COCI: dez milhões de reais e falha no plantão da ortopedia.

Dados do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM) revelam que entre janeiro de 2017 a julho de 2018 o Hospital de Clínica do Malhado, a conhecida COCI, recebeu do governo Mario Alexandre acima de R$ 10 milhões (R$ 10.264.533,55).

O contrato 061/2016, firmado com a secretaria municipal de saúde, assegura que a COCI preste serviços de urgência e emergência durante vinte quatro horas por dia aos usuários do SUS.

Apesar do compromisso, no último sábado, 29, por volta das 11h40min., o vereador Makrisi (PT)  foi até a COCI em busca de atendimento para um sobrinho com punho e mão machucados.

A recepção informou que não havia ortopedista de plantão e recomendou o Hospital Regional Costa do Cacau.

O sobrinho de Makrisi não teve fratura e passa bem. Decepcionado, o parlamentar encaminhou denúncia ao Ministério Público Estadual, Conselho Estadual de Saúde e outros órgãos de controle e fiscalização.

Por volta das 14h07min., desta quarta-feira, 03, tentamos falar via telefone com o secretário de saúde, Geraldo Magela, para colher explicações. Mesmo após várias tentativas durante 15 minutos, não conseguimos contato.