WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

sind sefaz vog torres do sul


transporte ilegal
outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘Cultura’

TEATRO MUNICIPAL DE ILHÉUS TEM AGENDA DIVERSIFICADA

Teatro municipal tem agenda diversificada.

Teatro municipal tem agenda lotada.

Nesta quinta-feira (19), inicia a agenda desse mês do Teatro Municipal de Ilhéus, o cronograma conta com diversos eventos culturais mesclados com espetáculos teatrais voltados para o público infantil e adulto.

Nessa quinta-feira, estudantes do Colégio São Jorge apresentam o “Show de Talentos”. O evento está marcado para as 18 horas. Já nos dias 20 e 21, às 8 horas, a secretaria municipal de Educação (Seduc) promove no foyer do teatro o movimento “Ilhéus sem violência é bem melhor”.

Conforme a programação, nesse sábado (21), às 15h30, o público infantil vai ter a oportunidade de assistir ao espetáculo “Masha e o urso”. No mesmo dia, a partir das 20h, será apresentada a peça teatral “Mulheres solteiras procuram” que vai ficar em cartaz até domingo (22), no mesmo horário.

Na próxima terça-feira (24), o teatro municipal agendou o show musical Crer&Ser, às 18h. Já na quinta-feira (26), às 19h, acontece o espetáculo Clássicos Eternos, com a participação de integrantes do Conservatório Musical Schumann.

No dia 27, às 20 horas, o cantor versátil Herval Lemos recebe um grupo de convidados para apresentar um repertório da música popular brasileira (MPB). Já no dia 28, o público infantil pode assistir ao musical “Moana”, a partir das 17 horas.

HUMBERTO CAVALCANTE LANÇA LIVRO SOBRE O CÂNCER DE PRÓSTATA

Advogado e escritor: Humberto Cavalcante lança livro sobre o câncer de próstata. Imagem: Divulgação.

Advogado e escritor: Humberto Cavalcante lança livro sobre o câncer de próstata. Imagem: Divulgação.

Nessa quinta-feira (19), o advogado e escritor, Humberto Cavalcante, vai lançar o livro “Desafiando o câncer de próstata”. O ato acontece às 19h30, no Hotel Royal, na rua Quintino Bocaiuva, 62, em Itabuna.

Segundo o editor Agenor Gasparetto, que assina o prefácio, a obra revela o drama do pai de Humberto, vitimado pelo câncer de próstata, numa época em que o toque retal era algo impensável para o homem latino. Ele ainda comenta sobre a necessidade e a eficácia dos cuidados que o doente deve ter. “É muito comum o sujeito idoso morrer com câncer de próstata, porém nem sempre por causa deste”, acrescenta.

O livro “Desafiando o câncer de próstata” é o terceiro livro publicado pela Via Litterarum do escritor Humberto Cavalcante. Conforme o autor, ele não acredita em uma morte, como uma “velha esquelética envolta num manto preto, com a sua foice ou cutelo afiado no ombro, mas mesmo assim, o trabalho dela não deve ser facilitado”, pontua. Seu livro é uma tentativa nesse sentido.

ILHÉUS LUTA PELO FIM DA INTOLERÂNCIA RELIGIOSA

Religiosos lutam pela paz e fim da intolerância religiosa.

Religiosos lutam pela paz e fim da intolerância religiosa.

Nesse domingo (15), o grupo “Povos de Terreiros de Ilhéus” promoveu uma caminhada para reunir diversas religiões e instituições. O objetivo era combater a intolerância religiosa para a construção de uma sociedade que saiba aceitar as diferenças.

Segundo a maior liderança local do candomblé, Mãe Carmosina, a ação visa mais que a tolerância. “Nós não devemos apenas ser tolerantes. O que precisamos é de respeito, de entender a opção do outro”, afirmou.

O vice-prefeito José Nazal (REDE) também participou da caminhada e comentou sobre a importância do evento. “A construção de uma Ilhéus mais cidadã passa por encontros como este, onde o respeito as diferenças podem ser vistas como maior símbolo da paz”.

Outras lideranças também participaram da caminhada, entre eles o presidente da Câmara de Vereadores, Lukas Paiva, o vereador Fabrício Nascimento e o bispo Dom Mauro.

CONSELHO DE MESTRES DA CAPOEIRA DE ILHÉUS TOMA POSSE

post

Conselho de Capoeira toma posse.

Hoje, sexta-feira (13), a primeira diretoria do Conselho de Mestres da Capoeira de Ilhéus vai tomar posse, para o exercício 2017-2019. O ato acontece na sede da Academia de Letras da cidade, às 17h30. Os integrantes foram eleitos no curso desse ano, com o propósito de representar as agremiações na formação de Grupos de Trabalho (GT), junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Em parceria com as secretarias municipais de Educação (Seduc) e Cultura (Secult) na implementação das políticas de salvaguarda da Capoeira, o conselho foi fundado em 2016. Segundo o presidente e mestre Jenilson “Negão”, o objetivo do conselho é representar estas agremiações que são formadas por articulares, mestres, contramestres e professores do município.

Mestre Negão ainda destacou o reconhecimento da Roda de Capoeira pela UNESCO, 2014, como uma conquista muito importante para a cultura brasileira.

NOVOS INTEGRANTES DO CONSELHO CULTURAL DE ILHÉUS

Pawlo Cidade. Imagem: Clodoaldo Ribeiro.

Pawlo Cidade. Imagem: Clodoaldo Ribeiro.

No dia 25 de outubro, os novos integrantes do Conselho Municipal de Cultura tomam posse. O conselho é formado por representantes do poder público e da sociedade civil. O ato acontece no auditório da Academia de Letras de Ilhéus, às 19h.

O objetivo do conselho é elaborar moções, pareceres sobre tombamentos e reformas do patrimônio cultural, particular de comissões técnicas e temáticas.

O conselheiro estadual de Cultura, Pawlo Cidade, comentou sobre a importância do órgão cultural para o município. “O Conselho de Cultura é o principal órgão do sistema municipal de cultura. Ele tem a função precípua de acompanhar o cumprimento das diretrizes e instrumentos de gestão, planejamento e financiamento da cultura. E mais: propor, e, quando possível exercer a função normativa. A grande vantagem de sua existência para a gestão pública é que ele dá mais visibilidade, transparência e legitimidade às ações do governo”, afirmou.

:: LEIA MAIS »

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO CULTURAL DA UESC ABRE 40 VAGAS

UESC abre especialização em Gestão Cultural. Imagem: Robson Duarte

UESC abre especialização em Gestão Cultural. Imagem: Robson Duarte

A Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) publicou o edital do processo seletivo para a especialização em Gestão Cultural. O programa oferece 40 vagas para a turma de 2018.

As inscrições vão ocorrer nos dias úteis entre 16 e 27 de outubro. Deverão ser realizadas no Protocolo Geral da UESC, das 8 às 16 horas, ou pelos correios, via SEDEX, no mesmo período.

A seleção vai se dar em duas etapas: análise de ficha de inscrição, homologada até o dia 14 de novembro e entrevista presencial marcada para o dia 30 do mesmo mês.

Para mais informações, acesse o edital.

JORGE PORTUGAL E ROBERTO MENDES FAZEM DUETO EM ITABUNA

Jorge Portugal e Roberto Mendes. Imagem: Divulgação.

Jorge Portugal e Roberto Mendes. Imagem: Divulgação.

Nesse sábado (16), em Itabuna, o secretário de Cultura Jorge Portugal e o cantor e compositor Roberto Mendes vão apresentar o projeto “O violão e a palavra”. Aberto ao público, o show está marcado para as 19h, no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães. A iniciativa faz parte do programa Escolas Culturais, desenvolvido pelo Governo do Estado.

Conforme a Secretaria de Cultura do Estado, o objetivo é sensibilizar o público para a importância do bom texto na formação da cidadania. O tema vai ser “A relação da palavra com a música”, em que a música e a palavra estarão juntas no encontro que une o violão e a poesia.

O projeto pretende contribuir e estimular a cultura e a arte para quem curte literatura e música, além de reduzir os efeitos das dificuldades de leitura e interpretação de textos.

EDITUS INCENTIVA A LEITURA NAS ESCOLAS DO SALOBRINHO

Diretora da Escola Municipal do Salobrinho e Rita Virginia Argollo. Imagem: Divulgação/Editus.

Diretora da Escola Municipal do Salobrinho e a diretora da Editus, Rita Virginia Argollo. Imagem: Divulgação/Editus.

A Editus (Editora da UESC) expandiu o projeto “Um Lugar para Ler” para a Escola Municipal do Salobrinho e o Colégio Estadual Paulo Américo, ambas localizadas no bairro do Salobrinho, em Ilhéus. Cada instituição ganhou um armário recheado de livros de diferentes temáticas.

O objetivo é incentivar a leitura e formar novos leitores fora do campus da universidade. Qualquer estudante, professor ou funcionário tem acesso gratuito às obras, com o único compromisso de cuidar e devolver o exemplar emprestado.

A diretora da Editus, Rita Virginia Argollo, destacou o empenho da UESC para levar os seus serviços além dos muros da universidade. “Continuamos acreditando e trabalhando no sentido de favorecer a saída do espaço acadêmico para levar a produção universitária até a comunidade, colaborando com reflexões, trocas e apropriação de conhecimento”, afirmou.

ROMANCE NARRA A SAGA DOS TUPINAMBÁS NA SERRA DO PADEIRO

 

Serra do Padeiro chega às livrarias. Imagem: Waldeny Andrade

Serra do Padeiro chega às livrarias. Imagem: Waldeny Andrade

Em  breve, o escritor Waldeny Andrade vai lançar o seu mais novo livro, “Serra do Padeiro – A saga dos Tupinambás”. Editada pela Via Litterarum, a obra de 288 páginas destaca as lutas do povo tupinambá de Olivença. 

A história mistura realidade e ficção, contando a saga de uma família constituída por um sobrevivente austríaco da primeira guerra mundial e uma índia tupinambá. Também destaca a luta dos índios pela demarcação de uma área de 35.300 hectares e sua resistência contra as invasões. O palco da narrativa é o território de Buerarema.

O escritor vai lançar o livro em Salvador, Ilhéus, Itabuna e Buerarema.

CONSELHO DE CULTURA DE ILHÉUS CONVOCA ELEIÇÕES

Conselho convoca novas eleições.

Presidente convoca novas eleições.

O presidente do Conselho Municipal de Cultura de Ilhéus, Gilsonei Rodrigues Santos, convocou ontem (22) assembleia com os representantes das câmaras setoriais e do poder público municipal. Em pauta: a posse dos atuais conselheiros e a realização das novas eleições da diretoria do órgão.

A assembleia vai ser realizada na próxima quarta-feira (30), no auditório da Biblioteca Pública Municipal Adonias Filho. A primeira chamada está marcada para as 17 horas.

De acordo com o Artigo 24º do regimento interno, somente os conselheiros titulares poderão votar e ser votados para os cargos de presidente e secretário-geral. As eleições vão acontecer em dois turnos, primeiro para o secretário e em seguida para presidente.

CAMAMU REALIZA FESTIVAL GASTRONÔMICO PARA ESTIMULAR TURISMO

Sabores e Saberes da Nossa Terra. IMAGEM: SECOM/CAMAMUBA

Festival gastronômico. IMAGEM: SECOM/CAMAMUBA

Entre os dias 14 e 15 deste mês de agosto, Camamu realizou a primeira Edição do Festival Gastronômico “Sabores e Saberes de Nossa Terra”. Nos dois dias do evento que reuniu gastronomia, música e arte houveram mais de 1500 pessoas visitando, um concurso gastronômico com 30 participantes entre chefs, donas de casa e restaurantes, 03 atrações musicais, exposições de arte e ainda a Cozinha Show e Cozinha Kids que contou com mais de 100 participantes.

Na terça-feira (15), aconteceu o Concurso Gastronômico e Degustação de Frutos do Mar, na praça Nossa Senhora da Assunção, onde iniciaram-se as comemorações da Padroeira da Cidade, tendo a programação finalizada com show da cantora Fabíola Lins.

Houveram premiações para os melhores nas três categorias: chefs, cozinha de casa e restaurantes até o terceiro lugar de suas respectivas categorias. Os critérios avaliativos foram “apresentação e sabor”.

O evento realizado em parceria do Governo da Bahia, Secretaria de Turismo e da prefeitura da cidade tem objetivo de incrementar o turismo e colocar Camamu no roteiro Gastronômico da Bahia. “Camamu é muito rica, em sua cultura, história, suas tradições, belezas naturais, tem um imenso potencial turístico e a gastronomia está inserida nesse contexto. Estou satisfeita com o resultado. Esse é apenas o primeiro de muitos. Vamos entrar no roteiro gastronômico da Bahia!”, afirmou a prefeita Ioná Queiroz (PT). 

Além da prefeita, Ioná Queiroz, estiveram presentes, os deputados estaduais Rosemberg Pinto (PT) e os federais Josias Gomes (PT) e Robinson Almeida (PT).

ITABUNA: LBV PROMOVE DIA DE INCENTIVO À LEITURA PARA CRIANÇAS

Fonte: Divulgação.

Fonte: Divulgação.

Nessa sexta-feira (26) em Itabuna, o Centro Comunitário de Assistência Social da Legião da Boa Vontade (LBV) promoveu um dia inteiro de atividades lúdicas e de incentivo à leitura para as crianças atendidas. A ação faz parte da Semana Mundial do Brincar, realizada pela Aliança pela Infância em todo o Brasil.

A programação contou com atividades de leitura, contação de histórias e brincadeiras para os pequenos, além de sorteio de livros, e música.

O Centro Comunitário está localizado na Avenida Gileno Amado, 135 — Caixa D’Água. Para outras informações, ligue: (73) 3212-6242.

ESPETÁCULO DE TEATRO ACONTECE HOJE EM ILHÉUS

Teatro Popular de Ilhéus. Imagem: Clóvis Lunardi.

Teatro Popular de Ilhéus. Imagem: Clóvis Lunardi.

Neste sábado (27) ás 20 horas, estréia “Os fuzis da senhora Carrar”. A produção é do Grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI) e vai acontecer na Tenda (espaço cultural localizado na Avenida Soares Lopes).

O espetáculo conta a história de Teresa Carrar, uma mãe que tenta manter a integridade dos filhos em meio à guerra civil espanhola.

Os ingressos para a estreia podem ser adquiridos, em horário comercial, na Papirus Livraria (Shopping It’art) e na bilheteria da Tenda a partir das 19 horas do sábado.

OLIVENÇA RECEBE O PROJETO “SÃO JOÃO DOS BAIRROS”

São JoãoNo dia 18 de junho, o projeto São João dos Bairros vai chegar a Olivença, na zona sul de Ilhéus. A iniciativa é fruto de parceria entre a TV Santa Cruz e a prefeitura.

Antes, no próximo dia 11, a Avenida Soares Lopes também será palco do festejo junino.

O São João dos Bairros reúne atrações musicais, comidas típicas, brincadeiras, concurso da rainha do milho e encontros de quadrilhas juninas.

COLÉGIO VITÓRIA LEVA BIBLIOTECA ITINERANTE PARA A CONQUISTA

DSC_0417A Biblioteca Horizontina Conceição, do Colégio Vitória, em Ilhéus, realiza até esta sexta-feira (13), a “contação da estória” de Frank Asch. O projeto tem objetivo de estimular a difusão pelo interesse do livro em todos os cantos da cidade.

Na próxima segunda (16), por exemplo, como parte do projeto, alunos do Colégio Vitória vão levar para a praça da Conquista, próximo à Igreja Santa Rita de Cássia, a Biblioteca Itinerante. O evento acontecerá das 9h às 11h30min.

Além de disponibilizar o acervo, estórias serão contadas para crianças da comunidade. Os livros que os leitores mais gostarem, poderão ainda, ser levados para casa e devolvidos dias depois.

Parte significativa do acervo que será levado à praça foi doado através de campanhas feitas pelos próprios alunos do Vitória. “É um projeto onde compartilhamos leitura, conhecimento e amor pelo livro”, afirma a professora Ângela Márcia Damasceno, coordenadora do projeto. 

O REFRÃO PUNK E A MISSÃO JESUÍTA

foto blog compacPor Thiago Dias

Humberto Gessinger já confessou: ele não esperava a repercussão que o refrão da sua música teve. Para o compositor gaúcho, acolher a expressão “o Papa é Pop” foi uma atitude punk do povo brasileiro.  A música “O Papa é Pop” foi lançada num disco de mesmo nome, dos Engenheiros do Hawaii. 1990 – era o começo do fim do século XX e Humberto captou o espírito da coisa.

A crônica da música apresenta uma reflexão realista sobre a midiatização do mundo. A imposição de uma sintaxe onipresente dos sistemas de comunicação. Tudo precisa passar pelo crivo do médium para existir socialmente. Inclusive a Humildade (“com H maiúsculo e dourado”) de um papa.

As Igrejas e os Estados sempre souberam disso. Quando João Paulo II “levou um tiro à queima-roupa” a violência do ato foi capitalizada pela própria Igreja Católica. “Morresse João ao vivo”, divagou o Arcebispo Secretário de Marketing do Vaticano. Porque papas são substituíveis. O papa aposentado que o diga. “Mas quanta visibilidade valeria o ídolo assassinado em tempo real?”, calculou o ASMV.

Porque a visibilidade é O capital social do nosso tempo. A música dos Engenheiros capturou o processo de consolidação da visibilidade num imperativo (Paula Sibilia). Um fator determinante para a sobrevivência de ideias, ideais, movimentos sociais, partidos políticos e papas. Todos recorrem ao poder da comunicação social.

No congresso nacional, os maiores partidos querem suprimir o direito dos menores ao horário eleitoral na TV. A lógica dos donos da proposta é simples: dizimar qualquer chance da concorrência no mercado da visibilidade. Na televisão aberta do Brasil, o discurso ruralista tem vários canais – nenhum para defender os interesses das etnias nativas. Para partidos grandes e latifundiários, partidos pequenos e índios são bons quando mortos. Porque mortos não ameaçam hegemonias.

Nas escolas de comunicação social, duas teorias se ocupam do estudo avançado sobre o agendamento de notícias (discursos, em última instância) na pauta do espaço público. A Agenda Setting (McCombs e Shaw), como o nome inglês indica, afirma que os mass-media tem um poder muito influente no controle dos temas sobre os quais as populações discutirão. O agendamento consiste na atuação conjunta dos difusores de informações, como um sistema integrado.

A segunda teoria, chamada Espiral do Silêncio (Noelle-Neumann), entende que ideias minoritárias tendem ao desaparecimento. Quanto menor o número de vozes defendendo uma ideia, maiores são os desafios que essa mesma ideia enfrentará para resistir no espaço público. Há uma pressão dos discursos hegemônicos que subtrai o poder de manifestação das ideias alheias ao Status Quo. Desse modo, pensamentos minoritários são empurrados para o esquecimento – uma espiral do silêncio lhes amordaça.

Portanto, nas duas teorias, a visibilidade social é um conceito chave. Para entrar na agenda dos espaços públicos, a notícia precisa dela. Para sobreviver à atração fatal da espiral do silêncio, a ideia precisa de visibilidade. Tudo isso está condensado na aliteração “o papa é pop”, que a atitude-punk-involuntária do brasileiro estandardizou.

João Paulo II se notabilizou pelo carisma. O cardeal Ratzinger (pobre Bento) saiu pela falta dele. Numa época de grande visibilidade e reestruturação dos poderes religiosos, a Igreja Católica não hesitou em aposentar o alemão e sua sisudez congênita. Para o seu lugar (e a escolha do novo pontífice raras vezes foi tão rápida), ninguém mais adequado que o humilde Papa Francisco. Ainda mais se, ao invés de franciscano, ele for jesuíta – a ordem religiosa específica das missões colonizadoras no Novo Mundo.

Papa Francisco está campo e “bota fé” na sua missão. O refrão punk retorna inevitável, porque “o Papa é pop – o pop não poupa ninguém”.

 



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia