Faixas exibem mensagens contra a construção do novo fórum.

Cidadãos e entidades como o Instituto Nossa Ilhéus querem evitar a construção do fórum judicial e da unidade do Ministério Público do Estado da Bahia numa área do bairro Jardim Atlântico, na zona sul de Ilhéus. O grupo criou uma petição online para coletar assinaturas contra a obra – veja aqui.

Segundo o texto da petição, os “gestores do município de Ilhéus pretendem doar” o terreno à justiça estadual, no entanto, “a prefeitura não procedeu a nenhum tipo de consulta aos moradores da região sobre [a] proposta de mudar a finalidade da área”.

Ainda de acordo com o texto, o espaço é a única área de convivência do bairro. O documento também informa a derrubada de árvores do local e atribui a responsabilidade à prefeitura.

Na tarde desta quinta-feira (8), o Blog do Gusmão tentou conversar sobre o assunto com o vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal (REDE). Ele nos atendeu via WhatsApp, mas, explicou que não poderia falar naquele momento, pois estava ocupado, numa reunião. Este espaço está aberto caso o governo municipal queira prestar esclarecimentos.