setembro 2014
D S T Q Q S S
« ago    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


faculdade madre thais

:: ‘Ilhéus’

BEBETO LAMENTA A MORTE DE DODÔ ARAÚJO

Bebeto Galvão.

Bebeto Galvão.

O candidato a deputado federal Bebeto Galvão (PSB) emitiu nota de pesar pelo falecimento do radialista Adocival Araújo, o saudoso Dodô Araújo, ícone da comunicação ilheense e da Bahia, que atuou em diversas emissoras de rádios.

“Com sua voz marcante e postura ilibada, Dodô era uma referência para a comunicação séria da Bahia, sempre atento aos interesses da sociedade. Dodô era meu amigo, e devo boa parte do meu aprendizado político a ele, que acompanhou meus passos na política e no movimento sindical, sempre questionando e cobrando melhores formas de representação na cidade e na região sul. É uma grande perda para a imprensa baiana”, lamenta Bebeto.

MORRE O RADIALISTA ADOCIVAL ARAÚJO

Adocival Júnior e o pai Dodô Araújo.

Adocival Júnior e o pai Dodô Araújo.

Nascido em Itapé, quando aquela cidade ainda era um distrito de Itabuna, Adocival Araújo construiu uma carreira de sucesso nas rádios de Ilhéus, onde é mais conhecido como Dodô. Morreu nessa segunda-feira, 1º, aos 78 anos. Morava com a família no bairro Teotônio Vilela. Deixou viúva e quatro filhos. 

O corpo de Dodô está sendo velado no SAF da Avenida Itabuna. O sepultamento será às 16 horas, no Cemitério do Basílio.

Com informações do Sindicato dos Radialistas de Ilhéus. 

FACULDADE MADRE THAÍS RECEBE HOMENAGEM DA OAB

Marcos Flavio, Josevandro Nascimento e Eusinio Lavigne Gesteira. Foto: Jonildo Glória.

Marcos Flavio, Josevandro Nascimento e Eusinio Lavigne Gesteira. Foto: Jonildo Glória.

Marcos Flávio Rhem, presidente da seccional ilheense da OAB, homenageou a Faculdade Madre Thaís por seus dez anos de serviços prestados à população regional. A homenagem foi registrada em uma placa, recebida pelo diretor-geral da FMT, Eusínio Lavigne Gesteira, na cerimônia de encerramento da Conferência Estadual dos Advogados. O evento ocorreu no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, em Ilhéus, entre os dias 28 e 30 de agosto. 

Diante de mais de 1.300 conferencistas, Eusínio Lavigne agradeceu o reconhecimento da instituição. “Receber uma homenagem é sempre muito bom, mas, o caso específico tem um valor especial. É uma homenagem que vem da Ordem dos Advogados do Brasil, uma das principias guardiãs da democracia e da liberdade. Essa é uma prova inequívoca que estamos no caminho certo. Estendo esta homenagem ao professor Josevandro Nascimento, coordenador do nosso Curso, aos professores da Faculdade Madre Thaís e, principalmente, aos nossos alunos, razão da nossa existência”, concluiu. 

PORTO SUL: ESTUDIOSO TRAÇA HISTÓRICO DE FRACASSOS DA ENRC

Roger Moody iniciou a publicação de série de artigos sobre o Porto Sul.

Roger Moody iniciou a publicação de série de artigos sobre o Porto Sul.

O britânico Roger Moody é um dos maiores estudiosos dos impactos socioambientais e econômicos da mineração. Referência internacional sobre o tema, escreveu e editou diversos livros a respeito dessa indústria, como “Os Riscos que nós Corremos – Mineração, Comunidades e Seguro de Risco Político” (2005). Moody acompanha atividades desse setor em todo o mundo. Entre maio e junho desse ano, visitou Caetité e Ilhéus para avaliar de perto as áreas de influência da Ferrovia Oeste-Leste e do Complexo Intermodal Porto Sul. De volta a Londres, anunciou que publicará um estudo crítico sobre esses empreendimentos.

Na última sexta-feira, 29, Roger Moody publicou o primeiro capítulo do estudo. Essa parte retoma o histórico do processo de licenciamento do projeto, ainda em andamento. O especialista destaca os percalços enfrentados pela Eurasian Natural Resources Corporation, empresa do Cazaquistão que comanda a Bahia Mineração. A ENRC rendeu enormes prejuízos a seus investidores durante sua tenebrosa passagem pela Bolsa de Valores de Londres. Sob acusações de fraudes e pagamentos de propinas, a corporação é investigada pelo Serious Fraud Office (Escritório de Fraudes Graves), da Inglaterra. Devido aos problemas que enfrenta para licenciar seu empreendimento no litoral norte de Ilhéus, em 2013, a Bamin considerou a possibilidade de transportar sua produção por meio da Ferrovia Centro-Atlântico e do Porto de Tubarão, no Espírito Santo.

Publicaremos todos os textos de Moody sobre o tema. O primeiro segue abaixo.

ENRC – DO TRIUNFO PARA A DESGRAÇA

Por Roger Moody – London Mining Networktradução de Ismail Abéde

Introdução

Os cidadãos brasileiros estão sendo confrontados por um sistema chamado Pedra de Ferro, que pretende extrair milhões de toneladas de minério de ferro de uma mina no Estado da Bahia (Nordeste do Brasil) e transportá-las por vias rodoviária e ferroviária até um porto no oceano atlântico. 

Superficialmente, há pouco de novo nisso. A Vale, maior produtora de minério de ferro do mundo, tem feito a mesma coisa há décadas, enfrentando como resultado, oposição em grande escala a partir de comunidades indígenas, ativistas sociais e grupos ambientalistas. No entanto, este projeto em particular é excepcional por vários motivos diferentes :
– Primeiro, foi proposto por uma empresa do Cazaquistão, cujas atividades em outras partes do mundo – especialmente na África – estão atualmente sujeitas a investigações significativas de fraude e corrupção no Reino Unido e EUA. 
– Em segundo lugar, a própria mina começou a operar em terra confiscada dos agricultores locais, sem consulta adequada, e em violação aos regulamentos básicos ambientais, de saúde e segurança. 
– Em terceiro lugar, entre os planos para exportar a produção da mina, existe a construção de um novo porto em uma linha de costa ecologicamente sensível que ameaça a subsistência de pescadores, agricultores e dos fornecedores de infraestruturas turísticas. 
– Por fim, o projeto Pedra de Ferro – como é chamado – até esta data foi negligenciado pelo radar crítico, tanto no Brasil como fora do país, apesar de suas dimensões internacionais. O presente trabalho é uma tentativa de sanar essa deficiência. 

Apresentado em capítulos on-line durante as próximas semanas, em Português e Inglês, ele abre com uma análise da natureza e do comportamento empresarial altamente questionável da ENRC, empresa por trás do projeto.

Capítulo 1
A estrada rochosa da ENRC: Da arrogância, através de desastres, para conseguir o que quer.

Este capítulo traça os eventos-chave que influenciaram a sorte da ENRC, especificamente como eles impactaram sobre as suas tentativas de lançar o projeto de minério de ferro da BAMIN – Pedra de Ferro, a partir de 2010 até o presente.

Por um período seguinte após a retirada da empresa da bolsa de valores de Londres, em 2013, o futuro da ENRC parecia em dúvida – assim como o do projeto Pedra de Ferro.

:: LEIA MAIS »

QUER UM TRABALHO? SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE VAGAS NESSA QUARTA-FEIRA

Confira  abaixo as vagas disponíveis nessa quarta-feira (03), na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Cozinheiro de Restaurante

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 6 meses de experiência

  • 1 vagas

Cabeleireiro

  • 6 meses de experiência

  • 3 vagas

Trabalhador Rural

  • Formação: Ensino Fundamental Incompleto

  • 6 meses de experiência

  • 1 vaga

:: LEIA MAIS »

GOVERNO DE JABES DEIXA RENAIS CRÔNICOS SEM TRANSPORTE

Elenita Ribeiro Santana. Fotos: Blog do Gusmão/Thiago Dias.

Elenita Ribeiro Santana. Fotos: Blog do Gusmão/Thiago Dias.

Reportagem Thiago Dias.

O Blog do Gusmão visitou o Centro de Assistência Renal (CAR) de Ilhéus, na última sexta-feira, 26. Mônica Valéria Ferreira Alves, presidente da ACROETIL (Associação dos Pacientes Renais Crônicos e Pacientes Transplantados de Ilhéus), nos recebeu. Segundo ela, a legislação vigente obriga a Secretaria Municipal de Saúde a transportar os pacientes com dificuldades motoras. Eles precisam de três sessões semanais de hemodiálise, mas, o governo oferece o serviço de transporte de forma irregular.

O renal crônico é um sofredor. Esse paciente (em todos os sentidos da palavra) possui rins que não funcionam. A debilidade exige que ele fique 4 horas numa máquina, sentado, vendo seu sangue fluindo por mangueiras para ser filtrado (hemodiálise). Sem esse procedimento pode morrer rapidamente.

Conversamos com três pacientes renais crônicos. Elenita Ribeiro Santanta, 42 anos, mora na Vila Cachoeira e se move com muita dificuldade. Para ir ao CAR, usa muletas e precisa da companhia de um parente. Suas sessões de hemodiálise ocorrem das  11 às 15 horas de todas as segundas, quartas e sextas-feiras. Com graves limitações de postura física, ela não consegue acomodar-se de modo seguro e confortável nas cadeiras dos ônibus. Quando o governo municipal não fornece o transporte, gasta R$ 70 com táxi para ir até o Centro de Assistência Renal, no Parque Infantil, e voltar para casa.

Elenita tem apenas uma renda, o salário mínimo que recebe do programa de Benefício de Assistência Social ao Idoso e ao Deficiente, conforme a Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS – Lei 8.742/93). Como a Secretaria de Saúde não fornece o serviço de transporte às sextas-feiras, ela gasta R$ 280 mensais para realizar as 4 sessões de hemodiálise nesse dia da semana.

Antônio Carlos Santos Araújo e Valdete Porto da Silva.

Antônio Carlos Santos Araújo e Valdete Porto da Silva.

Os senhores Valdete Porto da Silva, 84 anos, e Antônio Carlos Santos Araújo, 63, vivem o mesmo drama. Silva mora no Condomínio Morada do Porto (próximo ao Banco da Vitória) e Araújo, no bairro Teotônio Vilela. Os horários e dias das suas sessões são iguais aos de Elenita. Quando o município não fornece o carro, o primeiro desembolsa R$ 40 da sua aposentadoria para ir ao CAR e voltar para casa de táxi. Já Antônio Carlos costuma gastar R$ 30.

Mônica nos recebeu no Centro de Assistência Renal, após sua sessão de hemodiálise.

Mônica nos recebeu no Centro de Assistência Renal, após sua sessão de hemodiálise.

Mônica explicou que não há feriado para os pacientes renais crônicos, pois a luta pela vida não para. “Se um deles deixa de realizar duas sessões seguidas, corre o risco de vir a óbito. Caso isso ocorra, responsabilizarei a secretaria de saúde”, sentenciou.

A presidente da ACROETIL também denunciou que 0 governo Jabes, logo no início de 2013, encerrou o Programa de Doação de Órgãos, alegando que não havia “interesse” em mantê-lo. O projeto era muito importante, porque suas atividades visavam a conscientização social sobre a importância do ato.

Nessa terça-feira, 2, por telefone, ouvimos o secretário de saúde de Ilhéus, Antonio Ocké. Ele admitiu que o problema ocorreu, no entanto, afirmou que o serviço de transporte já foi regularizado.

A ligação telefônica estava ruim. Apesar de inúmeras tentativas, inclusive por parte do secretário (que retornou o telefonema), não pudemos informá-lo que, segundo os pacientes, na última sexta-feira, a secretaria não ofereceu o transporte. Como não conseguimos restabelecer contato, também não tivemos a oportunidade de falar sobre o Programa de Doação de Órgãos. 

PREFEITURA DE ILHÉUS CONVOCA DONOS DE MOTOS “CINQUENTINHAS”

Leia abaixo o comunicado do governo municipal.

Leia abaixo o comunicado do governo municipal.

A Prefeitura de Ilhéus divulgou comunicado para convocar donos de motocicletas de 50 cilindradas, com objetivo de fornecer informações necessárias sobre a regularização desse tipo de veículo. Leia.

“A Sutran  – Superintendência de Transporte e Trânsito de Ilhéus – comunica aos proprietários e condutores de ciclomotores até 50cc, conhecida como “cinquentinha”, que os mesmos devem comparecer à sede da Sutran, localizada na Avenida Governador Roberto Santos, 86-A, até o dia 30 de setembro, com o objetivo de receber informações necessárias para regularização dos referidos veículos e condutores.

Esta ação tem finalidade educativa e está inserida no programa de Educação para o Trânsito, contemplando a programação da Semana Nacional do Trânsito, que será realizada entre os dias 17 a 23 de setembro.”

ILHÉUS: CONFIRA AS VAGAS DO SINEBAHIA NESSA TERÇA

Confira abaixo as vagas disponíveis nessa terça-feira, 2, na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9h.

Cozinheiro de Restaurante

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 6 meses de experiência

  • 1 vagas

Cabeleireiro

  • 6 meses de experiência

  • 3 vagas

Trabalhador Rural

  • Formação: Ensino Fundamental Incompleto

  • 6 meses de experiência

  • 1 vaga

:: LEIA MAIS »

VAI FALTAR ENERGIA NO PONTAL

Coelba-logo-65CB5C8B52-seeklogo.comNo próximo dia 10 (quarta-feira), a Coelba interromperá o fornecimento de energia para locais do bairro Pontal, em Ilhéus. A interrupção será necessária para  realização de reparos na rede elétrica e ocorrerá em momentos distintos. 

Entre 9h15 e 12h15, as seguintes localidades serão afetadas: Rua Julio Brito, Rua Brigadeiro Eduardo Gomes, Rua Lauro de Freitas, Rua Hermínio Ramos, Rua Américo Barreiras, Rua Salgado Filho, Rua Herotildes de Melo, Rua Barão do Rio Branco, Rua Inocêncio Correia, Rua 01 de Novembro e Rua Mem de Sá. 

Das 9h15 às 15h15, os seguintes lugares serão atingidos: Rua Castro Alves, Avenida 13 de Maio, Rua 01 de Novembro, Rua Américo Barreiras, Rua Eurário Bastos, Rua Herotildes de Melo, Rua Graviola, Rua Inocêncio Correia e Rua Lauro de Freitas.

O DIA EM QUE ABOBREIRA PRESSIONOU ACM PELA ÁGUA DA ZONA SUL

abobreira-ternoPor José Henrique Abobreira

“Abobreira pressiona ACM e Lyrio pela água da Zona Sul”- com esse título provocativo elaborei um panfleto reivindicando aos governos estadual e municipal a implantação do novo sistema de abastecimento de água da Zona Sul, que viria a ser implantado no Rio de Engenho no final dos anos 90. No corpo da mensagem, além do texto, uma foto publicada no jornal A Tarde de Salvador; na imagem, lideranças populares aparecem abraçando a Capela de Santana, no Rio do Engenho, local onde seria construída a barragem para a captação da água, segundo projeto da Embasa na época.

No dia em que distribuímos o panfleto, ACM viria a Ilhéus fazer um comício de apoio ao seu candidato Antônio Olimpio, que ganhou as eleições de 1992. De acordo com relatos dos que assistiram ao comício, à noite, ao ler o panfleto provocativo, o todo poderoso ACM ficou aborrecido e, no seu pronunciamento, tentou desqualificar a minha articulação. Disse que ninguém na Bahia o pressionaria por nada e ele já havia autorizado a construção do novo sistema de fornecimento de água para a zona sul de Ilhéus. Era só uma questão de tempo para os procedimentos burocráticos”.

:: LEIA MAIS »

AGÊNCIA MÓVEL DA COELBA VOLTA A ILHÉUS E ITABUNA

coelba destNa próxima semana, a Agência Móvel da Coelba visitará o bairro São Caetano, em Itabuna, e a Avenida Princesa Isabel, em Ilhéus.

De 1º a 04/09, a unidade de atendimento ficará instalada na Praça do São Caetano, em Itabuna. Na sexta-feira, dia 05, a Agência Móvel segue para Ilhéus, onde atenderá na Escola Municipal Dom Eduardo, na Avenida Princesa Isabel. Nos dos locais, o horário de funcionamento é das 8h às 16h30.

Na Agência Móvel, os clientes poderão realizar o cadastramento na Tarifa Social de Energia, benefício do Governo Federal que concede descontos de até 65% na conta de luz. Para isso, os interessados devem se apresentar munidos de CPF, identidade, última fatura de energia e Número de Identificação Social (NIS) ou cartão do Bolsa Família ou número do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

RECAPEAMENTO ASFÁLTICO CHEGA AO TEOTÔNIO VILELA

Recapeamento já beneficiou outros locais, como a Avenida Canavieiras. Foto: Gidelzo Silva/Secom.

Recapeamento já beneficiou outros locais, como a Avenida Canavieiras. Foto: Gidelzo Silva/Secom.

Em Ilhéus, o Programa de Requalificação Asfáltica, financiado pelo Governo da Bahia, continua. Após a autorização do Prefeito Jabes Ribeiro, o superintendente de obras da secretaria de desenvolvimento urbano, Ednaldo Azevedo, confirmou que o bairro Teotônio Vilela será o próximo local beneficiado pelo serviço. A Avenida Vereador José Fernandes, a Rua José Carolino e  a Avenida Governador Paulo Souto serão recapeadas.

Segundo Azevedo, as obras na Avenida Roberto Santos (antiga Avenida Esperança) serão retomadas depois que a Embasa concluir a ampliação da rede de abastecimento de água da área. O mesmo vale para a Avenida Vereador Amilton de Castro, situada no bairro Barra de Itaípe.

De acordo com o superintendente, nos bairros Boa Vista (Alto do Pacheco) e São Miguel, o recapeamento será feito depois que os serviços de drenagem pluvial forem concluídos. 

PARECER DO IBAMA “SEGURA” LICENÇA DO PORTO SUL

Litoral norte de Ilhéus. Foto: José Nazal.

Litoral norte de Ilhéus. Foto: José Nazal.

Clique aqui para ler o parecer do IBAMA.

Reportagem publicada na edição de ontem (28 de agosto) do Jornal Valor.

Um parecer técnico do Ibama jogou incertezas na reta final do processo de licenciamento do Porto Sul da Bahia, um megacomplexo portuário localizado em Ilhéus, que prevê investimentos de R$ 3 bilhões em dois grandes terminais. O parecer, assinado por nove analistas do órgão federal, conclui que só metade das condicionantes socioambientais estabelecidas na licença prévia foi efetivamente cumprida até agora e coloca em dúvida a liberação para o início das obras.

A primeira licença, atestando a viabilidade ambiental do empreendimento, foi dada no fim de 2012. Ela definiu 14 exigências que precisam ser atendidas para a obtenção da licença de instalação (LI). É esse segundo documento que permite a construção do porto para valer. O governo baiano, responsável pelo projeto, diz já ter cumprido todas as exigências. No mês passado, então, deu entrada no pedido formal de LI ao Ibama. Para os analistas da autarquia, porém, esse trabalho ficou literalmente pela metade.

O parecer, de 18 de agosto, considera que sete condicionantes foram atendidas e três não foram cumpridas. Outras quatro condicionantes teriam avançado apenas “parcialmente”. “No intuito de possibilitar manifestação conclusiva para a emissão da LI”, segundo o relatório de 130 páginas, “recomenda-se que as pendências indicadas ao longo do parecer sejam tratadas pelo empreendedor e encaminhadas ao Ibama para avaliação”. Como afirmam os próprios analistas, não se trata de posição final e muito menos irreversível, mas demonstra que a polêmica em torno do Porto Sul da Bahia ainda está bem longe de acabar.

O empreendimento fica em uma região preservada de Mata Atlântica e com forte apelo turístico. Tem apoio de parte significativa da população local, mas enfrenta a oposição de grupos ambientalistas. A localização do complexo portuária, prevista originalmente para a Ponta da Tulha (ao norte de Ilhéus), teve que mudar devido ao impacto potencial em comunidades indígenas. Diante das pressões, foi para Aritaguá, um estuário ao norte da cidade.

O Porto Sul poderá movimentar até 100 milhões de toneladas no 25º ano de operação. Ele já teve autorização da Secretaria de Portos. Dois terminais vizinhos estão previstos. Um é da Bahia Mineração, que explora minério de ferro no município de Caetité e pretende escoar sua produção pela Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), cujo traçado termina em Ilhéus. A ferrovia está atrasada.

O outro terminal será explorado, em um sistema de condomínio, por empresas selecionadas pelo governo baiano. Pode envolver a movimentação de minério, grãos e até contêineres. Um edital de convocação dos interessados deve sair na próxima semana.

No parecer, os técnicos do Ibama apontam dúvidas sobre o descarte de efluentes e suposto atraso no plano de adequações da infraestrutura no entorno do porto. Também alegam não ter recebido a outorga do direito de uso dos recursos hídricos para o projeto. Aparentemente, são questões que não ameaçam o empreendimento em si, mas podem comprometer os planos de ter obras neste ano.

Eracy Lafuente, coordenador de acompanhamento de políticas de infraestrutura no governo da Bahia, minimiza os problemas no licenciamento e disse ter enviado ontem mesmo respostas ao Ibama. Segundo ele, há documentos não mencionados pelo parecer que já constam dos estudos enviados, como o plano de infraestrutura no entorno e de construção de um novo hospital. “Não estamos pedindo nenhum arrego ou esforço menor. A função do analista ambiental é exigir bastante mesmo do empreendedor, mas já apresentamos o que foi pedido.”

Foram elaborados 38 programas básicos ambientais para atender às condicionantes e obter a LI. “Pode-se exigir um ou outro complemento dos programas. Mas, em linhas gerais, as condicionantes da licença prévia foram atendidas. Nós temos sido absolutamente transparentes na demonstração dos nossos planos”, afirma o coordenador.

AUMENTA EVASÃO ESCOLAR EM ILHÉUS, AFIRMA ENILDA MENDONÇA

Enilda Mendonça. Foto: Ed Camargo.

Enilda Mendonça. Foto: Ed Camargo.

Enilda Mendonça, presidente da APPI/APLB-Sindicato, participou da última sessão da Câmara de Vereadores de Ilhéus, nessa quarta-feira, 27. Ela afirmou aos parlamentares que a evasão escolar aumentou na rede municipal de ensino, motivada pela precariedade do sistema. 

De acordo com a líder sindical, falta compromisso por parte do governo municipal com a educação pública. Ela lembrou que há problemas no transporte, na merenda escolar e a precariedade estrutural de muitos prédios escolares ameaça as vidas de estudantes, professores e demais funcionários. Tudo isso contribuiu para o aumento da evasão.

Conforme os dados divulgados pela APPI, em Ilhéus, a evasão foi 258% maior nos últimos três anos que na primeira década do terceiro milênio da era cristã (2000-2010). 

Em nota encaminhada à imprensa, a APPI afirma que os vereadores convocarão a secretária de Educação, Drª Marlúcia Mendes, e o secretário de Desenvolvimento Social, Jamil Ocké, para uma audiência pública sobre os problemas da rede de ensino, no próximo dia 9 de setembro, na “Casa do Povo”. 

ARQUITETURA DE SUCESSO NA CASA COR ILHÉUS-ITABUNA

A arquiteta Ana Barreto faz parte do maior evento de decoração já realizado no sul da Bahia.

A arquiteta Ana Barreto faz parte do maior evento de decoração já realizado no sul da Bahia.

Autora do projeto de ocupação dos espaços para a Casa Cor Ilhéus-Itabuna, considerado o maior evento de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas e o segundo maior do mundo, a arquiteta Ana Barreto fala sobre sua expectativa e a parceria com a Cidadelle na entrevista a seguir. O clube do Cidadelle House sediará a exposição entre os dias 23 de outubro e 23 de novembro. 

Para você, como é trabalhar nesse projeto juntamente com a Cidadelle?

Ana Barreto - Acho fantástico um evento de peso como a Casa Cor vir para a nossa região. E melhor ainda: fazendo a parceria com a Cidadelle, que já é uma grande referência para todos nós. Para mim, que sempre admirei e acreditei no evento Casa Cor, trabalhar nesse projeto juntamente com o Cidadelle é garantia certa de sucesso!

Como surgiu a proposta para auxiliar no projeto?

Ana Barreto - Através de um convite de Luizinha Brandão, da AZ Produções, detentora da marcaCasa Cor na Bahia, que já me conhecia por ter participado da Mostra em Salvador, em 1996, fazendo o Banheiro do Casal. Foi muito prazeroso na época! Lá reencontrei todos os meus colegas. Fazer o Master Plan da Casa Cor Ilhéus-Itabuna também foi um grande prazer!

Qual a importância de mostrar para os clientes todas as inovações e tendências dentro desse mercado?

Ana Barreto - Apesar de termos excelentes lojas na região, estarmos juntos ao público numa Casa Cor, onde todo o ambiente está montado como na vida real, mostrando as tendências, torna-se mais fácil e de melhor entendimento para todos. E, com isto, todo o trabalho flui melhor.

:: LEIA MAIS »

MOTOCICLISTA MORRE EM ACIDENTE NA RODOVIA ILHÉUS-ITABUNA

Por volta das 12h30 dessa quinta-feira, 28, um motociclista (ainda não identificado) morreu atropelado por um caminhão, na rodovia Ilhéus-Itabuna, perto do bairro Salobrinho.

Segundo o Vermelhinho, a vítima ultrapassava uma caminhonete Hilux e bateu no veículo antes de cair embaixo do caminhão.

O Blog do Gusmão obteve uma fotografia da vítima. O capacete que o motociclista usava estourou. Alertamos que a imagem é forte. Clique aqui para vê-la. 

COM RACHADURAS, ANEXO ESCOLAR DE ILHÉUS PODE DESABAR

Rachadura e ninho de inseto na parede do anexo escolar.

Rachadura e ninho de inseto na parede do anexo escolar. Fotos: Ed Camargo/APPI.

A informação é da Associação de Professores Profissionais de Ilhéus (APPI). Segundo o sindicato, o anexo da Escola Municipal Herval Soledade “pode desabar a qualquer momento”. Pais de alunos, estudantes e profissionais da educação alertaram sobre o perigo. O prédio fica na Rua Aldair, no Banco da Vitória.

A diretoria da APPI visitou o local e “verificou que os riscos de desabamento são grandes”, diz a nota do sindicato. O telhado tem problemas estruturais, além das rachaduras nas paredes. 

Frente do anexo da Escola Municipal Herval Soledade.

Frente do anexo da Escola Municipal Herval Soledade.

Preocupado com a situação, o sindicato encaminhou ofícios para diversos órgãos  para cobrar providências urgentes. A Defesa Civil, o Ministério Público Estadual e o Ministério Público Federal do Trabalho foram acionados.  

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 47 VAGAS DE EMPREGO

Confira abaixo as vagas disponíveis nessa sexta-feira, 29, na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9h.

Cobrador

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • (Vaga exclusiva para PCD)

  • 2 vagas

Técnico de Manutenção Predial

  • Formação: Ensino Médio Completo

  • 6 meses de experiência

  • 1 vaga

Manicure

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 4 meses de experiência

  • 1 vaga

:: LEIA MAIS »

COMO PAGAR MENOS TRIBUTOS?

Amplie o cartaz.

Amplie o cartaz.

O Sebrae e a Fieb vão realizar o um curso sobre tributos em Ilhéus e Itabuna. Empresários e representantes de indústrias são o público alvo da atividade, que visa orientar empresas sobre o modelo tributário a que melhor se adaptam para a redução das despesas com impostos. Os participantes apreenderão sobre as características dos regimes tributários Simples, Lucro Presumido e Lucro Real.

Em Ilhéus, o curso será aplicado entre as 8h e 18 horas do próximo dia 3 de setembro, na unidade do Sebrae (Praça José Marcelino, nº 100, São Sebastião – Centro). Itabuna sediará o curso no mesmo horário, mas, no dia seguinte (4 de setembro), no endereço Rua Paulino Vieira, 175, Edifício Lizete Mendonça – Centro. 

Graduado em Ciências Contábeis e especializado em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria (FGV-RJ), Alexandre Andrade da Silva ministrará o curso.

Inscreva-se aqui. As vagas são limitadas. Mais informações no telefone (71) 3343-1479 ou no e-mail capacitacaosindical@fieb.org.br.

UFSB ABRE 90 VAGAS PARA COLÉGIOS UNIVERSITÁRIOS DE ILHÉUS E ITABUNA

Prazo de inscrição acabará no domingo (31).

Prazo de inscrição acabará no domingo (31).

A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) abriu 330 vagas  para os colégios universitários de Coaraci (30 vagas), Ilhéus (60 vagas), Ibicaraí (30 vagas), Itabuna (30 vagas), Porto Seguro (60 vagas), Santa Cruz Cabrália (30 vagas), Itamaraju (60 vagas), Teixeira de Freitas (30 vagas). A seleção para ingresso será feita com base nos resultados do ENEM de 2012 e 2013. Inscreva-se aqui. O prazo para inscrições acabará no dia 31 de agosto.

O edital está disponível neste link. A relação de documentos exigidos está neste link.

Em Ilhéus, o colégio universitário funcionará no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, na Avenida Esperança. O de Itabuna será o Colégio Estadual Dona Amélia Amado, na Avenida Manoel Chaves. As aulas serão à noite.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia