WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Domingo, 18 de Novembro de 2018
casa facil prefeitura urucuca prefeitura ubaitaba
faculdade madre thais cenoe faculdade de ilheus

ILHÉUS: JUIZ DETERMINA O DESLIGAMENTO DE SERVIDORES NÃO ESTÁVEIS E CONTRATADOS

Juiz Alex Venicius Campos Miranda. Foto: Tribuna de Ibicaraí.

O juiz Alex Venicius Campos Miranda, da 1ª Fazenda da Vara Pública de Ilhéus, por meio de sentença assinada nesta quarta-feira, 31, fez um estudo abrangente sobre as portas de entrada para o serviço público da Prefeitura de Ilhéus. Em 34 páginas, analisou, com muito fôlego, erros cometidos pelos gestores municipais nos últimos 30 anos.

O magistrado julgou ação popular movida por Karoline Vital Góes, Arnaldo Souza dos Santos Júnior e Rosana Nascimento Almeida (candidatos do concurso público realizado em 2016 pelo município de Ilhéus). A prefeitura, representada pelo prefeito Mário Alexandre e pelo secretário de administração Bento Lima, foi a ré.

A sentença é entusiasta dos concursos públicos como instrumentos da democracia, com objeções contundentes às contratações temporárias. Em determinado trecho, o juiz cita estudos e faz críticas ao Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), mecanismo de contratação utilizado repetidas vezes pelo governo estadual, que não foi citado pelos autores da ação popular.

O juiz condena a cultura administrativa que prevalece na Prefeitura de Ilhéus e chega a citar o ranço do coronelismo, descrito na literatura de Jorge Amado, como influência nociva.

Alex Venicius afirma que a ação popular tem “importância histórica” e “não se limitará apenas ao deslinde da causa, mas, simplesmente, norteará toda a Administração Pública Ilheense no que concerne à forma de nomeação de servidores para exercício de cargos e funções no executivo municipal, nesta e em vindouras gestões municipais”.

Otimista, o juiz afirma que sua solução “pode trazer efeitos benéficos a toda uma gama de municípios situados nesta antiga Região Sul do Cacau, que ainda sofrem com a praga das ‘nomeações em funções públicas em troca de apoio político’”.

A decisão foge do teor chato das sentenças comuns, tem linguagem livre do “juridiquês” e merece atenção de concurseiros e interessados em estudar os problemas administrativos da cidade.

O magistrado determinou o afastamento imediato dos servidores que ingressaram na prefeitura de Ilhéus, sem concurso público, entre 05 de outubro de 1983 e 05 de outubro de 1988.

Desligamento de todos os contratados da secretaria de desenvolvimento social que entraram por meio da seleção simplificada (edital 002/2017) feita pelo governo Marão.

A nomeação e posse dos controladores aprovados no concurso de 2016, em substituição aos servidores contratados que exercem as mesmas atribuições na Controladoria Geral do Município.

“Exonerar todos os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, que na data de 14 de fevereiro de 2006 estavam no exercício da função, mas não se submeteram a processo seletivo de responsabilidade da FUNASA ou de órgão ligado à FUNASA, devendo permanecer todos os outros que exercendo suas funções anteriormente aquela data, submeteram-se a processo seletivo de competência daqueles órgãos, como também todos aqueles que estejam trabalhando por força de decisão judicial ou estejam cumprindo prazo contratual”.

“Desligar todos os contratados cujo vínculo – contrato temporário – já tenha vencido e que, por acaso, permaneçam ligados ao setor de pagamento do Município de Ilhéus, assim como todos os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, cuja contratação tenha ocorrido após 14 de fevereiro de 2006 e cujo vínculo tenha expirado, ainda que tenham se submetido a processo seletivo para contratação”.

O juiz não determinou o desligamento dos servidores contratados pela secretaria municipal de educação (edital 001/2017), por entender que houve necessidade temporária e interesse público.

A prefeitura terá 60 dias para fazer os desligamentos e deverá enviar relatórios que comprovem o cumprimento da decisão. 

O governo Marão poderá recorrer.

Leia a sentença na íntegra.

NOMEADOS OS MEMBROS DO CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

Foto: Rodrigo Macedo.

O prefeito Mário Alexandre assinou decreto que nomeia os conselheiros titulares e suplentes do Conselho Municipal de Assistência Social, órgão que reúne representantes do governo e da sociedade civil para discutir, estabelecer normas e fiscalizar a prestação de serviços sociais, públicos e privados no município de Ilhéus. O decreto número 122/2018 está publicado no Diário Oficial eletrônico, edição 266, de terça-feira, 30.

Os representantes do governo que passam a integrar o conselho são o Gabinete do prefeito, Reinilson Soares dos Santos (titular) e Nivaldo Alberto Nascimento (suplente); Secretaria de Desenvolvimento Social, João Carlos Souza Santos (titular) e Fernanda Maria Silva Gonçalves de Aguiar (suplente); Secretaria de Turismo, Jacks Rodrigues dos Santos (titular) e Paulo Amorim Salvador (suplente); e Secretaria de Educação, Sara Miriam Pereira Alves Lemos (titular) e Maria Aparecida Daneu Lima Badaró (suplente).

Para o Conselho Municipal de Assistência Social, foram nomeados os representantes da Secretaria da Fazenda Carlos José Silva Moraes (titular) e Marco Aurélio Moreira Almeida (suplente); Secretaria de Saúde Carlos Alex Magalhães de Jesus (titular) e José Agdo Oliveira da Silva Júnior (suplente); Secretaria de Indústria e Comércio, Cleonice Santana dos Santos (titular) e Graciely Reis Souza (suplente) e Secretaria de Serviços Urbanos Cecília Porto Ribeiro (titular) e Antonio Marcos dos Santos Roiz (suplente).

(mais…)

APENAS 29 PROCESSOS DE LICENCIAMENTO QUE ESTÃO NO IBAMA TEM RELAÇÃO COM A AGRICULTURA

Edson Duarte. Foto: Gustavo Moreno.

A afirmação é do Ministro do Meio Ambiente, o baiano Edson Duarte, que por meio de uma nota pública divulgada nesta quarta-feira, 31, questiona a decisão do presidente eleito, Jair Bolsonaro, de fundir meio ambiente e agricultura num só ministério.

Leia a nota.

O Ministério do Meio Ambiente preparou um detalhado e volumoso trabalho para dar plena ciência de tudo o que tem sido feito na pasta e daquilo que é de nossa responsabilidade à equipe de transição, com a qual pretendemos estabelecer um diálogo transparente e qualificado. Por isso, recebemos com surpresa e preocupação o anúncio da fusão com o Ministério da Agricultura. 

Os dois órgãos são de imensa relevância nacional e internacional e têm agendas próprias, que se sobrepõem apenas em uma pequena fração de suas competências. Exemplo claro disso é o fato de que dos 2.782 processos de licenciamento tramitando atualmente no Ibama, apenas 29 têm relação com a agricultura. 

O Brasil é o país mais megadiverso do mundo, tem a maior floresta tropical e 12% da água doce do planeta, e tem toda a condição de estar à frente da guinada global, mais sólida a cada dia, rumo a uma economia sustentável. Protegemos nossas riquezas naturais, como os biomas, a água e a biodiversidade, contra a exploração criminosa e predatória, de forma a que possam continuar cumprindo seu papel essencial para o desenvolvimento socioeconômico. 

Nossa carteira de ações abrange temas tão diferentes como combate ao desmatamento e aos incêndios florestais, energias renováveis, substâncias perigosas, licenciamento de setores que não têm implicação com a atividade agropecuária, como o petrolífero, homologação de modelos de veículos automotores e poluição do ar. O Ministério do Meio Ambiente tem, portanto, interface com todas as demais agendas públicas, mas suas ações extrapolam cada uma delas, necessitando, por isso, de estrutura própria e fortalecida. 

O novo ministério que surgiria com a fusão do MMA e do MAPA teria dificuldades operacionais que poderiam resultar em danos para as duas agendas. A economia nacional sofreria, especialmente o agronegócio, diante de uma possível retaliação comercial por parte dos países importadores. 

Além disso, corre-se o risco de perdas no que tange a interlocução internacional, que muitas vezes demanda participação no nível ministerial. A sobrecarga do ministro com tantas e tão variadas agendas ameaçaria o protagonismo da representação brasileira nos fóruns decisórios globais. 

Temos uma grande responsabilidade com o futuro da humanidade. Fragilizar a autoridade representada pelo Ministério do Meio Ambiente, no momento em que a preocupação com a crise climática se intensifica, seria temerário. O mundo, mais do que nunca, espera que o Brasil mantenha sua liderança ambiental. 

Edson Duarte.

Ministro do Meio Ambiente.

POLÍCIA CIVIL PRENDE ESTUPRADOR PROCURADO HÁ SEIS ANOS

Bernaldo Gonçalves dos Santos. Foto: Ascom/Polícia Civil.

Investigadores da Polícia Civil prenderam em Itiúba, Bernaldo Gonçalves dos Santos, de 41 anos, que desde 2012 possuía um mandado de prisão preventiva em aberto por estupro.

A prisão ocorreu ontem (terça-feira, 30). Segundo a Polícia Civil,  Bernaldo violentou uma criança de dez anos.

Itiúba fica no centro norte da Bahia, a 590 km de Ilhéus. 

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 12 VAGAS NESTA QUINTA-FEIRA

Sinebahia Ilhéus tem uma vaga para gerente de loja.

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis nesta quinta-feira, 01, na agência do Sinebahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

ANALISTA CONTÁBIL

Superior Completo em Ciências Contábeis

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

Possuir conhecimento na área fiscal, contábil e tributária

Desejável registro no CRC

01 VAGA 

COZINHEIRO DE RESTAURANTE

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

Possuir conhecimento em comida Italiana e Contemporânea

01 VAGA

ELETRICISTA DE AUTOMÓVEIS

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

01 VAGA

(mais…)

ITABUNA: CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL PROMOVE IX FESTIVAL GASTRONÔMICO

Foto: Ilustrativa/Daniel Thame.

Itabuna vai sediar, nesta quinta-feira, 01, o IX Festival Gastronômico. O evento é promovido pelo Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Biotecnologia e Saúde, unidade da rede estadual de ensino, com o objetivo de apresentar receitas e pratos desenvolvidos pelos estudantes do curso técnico de nível médio em Nutrição e Dietética, como parte da formação profissional. O festival, que é aberto ao público, tem o tema Bahia: Berço de Diversidades na Arte, na Cultura e na Gastronomia e ocorrerá no Espaço Terceira Via Hall, a partir de 19h.

O festival também visa proporcionar aos alunos uma imersão sobre o conjunto de hábitos, tradições, crenças e, claro, da gastronomia presente em 11 Territórios de Identidade da Bahia, entre eles o Litoral Sul, Recôncavo, Costa do Descobrimento e Velho Chico. Para tanto, além de provar as delícias, o visitante poderá conhecer mais sobre a cultura e a identidade de cada território, a partir das manifestações culturais que serão destacadas.

Além disso, segundo afirma a diretora do CEEP, Josonita Marinho, o festival tem se consolidado como uma estratégia adotada pelo Centro para aproximar o estudante de situações próximas ao cotidiano da sua futura profissão. “Um aspecto importante do festival é o fomento a ações voltadas para a criação, promoção e comercialização de produtos gastronômicos, com o intuito de desenvolver no aluno um espírito empreendedor”, destacou.

Foto: Ilustrativa/Daniel Thame.

Já Gilsandra Eduvirgens Loureiro, articuladora do curso, explica que o Festival é o momento em que os conhecimentos adquiridos na formação em sala de aula são expostos para a sociedade de forma multidisciplinar. “Existe um grande esforço de alunos e professores fazendo com que as atividades realizadas, desde a elaboração do projeto até a apresentação, englobem todas as matérias aplicadas ao curso, de forma coordenada, auxiliando no aprendizado e mostrando os futuros profissionais para o mundo do trabalho”, diz.

Os pratos apresentados pelos estudantes serão avaliados por jurados, sendo dois nutricionistas, três da área da gastronomia e cinco que vão avaliar a parte cultural. Um jurado irá ficar na cozinha acompanhado a elaboração dos pratos, da produção à ornamentação.

JUSTIÇA AFASTA VEREADOR QUE FALSIFICOU DOCUMENTOS E USOU O PATRIMÔNIO PÚBLICO

Chico do Hotel também comprou carro com placa clonada. Foto: Primeiro Jornal/Reprodução.

O vereador “Chico do Hotel” foi afastado da Câmara de Vereadores de Itamaraju por determinação da justiça. A decisão foi divulgada ontem (terça-feira, 30).

O poder judiciário, por meio do juiz Rodrigo Quadros Carvalho, atendeu pedido do Ministério Público da Bahia que denunciou “Chico do Hotel” por utilizar o patrimônio do município em proveito próprio, além de falsificar documentos públicos.

Segundo o juiz, a conduta de Francisco Carlos causou irregulares e graves prejuízos ao município de Itamaraju, “em absoluta afronta aos princípios constitucionais da moralidade, probidade, honestidade e eficiência administrativa”.

Segundo a Polícia Civil, o vereador Chico do Hotel já tinha sido detido em 30 de agosto após ser flagrado, no centro de Itamaraju, com um carro de placa clonada. O corretor que vendeu o veículo para ele foi preso após a ação.

O carro foi encontrado depois que o dono do veículo original denunciou o caso. Conforme a polícia, o homem, que mora em Vitória, no Espírito Santo, suspeitou da clonagem após receber multas de Itamaraju, onde nunca tinha ido.

De acordo com a polícia, o vereador contou que não sabia do crime. Ele foi ouvido e, em seguida, liberado.

Na época, o advogado do vereador, Filipe Zaniboni Nery, informou que o cliente foi vítima e que comprou o carro de boa-fé. De acordo com o advogado, o vereador comprou o carro financiado e confiou no vendedor.

Com informações do G1 e Clic 101.

CÂMARA DE ILHÉUS APROVA CRIAÇÃO DE AUTARQUIA MUNICIPAL DE TRANSPORTE E TRÂNSITO

Servidores municipais do trânsito e vereadores depois da aprovação do projeto. Foto: Clodoaldo Ribeiro.

A Câmara Municipal de Ilhéus aprovou por unanimidade, nesta terça-feira, 30, o Projeto de Lei Nº 076/2018, que dispõe sobre a criação da Autarquia Municipal de Transporte, Trânsito e Mobilidade de Ilhéus.

O projeto é de autoria do Poder Executivo, e esteve na pauta da câmara na última semana, mas a pedido do governo nunicipal foi retirado. A apreciação do projeto nesta terça-feira contou com a presença de servidores da Sutrans – Superintendência de Transporte e Trânsito, que comemoraram a aprovação, considerada pela categoria como um avanço na área administrativa que pode ampliar os investimentos na área de transporte, trânsito e mobilidade urbana.

Com a aprovação do projeto, foi criado também o Fundo Municipal de Trânsito, FUMTRAN, com a finalidade de financiar e implementar programas e projetos relacionados com a  sinalização, engenharia de tráfego, engenharia de campo, fiscalização, policiamento e educação do trânsito, tudo em consonância com os Art. 320 e 320 “a” do Código de Transito Brasileiro e com a Resolução Contran 638 de 30 de novembro de 2016.

O projeto seguirá para sanção do prefeito Mario Alexandre.

VILAS-BOAS BUSCA RECURSOS PARA CONSTRUÇÃO DE MAIS POLICLÍNICAS DE SAÚDE

Foto: Ascom/Sesab.

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, esteve com a bancada federal de deputados e senadores nesta terça-feira, 30, em Brasília, para buscar recursos provenientes de emendas impositivas de bancada.

No encontro, o secretário prestou conta dos recursos aplicados nos anos de 2017 e 2018 e apresentou propostas para investimentos com a ideia de qualificar a assistência à saúde na Bahia.

Uma das indicações é a destinação de recursos para construção de mais cinco policlínicas regionais de saúde em 2018, completando o projeto de 24 unidades ao todo.

AVANÇO DO DESMATAMENTO EXIGE MEDIDAS URGENTES NO BRASIL, DIZ WWF

Foto: Getty Images.

Do site Deutsche Welle.

Relatório alerta para perda da cobertura vegetal na Amazônia e no Cerrado. Organização reforça que proteção ao meio ambiente não é entrave para o desenvolvimento e deve ser prioridade do próximo governo brasileiro.

A saúde da natureza e da biodiversidade no planeta estão em estado grave. Nas Américas do Sul e Central, e particularmente no Brasil, a situação é especialmente preocupante. A conclusão é parte do Relatório Planeta Vivo, publicado pelo WWF nesta terça-feira (30/10).

“O relatório reforça a perda que estamos vendo nos biomas brasileiros. A Floresta Amazônica, por exemplo, já perdeu 20% de sua cobertura original”, pontua André Nahur, coordenador de Mudanças Climáticas do WWF Brasil.

No Cerrado, segunda maior vegetação na América do Sul, o desmatamento chega a 50%. Expansão da agricultura de larga escala, crescimento urbano, expansão da infraestrutura e mineração são apontados no relatório como as principais causas da destruição florestal.

Dado o diagnóstico, medidas urgentes são recomendadas para reverter a perda da natureza. “A pauta socioambiental deve ser prioridade para qualquer governo. Ela não é um entrave para o desenvolvimento”, diz Nahur sobre os resultados do relatório no atual contexto político brasileiro, depois da eleição de Jair Bolsonaro à presidência.

Durante a campanha eleitoral, Bolsonaro deu declarações contrárias a políticas ambientais, direitos indígenas, áreas protegidas para conservação e o Acordo de Paris sobre o clima. Ele voltou atrás em relação a alguns dos temas depois de ser criticado.

“A nossa biodiversidade e riqueza natural são os principais ativos que temos para que o país continue crescendo economicamente. Precisamos manter as florestas, que garantem água para centros urbanos, para o agronegócio, para o setor de energia”, argumenta Nahur.

“Efeito Bolsonaro”

Reverter a tendência do aumento do desmatamento na Amazônia e no Cerrado é visto por especialistas como um dos maiores desafios do próximo presidente. Em meados de novembro, dados anuais monitorados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) serão divulgados.

Um levantamento prévio feito pelo Observatório do Clima com informações do sistema Deter B, do Inpe, indicou um crescimento do desmatamento de 36% de junho a setembro, período eleitoral, o que a organização considerou um “efeito Bolsonaro”.

“Quase certamente, os números anuais do Inpe mostrarão um aumento em relação ao período anterior. A equipe de transição do novo governo irá se preocupar ou comemorar?”, questiona Carlos Nobre, climatologista e atualmente pesquisador do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (USP).

Nobre é um dos autores de um estudo que concluiu que, caso mais de 25% da Amazônia sejam destruídos, a floresta entra num processo irreversível de degradação.

“Não estamos muito longe desses limites dos quais não deveríamos chegar nem perto”, afirma o pesquisador, lembrando que 20% da bioma no Brasil já se foram.

Diante do alerta emitido pelo WWF e de posicionamentos de Bolsonaro contrários ao meio ambiente, o maior desafio será uma mudança de olhar, opina Carlos Rittl, secretário-executivo do Observatório do Clima.

“É preciso passar a enxergar o meio ambiente com olhos de 2019, e não de 50 anos atrás”, diz sobre o futuro presidente. “Derrubar florestas ou direitos de povos indígenas e aumentar emissões de gases de efeito estufa será péssimo para a imagem dele, para a reputação e a competitividade Brasil, de nossas empresas e de nossas commodities”, afirma.

A perda de florestas e da biodiversidade, poluição, superexploração de recursos naturais e elevação da temperatura média global, provocados pela ação humana, estão levando o planeta ao limite. “Isso tudo prejudica a saúde e o bem-estar das pessoas, espécies, sociedades e economias em todos os lugares”, diz o documento.

Além da perda florestal, nas Américas do Sul e Central, foi registrada uma redução de 89% das populações de vertebrados desde 1970, segundo o relatório do WWF. No mundo, populações de mamíferos, aves, répteis, anfíbios e peixes caíram 60% nas últimas cinco décadas. Espécies estão se movendo cada vez mais rápido em direção à extinção, alerta o WWF.

Outro fator de preocupação é o plástico, descartado muitas vezes após ser usado uma única vez e que vai parar nos oceanos, também é encontrado no organismo de cerca de 90% das aves marinhas. Em 1960, apenas 5% delas carregavam algum vestígio.

“Metade dos corais de águas rasas foi perdida globalmente em apenas 30 anos”, fala Nahur sobre o ecossistema, considerado o berçários de peixes. O sumiço dos corais é apontado como um dos impactos da elevação da temperatura média da Terra de 1,1°C em comparação com o nível pré-industrial.

O Relatório Planeta Vivo observou as tendências em 16.704 populações que representam 4.005 espécies de vertebrados. Na edição passada, em 2016, o documento avaliou 14.152 populações de 3.706 espécies. 

A análise científica é bianual e feita desde 1998. A atual versão contou com mais de 50 cientistas e pesquisadores de diferentes órgãos internacionais.

TEMPORADA DO PROJETO SEIS E MEIA INCENTIVA A DIVERSIDADE CULTURAL DE ILHÉUS

Foto: Clodoaldo Ribeiro.

O Teatro Municipal de Ilhéus recebe, nesta quarta-feira, 31, às 18h30min, os músicos Múcio Selecta, Mc Billyfat e Cabeça Isidoro para o encerramento da temporada do Projeto Seis e Meia. Criado pela Secretaria Municipal da Cultura (Secult), o projeto incentiva a diversidade musical com diversos gêneros musicais, a exemplo de rock, rap, forró, hip-hop, dentre outros. Também se preocupa em incluir jovens artistas que começaram a carreira há pouco tempo. O ingresso custa R$ 2,00, mais um quilo de alimento e já pode ser adquirido na bilheteria do teatro.

Nos shows anteriores, o Projeto Seis e Meia teve participação de Ayam Ubrais Barco, e as bandas Intuito Neutro e Mulheres em Domínio Público, depois vieram no dia 10 deste mês a apresentação das cantoras Laís Marques, Pri Luparelli e Jacque Barreto. Já no dia 24 do mesmo mês, foi a vez dos artistas Eloah Monteiro, Cijay e Léo Abelha & banda marcar presença no Teatro Municipal.

O secretário municipal da Cultura de Ilhéus, Pawlo Cidade, destaca que o Projeto Seis e Meia renasceu com novo formato. “Já foi realizado de forma itinerante, passou por diversos bairros e distritos do município, teve primeira apresentação na Tenda do Teatro Popular, e os shows no Teatro Municipal sempre tiveram casa cheia”, lembra.

De acordo com Pawlo Cidade, o Seis e Meia já se consolidou no sul da Bahia para fomentar a produção musical. “O projeto surgiu acertadamente para estimular a produção artística musical local, buscar novos talentos, divulgar novos valores dos músicos do município e apresentar a diversidade rítmica”, ressalta.

Destaca Pawlo Cidade ainda que pelo Projeto Seis e Meia já passaram grandes nomes da música local e regional, a exemplo de Letto Nicolau, Herval Lemos, Délio Santiago, Selma Aguiar, Keketa, Itassucy, Chica de Cidra, Bebeto, Cláudia Moura, Suzy Rodrigues, Jonga Fialho, Edu Netto, Reizinho, Lula Armstrong, dentre outros.

Com informações da Secom/Ilhéus.

SOANE NAZARÉ, RENÉE ALBAGLI E JOAQUIM BASTOS SERÃO PROFESSORES EMÉRITOS DA UESC

Soane Nazaré, Renée Albagli e Joaquim Bastos.

Da Ascom/UESC.

Soane Nazaré de Andrade, Renée Albagli Nogueira e Antonio Joaquim Bastos da Silva, são os três docentes e reitores da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) que se preparam para integrar o grupo restrito dos Professores Eméritos, título destinado aos professores que se destacaram pelos relevantes serviços à Universidade e que, por isso mesmo, continuarão a colaborar com a Instituição.

Soane Nazaré

Nascido no povoado ilheense de Água Preta, hoje município de Uruçuca, aos cinco dias de agosto de1933, o Professor Soane Nazaré de Andrade é bacharel em Direito, pela Faculdade de Direito da Bahia turma de 1953.

Em 1969 iniciou sua luta para ampliar o ensino superior no Sul da Bahia com investimentos e articulações para a união da Faculdade de Direito de Ilhéus e das Faculdades de Filosofia e de Ciências Econômicas de Itabuna, posteriormente unidas e transformadas (1973) na Federação das Escolas Superiores de Ilhéus e Itabuna – FESPI (hoje UESC), da qual foi eleito seu primeiro Diretor-Geral, exercendo o cargo de 1973 a 1985. Sua participação no processo de estadualização da UESC é caracterizada como uma luta de muitos desafios e enfrentamentos. No momento mais agudo da crise financeira da instituição, em 1882, enfrentou o Conselho Diretor e assegurou a manutenção da mensalidade.

(mais…)

MARÃO QUER O PT DE ILHÉUS NO GOVERNO

Segundo Marão, a entrada do PT é certa.

Com a derrota dos deputados Paulo Magalhães e Ângela Sousa, o prefeito de Ilhéus, Mario Alexandre, perdeu importantes canais de interlocução com o governo estadual.

Enfraquecido politicamente, Marão tenta agregar outras forças para evitar que o governador Rui lhe vire as “costas”. Para isso, está disposto a abrir espaço para o PT de Ilhéus no governo municipal.

As conversas aconteceram em Salvador e não passaram pelo diretório municipal do PT, que no início deste ano decidiu recusar o comando da secretaria municipal de cultura.

Nos bastidores, Marão dá como certa a entrada do PT a partir de janeiro de 2019. 

Vale ressaltar que o vereador Makrisi (PT) não respeitou a decisão do diretório municipal. Disposto a fazer carreira solo, indicou três pessoas que ocupam, respectivamente, a direção do Colégio Municipal do Teotônio Vilela, a coordenação da Creche Dom Eduardo (bairro São Francisco) e a vice-direção do Colégio Nelson de Oliveira (bairro Nelson Costa).

Apesar de já ter na aba do seu chapéu um vereador petista, Marão está disposto a oferecer outros cargos para ter uma aliança oficial com o partido.

Outro lado.

A presidente do PT/Ilhéus, Ariadne Pitanga, disse ao Blog do Gusmão que a informação não procede, pois o diretório municipal não foi consultado. Afirmou que esteve recentemente com o presidente estadual do partido, Everaldo Anunciação, e a possibilidade sequer foi cogitada.

O professor Ednei Mendonça, ex-presidente do partido no município e influente membro do diretório local, disse que desconhece o assunto.

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 13 OPORTUNIDADES DE TRABALHO

Sinebahia Ilhéus oferece uma vaga para veterinário (a).

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis nesta terça-feira, 30, na agência do Sinebahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

ANALISTA CONTÁBIL

Superior Completo em Ciências Contábeis

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

Possuir conhecimento na área fiscal, contábil e tributária

Desejável registro no CRC

01 VAGA 

AUXILIAR DE COZINHA

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

Residir preferencialmente na zona sul

01 VAGA

AUXILIAR FINANCEIRO

Ensino Superior Completo em Administração, Ciências Contábeis ou Economia
Experiência mínima de 06 meses na área financeira comprovada em carteira de trabalho

01 VAGA

(mais…)

SECRETÁRIOS ANUNCIAM CANDIDATURA DE MARIO ALEXANDRE À REELEIÇÃO

Prefeito Mário Alexandre. Imagem: Clodoaldo Ribeiro.

Em primeira mão.

O Hotel Barravento, de Ilhéus, sediou um encontro do prefeito Marão com as pessoas que ocupam cargos de confiança no governo municipal.

O evento realizado na última sexta-feira, 26, tentou levantar o ânimo da equipe, após a derrota vergonhosa da deputada estadual Ângela Sousa (ficou na 10ª suplência).

Os secretários Gil Gomes (governo) e Eliane Oliveira (educação) disseram que o prefeito será candidato à reeleição em 2020. 

Marcado para as 18 horas, como sempre Marão chegou atrasado (19h30). Quando ouviu as falas de Gil e Eliane não esboçou desconforto.

Comentário do blog.

O prefeito cometeu um erro primário e amador. Antecipou o projeto com a sua gestão na defensiva, mal avaliada e duramente criticada. Sequer conseguiu reeleger a mãe.

Normalmente, os gestores com alta desaprovação buscam melhorar seus índices para depois dar início ao jogo. 

Com o anúncio precoce, os adversários aumentarão o tom das críticas.

Motivos não faltam. 

SEMINÁRIO INTEGRADOR DA FACULDADE MADRE THAÍS REVELA UM UNIVERSO DE POSSIBILIDADES

Vestibular Agendado da FMT 2018.1. Imagem: Jonildo Glória/ASCOM-FMT.

“Um universo de possibilidades” foi o tema do VIII Seminário Integrador que a Faculdade Madre Thaís (FMT) realizou no período de 23 a 26 de outubro. A programação, repleta de atividades, reuniu acadêmicos, professores e funcionários, além de representantes de entidades parceiras para discutir conteúdos aplicados nos 14 cursos de bacharelado oferecidos pela instituição.

Segundo a diretora acadêmica da Faculdade, professora Tatiana Barcelos, “o Seminário Integrador faz com que o aluno e o professor se coloquem diante de um mundo que se apresenta com muitas variáveis. Estas vão além daquelas que normalmente são estudadas na teoria. Além disso, mobiliza os conhecimentos, instiga novas perguntas, faz com que o estudante da FMT busque crescimento na experiência, na interdisciplinaridade e na experiência dos diversos grupos”.

Conforme a professora Tatiana Barcelos, “o evento, em especial, foi preparado para os acadêmicos e professores iniciantes na extensão. A atividade faz parte de um programa de formação no qual procuramos oferecer subsídios básicos para o trabalho de campo, unido ao ensino, a pesquisa e a extensão”, disse.

O Seminário contou com mesa redonda, abordando diversos temas, minicursos e oficinas envolvendo todas as áreas de conhecimento oferecidas na FMT e apresentação de banners. O curso de Arquitetura e Urbanismo realizou uma visita guiada ao lixão de Itarirí.

Vestibular 2019.1

As inscrições para Vestibular 2019/1, da Faculdade Madre Thaís, estão abertas com opções nos turnos matutino e noturno, para os cursos de Administração, Enfermagem, Biomedicina, Direito, Logística (tecnológico), Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Fisioterapia, Gestão de Recursos Humanos (tecnológico), Serviço Social, Farmácia, Gastronomia, Arquitetura e Urbanismo, Cacau e Chocolate (tecnológico).

A inscrição presencial pode ser feita até o dia 24 de novembro, na secretaria da FMT, na Av. Itabuna, 1.491 – Gabriela Center -, de segunda a sexta das 9 às 21 horas e aos sábados das 8 às 15 horas, ou na Galeria Shopping It’Art, no calçadão D.Pedro II e ainda, através do site. Para aquele que optar pela utilização do ENEM, a inscrição será até o dia 23 de novembro, mediante apresentação do boletim, constando nota e número de inscrição no ENEM.

O processo de seleção consiste em uma prova de conhecimentos gerais contemporâneos e uma redação, no dia 25 novembro (domingo), das 09 às 13 horas, na sede da FMT. Informações: pelo telefone 3222-2330.

Página 1 de 111...Última »
error: Content is protected !!