Escolas de Ilhéus estão vazias devido à falta de professores.

Escolas de Ilhéus estão vazias devido à falta de professores.

A prefeitura de Ilhéus pretende selecionar 90 professores em caráter de urgência, por meio de uma seleção simplificada. As datas não foram divulgadas.

Candidatos aprovados no último concurso público também serão convocados.

A secretária de educação, Marlúcia Rocha, afirma que há  grande quantidades de professores licenciados. Muitos também costumam faltar frequentemente.

Segundo Ricardo Machado, atual secretário de administração: “na gestão passada nenhuma medida era adotada para punir esses professores faltosos. Agora, nós vamos aplicar advertência, suspensão e, se for o caso, demissão por justa causa”.

O objetivo da seleção simplificada é contratar principalmente educadores para o Ensino Fundamental I (do 1º ao 5º ano),  e atenderá a demanda das escolas Nucleadas de Areia Branca, Aritaguá I, Aritaguá II, Banco Central, Banco do Pedro, Castelo Novo, Couto, Olivença, Inema, Japu, Sambaituba e Pimenteira. Escolas da sede também serão atendidas como: Barão de Macaúbas, Barra de Itaipe, Basílio, Batista Memorial, Cantinho do Recreio, EMEI, Heitor Dias, Herval Soledade, Iguape, Marianne Eckes, Nova Jerusalém, Paulo Freire, Pequeno Davi, Pequeno Príncipe, Perpétua Marques, Vila Nazaré e Vovô Isaac, além das escolas conveniadas: Creche Solidariedade, Fé e Alegria, Emília de Brito, Promoção à Vida, Dom Bosco, Severino Soares e São Francisco.