WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Sábado, 22 de Setembro de 2018
casa facil prefeitura urucuca prefeitura ubaitaba
cenoe faculdade madre thais

NAZAL RECEBE PEDIDOS PARA EXONERAR TRÊS SECRETÁRIOS DE MARÃO

Nas redes sociais, muitos pedidos exigem que Nazal exonere Bento, Alisson e Elizângela.

 

O prefeito em exercício de Ilhéus, José Nazal (Rede), tem recebido vários pedidos para exonerar secretários da gestão Mário Alexandre.

As súplicas tem como alvo Bento Lima (administração), Alisson Mendonça (governo e seplandes) e Elizângela Oliveira (saúde) campeões de críticas.

Nazal tem resistido, pois o ato, na visão dele, só teria efetividade a curtíssimo prazo. Tão logo reassuma suas funções no dia 06 de julho, Mario Alexandre renomearia os três, uma vez que gozam de sua confiança.

Apesar do curto efeito, a medida tem tudo para agradar a maioria. Nas redes sociais acumulam-se queixas e críticas duras ao governo. Se os três forem exonerados, e dias depois retornarem às funções, ficará a impressão de que Mario Alexandre insiste nos erros.

A ideia gira no campo das especulações, pois o estilo de Nazal não é de grandes enfrentamentos. Em carta divulgada na última quinta-feira, 28, o prefeito em exercício externou a vontade, mas disse que não vai exonerar secretários.

O Blog do Gusmão não esquece: quando assumiu a Prefeitura de Ilhéus por alguns dias em setembro de 2011, o então vice-prefeito Mario Alexandre exonerou os secretários Jorge Bahia, Carlos Freitas e Marcelo Barreto, homens de confiança do então prefeito Newton Lima. O fato também pode ser relembrado neste link.

PREFEITURA DE ILHÉUS PRORROGA VALIDADE DO CONCURSO PÚBLICO DE 2016

Imagem: Secom-Ilhéus.

Conforme o decreto municipal 079, publicado no diário oficial eletrônico, o concurso público para provimento de cargos efetivos na Prefeitura de Ilhéus, correspondente ao Edital nº 001\2016 – homologado em 1º de julho do mesmo ano, teve sua validade prorrogada por mais seis meses. O ato foi assinado pelo prefeito Mário Alexandre e pelo secretário de Administração, Bento Lima Neto, no última quarta-feira, 27 de junho.

Com a prorrogação do Plano de Desligamento Voluntário (PDV), cujo prazo de adesão foi estendido para o dia 30 de setembro de 2018, o governo atual decidiu tomar essa decisão.

A gestão alega a necessidade de concluir os trabalhos e estudos administrativos quanto às lotações e demandas de pessoal da Prefeitura Municipal de Ilhéus por seus diversos órgãos, “mormente após a conclusão do Programa de Desligamento Voluntário.”

O decreto orienta os secretários municipais a adotarem providências para lotar os servidores em seus respectivos órgãos por meio de portarias divulgadas no Diário Oficial do Município, e informar à secretaria de administração, por meio da gerência de recursos humanos.

O governo afirma que após o trabalho de lotação, a secretaria de administração deverá formar comissão para apresentar estudo sobre a necessidade de novos servidores nas secretarias, a fim de definir quanto a eventual realização de concurso público. O decreto entrou em vigor no dia 29 de junho.

Com informações da SECOM-Ilhéus.

TVE EXIBE DOCUMENTÁRIO “AS HISTÓRIAS DE WALDIR PIRES”

A TVE exibe na próxima segunda-feira, 02, às 21h45min, um documentário sobre o ex-governador da Bahia, Waldir Pires, que faleceu aos 91 anos no último dia 22, em Salvador. O filme “As histórias de Waldir Pires”, dirigido por Clauder Diniz e produzido por João Gollo conta a história de um dos políticos mais influentes da Bahia e que ocupou diversos cargos públicos. 

Um dos poucos personagens da história política que testemunharam os principais fatos do século XX no Brasil, Waldir Pires foi deputado federal durante o governo Juscelino Kubitschek, consultor-geral no governo de João Goulart, exilado político, ministro da Previdência de Tancredo Neves e, a partir do ano 2000, foi novamente deputado federal e ministro de Lula nas áreas de Defesa e da Controladoria-Geral da União. O político foi um dos últimos funcionários do alto escalão do governo a deixar o Palácio do Planalto no golpe militar de 1964.

O documentário conta detalhes da deposição do presidente Jango e a luta pela reconquista dos direitos políticos em plena vigência do AI-5, o período mais violento da ditadura militar. O político baiano foi também o principal adversário de um dos mais fortes representantes da política do Nordeste, Antônio Carlos Magalhães, a quem derrotou na disputa pelo governo baiano em 1986.

“As histórias de Waldir Pires” terá reapresentação no domingo (08), às 18h, e poderá ser acompanhado também pelo Portal (www.tve.ba.gov.br/tveonline).

Com informações ASCOM-IRDEB/TVE.

PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL ABRE INSCRIÇÕES NO DIA 7 DE AGOSTO PARA ALUNOS DA UESC

Imagem: Secom-BA.

A Secretaria da Educação publicou neste sábado (30), o edital que abre inscrições para uma etapa do Mais Futuro, programa estadual de assistência estudantil. A iniciativa oferece auxílio financeiro para os estudantes das universidades Estaduais de Feira de Santana (UEFS), de Santa Cruz (UESC), do Sudoeste da Bahia (UESB) e da Universidade do Estado da Bahia, (UNEB), que estejam em condições de vulnerabilidade socioeconômica, inscritos no CadÚnico, além de oportunidades de estágio no setor público.

As inscrições podem ser realizadas por alunos novos ainda não contemplados nas etapas anteriores, através do site maisfuturo.educacao.ba.gov.br.

Cronograma: estudantes da UESB e UNEB podem se inscrever de 3 a 13 de julho, e estudantes da UEFS e UESC podem se inscrever de 7 a 17 de agosto.

Segundo o secretário da Educação, Walter Pinheiro, o programa contribui para a permanência nas universidades dos estudantes que mais precisam de apoio.

Os interessados em participar desta etapa devem estar atentos para ter o registro atualizado no cadastro centralizado de programas sociais do Governo Federal (CadÚnico). Para fazer essa atualização é preciso ir até o setor responsável pelo CadÚnico ou pelo Bolsa Família na cidade em que mora. Caso não saiba onde fica o local de cadastramento, o interessado pode buscar essa orientação no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua casa. Em muitas localidades, o próprio CRAS realiza o cadastramento das famílias. Candidatos ao programa Mais Futuro também não devem possuir vínculo empregatício e não ter concluído qualquer outro curso de nível superior. O incentivo garante a permanência desses estudantes nas salas de aula e a conclusão dos cursos de graduação.

O valor da bolsa é de R$ 300 para quem estuda a até cem quilômetros de onde mora, ou de R$ 600 para os que vivem a uma distância maior, pois para estes há a necessidade de moradia temporária na cidade onde estuda. Estando dentro do perfil do programa, o estudante poderá receber o auxílio até completar dois terços do curso. No terço final da graduação, os beneficiários terão a opção e prioridade para ingressar em vagas de estágio de nível superior ofertadas por órgãos e secretarias do Governo do Estado.

Até o fim de 2018, cerca de R$ 50 milhões serão investidos pelo governo de estado no programa. O pagamento das bolsas é feito diretamente ao próprio estudante, através de cartão, em conta bancária criada exclusivamente com essa finalidade.

UMA FÁBULA SOBRE OS IPÊS

Ipês: cores belas e naturais no inverno.

Fábula que circula nas redes sociais sobre o surgimento e a beleza do Ipês.

Quando Deus estava preparando o mundo, se reuniu em uma tarde com todas as árvores. Ele pediu para que cada árvore escolhesse que época gostaria de florecer e embelezar a terra. Foi aquela alegria.

Outono, verão, Primavera, diziam!!!

Porém Deus observou que nem uma escolhia a estação do inverno. Então Deus parou a reunião e perguntou:

Por que ninguém escolhe a época do inverno?
Cada um tinha sua razão. Muito seco! muito frio! Muitas queimadas!

Então Deus pediu um favor. Eu preciso de pelo menos uma árvore que embeleze o inverno, que seja corajosa, para enfrentar o frio, a seca e as queimadas e no frio possa embelezar o mundo.

Todas ficaram em silêncio.

Foi então que uma árvore quietinha lá no fundo, balançou as folhas e disse: Eu vou!…
E Deus com um sorriso perguntou:
Qual seu nome minha filha?
Me chamo Ipê, senhor!

As outras árvores ficaram espantadas com a coragem do Ipê em querer florescer no inverno.

Então Deus respondeu:
Por atender meu pedido farei com que você floresça no inverno não só com uma cor.
Para que também no inverno o mundo seja colorido.
Como agradecimento, terás diferentes cores e texturas, sua linhagem será enorme.
E assim, Deus fez uma das mais lindas árvores que dá cor ao inverno. E por isso temos os Ipês:
Branco
Amarelo
Amarelo do Brejo
Amarelo da Casca Lisa
Amarelo do Cerrado
Rosa
Roxo
Roxo Bola
Roxo da Mata
Púrpura.

MAURICIO MARON DEIXA A SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO DE ILHÉUS

Mauricio Maron: Imagem: internet.

Mais uma baixa importante no governo Mario Alexandre.

O jornalista Mauricio Maron entregou o cargo de supervisor de redação da Secom-Ilhéus.

Repórter experiente, além de escrever muito bem, Mauricio emprestava sua voz aos vídeos da TV Secom.

Segundo informações, o profissional vai trabalhar na campanha de reeleição do atual governador do Amazonas, Amazonino Mendes (PDT).

O site Em Tempo informa que Amazonino tem o maior índice de rejeição (37%) dentre as pré-candidaturas postas.

Atualizado às 16h46min.

Em contato com o blog, o jornalista Mauricio Maron confirmou a saída do governo Marão, “sem qualquer tipo de atrito”, mas negou que fará a campanha de Amazonino Mendes.

GOVERNO DO ESTADO INAUGURA POLICLÍNICA REGIONAL DE VALENÇA

Policlínica de Valença. Imagem: Secom-BA.

A oitava Policlínica Regional do Governo do Estado foi inaugurada na manhã desta sexta-feira, 29, em Valença, no Baixo Sul baiano. A unidade deve atender mais de 340 mil habitantes, de Valença e mais 12 municípios da região. Para a locomoção dos pacientes, estarão à disposição micro-ônibus, com ar-condicionado e Wi-Fi. Os exames serão marcados pelos postos de saúde, respaldados por cada secretaria municipal das cidades integrantes. Os pacientes serão encaminhados à policlínica regional com dia e horário previamente definidos.

De acordo com o governador Rui Costa falou R$ 22,6 milhões foram utilizados na construção da policlínica e na implantação de aparelhos e equipamentos.

As policlínicas regionais fazem parte dos Consórcios Públicos de Saúde, formados pelo governo estadual e prefeituras, para levar atendimento especializado e exames de alta complexidade ao interior. Integram este consórcio 13 cidades: Cairu, Camamu, Gandu, Igrapiúna, Itaparica, Ituberá, Nilo Peçanha, Nova Ibiá, Piraí do Norte, Taperoá, Teolândia, Valença e Wenceslau Guimarães. De acordo com o governador, ainda existe a possibilidade de outros municípios aderirem ao consórcio da unidade entregue nesta sexta.

Até o momento, já estão em funcionamento as policlínicas regionais situadas em Teixeira de Freitas, Guanambi, Irecê, Jequié, Feira de Santana, Alagoinhas e Santo Antônio de Jesus. Outras oito policlínicas já tiveram suas obras civis autorizadas, nas seguintes cidades: Barreiras, Itabuna, Jacobina, Juazeiro, Salvador, Vitória da Conquista, Simões Filho e Paulo Afonso.

Com informações da Secom-BA.

SINEBAHIA ITABUNA OFERECE 29 OPORTUNIDADES DE TRABALHO

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas ficarão disponíveis na próxima terça-feira, 03.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna (03.07) 

VENDEDOR INTERNO (PCD)

Exclusivo para pessoas com deficiência

Ensino Médio Incompleto

Não necessita experiência

1 VAGA 

OPERADOR DE CAIXA (PCD)

Exclusivo para pessoas com deficiência

Ensino Médio Incompleto

Não necessita experiência

1 VAGA 

VENDEDOR INTERNO E EXTERNO DE SERVIÇOS

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na área

1 VAGA 

(mais…)

COLETIVO SOL RAIZ AFIRMA QUE MARÃO NÃO CUIDA DE ILHÉUS

Manifesto do Coletivo Sol Raiz.

O Coletivo Sol Raiz vem a público denunciar, nesse transcurso do aniversário da cidade, o estado caótico de Ilhéus. Nada temos a comemorar. O médico Mário Alexandre na campanha eleitoral jurou cuidar da saúde da população, mas, infelizmente, vem se revelando como um gestor inepto que não cumpre o prometido, deixando o setor da saúde pública cada dia mais sucateado.

O governo estadual tem disponibilizado verbas para a saúde pública, porém, a secretaria municipal de saúde não tem apresentado projetos. A gestão inoperante de Mario Alexandre adotou o descaso como regra e pune a maioria da população carente de Ilhéus.

O Coletivo Sol Raiz vai continuar mostrando as mazelas da saúde pública. Lamentavelmente, os postos de saúde não funcionam e o atendimento pediátrico foi suspenso pelo Hospital de Ilhéus, uma vez que o governo Marão descumpriu o contrato. Nem mesmo as vacinas obrigatórias estão sendo encontradas nos postos de saúde comunitários.

Para vocalizar os anseios da população e fazer com que esse governo indigno obrigatoriamente solucione problemas tão graves, o Coletivo tem percorrido os bairros e conversado com a população a respeito desse quadro caótico.  Temos promovido palestras sobre prevenção de doenças e desenvolvemos campanha sobre a importância da doação de órgãos e dos transplantes.

A cidade totalmente esburacada revela um governo incapaz de cuidar dos problemas básicos. Temos assistido nomeações de fantasmas, licitações nebulosas e promoção de cabides de emprego para cabos-eleitorais, em sua maioria de outros municípios, para beneficiarem eleitoralmente a deputada mãe do prefeito.

 O interior está totalmente abandonado, com estradas intransitáveis que impossibilitam o escoamento e a comercialização da produção agrícola nos centros urbanos.

O Coletivo Sol Raiz em conjunto com pequenos produtores da agricultura familiar, sindicatos, associações agrícolas, alunos do colégio indígena Tupinambá, lideranças e o povo em geral, vai promover no próximo sábado, 30 de junho, na Feira do Produtor da Urbis, um ato de protesto contra essa situação caótica. Vamos denunciar e conclamar a população para reagir contra o desgoverno Marão.

Venha participar desta luta.

Coletivo Sol Raiz Ilhéus- BA.

JOVEM ASSASSINADO NA SOARES LOPES POSTOU VÍDEO NA INTERNET MINUTOS ANTES DE MORRER

Imagem: Vitória da Conquista Notícias.

O jovem Eric Souza, assassinado na noite dessa quinta-feira, 28, na Avenida Soares Lopes (mais detalhes neste link), durante o “Festival Viva Ilhéus”, gravou e postou um vídeo na internet minutos antes de morrer.

Assista o vídeo encontrado no site Vitória da Conquista Notícias.

APÓS TIROTEIO NA AVENIDA SOARES, POLICIA MILITAR PREPARA OPERAÇÃO ESPECIAL

Eric Souza é mais um jovem vítima da onda de violência que assola a Bahia. Imagem: Whatsaap.

Por volta das 23h10min da noite dessa quinta-feira, 28, uma intensa troca de tiros entre membros de facções rivais na área do “Festival Viva Ilhéus”, na Avenida Soares Lopes, resultou na morte do jovem Eric Souza, morador do Alto do Coqueiro.

Um policial militar, Laerth Firme Bomfim, 28 anos, soldado da 71ª Companhia de Canavieiras, também foi baleado acidentalmente pela própria PM, mas passa bem. O tiroteio gerou pânico em muitas pessoas que assistiam os shows em comemoração ao aniversário da cidade.

Uma guarnição da 68ª CIA conseguiu prender um rapaz conhecido como Samuel, suspeito de ter assassinado Eric Souza. Policiais militares ouvidos pelo blog afirmam que ainda há duvidas sobre a autoria do atentado.

O intenso tiroteio, o poder de fogo das facções e a repercussão negativa levaram os comandantes das companhias militares à montagem de uma operação especial. Segundo um oficial da PM, a iniciativa objetiva a prisão desses integrantes e apreensão de armas para que a cidade possa dormir tranquila.

DEPRIMIDO COM O DESGASTE, MARÃO FAZ VIAGEM INTERNACIONAL PARA DESCANSAR

Marão em Londres ou Nova York?

Fontes do Centro Administrativo da Conquista afirmam que o prefeito Mário Alexandre (PSD) não está no país.

A informação procede, pois se ele estivesse apenas fora da Bahia não haveria necessidade de passar o cargo para o vice. Contudo, as fontes ouvidas não conseguiram precisar em qual país ou grande metrópole ele está. “Foi para Londres ou Nova York. A viagem vai durar oito dias”, disseram ao blog.

Mario tem sentido nas ruas o grande desgaste da sua gestão. O povo tem reagido mal aos beijos, abraços e tapinhas nas costas. Os cidadãos reclamam principalmente da rede básica de saúde. Há casos de comportamento arredio, em que pessoas simples dão as costas ou fazem gestos negativos, muitas vezes obscenos ao gestor. Por isso ele diminuiu a quantidade de visitas às comunidades.

Eleito com o carinho do eleitorado, Marão sente bastante o momento adverso. Por mais que não costume honrar compromissos e abra mão da verdade quando necessária, Mário, adepto do estilo bonachão, não costuma ser grosso ou mal-educado com as pessoas. Contudo, se alguém o trata com grosseria, ele sente. Se muitos repetem o comportamento, ele se deprime.

Essa tem sido a realidade do prefeito nos últimos meses. A viagem internacional a passeio servirá como um paliativo, se o desgoverno persistir.

EM CARTA AO POVO DE ILHÉUS, VICE-PREFEITO JOSÉ NAZAL CRITICA DURAMENTE O GOVERNO MARÃO

José Nazal. Imagem: Clodoaldo Ribeiro.

Carta do vice-prefeito José Nazal (Rede) ao povo de Ilhéus no dia de aniversário da cidade.

Ilhéus – 137 Anos de Cidadania. O que comemorar?

Hoje Ilhéus completa 137 anos de Cidadania, conferida pela Lei Provincial nº 2187 de junho de 1881, tendo sido instalada somente a 14 de agosto, quarenta e sete dias depois da elevação à categoria de cidade. Cidade mãe deste chão sul-baiano, de lá para cá temos diminuído, tanto no aspecto territorial quanto no político.

Participo formalmente da vida política da Cidade desde 1º de fevereiro de 1977, quando exerci o cargo de Oficial de Gabinete no primeiro mandato de Antônio Olímpio. Naquele tempo, todos tinham a Carteira Profissional assinada. Daí em diante exerci funções comissionadas nos governos seguintes, com exceção para o segundo mandato de Antônio Olímpio, o de Valderico Reis e o último de Jabes. Aprendi muito com todos e com as experiências vividas, aumentando a cada dia o meu amor pela terra onde nasci.

Lancei pré-candidatura a prefeito no ano de 2016 e, como é do conhecimento de todos, compus uma aliança com Mário Alexandre, colocando-me como candidato a vice-prefeito com total apoio do meu partido, a Rede Sustentabilidade. Não me contentando em ser apenas vice, assumi uma secretaria no intuito de poder colaborar na administração, sobretudo para tentar implantar uma nova política, exigência dos tempos de hoje. Deixei o cargo de secretário há sessenta dias, afastando-me completamente dos processos decisórios do atual Governo, dos quais de minha parte acabaram por ser mais de natureza administrativa e quase nenhuma política.

Minha última participação no governo foi a de materializar a lei que delimita o território ilheense, identificando os locais indicados legalmente, onde deverão ser colocados os marcos definitivos e eu espero que sejam colocados. Vou entregar o Termo de Referência e a solicitação para a execução, juntamente com o projeto de lei para atualização dos limites distritais e ajuste dos bairros. Entendo que essa ação resguarda nosso pertencimento territorial em relevância política e administrativa, tanto para o momento atual como para momentos futuros.

Faço esse preâmbulo para questionar a grande festa do Dia da Cidade. O que comemorar? Em minha última conversa pessoal com Mário, há uns quarenta e cinco dias, ele me afirmou que não faria festividades em razão da situação financeira. “Ótimo! Parabéns pela decisão”, foi minha resposta. Na verdade, havia uma sinalização negativa do apoio estadual, face às mudanças no quadro político, permitindo que o governo estadual fizesse um esforço menor, ante ao pleito eleitoral que se aproxima. E fiquei surpreso com o anúncio da festa.

Convém ressaltar que não sou contra comemorações e festas, porém só faz festa quem pode pagar a conta. A Bahiatursa está ajudando, no entanto, a conta que ficará para o município arcar é igual ou maior. Mesmo que seja um pouco menor, é muito para quem não está com as contas em dia.

Como fazer festa com a maioria dos aluguéis dos imóveis locados em atraso? Como fazer festa com o setor de atendimento aos tuberculosos faltando “copinho para exame do escarro”? Esse problema foi resolvido com empréstimo por parte da administração do Hospital Regional Luís Viana Filho.

Como fazer festa se a Escola Municipal de Tibina está sem telhado há cinco anos e meio? Quatro anos do governo passado e um e meio desse governo. E por dever de justiça, afirmo aqui que foi o pedido prioritário da secretária de Educação. Ninguém se importou!

Como fazer festa sabendo que a Prefeitura de Uruçuca construiu (estou dizendo construiu) uma escola na região do Lajedão, no distrito de Banco Central? Como fazer festa com o município de Uruçuca administrando uma escola na fazenda vizinha à Vila de Castelo Novo? Como fazer festa com a escola Cecília Novaes, administrada por Uruçuca dentro do território de Ilhéus? Como fazer festa com a evasão escolar e a administração de uma escola dentro de Ilhéus sob a responsabilidade do município de Itajuípe? E a repetição desse fato em Buerarema, Itabuna, Coaraci e Una?

Alunas de Ilhéus estudantes de Itajuípe.

Ninguém se importa! Os governantes em geral não têm noção alguma de quantos alunos de Ilhéus estão sendo contados nos Censos Escolares dos municípios vizinhos. É a comodidade?! Mais fácil o outro tomar conta? Resultado: na próxima revisão territorial perderemos mais chão e, com isso, cada vez mais recursos para cuidar de nossa população! Estive em Banco Central há dez dias e me surpreendi com a quantidade de pedidos para entregarmos o distrito para Uruçuca. Não é demagogia, basta ir e conferir.

Como fazer festa sabendo que as estradas municipais estão sem receber manutenção e conservação? E não adianta culpar qualquer um dos secretários. Deve ser uma decisão conjunta do governo, com ampliação da frota e patrulha mecânica. A exemplo de optar por não fazer festa e comprar uma motoniveladora ou um caminhão ou um rolo compressor! Um de cada vez. Aí daríamos oportunidade para o morador do campo, para o produtor, evitando inclusive o êxodo rural, com o inchaço da cidade e seus problemas correlatos!

Estrada vicinal no Acuípe do Meio.

Como fazer festa, se as estradas não permitem um transporte escolar decente, evitando inclusive a lei ser burlada com o uso de camionetes inadequadas ao transporte, principalmente para a segurança das crianças? É ruim a qualidade do serviço prestado pela empresa contratada. Quem quiser vá conferir. Ônibus velhos e da pior qualidade.

Como fazer festa, se cheguei a Castelo Novo e as professoras afirmaram que a merenda era biscoito e suco artificial, porque não tem água potável para servir às crianças? Ninguém sequer discute o problema. E esse fato se repete em vários locais do interior.

Como comemorar, se o atendimento da Atenção Básica à Saúde está deficiente e insuficiente, tanto na cidade como no interior? Houve melhora? Sim, porém, muito pouca face às demandas postas. Comemorar com reforma? Fazer reforma e manutenção é obrigação, não motivo para inauguração e festividade. É básico de um governo que se envergonhe!

Escola sendo construída pela comunidade do Acuípe.

Nunca na história de Ilhéus tivemos o apoio por parte do Estado na área de Saúde. Causou ciúme em gestores passados. Sabe o que aconteceu? Perdemos esse apoio. O que está sendo feito e será feito é apenas o pactuado. O que era extra e espontâneo, nós perdemos. A Unidade de Pronto Atendimento que será “inaugurada” hoje, no prédio da antiga Policlínica Halil Medauar, que já tem quase duas décadas, era para ter iniciado as atividades desde abril, absorvendo os servidores do Hospital Geral Luís Vianna Filho, que encerrou as atividades no início de março deste ano.

Como fazer festa, se não levamos a sério a questão da coleta e destinação dos resíduos sólidos, obrigando o município a uma despesa volumosa, que poderia ser aplicada em outros serviços essenciais e na melhoria da qualidade de vida da população? Não temos Plano de Saneamento Básico, não temos Plano de Resíduos Sólidos, instrumentos legais obrigatórios para o município. Ninguém se preocupa, ninguém discute. A discussão que se iniciará após a festa da cidade é decidir quantos milhares de pessoas serão anunciadas nos releases, seguido de como será o Réveillon? Depois, como será o Carnaval? A cidade precisa de uma discussão séria, analisando os problemas de fundo, inclusive com a absoluta participação da sociedade, que na maioria das vezes se omite.

Como fazer festa, se nada se faz para que o município possa receber as pedras que serão retiradas da obra da ponte, para serem colocadas na Sapetinga, São Miguel e São Domingos? É imperativo que os locais estejam ambientalmente licenciados. Mas não se discute o projeto.

Camionete transporta alunos.

Não fiz campanha e não andei pedindo voto para depois ver o governo deixar de lado os verdadeiros interesses de Ilhéus. Não fiz campanha para encher os cargos de confiança com pessoas de fora, sem compromisso com Ilhéus. Para não ser injusto e por ter sido testemunha do esforço dispensado, excluo dessa lista Gilson Nascimento, que tenho visto sua dedicação exclusiva, sem medir esforços para melhorar nossos problemas no trânsito e mobilidade. Não fiz campanha para ver pessoas ocuparem os mais altos cargos e manterem compromissos com empresas que continuam ligados. Não fiz campanha para ver uma servidora que ocupava o cargo de Tesoureira ser substituída por um indicado do ex-prefeito de Itabuna, com a alegação de que será feito “um planejamento financeiro para Ilhéus”. Não fiz campanha para ver ex-candidato de outro município ocupar cargo importante sem conhecer os verdadeiros problemas de Ilhéus. Falo isso com conhecimento de causa, pois ocupei durante três anos e meio o cargo de secretário em Uruçuca, tendo dedicado todo tempo que passei por lá a estudar e trabalhar em benefício daquela comunidade. Tenho certeza, sem falsa modéstia, que sai de lá de cabeça erguida, respeitando e sendo respeitado. Quando vou lá sou muito bem recebido. Respeitei e conquistei o respeito até da oposição ao então governo. Aqui é diferente. Quem de Ilhéus conhece os que não são daqui? Quem os vê no dia a dia da cidade?

Quando me afastei politicamente de Jabes, externei-lhe o que mais me incomodava: governar apenas ele e mais dois. Com Newton assisti ao mesmo filme no segundo governo. Agora, revendo novamente isso acontecer, não posso aceitar.

Para finalizar, como poderia ir à festa da Cidade, depois de ouvir essa semana (por inconfidência involuntária de um secretário) que o prefeito ia dar ponto facultativo na sexta-feira (29), emendando os feriados de hoje até segunda-feira (2) para passar uns dias nos Estados Unidos com a família? Eu pensei que a cidade seria governada pelos dois homens fortes do governo na ausência do prefeito, porém, ao terminar de escrever esse texto, recebi a informação de que haveria transmissão do cargo. O ato de transmissão foi encerrado há pouco. Informei, de frente, que este artigo estava pronto e que faria esta alteração antes de publicar. Disse também que não procederia a nenhuma exoneração, ainda que desejasse. Meu pensamento é o de que apenas exonerar por três dias não terá o efeito que desejo; se assim fosse, procederia sem titubear.

Continuarei com a esperança de um dia ver a cidade ser governada por alguém que realmente pense nos interesses de Ilhéus e não do próprio ou de outrem. Como já estou no amiudar da vida, talvez não veja. Porém, vive em mim a certeza de que meus filhos verão e meus netos desfrutarão de uma Ilhéus melhor.

Saúdo a todos os ilheenses, a todas e todos os que votaram em Mário e em mim, acreditando em dias melhores, saúdo de forma especial àqueles que desejam e lutam para alcançarmos um patamar de governança, cidadania e participação social, comprometidos com o verdadeiro interesse público da cidade e seu povo.

Salve São Jorge dos Ilhéus!
José Nazal Pacheco Soub.
Ilhéus, 28 de junho de 2018.

INSTITUTO NACIONAL DO CÂNCER EMITE NOTA CONTRA O “PACOTE DO VENENO”

O Projeto de Lei 6299/02, chamado de “Pacote do Veneno” pelos críticos, foi aprovado na última segunda-feira,  25, na comissão especial da Câmara dos Deputados, por 18 votos a 9. O texto vai passar pelo plenário. Se aprovado, vai ter que passar pelo Senado e por sanção do presidente da República.

Em nota técnica, o Instituto Nacional do Câncer (Inca), órgão do Ministério da Saúde que tem como missão apoiar o desenvolvimento de ações integradas para prevenção e controle do câncer, defendeu que o Marco Legal dos Agrotóxicos (Lei 7.802/1989) não seja alterado e flexibilizado.

“Tal modificação colocará em risco as populações – sejam elas de trabalhadores da agricultura, residentes em áreas rurais ou consumidores de água ou alimentos contaminados, pois acarretará na possível liberação de agrotóxicos responsáveis por causar doenças crônicas extremamente graves e que revelem características mutagênicas e carcinogênicas”, diz o documento.

A Anvisa também condenou a proposta, por acreditar que o projeto não atende a população, que deveria ser o foco da norma. “O PL não contribui com a melhoria, disponibilidade de alimentos mais seguros ou novas tecnologias para o agricultor, e nem mesmo com o fortalecimento do sistema regulatório de agrotóxicos”, diz a agência.

Com informações do Carta Campinas.

ILHÉUS: PONTO FACULTATIVO NA SEXTA E SUSPENSÃO DA COLETA DE LIXO NA SEGUNDA

As repartições públicas municipais não vão funcionar nesta sexta-feira, 29, em Ilhéus. Decreto publicado no Diário Oficial estabelece ponto facultativo na prefeitura ressalvados os serviços e as atividades considerados de natureza essencial, bem como as áreas da saúde, educação, limpeza urbana, iluminação pública e da Segurança Pública.

Como na segunda-feira, 2 de julho, é feriado estadual, a prefeitura só retorna às suas atividades normais de atendimento ao público, na terça, dia 3. A secretaria municipal de serviços urbanos solicita aos moradores que não coloquem resíduos sólidos (lixo) para coleta nas ruas, na segunda-feira, 2. Neste dia, não haverá coleta, sendo o serviço restabelecido na terça, 3.

SINEBAHIA ITABUNA OFERECE 21 OPORTUNIDADES DE TRABALHO

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas ficarão disponíveis nessa sexta-feira, 29.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna (29.06)

VENDEDOR INTERNO (PCD)

Exclusivo para pessoas com deficiência

Ensino Médio Incompleto

Não necessita experiência

1 VAGA 

AUXILIAR DE REFRIGERAÇÃO

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

1 VAGA 

TÉCNICO DE INFORMÁTICA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

1 VAGA 

(mais…)

Página 1 de 121...Última »
error: Content is protected !!