WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

vog torres do sul


transporte ilegal
julho 2017
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: 13/jul/2017 . 16:20

TPI REAPRESENTA “OS FUZIS DA SENHORA CARRAR”

os fuzis da senhora carrar destNovo espetáculo do grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI), “Os fuzis da senhora Carrar” vai voltar à Tenda. A reapresentação esta marcada para as 20 horas desse sábado.

Adaptada da obra de Bertolt Brecht pelo dramaturgo Romualdo Lisboa, a peça conta a história de uma viúva que tenta proteger os filhos em meio à guerra civil espanhola.

A Tenda Teatro Popular de Ilhéus fica na Avenida Soares Lopes. Ingressos à venda no local.

MPF MEDIA ACORDO ENTRE PATAXÓS E ICMBIO NO PRADO

Pataxós durante ritual no Seminário Abril Indígena. Imagem: CIMI.

Pataxós durante ritual no Seminário Abril Indígena. Imagem: CIMI.

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Fundação Nacional do Índio (Funai) e lideranças da etnia Pataxó vão formar um Grupo de Trabalho Interinstitucional para conservação do Parque Nacional do Descobrimento, no município de Prado, no sul da Bahia. 

Sob a coordenação do ICMBio, o grupo foi criado pela Portaria Conjunta nº 1, publicada no dia 30 de junho. A missão dele é  implementar acordo firmado em abril deste ano entre as instituições, o Ministério Público Federal (MPF) e as lideranças indígenas da região.

Conforme a Procuradoria da República em Teixeira de Freitas, que propôs o acordo em parceria com a Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais (6CCR), esse é o primeiro passo para encerrar uma disputa territorial de quase dez anos entre o ICMBio e o povo Pataxó por cerca de 20% da área do Parque Nacional do Descobrimento, atualmente sobreposta à Terra Indígena Comexitibá. A terra é identificada pela Funai, mas os índios ainda esperam assinatura de carta declaratória pelo órgão.

Na prática, explica o MPF, o acordo pretende conciliar os objetivos de proteção integral do Parque Nacional do Descobrimento com a permanência da etnia pataxó no território, respeitando os direitos, modos de vida, ocupação e uso de recursos naturais do parque nacional pela comunidade. Para isso, o documento prevê a elaboração de uma carteira de projetos socioambientais pelo grupo de trabalho, com o intuito de aliar a recuperação de áreas degradadas e a conservação da biodiversidade com a geração de alternativas de renda e melhoria da qualidade de vida das comunidades pataxós.

:: LEIA MAIS »

À ESPERA DE UMA TORNOZELEIRA

Geddel Vieira Lima.

Geddel Vieira Lima.

A Justiça Federal em Brasília autorizou ontem (12) que o ex-ministro Geddel Vieira Lima deixe o presídio da Papuda para cumprir prisão domiciliar.

A decisão esbarra numa dificuldade: a falta tornozeleira eletrônica na unidade da Polícia Federal em Brasília.

O ex-ministro aguarda a compra do equipamento para exercer o direito de voltar para casa.

Corre lá!

A pendência pode lançar Geddel numa situação inusitada. Isso porque o Ministério Público Federal voltou a pedir o encarceramento do ex-ministro – veja aqui. Caso a Justiça Federal acate o novo pedido, Geddel corre o risco do possível mandado de prisão chegar à PF antes da tornozeleira.

SINEBAHIA ITABUNA OFERECE 9 VAGAS DE EMPREGO DE TODOS OS NÍVEIS

Confira abaixo as novas oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas ficarão disponíveis nessa sexta-feira (14).

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

ASSISTENTE DE VENDAS

Ensino Superior Completo

Experiência mínima de 6 meses com vendas

1 VAGA

CABELEIREIRO

Experiência mínima de 6 meses na função

1 VAGA

BARBEIRO

Experiência mínima de 6 meses na função

1 VAGA

:: LEIA MAIS »

DEFESA DE LULA TENTOU INTIMIDAR A JUSTIÇA, AFIRMA MORO

O juiz Sérgio Moro e o ex-presidente Lula.

O juiz Sérgio Moro e o ex-presidente Lula.

Na decisão de 260 páginas em que condenou ontem (12) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o juiz federal Sérgio Moro disse que a defesa de Lula agiu para intimidar a Justiça.

Moro cita como exemplo a queixa-crime que a defesa do ex-presidente apresentou contra ele. Na denúncia, os advogados afirmaram que o juiz cometeu abuso de autoridade quando determinou a condução coercitiva de Lula em março de 2016 e quebrou o sigilo telefônico da conversa entre o líder petista e a ex-presidente Dilma Rousseff. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região não acolheu a denúncia.

Por outro lado, o magistrado afirma que pode ter “errado” ao levantar o sigilo da gravação, já que essa medida caberia ao Supremo Tribunal Federal, pois envolvia a então presidente da República.

O juiz também menciona o processo movido pelo ex-presidente contra o procurador da República Deltan Dallagnol, que atua na força-tarefa da Operação Lava Jato. O caso remete ao episódio conhecido como “powerpoint”, em que o procurador disse que Lula seria o chefe do esquema de corrupção na Petrobras.

“São condutas inapropriadas e revelam tentativa de intimidação da Justiça, dos agentes da lei e até da imprensa, para que não cumpram o seu dever”, argumentou Moro.

O juiz condenou o ex-presidente a nove anos e seis meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro. Cabe recurso.

Moro decidiu não determinar a prisão imediata de Lula, considerando o recurso da defesa à segunda instância e o “trauma” social que a medida poderia causar. 

POLÍCIA CIVIL PRENDE PASTOR ACUSADO DE VENDER TERRENOS ILEGAIS

Pastor João. Imagem: Polícia Civil.

Pastor João. Imagem: Polícia Civil.

Na segunda-feira (11), em Feira de Santana, a 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) prendeu o pastor evangélico João Alves Filho, o Pastor João. A medida cumpriu mandado de prisão preventiva da 2ª Vara Crime de Feira de Santana.

A Polícia Civil acusa o líder religioso de vender terrenos de um loteamento ilegal no bairro Olhos d’Água, em Feira de Santana. As vendas teriam “lesado dezenas” de clientes da GHP Empreendimentos, empresa do pastor, que foi levado para o presídio da cidade.

SEBRAE PROMOVE OFICINA GRATUITA PARA EMPRESÁRIOS DA MODA

20120105_203107_sebrae_azul_pantone_300A unidade do Sebrae em Itabuna está com inscrições abertas para a Oficina de “Branding e Posicionamento de Mercado – Definições e Estratégias”. A iniciativa é voltada para os empresários do segmento de moda que atuam no varejo e na indústria.

O evento gratuito vai acontecer na próxima terça-feira, 18, das 18h às 22h, na sala de treinamento do Sebrae. As inscrições podem ser feitas no Ponto de Atendimento do Sebrae na cidade, localizado na Rua Paulino Vieira, 175, Edf. Lizete Mendonça, Centro, ou pelos telefones (73) 99981-1688 ou (73) 3613-9734.

De acordo com a técnica do Sebrae Karla Peixoto, o encontro tem o objetivo de orientar os donos de micro e pequenas empresas sobre conceitos e práticas de branding e posicionamento de mercado. “Serão realizadas exposições teóricas e exercícios de estudos de casos para o setor da moda, indústria e varejo”, explica.

Aldir Parisi, consultor de moda do Sebrae, vai conduzir as atividades. “Será uma oportunidade para conhecer estratégias de revigorar uma marca, e entender como se deve trabalhar para que ela seja mais conhecida e que traga os resultados para a empresa”, completa Karla.

ITABUNA TEM NOVA LISTA DE BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA

bolsa_familia_02Nessa quarta-feira (12), a Secretaria de Assistência Social de Itabuna divulgou a lista com os nomes dos novos 1036 beneficiários do Bolsa Família, programa do governo federal. Eles passarão a receber o benefício a partir do dia 18 de julho.

Acesse a lista.

Para sacar o benefício é preciso que o favorecido possua o Cartão Cidadão. Quem não possui o cartão ou tem alguma dúvida deve dirigir-se ao atendimento do Bolsa Família na sede da Secretaria de Assistência Social, no Jardim Vitória, ou em uma das três unidades do CRAS nos bairros Jardim Grapiúna, Nova Ferradas e Urbis IV.

Caso o cidadão já tenha recebido o cartão Bolsa Família em sua residência, deve seguir as orientações apresentadas na correspondência.

PREFEITURA DE ILHÉUS DEVE EXONERAR COMISSIONADOS, RECOMENDA MPE

prefeitura de ilheus nova sedeNa última terça (11), a promotora de Justiça Alícia Botelho Passeggi, do Ministério Público do Estado da Bahia (MPE-BA), recomendou a exoneração dos profissionais que ocupam cargos comissionados criados pela Lei Municipal 3.863/2017.

De acordo com a promotoria, a última reforma administrativa da Prefeitura de Ilhéus aumentou o número de cargos comissionados de 184 para 257. O prefeito Mário Alexandre (PSD) tem prazo de dez dias para se manifestar.

Ainda conforme a promotora, a lei da reforma é inconstitucional, porque não define as “atribuições” dos cargos criados. Isso “impossibilita a análise da natureza jurídica destes, a fim de caracterizá-los se verdadeiramente com atribuições de direção, chefia e assessoramento”. A recomendação cita como exemplo as funções de “chefe de seção de apoio parlamentar” e de “administrador de ginásio de esportes”.

Na proposta da reforma administrativa, argumenta o Ministério Público, o estudo de impacto orçamentário do governo não especifica de onde sairão os recursos do orçamento.

O argumento da promotoria também menciona a situação dos aprovados no concurso público realizado em 2016. Segundo o MPE, o governo não tem previsão para convocá-los “sob a alegação de falta de recursos orçamentários”.

Tentamos, mas, ainda não obtivemos resposta do governo sobre a recomendação. Este espaço está aberto caso a prefeitura queira se manifestar.

PT DIZ QUE CONDENAÇÃO DE LULA ATACA A “DEMOCRACIA”

Ex-presidente Lula. Imagem: Instituto Lula.

Ex-presidente Lula. Imagem: Instituto Lula.

Ontem (12), após a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Partido dos Trabalhadores emitiu uma nota oficial em defesa do seu presidente de honra.

De acordo com o PT, a decisão do juiz federal Sérgio Moro se baseou “exclusivamente em delações premiadas negociadas ao longo de meses com criminosos confessos”.

Ainda segundo a nota, a sentença não apresentou “provas que justifiquem a condenação nos termos expressos pelas leis brasileiras”. Leia a íntegra.

Nota oficial

A condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva representa um ataque à democracia e à Constituição Federal. Embora seja uma decisão de primeira instância, trata-se de medida equivocada, arbitrária e absolutamente ilegal, conduzida por um juiz parcial, que presta contas aos meios de comunicação e àqueles que não aceitam a trajetória de sucesso de Lula na presidência.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia