Segundo a Prefeitura de Ilhéus, a Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) aumentou os esforços preventivos contra a reprodução do Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças, como: dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus.

Conforme o coordenador da equipe de campo da secretaria, Roberto Reis, é necessário que a população participe do combate ao mosquito. “É sempre importante lembrar que caixas d’água, cisternas, lajes e calhas entupidas, pneus velhos e outros objetos expostos ao tempo podem permitir o acúmulo de água que atraem o mosquito”, explicou.

De acordo com o gestor, o trabalho é mais efetivo quando a população se conscientiza e permite o acesso dos agentes nas residências fechadas, que são cerca de 25% das moradias. Além das ações permanentes, a cada quinze dias, uma equipe da SESAU faz inspeções em hospitais, cemitérios, oficinas mecânicas, ferros-velhos, borracharias e no porto e aeroporto.

Reis destaca ainda que a população pode denunciar possíveis locais de proliferação do mosquito. Basta informar à Secretaria de Saúde de Ilhéus o endereço residencial ou comercial, por meio do número (73) 3234-3716.