Notinhas.

Marão e Kadu: derrota nas eleições e despedida.

O prefeiturável de Coaraci, Kadu Castro, atual superintendente do fundo municipal de saúde, está sem prestígio com o prefeito de Ilhéus, Mario Alexandre.

No último domingo, a deputada estadual Ângela Sousa (mãe de Marão) conquistou 1.444 votos na terra do aliado. Kadu teria prometido em torno de 2.000.

Com o resultado aquém do prometido, somado ao chororô da derrota, é provável que ele deixe o cargo, pois eleição para deputado só daqui a quatros anos. Caso Mario tente novo mandato, hipótese quase improvável, Kadu seria um zero à esquerda uma vez que não tem votos em Ilhéus.

O secretário de saúde, Geraldo Magela, não esconde o desconforto com os métodos do superintendente e já diminuiu seu poder. O cabo eleitoral não decide mais nada sobre os pagamentos feitos pela secretaria.

Voltando às eleições do último domingo, fonte do grupo de Marão disse que Kadu levou oitenta mil “santinhos” para Coaraci. Ao dividir a quantidade de “propagandas” pelos votos conquistados por Ângela na cidade (1.444), o quociente atinge 55 “santinhos” por voto. 

“Até que não saiu caro”, disse a fonte.