso impossível, mas com a evolução das técnicas,  vêm os milagres da ciência. No homem, teoricamente livrar-se da genitália indesejada era mais fácil, já a mulher tinha que cortar e mexer com tanta coisa que vixe, é minhó calá. E agora, falando sério, o procedimento é possível e legalizado no Brasil. Vitória para as mulheres, para as que assim não mais desejarem parecer.

26 respostas para “CIRURGIA PARA MUDANÇA DE SEXO EM MULHERES”

  • extremamente grotesca, preconceituosa e sem respeito algum. foto que você colocou em evidência ao mencionar a resolução do Conselho Federal de Medicina… (coisas de Ilhéus, pessoas mil têem muito que aprender ainda o que é a palavra respeito)… aqui na América, Gusmão, as lésbicas te botavam na cadéia em 24 horas…. fique bem….
    (coisas de Ilhéus)…..

  • Editor disse:

    Leia mais uma vez o texto Marco.
    Não há preconceito, a imagem apenas ilustra.
    A postagem não é minha e sim de uma colaboradora.

  • eu acho a imagem puramente homofóbica e preconceituosa (foto)…. esta sua colaboradora se comporta como evangélica ou muçulmana….
    a imagem é tendenciosa, fazendo alusão, de que elas (lésbicas) vão passar a fzr um xixis, igualzinho aos “homens”… poder “balançar”……
    tenho amigas lésbicas maravilhosas aqui em San Francisco (e gatas); Chef de cozinha, médicas, juiz de direito, Arquitetas glamourosas, e o mais importante, inteligentes e cultas…. e que são mais gente, do que muitos homens aí em Ilhéus…..
    pude presenciar cenas aí em Ilhéus, quando estive da última vez, terríveis… chacotas e desrespeito com pessoas dígnas e extremamente cívicas.. visto que, o povo ainda continua homofóbico, retrógado e atrasado… Ilhéus é uma cidade travestida de 1º mundo e de cidade liberal…
    amo esta cidade, mas esse povo daí tem que aprender muito ainda…
    abraço forte.
    Marco Antônio Oliveira.

  • Editor disse:

    Veja com humor.
    Te asseguro que não foi essa a intenção da autora, é so ver no texto.

  • Sara Teles disse:

    Como Editor-chefe e dono deste veículo você deve revisar as matérias dos colaboradores, pois as opiniões aqui expostas são, inevitavelmente, vinculadas à sua pessoa.

  • Sara Teles disse:

    Emílio,

    Acho seu trabalho bem interessante, mas realmente a foto e o texto dessa matéria são de muito mau gosto. Faltou pesquisa e a sensibilidade necessária para abordar, jornalisticamente, a questão. A cirurgia para mudança de sexo, em homens ou mulheres, não tem a ver com homossexualidade, mas sim com o transgenitalismo, problema este que pode ser diagnosticado por um médico. Inclusive, o diagnóstico médico é uma das condições para que a cirurgia seja realizada.

  • Sara Teles disse:

    O transexual nasce com um desvio que o impede de aceitar o próprio corpo, que levou a OMS a considerar a transexualidade como um tipo de transtorno de identidade de gênero.

    Essa é uma questão seríssima, que deve ser abordada com cuidados, pois a rejeição pode levar a mutilações, transtornos psicóticos e suicídios por parte dos transexuais, e são inúmeros os casos. Fala-se até em 36% de suicídios entre transexuais não tratados.

  • Sara Teles disse:

    Estudo mais recente, realizado na Holanda, aponta a prevalência de 1 em 11.900 homens e 1 em 30.400 mulheres. Sendo assim, em nossa região deve haver, pelo menos, 50 transexuais. Em países mais sérios e menos preconceitusos como a Austrália, a cirurgia tem sido realizada a partir da pré-adolescência, hava vista que o problema é irreversível e postergar a solução somentem tem conduzido às consequências precitadas.

    Retomando os comentários à sua matéria, e pelo todo exposto acima, o tom jocoso da foto publicada em nada retrata o problema vivido pelos milhares de transexuais pelo mundo, muito pelo contrário, somente acentua a falta de respeito às diferenças.

  • transexualismo é uma condição seríssima, e não deve ser vista com humor!!! vc precisa ter uma visão diferente e saber rever e abordar sobre o problema… principalmente em relação a essa tal sua “colaboradora”…
    existem crianças que nascem com um corpo feminino, e com genitália masculina (isto com meses de nascido pode ser percebido), de modo que, longe de a classificarmos como homossexual ou fazermos qq tipo de chacota boba e preconceituosa.
    mas também, ser homossexual vejo que não é vergonhoso e problema algum p/uma pessoa dígna e que sabe se impor com respeito em uma sociedade…
    precisamos mudar este conceito e preconceito, caso contrário continuaremos “ilheenses” a vida toda..
    o verdadeiro motivo que eu não volto para esta cidade linda e maravilhosa é: O POVO!!!! (não vale o que o gato enterra!!!)…
    mais uma vez, aquele abraço.
    Marco Antônio Oliveira.

  • Sara e Marcos, desculpem se a minha intenção com a foto foi interpretada de maneira errada, não sou homofóbica, também tenho grandes amigas e amigos homoafetivos e sou mulher e sofremos todos com uma sociedade machista e excludente. Os vasos sanitários em geral são sujos e eu gostaria de poder urinar em pé também, inclusive já existem dispositivos para mulheres em banheiro público e eu já usei. O que pensei com a foto foi relacionar com bom humor mudanças físicas importantes agora possíveis em nosso país. Cordialmente.

  • Marco você desconhece completamento o assunto, homosexualidade, homoafetividade, transexualidade, hermafroditismo (genitália ambigua) – para a qual existe cirurgia desde a infância, são questões diferentes, não é o caso do procedimento em questão no texto. Você está discordando sem embasamento. E você ainda ataca os ilheenses gratuitamente, generalizando. Reveja você suas opiniões.

  • Sra. Maria José Moreno.
    eu ataco ilheenses homofóbicos como você!!!!!!
    não desconheço não… sei muito bem o que digo e o que faço, visto que, nasci em Ilhéus!!!! e sei do anacronismo e a ignorância que esta cidade vive hoje!!!!!
    sem mais e aquele abraço.
    Marco Antônio Oliveira.

    p.s. seu texto é homófobico, vc querendo ou não!?
    releia o que a Sara Teles escreveu tbm, a respeito do seu “texto”… e depois o endossa como “não poder sentar em vasos sanitários” (e usa uma foto tendenciosa e homofóbica!!!).

    sem mais, basta!!!!

  • falconieres disse:

    muito interesante a foto de duas bunda peladas quem não gostar que vire a cara,só acho um absurdo esta resolução do concelho federal de medicina de liberar troca de sexo enquanto o nosso país passa por momentos dificens na area de saude tomara que o goveno não cometa o erro de investir o dinheiro publico nessa molecagem não que eu tenha algum tipo de preconceito quanto a vida sexual de ninguem mas o dinheiro publico é para cuidar da saude do povo não para fazer sacanagem de siurgia de troca sexo isto sim é uma vagabundagem sem tamanho

  • falconieres disse:

    palhaçada mulher é mulher homem é homem e cada um tem que se colocar no seu lugar.

  • karina disse:

    nossa…eu acho q p mulher ter um penis eh quase impossivel,mas ja tem mulheres que fizeram a cirurgia,n fica perfeito,mas podem fazer xixi em peh,isso deve ser o maximo,eu amaria ter um penis…rsrsrs,mas contiuaria a ser mulher,…rsrsrs

  • Dr. Carlos disse:

    Sempre existiu cirurgia para mudança de sexo em mulheres. Muitas mulheres já se tornaram “homens”. O fato é que a mídia esconde muito esses avanços da medicina. Acho que a mulher tem o direito de mudar de sexo sim.
    Abraço!

  • Laisa disse:

    Bom … eu acho que cada um tem sua vida.. fazem oque qer fazer e tem vontade .. e sem uns fdp se entrometendo na vida das pessoas.. se elas querem colocar pênis o problema vai ser dela .. a vida é dela . a vontade também e quem vai colocar vai ser ela e nao voc’s que nao respeita o direito dos outros ..
    E o texto dela .. nao tem nada disso que voc’s estão falando . eu adorei .. tirou minhas dúvidas e nao tem nenhum preconceito e desrrespeito ..
    ps: pra voc’s fdp que gostam de infernizar a vida dos outros :@

  • Liz disse:

    Qual o problema da foto? Não vejo preconceito nenhum. O que vejo é uma inversão de valores. Onde já se viu mudança de sexo? Credo! Coisa sem sentido.

  • Liz disse:

    Um país como o nosso onde crianças morrem de fome, cidades são destruídas por temporal, pessoas idosas não são respeitadas, um pai de família precisa trabalhar o dia todo para levar um salário mínimo para casa e pessoas com doenças terríveis que não possuem um plano de saúde.. e o governo ter que gastar milhões para satisfazer o capricho de algumas pessoas. Isso não é ser preconceituosa e nem homofobica… é ser REALISTA!

  • Cris disse:

    Eu particularmente nao vi nenhum mal na foto exposta, porem realmente, cada um tem sua vida e faça dela o que bem entender.Mas uma coisa devemos nos lembrar como disse a Liz, com tantas pessoas precisando do olhar do governo e até mesmo da gente, pq dar tanta importancia, às cirurgias de mudança de sexo? Já q/ sao mtos pacientes nas filas de espera por uma cirurgia mto mais importantem,algo que nao é estético mas sim necessário…Vamos refletir mais pessoal sobre nossos conceitos como seres humanos….Sou a favor da cirurgia, mas que cada um arca com os valores, nada de ser liberado pelo SUS….GRata

  • Cris disse:

    Ah e outra coisa, acredito eu, que sao os homens que deveriam fazer xixi sentados, kkk…Com isso nao fariam tantas sujeiras nos banheiros, e isso nao os diminuiriam como Homens.hehe..bjim

  • gisele disse:

    sr. falconnieres…
    Vc deveria se por no seu lugar, pois sua opnião é fora de cogitação para ser aceita. A saúde do povo deve ser cobrada sim, mais em relação ao que será investido, isso não importa desde que seja de uso para todos que precisem e não tenham condições. Afinal todos pagamos impostos, e mais para frente se vc precisar de uma cirurgia no coração, transplante ou etc… e a população saudavel mandar vc ir para a casinha do c…. cada um com seus problemas? vc vai fazer o que? pois é não seja egoísta porque eu quero descolar que só vc paga imposto ou que só os héteros pagam !!!!!!!! pela amor heim….

  • raimunda disse:

    gostaria de saber se no brasil já existe esse transplante ?
    minha namorada tem esse desejo gostariamos de saber mais sobre u assunto
    ia amar
    desde já obg

  • Yam-y disse:

    Incrível como certas pessoas simplesmente não entendem a necessidade alheia. Falam como se a mudança de sexo fosse um mero “capricho” estético.
    O tanto de humilhação e preconceito que estas pessoas passam já serve para provar que não é igual a algo superficial do gênero:
    “-ai, acho que vou botar um siliconezinho e pá… só pra mudar o visual, dar uma turbinada…”

    Uma pessoa que faz/faria esse tipo de cirurgia passa por sérios problemas psicológicos devido a “sentir-se no corpo errado”. Sofrem, se mutilam e chegam até ao suicídio, poxa. E diante de tudo isso ainda dizem que é de menor importância?

    Se acham que a saúde publica vai mal, não reivindique seus direitos de melhoria passando por cima de necessidades alheias, exija que que o seu melhore, e não que o do outro seja largado de lado.

    Imaginem se todos pensassem assim?
    – ah, eu aqui com câncer e o povo preocupado com transplante de coração…
    – ah, eu aqui precisando de um transplante e esse puta investimento contra o câncer…

    Viram? Pode ser um exemplo extremista, mas… Não dá pra querer que tudo seja bom só para você. Tem que ser pra todos, sem passar por cima do direito de ninguém.

    Enfim… Opiniões são opiniões, mas que de fato algumas me deixam abobada, isso é.

    PS: Sou Lésbica, mas não vi a imagem como ofensiva. Um pouco de humor viria a cair muito bem em muita gente neurótica.

  • Flordelins disse:

    Como faço para me operar pelo serviço público

  • Flordelins disse:

    Moro em Macapá, e queria um ajuda pois vivo com uma pessoa que nunca viveu bem sendo mulher e quer mudar de sexo, peço a ajuda de vcs para que ela possa ser uma pessoas mais feliz, ela tem 47 anos.

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia