Hospital São José mantém atendimento via SUS, informa Santa Casa.

Em nota divulgada ontem (4), a Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus desmentiu informação segundo a qual o Hospital São José havia interrompido o atendimento de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Conforme a entidade, como muitas pessoas recorrem ao hospital, quando as instalações da unidade ficam lotadas, o atendimento a pacientes fora do quadro de emergência pode ser suspenso “momentaneamente”. Leia a íntegra.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE ILHÉUS, com o propósito de melhor esclarecer a população de Ilhéus e cidades circunvizinhas, vem informar que em nenhum momento deixou ou deixará de atender a qualquer paciente que precise dos seus serviços médico hospitalares,  principalmente pacientes do SUS, pois é essa a sua missão prevista nos seus estatutos e, que por mais de cem anos vem sendo cotidianamente cumprida.

A Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus é a casa do SUS, portanto é a casa de muitos. Por ser muitos os que necessitam de atendimento, eventualmente pode ocorrer um excesso de procura pelos seus serviços, principalmente do pronto atendimento que, na impossibilidade de acomodar em um determinado momento a todos os que o procuram, pode temporariamente, até que se normalize os atendimentos, suspender momentaneamente o atendimento a pacientes que não apresentarem quadro de emergência.

Devido ao grande número de pacientes que procuraram o pronto atendimento da Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus no dia 01/06/2018, que lotou todas as acomodações, inclusive ocupando cadeiras e macas que foram totalmente utilizadas, e na impossibilidade de admitir novos pacientes para realizar novos atendimentos, por orientação do médico de plantão, a recepção e o enfermeiro da triagem, passaram a informar aos cidadãos que buscavam atendimento no pronto socorro, que o pronto atendimento estava lotado e que providencias urgente estavam sendo tomadas para regularizar o atendimento no mais breve espaço de tempo. Providencias como: transferências de pacientes para enfermarias e apartamentos do Hospital São José e também para o Hospital Regional Costa do Cacau. E que devido ao problema de falta de acomodações para novos pacientes, somente casos de emergência estavam sendo admitidos até que o atendimento se regularizasse.

A Santa Casa de M. de Ilhéus jamais deixou de atender ao SUS, pois esta é a sua árdua mais gloriosa missão.  Reiteramos que a Santa Casa de M. de Ilhéus/Hospital São José e Maternidade Santa Helena é a CASA DO SUS, é a casa do cidadão enfermo quando dela precisar. Ilhéus, 04 de junho de 2018.

A Diretoria.