Central de Abastecimento do Malhado. Imagem: Gidelzo Silva.

Como parte das ações do projeto MobCidades, coordenado localmente pelo Instituto Nossa Ilhéus, segue até a próxima semana o prazo para submissão de ideias para o Concurso de Ideias de Arquitetura e Urbanismo “VivaAcidade”, que receberá propostas de intervenção urbana do entorno da Central de Abastecimento de Ilhéus.

Voltado para estudantes regularmente matriculados nos cursos de bacharelado em Urbanismo e de Arquitetura e Urbanismo de toda a Bahia, as propostas deverão compreender a área referente a Primeira Travessa da Avenida Ubaitaba, Avenida Lindolfo Collor, Travessa Lindolfo Collor e Rua Uruguaiana, no bairro Malhado.

O objetivo do VivaAcidade é considerar as melhores ideias com foco na apropriação do espaço público pelas pessoas, em uma melhor mobilidade e acessibilidade e a valorização do patrimônio histórico e cultural.

As inscrições presenciais deverão ser feitas até o dia 11 de outubro, na sede do Instituto Nossa Ilhéus, localizado na Rua Eustáquio Bastos, nº 126, edifício Kauffman, sala 803, Centro, Ilhéus. Os participantes que preferirem enviar via SEDEX, deverão postar a proposta, comprovadamente, até o dia 8 de outubro. Será permitida a participação de forma individual ou por equipe de até três membros. Acesse o edital: https://bit.ly/2y4tN1C

A premiação do(s) vencedor(es) será realizada no dia 18 de outubro de 2018, no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, e entregue oficialmente ao Prefeito Municipal de Ilhéus ou seu representante. O primeiro lugar será premiado com diárias no Cana Brava All Inclusive Resort, e o segundo colocado, no Hotel La Dolce Vita.

MobCidades – O projeto MobCidades – Mobilidade, Orçamento e Direito à Cidade é financiado pela União Europeia, coordenado pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos (INESC) e articulado localmente pelo Instituto Nossa Ilhéus (INI). O objetivo do projeto é fortalecer políticas de mobilidade urbana no Brasil por meio do monitoramento do orçamento público para o setor. O projeto reúne 10 movimentos de diferentes cidades brasileiras, sendo o INI o único na Bahia. Mais quatro instituições atuam como co-executores locais: Universidade Federal do Sul da Bahia – UFSB, Associação dos Surdos de Ilhéus – ASI, Rotary Club de Ilhéus e Associação dos Criativos do Hernani Sá.