Famílias perdem o beneficio federal do Bolsa Família.

Nessa quinta-feira (4), o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) bloqueou mais de 220 mil beneficiários do Bolsa Família, na Bahia. O estado é o segundo em número de cancelamentos e de bloqueios no programa.

Em Ilhéus, o governo federal apontou 18.112 beneficiários do programa, dos quais, cancelou 667 cadastros e bloqueou outros 1.706.

Conforme o relatório da Controladoria-Geral da União (CGU) e do Ministério da Transparência, o estado teve 170 mil cadastros cancelados e 55 mil foram bloqueadas. Em todo o país, o governo federal encontrou 2,5 milhões de famílias com inconsistências cadastrais.

De acordo com as regras do MDS, para receber o benefício, as famílias podem ter uma renda mensal familiar de até R$ 170. As famílias que ganham entre R$ 170 e R$ 440 tiveram o benefício bloqueado. Já as que ganham acima de R$ 440 tiveram o benefício cancelado.

Para encontrar as possíveis fraudes, os órgãos utilizaram as informações do Cadastro Único declaradas pelos beneficiários para cruzar os dados de gastos e a renda familiar. Foram verificados, entre outros pontos, vínculos empregatícios, aposentadorias e a situação de pensionistas.

Com informações do G1.