Toldos instalados pela Pazini no centro de Ilhéus. Imagem: site Ilhéus em Pauta.

Dados do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA), obtidos com exclusividade pelo Blog do Gusmão, revelam que a empresa “Pazini Som Luz e Festas LTDA” tem a preferência do governo do prefeito Mario Alexandre quando o objetivo é a realização de eventos. Trata-se da pessoa jurídica campeã em número de contratos com o poder executivo de Ilhéus.

A empresa ficou muito conhecida após instalar, por solicitação da Prefeitura de Ilhéus, “toldos provisórios permanentes” na Praça Coronel Pessoa, no centro, um dos principais pontos de ônibus da cidade.

Em 2017, a secretaria de administração de Ilhéus, comandada por Bento Lima,  assinou 47 contratos com a Pazini para a locação de estruturas diversas, equipamentos e mão de obra para eventos promovidos pelas secretarias de administração, cultura, turismo, desenvolvimento social e educação. Os contratos também oficializam o custeio de jantares oferecidos pelo gabinete do prefeito Mario Alexandre.

Ao todo, os 47 contratos autorizam o pagamento de quase 10 milhões de reais (R$ 9.839.137,67)  à empresa preferida do governo Marão/Bento.

Os pagamentos feitos à “Pazini Som Luz e Festas Ltda”, em 2017, ultrapassam dois milhões de reais (R$ 2.282.918,17). Em 2018, até o mês de março, a empresa recebeu mais trezentos mil reais (R$ 327.096,25) do erário ilheense.

Os extratos de pagamentos revelam algumas curiosidades. De junho a agosto de 2017, o governo Marão/Bento pagou R$ 197 mil pela estrutura montada no campeonato de surf amador de Olivença, que teria ocorrido na quadra do distrito.

Sediada em Goiânia, a Pazini foi fundada no ano 2000 e tem como sócios Bruna Carvalho Emerich Pazini e Ednaldo Emerich Pazini.

Mantivemos contato com o secretário de administração, Bento Lima, que mais uma vez demonstrou má vontade em dar explicações.

Perguntamos por qual motivo a Pazini é a empresa que mais tem contratos com a prefeitura. Irritado, Bento respondeu que essa pergunta deveria ser feita para cada secretário (a).

Sobre os R$ 197 mil destinados ao campeonato de surf amador de Olivença, disse que só a secretaria de turismo e esportes pode esclarecer.

Lembramos que as licitações são feitas pela secretaria de administração e que a imprensa já noticiou que ele determina quais pagamentos devem ser feitos. De maneira grosseira e alheio ao espírito público, Bento respondeu: “pergunta idiota, tolerância zero” e encerrou a ligação.

Atualizado às 23h42min., de 16/07/2018.

Na reportagem inicial, este blog se baseou em “consulta de pagamento de empenho” informada ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA), que não informa a descrição dos eventos com estrutura paga pelo erário. Só por meio do processo de pagamento ficou provado que o governo municipal não cometeu erros a esse respeito.

Clique aqui para visualizar o processo e aqui para mais esclarecimentos.