WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

reserva sapetinga massi hospital sao jose


impacto cred

transporte ilegal
março 2017
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: 1/mar/2017 . 16:00

CHICO BUARQUE ASSINA MANIFESTO POR CANDIDATURA DE LULA

Chico Buarque e Lula durante julgamento do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Imagem: AFP.

Chico Buarque e Lula durante o julgamento do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Imagem: AFP.

O músico e escritor Chico Buarque de Holanda está entre os intelectuais que assinaram manifesto em defesa da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a presidente do Brasil em 2018.

Acadêmicos, jornalistas e outros artistas também endossam o documento que será lançado oficialmente na próxima segunda-feira (6). A partir de então, por meio de uma plataforma online, qualquer pessoa poderá assiná-lo.

O texto pede que Lula “considere a possibilidade de, desde já, lançar a sua candidatura à Presidência da República no próximo ano”. Leia a íntegra.

CARTA  DAS(OS)  BRASILEIRAS(OS)

Por que Lula?

É o compromisso com o Estado Democrático de Direito, com a defesa da soberania brasileira e de todos os direitos já conquistados pelo povo desse País, que nos faz, através desse documento, solicitar ao ex-Presidente Luiz Inácio LULA da Silva que considere a possibilidade de, desde já, lançar a sua candidatura à Presidência da República no próximo ano, como forma de garantir ao povo brasileiro a dignidade, o orgulho e a autonomia que perderam.

Foi um trabalhador, filho da pobreza nordestina, que assumiu, alguns anos atrás, a Presidência da República e deu significado substantivo e autêntico à democracia brasileira.  Descobrimos, então, que não há democracia na fome, na ausência de participação política efetiva, sem educação e saúde de qualidade, sem habitação digna, enfim, sem inclusão social. Aprendemos que não é democrática a sociedade que separa seus cidadãos em diferentes categorias.

Por que Lula? Porque ainda é preciso incluir muita gente e reincluir aqueles que foram banidos outra vez; porque é fundamental para o futuro do Brasil assegurar a soberania sobre o pré-sal, suas terras, sua água, suas riquezas; porque o País deve voltar a ter um papel ativo no cenário internacional; porque é importante distribuir com todos os brasileiros aquilo que os brasileiros produzem. O Brasil precisa de Lula!

CHUVAS FORTES DÃO TRÉGUA A ILHÉUS NESTA QUARTA-FEIRA

Imagem do site Clima Tempo.

Imagem do site Clima Tempo.

O temporal que causou estragos ontem em Ilhéus (veja aqui, aqui e aqui) deu uma trégua ao município nesta quarta-feira (1º).

Conforme previsão publicada no site Clima Tempo, a cidade terá apenas chuvas rápidas na próxima noite, com índice pluviométrico de no máximo 17 mm acumulado ao longo de todo o dia. Para se ter ideia, ontem o mesmo índice já havia chegado a 62 mm no início da tarde.

O outro lado das chuvas

Com a memória recente da crise hídrica e as ameaças da seca a cada período de estiagem, é difícil para o ilheense fazer preces contra os céus chuvosos. As mesmas chuvas que aumentam os riscos de desmoronamento nos pontos vulneráveis da cidade alimentam os mananciais usados pela Embasa para abastecer a população.

TRÂNSITO LENTO NO PONTAL

Registrada pelo Blog do Gusmão às 13h10 desta quarta-feira (1º), a imagem mostra a fila de carros que trafegam na Avenida Getúlio Vargas, no Pontal, em direção ao Centro de Ilhéus. O trânsito flui lentamente.

Registrada pelo Blog do Gusmão às 13h10 desta quarta-feira (1º), a imagem mostra a fila de carros que trafegam na Avenida Getúlio Vargas, no Pontal, em direção ao Centro de Ilhéus. O trânsito flui lentamente.

LOJAS, BANCOS E PREFEITURA DE ILHÉUS REABREM AO MEIO-DIA

Calçadão Jorge Amado, no Centro de Ilhéus. Imagem: Arquivo/Sindatran.

Calçadão Jorge Amado, no Centro de Ilhéus. Imagem: Arquivo/Sindatran.

As lojas do comércio, as agências bancárias e a Prefeitura de Ilhéus retomaram suas atividades ao meio-dia desta quarta-feira (1º), após o feriado do Carnaval.

De acordo com a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Ilhéus, alguns estabelecimentos comerciais optaram por reiniciar o trabalho já durante a manhã de hoje.

MORADOR DE SOROCABA PROCURA FAMILIARES EM ILHÉUS

Fábio Roberto dos Santos.

Fábio Roberto dos Santos.

Fábio Roberto dos Santos, de 40 anos, escreveu para o Blog do Gusmão  nessa terça-feira (28). Ele busca informações sobre os parentes do seu pai, Anísio Sales dos Santos, em Ilhéus.

Anísio nasceu em Ilhéus no dia 19 de junho de 1935. Deixou o município aos 8 anos de idade. Morou em Sorocaba, no estado de São Paulo, onde faleceu em 1984. Era filho de José de Oliveira dos Santos e de Maria da Silva. Isso é tudo o que Fábio sabe sobre as origens da própria família.

Com a esperança de obter informações sobre o paradeiro de familiares, o morador de Sorocaba divulgou telefone (15 9 9837-8662) e e-mail (fabioaxel@globomail.com) para contato.

ALAGAMENTO OBRIGA FAMÍLIA A DEIXAR CASA NO BANCO DA VITÓRIA

Imagens da Secretaria de Serviços Urbanos.

Imagens da Secretaria de Serviços Urbanos.

As chuvas que caem em Ilhéus desde a madrugada de terça-feira (28) alagaram parte do Banco da Vitória. O alagamento forçou uma família do bairro a deixar a casa onde mora. A informação é do secretário municipal de serviços urbanos, Jorge Cunha.

Ontem, o secretário coordenou o trabalho de homens e máquinas no local. Como medida de urgência para facilitar o escoamento da água, a equipe escavou canais e quebrou parte de uma manilha da rede pluvial. Ainda assim, o volume do alagamento não baixou o suficiente para permitir a permanência dos moradores na casa.

Jorge Cunha (de calça escura) coordena trabalho no local.

Jorge Cunha (de calça escura) coordena trabalho no local.

Jorge Cunha explicou que o secretário de infraestrutura, transporte e trânsito, Hermano Fanhing, também trabalhou ao lado das equipes de campo. Hermano informou que a casa desocupada foi construída sobre a área onde passa a rede pluvial.

Equipes da Prefeitura de Ilhéus voltarão ao local na manhã desta quarta-feira (1º).

O vídeo abaixo mostra o momento em que servidores usaram uma escavadeira para desobstruir o caminho da água. Assista.

ENTENDA COMO MICROPLÁSTICO PRESENTE EM “QUASE TUDO” ESTÁ MATANDO OS OCEANOS

Partículas microscópicas liberadas por roupas sintéticas e pneus passam por sistemas de tratamento de água e vão parar no mar. Imagem: DW.

Partículas microscópicas liberadas por roupas sintéticas e pneus passam por sistemas de tratamento de água e vão parar no mar. Imagem: DW.

Do DW/UOL

De pneus a roupas e cosméticos, o microplástico se encontra praticamente em todos os objetos do dia a dia. E seu impacto sobre as águas do planeta é catastrófico: calcula-se que, dos 9,5 milhões de toneladas de matéria plástica que flutuam nos mares, até 30% sejam compostos por partículas minúsculas. Invisíveis a olho nu, elas constituem uma fonte de poluição mais grave do que se pensava, como mostra o mais recente relatório da International Union for Conservation of Nature (IUCN).

“Nossas atividades diárias, como lavar roupas e andar de carro, contribuem significativamente para a poluição que sufoca os nossos oceanos, tendo efeitos potencialmente desastrosos para a rica diversidade que vive neles e para a saúde humana”, afirma a diretora geral da IUCN, Inger Andersen.

Segundo o estudo da organização, cerca de dois terços do microplástico encontrado nos oceanos são originados dos pneus de automóveis e das microfibras liberadas na lavagem de roupa. Outras fontes poluidoras são a poeira urbana, marcações rodoviárias e os barcos.

Perigo invisível

As imagens de tartarugas presas em redes de pescar e pássaros com anéis de latas de cerveja em volta do pescoço há muito correm mundo. O problema do microplástico, contudo, é invisível, só tendo sido recentemente detectado como tal. Assim, ainda se sabe relativamente pouco sobre sua escala e verdadeiro impacto ambiental.

:: LEIA MAIS »

ILHÉUS: CASA DESMORONA CINCO MINUTOS APÓS SAÍDA DE IDOSOS

Antes de deixar a casa, casal ouviu estalos e ruídos na estrutura do imóvel.

Antes de deixar a casa, casal ouviu estalos e ruídos na estrutura do imóvel. Imagem: Defesa Civil.

Por volta das 21h20min dessa terça-feira (28), o coordenador da Defesa Civil em Ilhéus, Joandre Neres, foi ao bairro da Conquista para atender a última chamada de emergência da noite. Ao chegar no local do incidente, uma via próxima da rua 19 de Março, descobriu que um casal de idosos havia deixado a casa onde morava apenas cinco minutos antes do desmoronamento da residência.

Neres conversou hoje (28) por telefone com o Blog do Gusmão. Segundo ele, antes de sair, o casal ouviu estalos e ruídos na estrutura da casa. Esses são sinais típicos dos instantes que antecedem o desmoronamento de um imóvel. Percebê-los a tempo foi a salvação dos idosos.

O coordenador não teve a oportunidade de colher os nomes dos idosos. Já estavam na casa de outras pessoas quando ele chegou. Joandre Neres explicou que uma equipe do município vai procurar o casal para prestar a assistência necessária.

A Defesa Civil mantém equipes de plantão em Ilhéus. Em caso de emergência, os telefones para contato são: (73) 3234-3597 e 9 8895-8633.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia