WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

reserva sapetinga massi hospital sao jose


impacto cred

transporte ilegal
março 2017
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: 11/mar/2017 . 14:00

PROFESSORES PROTAGONISTAS, NÃO COVARDES PESSIMISTAS

Caio Pinheiro

Por Caio Pinheiro Oliveira

Aos Professores

Não adianta nos omitirmos nesse momento em que conquistas históricas da classe trabalhadora são ceifadas por frações da classe política comprometidas com o agigantamento dos ganhos patronais. Ter nojo dos políticos e da política, mas, optar por se omitir enquanto cidadão e cidadã não irá resolver nossos problemas enquanto categoria.

O Brasil é uma República Presidencialista, situação que nos faz reféns da classe política no que tange à resolução de nossos problemas dentro de uma normalidade institucional. Por isso, afora todas as críticas deferidas aos nossos sindicatos (aparelhamento partidário, omissão, peleguismo, centralismo, etc), nesse momento, nossas indagações devem ir além. A pressão da classe trabalhadora unida é o único caminho possível para reversão desse quadro de retrocessos no qual estamos diabolicamente mergulhados.

Não precisa ser um PhD em ciência política para reconhecer o ideologismo por trás desse processo de precarização das relações trabalhistas, ratificado diuturnamente pela grande imprensa. Os algozes da classe trabalhadora agem com muita organização e disciplina. Cada passo é meticulosamente pensado e apresentado como um pacote de bondades (PEC 55, Reforma da Previdência, Reforma do Ensino Médio, Reforma Trabalhista e outras maldades). O papel dos grandes veículos de comunicação na eliminação dos direitos da classe trabalhadora é algo irrefutável e condenável, a não ser que entre nós exista aquele (a) que esteja feliz com a possibilidade de ter que trabalhar até morrer, situação que legitimaria os argumentos do presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM), ou de algum economista midiático (Global) em favor dos 65 anos como idade mínima para se aposentar.

:: LEIA MAIS »

NAZAL E VIVALDO MENDONÇA EXPLICAM IMPORTÂNCIA DO CENTRO DE INOVAÇÃO DO CACAU

Imagem: Marcelo Silveira/Secom-Ilhéus.

Autoridades reunidas no lançamento do PCTSul. Imagem: Marcelo Silveira/Secom-Ilhéus.

A UESC sediou nessa sexta-feira (10) o lançamento do Parque Científico e Tecnológico do Sul da Bahia (PCTSul). A iniciativa é fruto de uma parceria entre a UESC, a UFSB, a CEPLAC, o IFBA e o IF Baiano, que formam o Comitê de Instituições Públicas de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia.

Também apresentado no evento, o primeiro projeto do PCTSul é o Centro de Inovação do Cacau (CIC). Ele fornecerá suporte técnico e científico para o desenvolvimento da cadeia produtiva que vai da cabruca à produção do chocolate.

Na manhã deste sábado (11), o Blog do Gusmão conversou com o vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável de Ilhéus, José Nazal (Rede Sustentabilidade), e o secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Vivaldo Mendonça. Eles participaram do lançamento do PCTSul.

José Nazal.

José Nazal.

Segundo Nazal, o centro vai facilitar o acesso dos produtores de cacau e dos fabricantes de chocolate aos procedimentos técnicos e científicos de certificação da qualidade dos seus produtos. Isso os beneficiará diante da concorrência e de “mercados consumidores cada vez mais exigentes”.

Ele deu o exemplo da certificação de origem, que atesta a procedência do produto para o consumidor final. “Esse selo de qualidade agrega valor e garante um diferencial no preço”.

De acordo com o vice-prefeito, o município “vai participar atendendo as demandas apresentadas ao longo do desenvolvimento do projeto”.

Vivaldo Mendonça.

Vivaldo Mendonça.

O secretário Vivaldo Mendonça explicou que o PCTSul “servirá de referência para a interiorização da estratégia” de integração institucional.  O objetivo do governo baiano é “criar uma rede de parques tecnológicos” no estado.

O sul da Bahia saiu na frente, explicou Vivaldo, porque “o ambiente institucional já estava criado”. A rodovia entre Ilhéus e Itabuna é “a estrada do conhecimento e da inovação, com o seu histórico de integração institucional”.

A “estrada do conhecimento” tem tudo para se transformar no caminho do desenvolvimento sustentável da região cacaueira. Além das instituições de pesquisa e ensino, o sul da Bahia conserva um dos mais importantes patrimônios naturais do mundo, formado pelos remanescentes da Mata Atlântica. A cabruca mantém papel central na conservação da floresta. Nas palavras de Vivaldo Mendonça, “interessa à humanidade que o cacau continue sendo cultivado sob a sombra” da mata.

De acordo com o secretário, a conservação da mata “é um ativo que pode ser economicamente mensurado e remunerado”. Esse aspecto econômico tem relação direta com a capacidade de obtenção de crédito para investimentos na cadeia produtiva do cacau. “Fala-se que o setor tem uma dívida de um bilhão e meio. O patrimônio que a gente conserva reúne alguns bilhões de reais, pois o mundo tem valorizado essa agenda”.

Vivaldo acredita que a criação de um fundo de aval é uma alternativa viável para resgatar as linhas de crédito para o segmento. O Centro do Cacau, por sua vez, vai garantir o apoio técnico necessário para a região cacaueira superar o modelo que ele considera extrativista e se aprimorar no cultivo propriamente dito. Exemplo disso é a inserção experimental dos sistemas agroflorestais em harmonia com a cabruca. Enquanto falava com o blog por telefone, o secretário visitava áreas da Ceplac onde pesquisadores já desenvolvem esse tipo de experimento.

ATENÇÃO: EVITE O BANHO DE MAR EM TRÊS PRAIAS DE ILHÉUS

A Concha está entre as praias nas quais o Inema não recomenda o banho de mar.

A Concha está entre as praias nas quais o Inema não recomenda o banho de mar.

A recomendação é do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema). As praias que devem ser evitadas são as da Concha (no Morro de Pernambuco), do Sul (em frente às barracas do quilômetro zero da BA-001) e do Opaba (na direção da pista do Aeroporto Jorge Amado).

O diagnóstico de balneabilidade é obtido por meio do recolhimento de amostras. O instituto divulgou os resultados dos últimos testes nessa sexta-feira (10). Todas as outras praias de Ilhéus têm condições normais para banho, no entanto, o banho de mar deve ser evitado em dias chuvosos.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia