WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017
cenoe faculdade madre thais

TURISMO RURAL CRESCE EM ILHÉUS

Estação Rio do Braço. Imagem: Maurício Maron.

Estação Rio do Braço. Imagens: Maurício Maron.

Ilhéus é a terra que mais produz cacau no Brasil, seja nas próprias fazendas ou em unidades industriais. A infraestrutura das propriedades agrícolas é um dos aspectos desperta o interesse no turismo rural. Como um dos resultados, a Bahia foi o único destino brasileiro lançado no renomado Guia de Viagens Lonely Planet para 2018.

O secretário municipal de Turismo e Esportes, Roberto Lobão, enfatiza o segmento rural e destaca a produção do chocolate na região. “Participamos, mais uma vez, do Salão de Chocolate de Paris, e o prefeito Mário Alexandre, inclusive, esteve lá e viu de perto a movimentação em torno do nosso chocolate. Além disso, temos o projeto da primeira estrada temática do estado da Bahia, que é um programa elaborado pelo Governo do Estado, cujo termo de referência está em fase de conclusão”, acrescenta.

Fazenda Yrerê.

Fazenda Yrerê.

Roberto Lobão adiantou que a diretoria de Regionalização do Turismo do Governo da Bahia, em parceria com o município, vai fazer um trabalho de qualificação e conscientização desses empreendimentos rurais para que eles possam ofertar uma experiência de qualidade para os turistas que os visitam.

O secretário ainda falou que logo o guia estará disponível e destacou como essa iniciativa poderá fortalecer o turismo em Ilhéus. “Um fluxo de visitantes que busquem não apenas os atrativos da praia e do sol, mas também dos destinos rurais, de aventura, já que nós temos potencialidade para todos esses segmentos”, completou.

Vale acrescentar que escolas como o Instituto Nossa Senhora da Piedade já incluíram as riquezas culturais da zona rural de Ilhéus nas rotas de atividades extra-classe.

“ABRAÇO NEGRO” TEM VENDA DE CARURU NO PROJETO FÉ E ALEGRIA

Projeto ajuda pessoas carentes.

Projeto ajuda pessoas carentes.

Nesse sábado (11), às 12h, acontece o “Abraço Negro: Caruru Beneficente”, na sede do Fé e Alegria, no bairro Nossa Senhora da Vitória, zona sul de Ilhéus. O evento tem o objetivo de comemorar o mês da consciência negra e de arrecadar fundos para o projeto social, que atende 240 crianças e jovens.

O “Abraço Negro” terá venda de quitutes, como acarajé, abará e cocadas, além do prato de caruru por R$ 10,00. A iniciativa ainda vai contar com apresentações artísticas do Grupo de Dança Fé e Alegria, das Mulheres em Domínio Público, de Eloah Monteiro, de Claudio Vieira e do Grupo de Capoeira Negra Raiz.

Fundado em 1981, o Projeto Fé e Alegria é um movimento de Educação Popular Integral e Promoção Social, cujo objetivo é ajudar a população carente de atividades socioeducativas, sobretudo as crianças e os jovens.

BLITZ PROVOCA FILA DE 5 QUILÔMETROS NA ILHÉUS-ITABUNA

Imagem de blitz realizada no mesmo local em agosto de 2017, do blog Só em Ilhéus.

Imagem de blitz realizada no mesmo local em agosto de 2017. Fonte: Blog Só em Ilhéus.

Ontem (9), uma blitz policial realizada na entrada de Ilhéus provocou um longo congestionamento. Por volta das 18h30min, a fila de carros se estendia por mais de cinco quilômetros, da rodoviária até o Banco da Vitória.

Nesse horário, devido à lentidão do trânsito, os motoristas que seguiam para o Centro de Ilhéus levaram mais de duas horas no trajeto entre o Banco da Vitória e o semáforo da entrada da avenida Princesa Isabel.

Ontem à noite e na manhã desta sexta-feira (10), três pessoas procuraram o Blog do Gusmão para criticar o horário da blitz. Uma delas disse que a situação lhe revoltou. “No horário de pico, no fim da tarde. Quem não deve nada fica parado no trânsito depois de um dia inteiro de trabalho. Revoltante”, escreveu ao blog, via WhatsApp.

ENFERMEIROS PROTESTAM NO CENTRO DE ILHÉUS

Imagem: Blog Agravo.

Imagem: Blog Agravo.

Enfermeiros e estudantes da área marcham em protesto no Centro de Ilhéus. O ato dessa sexta-feira (10) é resultado da mobilização da categoria na busca de direitos, como a equiparação do salário na região ao piso salarial nacional, o limite de 30 horas para a jornada semanal e melhorias nas condições de trabalho. A manifestação também se posiciona em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS).

Com imagem e informações do Blog Agravo.

JOSÉ FERNANDES DE ARAÚJO, UM GRANDE HOMEM PÚBLICO DO PONTAL

José Fernandes (camisa listrada), em 1988, ao lado dos colegas vereadores Hamilton Andrade e Ana Margarida. Imagem do acervo do Blog Catucadas, de José Nazal.

José Fernandes (camisa listrada), em 1988, ao lado dos colegas vereadores Hamilton Andrade e Ana Margarida. Imagem do acervo do Blog Catucadas, de José Nazal.

Por José Henrique Abobreira.

José Henrique AbobreiraTia Alice – assim a chamávamos -, proprietária de uma pequena venda instalada na antiga rua do Mata Calado, nos contava que tinha vindo dos lados da cidade de Alagoinhas. Ainda no início da década de 1960, trabalhava com a família como pequena agricultora na zona rural daquela cidade situada no nordeste da Bahia. Fugira das dificuldades da vida no campo, o trabalho na enxada de sol a sol, plantando alimentos de subsistência e lutando contra a inclemência climática. Viera tentar a sorte em Ilhéus, cidade maior e de economia pujante, repleta de oportunidades para quem se dispusesse a trabalhar e levar uma vida mais tranquila. A fama do cacau e das suas riquezas chegara até os rincões onde dona Alice mourejava a terra inóspita. Trouxe consigo o sobrinho Zé Fernandes, ainda moço, que a ajudou a fundar o pequeno estabelecimento comercial, e a auxiliava no balcão da venda, tipo de comércio bem comum no bairro do Pontal naquela época.  Na sua vizinhança, mourejavam naquele ramo os vendeiros Antonio Faislon e seu irmão Amaro, Milton Farias, Pedro Dobre, dona Cassi e seo Pereira.

Ali começou o nosso conhecimento familiar. Morávamos naquela mesma rua, comprávamos na venda de dona Alice. Zé logo formou uma amizade sólida com o meu pai, Eronildes Abobreira.

Zé Fernandes, moço ativo, inteligente, jeitoso e muito educado no relacionamento com as pessoas, tinha uma visão arrojada e futurista. Logo percebeu que, para avançar na cidade grande, precisaria, primeiro, de um trabalho regular, além de estudar com afinco e ser guindado ao lugar merecido na escala social, trabalhador esforçado que era.

Antenado, fez um curso para atuar no comércio. Fez também boas amizades, com um grande círculo de amigos. Não demorou a conquistar um emprego na Telesul, primeira companhia telefônica da região. Convidado pelo senhor Elias Mattos, chefe da companhia, logo se destacou na excelência no atendimento e arrojo no trabalho.

(mais…)

UESC SEDIA ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA E EXTENSÃO

VI Encontro Nacional de Pesquisa e Extensão (ENPEX). Imagem: Jonildo Glória.

VI Encontro Nacional de Pesquisa e Extensão (ENPEX). Imagem: Jonildo Glória.

No dia 15 de dezembro, a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) vai sediar o VI Encontro Nacional de Pesquisa e Extensão (ENPEX). Promovido pelo Departamento de Ciências Jurídicas (DCJUR) da universidade, o encontro ocorrerá  no Auditório Jorge Amado e no Pavilhão do Juizado Modelo.

O objetivo do encontro é congregar os resultados de pesquisa e extensão aplicados ao contexto de direitos humanos e fundamentais a partir dos estudos acadêmicos de investigação científica e experiências extensionistas.

As inscrições de trabalho ou de ouvintes podem ser realizadas até o dia 19 de novembro no formulário no site do evento.

O encontro vai ser realizado pelos Grupos de Pesquisa: Direitos Humanos e Fundamentais; Jurisdição Constitucional, Hermenêutica e Democracia; e Vivências Interdisciplinares em Direito Ambiental, o ENPEX é uma ação do Programa Extensionista em Direitos Humanos e Fundamentais (PEX-DCJUR), e tem como público-alvo estudantes, profissionais do Direito e áreas afins.

CENOE PARTICIPA DE MUTIRÃO DE SAÚDE EM ILHÉUS

Dr. Antônio Nogueira.

Dr. Antônio Nogueira.

Hoje (10), a CENOE participa do 1º Mutirão de Saúde e Cidadania da Faculdade de Ilhéus. O evento ocorre nas dependências da Instituição, situada na zona Sul.

O objetivo do mutirão é oferecer gratuitamente para a comunidade serviços de odontologia, psicologia, nutrição, enfermagem, oftalmologia e orientações jurídicas.

O CENOE Hospital de Olhos disponibiliza exames de acuidade visual, cujo objetivo é avaliar a capacidade do paciente de discernir detalhes e formas dos objetos que vê.

O oftalmologista do Hospital de Olhos, Antônio Nogueira, explicou a importância da iniciativa. “A ação é de suma importância, por proporcionar a inclusão social. A Faculdade de Ilhéus está de parabéns pela iniciativa e o CENOE tem um enorme prazer em participar de iniciativas como essas”, concluiu.

ESCOLA DO SESI OFERECE 30 BOLSAS DO ENSINO MÉDIO EM ILHÉUS

Inscreva-se no link abaixo.

Inscreva-se no link abaixo.

O Serviço Social da Indústria (SESI Bahia) está com inscrições abertas para 410 bolsas de estudos gratuitas para o ensino médio na capital e interior.

A Escola SESI Adonias Filho, localizada na rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415), oferece 30 bolsas. Para concorrer a uma delas, os interessados devem ser concluintes do 9º ano do ensino fundamental, ter 16 anos completos até 31 de março de 2018 e renda familiar de até dois salários mínimos.

As inscrições para bolsas de estudos devem ser feitas unicamente no site da Escola SESI Bahia, até o dia 19 de novembro. O candidato deverá se submeter a uma prova escrita, que está marcada para o dia 3 de dezembro, composta de 45 questões objetivas e redação, de caráter eliminatório e classificatório.

As bolsas de estudos são para ingresso no 1º ano do ensino médio em 2018. A matrícula dos alunos que concorrem a uma bolsa integral começará no dia 13 de dezembro, após a publicação do resultado final da seleção. Já para quem não tem perfil socioeconômico para concorrer a uma bolsa poderá matricular-se diretamente nas escolas da Rede SESI.

GOVERNO DA BAHIA ABRE CONCURSO PÚBLICO COM 3.096 VAGAS PARA PROFESSORES

Concurso para quase 4 mil profissionais da Educação.

Concurso para quase 4 mil profissionais da Educação.

Hoje (10), o Diário Oficial do Estado da Bahia publicou o edital do concurso público que visa preencher 3.096 vagas para professor e 664 vagas para coordenador pedagógico. Ambas as profissões têm jornadas de trabalho de 40 horas e remuneração inicial de R$ 2.145,36, além das gratificações.

As inscrições poderão ser realizadas entre os dias 14 de novembro e 12 de dezembro no site da Fundação Chagas, organizadora do certame. A taxa é R$ 100,00.

O concurso vai consistir em provas objetivas, discursivas e prova de títulos para os candidatos habilitados na prova discursiva. Os locais e horários estarão no cartão da inscrição.

Para mais informações, acesse o edital.