WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Quarta-Feira, 13 de Dezembro de 2017
cenoe faculdade madre thais

ERRO DO IBGE PODE DESESTIMULAR INVESTIDORES, AFIRMA NAZAL

Vice-prefeito José Nazal. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Vice-prefeito José Nazal. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

O vice-prefeito José Nazal (REDE) divulgou hoje (31) uma nota pública sobre as projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a respeito da população de Ilhéus.

Antes de disso, numa conversa por telefone, ele explicou o seu questionamento ao Blog do Gusmão – lembre aqui.

Na nota, Nazal deu mais detalhes do seu argumento, como a expansão da “mancha urbana” do município.

Segundo ele, a contagem superestimada do Censo de 2000, quando Ilhéus figurou com 222.127 habitantes, ainda induz os indicadores do IBGE a erro. Como o Censo de 2010 contou 37.891 moradores a menos do que o seu antecessor, as projeções atuais tendem a estimar a continuidade da queda populacional. E será assim até que uma nova contagem acurada seja feita, em 2020.

Se por um lado os novos números “não representam nenhum tipo de prejuízo financeiro direto”, por outro, escreveu Nazal, “podem gerar consequências danosas nas avaliações sobre o nosso município, conquanto a prováveis investimentos pelos quais nos empenhamos diuturnamente, mas cujo decréscimo populacional pode vir a representar um dado desestimulante”. Leia a íntegra.

Nota Pública

Os números projetados e divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), instituição nacional responsável pela guarda, controle e contagem da população brasileira, mais uma vez mostraram o crescimento populacional negativo no município de Ilhéus.

Chama a atenção da opinião pública, especialmente dos ilheenses, a significativa diminuição populacional ocorrida no município entre as contagens do Censo de 2000 e o de 2010.

Há sete anos, representando Ilhéus na Comissão de Geografia e Estatística, fui informado pelo coordenador que a projeção que estava sendo feita, com base nos dados levantados até aquele momento, daria ao município algo em torno de 185 mil habitantes, o que se comprovou com o registro oficial de 184.236 habitantes.

A perplexidade ocorreu ao compararmos aqueles números com os do Censo de 2000, que identificou uma população de 222.127, ou seja, 37.891 habitantes a menos, num período de 10 anos.

(mais…)

TJ-BA PROÍBE JAMIL DE IR À CÂMARA E À PREFEITURA

Jamil Ocké. Imagem de abril de 2016/Chico Andrade.

Jamil Ocké durante sessão legislativa em abril de 2016. Imagem: Chico Andrade.

Antes de deixar a prisão nessa quarta-feira (30), o ex-vereador Jamil Ocké, do Partido Progressista (PP), assinou um termo de compromisso. Expedido pela Segunda Turma da Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA), o documento atesta a ciência do pepista sobre as condições a que a sua saída do presídio Ariston Cardoso foi submetida.

O tribunal impôs várias restrições a Jamil, como a proibição do seu acesso à prefeitura e à Câmara de Vereadores de Ilhéus. Além disso, para sair do município, deverá pedir autorização à Justiça.

O ex-vereador também é obrigado a ficar em casa à noite, no intervalo entre as 22 e 6 horas. O mesmo vale para os dias de folga, o que inclui os sábados (a partir das 14 horas), domingos e feriados.

Acompanhado por toda a Segunda Turma, o voto do desembargador Abelardo Paulo da Matta Neto, relator do processo na corte, considerou que a manutenção do encarceramento tornou-se uma medida “desproporcional”, especialmente após a extinção do mandato de Jamil Ocké. Ou seja, a prisão deve ser um recurso extraordinário, não uma regra do processo penal. Esse entendimento respeita o princípio da presunção de inocência.

O magistrado também enfatizou o fato de Jamil não ter antecedentes criminais. Contudo, alertou que “a quebra de qualquer das condições alhures detalhadas [citadas acima] autorizará a revogação da medida supracitada [do habeas corpus] e a consequente decretação da prisão preventiva”.

Por fim, é importante lembrar que Jamil é apenas réu. Não foi alvo de condenação. A Justiça poderá inocentá-lo ao final do processo.

PREFEITURA FAZ PARCERIA PARA REVITALIZAR RIOS DE ITABUNA

Projeto para revitalização de rios. Imagem: Pedro Augusto.

Rio Cachoeira. Imagem: Pedro Augusto/SECOM-ITABUNA.

O prefeito Fernando Gomes fechou parceria institucional de apoio ao Programa de Humanização do Rio Cachoeira. O projeto é coordenado por Maria Luzia Mello e foi apresentado pelo Centro das Águas – Espaço Cidadão, iniciativa que reúne instituições do sul da Bahia. O seu primeiro objetivo é revitalizar o rio Água Branca, também em Itabuna.

O prefeito pensa numa ação em conjunto para trabalhar na revitalização do próprio rio Cachoeira. Segundo ele, técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e da Emasa discutem um projeto para eliminar o despejo de esgoto no Cachoeira.

A parceria entre a Prefeitura de Itabuna e o Centro das Águas envolve as seguintes instituições: Amurc, Rotary, Lions, Maçonaria, TV Santa Cruz, Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e entidades da sociedade civil organizada.

NAZAL APONTA ERRO NOS CENSOS DA POPULAÇÃO DE ILHÉUS

Vice-prefeito José Nazal. Imagem: O Taboleiro.

Vice-prefeito José Nazal. Imagem: O Taboleiro.

Hoje (31), em conversa com o Blog do Gusmão, o vice-prefeito José Nazal (REDE) comentou sobre o índice anunciado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que indicou uma nova queda populacional em Ilhéus.

Segundo os dados do IBGE, em 2010 a população do município era de 184.236 habitantes, já a estimava deste ano é de 176.341.

De acordo com o vice-prefeito, o instituto cometeu um erro em 2000, quando indicou uma população de 222.127 habitantes, maior do que o município realmente tinha. Isso afetaria os dados atuais. “Quando veio o censo em 2010, com valores exatos e quantitativos, a projeção foi negativa em 37 pontos percentuais. Essa é a projeção que o IBGE usa para fazer a estimativa ano a ano, então Ilhéus está perdendo uma coisa que nunca teve”.

Nazal cogitou a possibilidade de buscar uma intervenção da justiça para averiguar a metodologia do censo. No entanto, a demanda poderia se estender por anos em um processo judicial. O resultado da ação dificilmente sairia antes de 2020, para quando está previsto o próximo censo do IBGE. “Se a contagem tivesse sido feita em 2016, como estava previsto, isto teria sido sanado, a gente saberia da realidade atual”.

JAMIL OCKÉ QUER REASSUMIR O MANDATO DE VEREADOR

Saída de Jamil do presidio. Imagem: O tabuleiro.

Saída de Jamil do presídio. Imagem: O Tabuleiro.

A informação é de uma fonte do radialista Vila Nova, apresentador do programa O Tabuleiro na Conquista FM. A pessoa com quem Vila Nova conversou preferiu ter a sua identidade mantida em sigilo. O ex-vereador Jamil Ocké (PP), um dos oito réus na Operação Citrus, está disposto a reassumir o seu cargo na Câmara de Vereadores de Ilhéus.

Segundo advogados ouvidos pelo Agravo, a cassação do mandato de Jamil Ocké pode ter influenciado na decisão do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) para a concessão do alvará de soltura do ex-vereador. Isto porque, afastado do poder legislativo, ele perderia significativamente o seu poder de influência política no município.

Cabe lembrar que Jamil não foi alvo de condenação. Ao final do processo, a Justiça poderá absolvê-lo.

CONCURSO DA EMBASA DIVULGA RESULTADO DAS PROVAS DISCURSIVAS

Concurso abre 600 vagas.

Consulte o resultado no link abaixo. Imagem: Correio.

A Embasa (Empresa Baiana de Águas e Saneamento) divulgou nessa terça-feira (29) o resultado preliminar das provas discursivas do seu concurso público. A data da divulgação do resultado final não está definida.

O certame vai preencher 600 vagas para onze funções dos níveis médio, técnico e superior. As oportunidades são para 64 municípios de várias regiões da Bahia.

O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), organizador do concurso, disponibiliza o resultado neste link. Para a verificação individual da própria nota, o candidato deve informar o CPF e o número de inscrição do certame.