WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Sábado, 23 de Junho de 2018
ubaitaba
master class cenoe faculdade madre thais

ILHÉUS: CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA GRIPE ENCERRA NESSA SEXTA-FEIRA

Imagem: Secom/Ilhéus.

A secretaria de saúde de Ilhéus informa que a campanha de vacinação contra gripe encerra amanhã sexta-feira, 22. Devem receber a dose gratuitamente crianças de seis meses a menores de cinco anos, idosos a partir de 60 anos, trabalhadores da saúde, professores da rede pública e privada, povos indígenas, gestantes, mães com até 45 dias até o parto, pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional. Em Ilhéus, até o momento foram vacinados 88,43% do público alvo. O município tem vacina suficiente para todos do grupo considerado prioritário.

A chefe do setor de imunização, Walkiria Cardeal, informa que as unidades de saúde do município estão abastecidas e que têm vacinas suficientes para todo público-alvo. Ela ressalva que devido a reforma do Posto de Saúde do bairro Hernani Sá, a sala de vacina está funcionando na sede da associação de moradores do bairro. “Para os moradores da zona sul, tem vacina no Posto do Ilhéus II, no do Nossa Senhora da Vitória e no Hernani Sá. Além desses postos de vacina da zona sul, tem também no CSU, PSF Conquista, CAE III (antigo Sesp), Vila Cachoeira, Banco da Vitória, Morada do Porto e Olivença”.

VAZAMENTO DE ESGOTO NA RUA DO CANO IRRITA MORADORES

Vazamento na Rua do Cano. Imagem: comunidade local.

Em contato com o Blog do Gusmão, moradores da Rua do Cano, no bairro Malhado, reclamaram de um vazamento na rede de esgoto da localidade.

A Embasa e a secretaria municipal de infraestrutura foram acionadas, mas não resolveram o problema. Conforme relatos, os dois órgãos fazem “jogo de empurra” e não assumem a responsabilidade.

A comunidade cobra solução urgente.

Imagem: comunidade local.

MULHER FANTASMA NOMEADA POR MARÃO RECEBE POR DOIS MESES SEM TRABALHAR

No dia 17 de junho informamos que o prefeito Mario Alexandre nomeou uma funcionária fantasma, a senhora Sandra Pimentel da Silva para a chefia do setor de unidades de conservação e coleta de resíduos sólidos.

Indicada pelo vereador Paulo Carqueija (PSD), Sandra foi nomeada no dia 20 de março e até hoje não apareceu para trabalhar. No final de abril a servidora desconhecida recebeu R$ 3.416,66. No final de maio foi contemplada com mais R$ 2.500,00.

Apesar da denúncia feita por este blog, Marão manteve a mulher na folha de pagamento.

Opinião do blog.

Com essa atitude, o prefeito reforça a irresponsabilidade da sua gestão e o descaso com a política ambiental. É inadmissível que uma pessoa receba do erário sem trabalhar, só porque foi indicada por um vereador aliado.

Enquanto isso, os guardas do Parque Municipal Natural da Boa Esperança aguardam a nomeação de um gestor que possa coordenar a difícil tarefa de garantir a biodiversidade da unidade de conservação de 437 hectares.

Fechado para visitas, o Parque da Esperança tem problemas sérios de segurança e estaria abandonado se não fossem os guardas. Um processo antigo de desapropriação de 15 hectares ao lado da unidade se arrasta na secretaria de administração, à espera de um gestor que cobre celeridade. Se for acrescida à poligonal da UC a área vai facilitar o acesso de visitantes e pesquisadores.

A presença de um gestor também se faz necessária para coordenar o processo de revisão do plano de manejo e presidir o conselho consultivo da unidade de conservação.

JOGOS DA SELEÇÃO VÃO GERAR MUDANÇAS NO TRANSPORTE COLETIVO DE ILHÉUS

Os horários do transporte coletivo de Ilhéus serão modificados nos dias dos jogos da seleção brasileira na primeira fase da Copa do Mundo. A mudança vai estar adequada ao funcionamento do comércio, das repartições públicas do município e vai seguir entendimento estabelecido com as empresas concessionárias do setor. A mudança valerá para os veículos que circulam nas zonas urbana e rural.

Conforme a portaria número 277, publicada no Diário Oficial do Município, no dia 15 desse mês, quando o jogo do Brasil for às 9 horas, os ônibus vão circular até às 8h30min. Durante as partidas os ônibus vão ter horários especiais no itinerário circular. Após o jogo serão utilizadas as tabelas de horários normais.

Quando o jogo for às 11 horas os ônibus vão circular normalmente até às 10h30min. Durante as partidas os ônibus vão ter horários especiais no itinerário circular. Após o jogo serão utilizadas as tabelas de horários normais.

Quando o jogo for às 15 horas os ônibus vão circular normalmente até às 14h30min. Durante as partidas os ônibus vão ter horários especiais no itinerário circular e após o jogo serão utilizadas as tabelas de horários reduzidos.

O diretor de Transporte e Trânsito da Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran), Gilson Nascimento, disse que a atual gestão acatou solicitação do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários (Sindrod).

ÂNGELA SOUSA ENTREGA BARRACAS PARA FEIRAS LIVRES DE ILHÉUS

Annie Kelly Ribeiro, Ângela Sousa e Valmir Freitas. Imagem: ASCOM.

Os integrantes da Associação Comunitária Rural dos Pequenos Produtores de Ilhéus (Força Rural) passam a contar com 60 barracas padronizadas. A iniciativa vai ajudar na comercialização dos produtos em feiras livres da cidade. As barracas são fruto de emenda impositiva da deputada Ângela Sousa (PSD).

A entrega foi realizada pela deputada Ângela Sousa, a presidente da associação, Annie Kelly Ribeiro, e o secretário de Agricultura e Pesca de Ilhéus, Valmir Freitas, na última segunda-feira, 18, durante o lançamento do Plano Safra 2018/19.

Para Ângela Sousa, esta entrega é extremamente gratificante e simboliza o fomento da produção da agricultura familiar, garantindo infraestrutura e mais qualidade e higiene, beneficiando comerciantes e consumidores.

“Agradeço todo o empenho do governador Rui Costa em potencializar o trabalho desenvolvido pela agricultura familiar e, consequentemente, a possibilidade desses produtores em capitalizar novos clientes, gerar renda e fortalecer a produção”, expressou. Além de Ilhéus, a parlamentar destinou investimentos para o fortalecimento da agricultura familiar nos municípios de Itabela e Guaratinga, beneficiando cada município com 20 barracas.

Informações: ASCOM/Ângela Sousa.

ESGOTO NO JARDIM DO SABER: O TRATAMENTO PRIMÁRIO DAS FOSSAS DA UESC

A torre administrativa da UESC e o córrego dentro da universidade.

Reportagem Thiago Dias.

Essa é a história de uma contradição. A Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) é o seu palco. Sob o jardim onde o saber é cultivado e cultuado, escorre a sujeira das nossas entranhas. A beleza na superfície do Campus Soane Nazaré, encravado em parte do que restou da Mata Atlântica, contrasta com a paisagem subterrânea do mecanismo de tratamento de esgoto primário dos seus prédios, que usam fossas individuais ligadas a sumidouros. O Blog do Gusmão é o primeiro veículo de imprensa a discutir esse assunto.

O sistema de tratamento da UESC é o mesmo há 32 anos, desde os tempos da antiga FESP (Federação das Escolas Superiores de Ilhéus e Itabuna), conforme nos explicaram o prefeito do Campus Soane Nazaré, Edmundo Ramos Pereira Filho, e o assessor de comunicação da universidade, Jonildo Glória, numa conversa em dezembro de 2017.

A universidade “ainda usa uma sistemática que era a da época, com um tratamento individualizado por prédio, o tratamento primário: o sumidouro e aquela manutenção periódica de retirada dos resíduos sólidos e limpeza. Essa é a solução que foi aprovada na época e que existe até hoje”, esclareceu o prefeito.

A nosso pedido, Edmundo deu mais detalhes sobre o tratamento da UESC. “A fossa faz a separação do sólido e do líquido e cria o chamado lodo, que é retirado, sugado e descartado adequadamente. Ele é retirado por um caminhão de vácuo-pressão, que injeta a mangueira e aspira os sólidos. Não leva o líquido, porque só o lodo fica preso na fossa. O líquido continua. Aí é que vem o sumidouro, que é o dispositivo por onde esse líquido do esgoto é infiltrado no solo. Isso é tudo calculado direitinho. É um sistema que infiltra o efluente sanitário no solo”.

O arquiteto Edmundo Ramos Pereira Filho, prefeito do Campus Soane Nazaré.

Segundo Ramos, como a UESC não tem “nenhuma captação de água do subsolo para uso potável, não há nenhum risco dessa infiltração [do esgoto na terra] contaminar com patógenos uma água que seja retirada para outra utilização”.

Perguntamos ao prefeito se esse tipo de mecanismo ameaça o lençol freático. Ele respondeu com um exemplo. “Quando você faz uma fossa na sua casa, não deve colocar nenhum poço artesiano a menos de quatorze metros desse sumidouro. Por quê? Essa infiltração vai sendo esterilizada quando vai passando no solo, mas ela mantém seu poder contaminante num determinado raio. Isso tudo é calculado no projeto. Na medida em que você vai construindo mais, adensando e colocando mais sumidouros, começa a ter a possibilidade de saturar. Mas essa é uma contaminação de orgânicos, que são [materiais] degradáveis”.

Contudo, Edmundo Ramos admitiu que a UESC não monitora periodicamente as condições dos sumidouros. “Mas foram feitas algumas análises para finalidades específicas, não como um programa de monitoramento. Não se apresentou nenhum problema maior”, explicou.

Água do córrego que corta a UESC é muito suja.

Se as fossas da UESC não apresentaram nenhum problema maior, a falta de monitoramento periódico não é um bom sinal. Essa é a opinião de um especialista consultado pelo blog, o engenheiro ambiental Alex Magalhães. Ele aceitou falar em tese sobre o mecanismo usado na universidade. “Qualquer equipamento utilizado para o tratamento de efluentes necessita de operação e monitoramento. Sem esse acompanhamento é possível a alteração no meio ambiente, causando o impacto diretamente no solo, lençol freático, nos recursos hídricos, no ar e podendo causar também doenças nos animais e seres humanos”.

Nas últimas três décadas, à medida que construiu novos prédios, a UESC aumentou também a instalação das fossas para dar conta do volume de esgoto produzido por seus habitantes. Segundo o assessor Jonildo Glória, entre estudantes (que são cerca de nove mil), professores e demais funcionários, o Campus Soane Nazaré recebe aproximadamente doze mil pessoas por dia. Na ocasião da conversa com o blog, o prefeito não tinha o levantamento da quantidade de efluentes sanitários gerada na universidade.

UESC não monitora condições dos sumidouros por onde escorrem os efluentes sanitários produzidos por quase doze mil pessoas. Imagem: José Nazal.

Perguntamos se algum dos sumidouros já emitiu sinal de que se aproxima da saturação. “Não. Para fazer o levantamento desse projeto nós vamos ter que mergulhar nos detalhes. Nós fizemos o cadastramento de todos os prédios. Com o passar do tempo, os prédios foram se modificando. A área que era estacionamento virou garagem, sala de aula. As salas foram reformadas para absorver laboratórios. Enfim: mil mudanças. As plantas originais não batiam com a realidade atual. Para fazer qualquer projeto, de qualquer natureza, a gente precisava disso atualizado, inclusive para poder quantificar a população que usa cada prédio, o que também implica na demanda de esgotamento sanitário”, respondeu Edmundo Santos.

Como a própria UESC não monitora as condições dos seus sumidouros e, portanto, não tem controle sobre a qualidade dos efluentes lançados no meio ambiente, é possível que, nos períodos chuvosos, o esgoto infiltrado no solo se junte às águas da chuva que correm para o rio Cachoeira. Essa possibilidade torna-se muito provável por causa do córrego que atravessa o campus, cuja aparência demonstra sinais de poluição.

O rio Cachoeira, que passa em frente ao Campus Soane Nazaré.

Ouvimos uma enfermeira que estudou na instituição a partir de 1996. Segundo ela, há muito tempo já se sabe que as fossas da universidade contaminam o solo e seus efluentes chegam ao rio Cachoeira. “Isso é uma coisa que é de conhecimento da UESC há vinte anos. A professora de parasitologia da época já falava sobre isso. E nunca foi feito nada para evitar esse tipo de coisa, que prejudica e afeta a comunidade do Salobrinho, que faz uso do rio para banho e pesca”.

É óbvio que o rio Cachoeira recebe muitos efluentes de Itabuna, cidade que trata menos de 20% do esgoto doméstico gerado por suas residências. A questão em si diz respeito à UESC, que, por ser um centro de pesquisa científica, jamais poderia aumentar o nível de poluição do rio.

Galinhas se alimentam no córrego que atravessa a UESC e chega numa propriedade privada.

De acordo com o engenheiro Alex Magalhães, no mundo de hoje, não faz sentido dispensar a água que utilizamos, nem mesmo a do vaso sanitário, como ocorre na UESC. “Atualmente, não existe mais o pensamento de se jogar o esgoto no solo, pois, com a escassez dos recursos hídricos, torna-se necessário o reuso das águas”.

Como a Universidade Estadual de Santa Cruz é um centro de formação e pesquisa muito importante para o Sul da Bahia, referência do potencial de desenvolvimento da região, questionamos ao prefeito do Campus se a discussão sobre as soluções para o tratamento do esgoto da universidade não está atrasada. “Eu não sei avaliar isso com muita segurança, mas, eu lhe digo que existem vários complexos de edificações institucionais Bahia à fora, Brasil à fora, mais antigos e que permanecem até hoje com esse tipo de solução e que atendem perfeitamente”, respondeu Edmundo Ramos.

O prefeito, entretanto, sabe que a UESC precisa passar por uma mudança de “paradigma” no modo como lida com seu esgoto. Na opinião dele, isso passa pela implementação de um sistema de esgotamento sanitário que contemple todo o Salobrinho, bairro de Ilhéus onde fica o Campus Soane Nazaré. “Por que nós estamos pensando hoje em desenvolver isso? Não é que vai chegar semana que vem, mês que vem, nem ano que vem, e se fazer um projeto de esgotamento sanitário. É que a mudança da concepção da solução requer um estudo apurado, e a escala exige que seja feito sob a ótica do município”, argumentou.

Edmundo Ramos acredita que uma solução integrada para o Salobrinho e a UESC deve envolver a Embasa. Hoje, a concessionária recolhe o esgoto de apenas 40% das residências do bairro. Esse percentual não inclui a universidade, que, como já dito, usa as fossas individualizadas.

Quem anda frequentemente nos arredores ou dentro da UESC já notou um córrego que atravessa o campus. A água dele é muito suja. Ramos atribui a origem dessa sujeira às ligações clandestinas de esgoto de parte das casas do Salobrinho. “Você sabe que num bairro pobre, sem infraestrutura de esgoto, todo mundo joga na via pluvial”.

O Blog do Gusmão tentou marcar uma entrevista com a reitora da UESC, Adélia Pinheiro, por meio da sua assessoria. Apesar de termos insistido muito, não conseguimos conversar com a gestora, que é médica sanitarista.

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 9 VAGAS NA PRÓXIMA SEGUNDA

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis na próxima segunda-feira (18) na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Muitos candidatos se antecipam e preenchem as vagas por meio do site Mais Emprego.

Por esse motivo, acontece do pretendente ir até o SAC e não encontrar a oportunidade anunciada pelo Blog do Gusmão.

Recomendamos aos candidatos que se cadastrem no site quando forem a uma agência do SineBahia.

TÉCNICO DE ALIMENTOS

Ensino Médio Técnico em Alimentos

Experiência comprovada com polpas de frutas

01 vaga

BABÁ

Ensino Fundamental incompleto

Experiência comprovada em Carteira de Trabalho

Ter disponibilidade para dormir no local do trabalho

01 vaga

MECÂNICO DE AUTOMÓVEIS

Ensino Fundamental completo

Experiência comprovada em Carteira de Trabalho

01 VAGA

(mais…)

PASTOR QUE DESAPARECEU É ENCONTRADO PRÓXIMO A FEIRA DE SANTANA

Pastor Carlson. Imagem: Blog Rapazoi.

Desaparecido desde a última quarta-feira, 13, após sair para andar de bicicleta, o pastor Carlson Benjamin dos Santos já foi encontrado.

Segundo familiares, o religioso da Igreja Batista Betesda foi achado num posto de gasolina próximo a Feira de Santana, a cerca de 370 km de Ilhéus.

Mais detalhes não foram informados, pois Carlson ainda vai prestar esclarecimentos na delegacia.

PASTOR DA IGREJA BATISTA BETESDA ESTÁ DESAPARECIDO

Pastor Carlson. Imagem: Políticos do Sul da Bahia.

Segundo o blog Políticos do Sul da Bahia, o pastor Carlson Benjamin dos Santos, da Igreja Batista Betesda de Ilhéus, está desparecido desde ontem, quarta-feira, 13.

Carlosn saiu de manhã para pedalar. Em seguida iria buscar a filha na escola, porém, não foi o que aconteceu.

Desde então o Pastor Carlson está desaparecido e o celular não sai da caixa postal.

PROFISSIONAIS DE GESTÃO DE PESSOAS PARTICIPAM DE REUNIÃO DA ABRH

Elba Leão, Professora da Faculdade Madre Thaís. Imagem: Jonildo Gloria.

Profissionais da área de gestão de pessoas realizaram a primeira reunião de planejamento do núcleo da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH) Sul da Bahia. O encontro aconteceu no dia 09 de junho, no SESI, no bairro Salobrinho, em Ilhéus.

O evento contou com a presença de diversos profissionais da área de Gestão de Pessoas dos municípios da região Sul da Bahia e teve como objetivo planejar as ações da ABRH para o próximo semestre, visando fortalecer a atuação da entidade no sul baiano.

A professora Elba Leão, coordenadora do curso Tecnológico de Recursos Humanos, da Faculdade Madre Thaís, explica que “a ABRH-Bahia é uma entidade não governamental sem fins lucrativos e tem como missão fomentar uma comunidade inovadora e colaborativa, que conecte diferentes atores do cenário das relações do trabalho, com o objetivo de difundir as melhores práticas em gestão de pessoas”.

“No Brasil a entidade é formada por gestores de recursos humanos de grandes empresas, profissionais capacitados que, de maneira voluntária, se empenham em trazer as organizações locais ações que alertem para a importância da gestão de recursos humanos como diferencial competitivo. Não é diferente na Bahia e não será nas cidades sul baianas,” diz a professora.

Segundo o Presidente da ABRH, Cézar Almeida, “o sucesso só é possível quando há um excelente planejamento antes da sua execução. Pensando assim, já está sendo planejado, para o próximo mês de julho, a realização de um evento para apresentação do núcleo do Sul da Bahia. Durante esse evento serão anunciadas as ações que ocorrerão ainda esse ano”.

MÉDICO DÁ DICAS PARA A SAÚDE DOS OUVIDOS, NARIZ E GARGANTA DAS CRIANÇAS

Ilhéus já tem especialista no tratamento de crianças que sofrem com doenças nos ouvidos, nariz e garganta.

O otorrinolaringologista Norton Júnior, especialista no tratamento de crianças.

Os anos de estudo em Campinas deram um tom paulista ao sotaque do médico Norton Tasso Júnior. O jovem de 29 anos nasceu em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, onde fez o curso de medicina. Na Universidade de Campinas, deu continuidade à sua formação profissional, especializando-se em otorrinolaringologia, com ênfase nas áreas de otorrinopediatria (que não é comum na região), voz e medicina do sono.

Há dois meses, Norton desembarcou em Ilhéus para integrar a equipe do Centro Avançado de Otorrinolaringologia (Otoclin), que fica diante da praça Ruy Barbosa, perto da avenida Soares Lopes e da igreja São Jorge. Ele trabalha na unidade às terças-feiras, quartas, quintas e aos sábados.

Nesta entrevista concedida ao Blog do Gusmão, o médico fala sobre os cuidados necessários para a saúde da garganta, dos ouvidos e do nariz. Além disso, dá dicas úteis para a prevenção de doenças e reações alérgicas. Outro tema discutido é a maior frequência das crianças entre os pacientes que recorrem aos otorrinolaringologistas. A qualidade do sono também entra em discussão, assim como o contato das crianças alérgicas com animais e as formas de reabilitação das perdas auditivas. Leia.

Blog do Gusmão – O otorrinolaringologista se dedica à qual área da saúde humana?

Norton Júnior – Ele cuida da saúde dos ouvidos, do nariz, da garganta, e trata doenças nessas áreas, além das alterações que afetam a voz. Também tratamos o câncer de laringe nos estágios iniciais e as doenças da boca, de um modo geral, como lesões na língua e cavidade oral.

BG – Qual é a relação entre a otorrinolaringologia e a qualidade do sono?

Norton Júnior – A otorrinolaringologia tem muita relação com o sono, porque o sono pode ser afetado pelas doenças otorrinolaringológicas. Por exemplo, um desvio de septo nasal pode causar uma obstrução nasal, o que pode provocar o ronco. Uma criança com uma amídala grande, e às vezes com uma adenoide grande também, pode ser forçada a respirar pela boca e roncar. Portanto, alguns tratamentos para o ronco ou a apneia do sono passam por avaliações ou intervenções cirúrgicas nessa área.

Segundo o médico, lavar o nariz com soro fisiológico ajuda a prevenir infecções.

BG – Qual a importância do acompanhamento de um otorrinolaringologista pediátrico?

Norton Júnior – Crianças têm muitos problemas otorrinolaringológicos. O otorrinolaringologista atende pessoas de todas as idades, desde os recém-nascidos aos mais idosos. As doenças de ouvido, laringe e garganta são muito frequentes nas crianças. Outro tipo de ocorrência comum que as leva ao otorrino é a presença de corpos estranhos no corpo, como objetos introduzidos no nariz ou ouvidos. Ainda tem as que apresentam dificuldade para ouvir e de desenvolvimento da fala, que acabam precisando de avaliação.

BG – Quais são as doenças mais comuns que trazem as crianças ao seu consultório?

Norton Júnior – As rinites, amigdalites e as infecções de ouvido e as roncopatias, que provocam o ronco. A mãe vem e explica que a criança não está dormindo bem, porque está rocando. Quando a gente verifica, ela tem uma amídala grande, um problema de adenoide, uma obstrução que a obriga a respirar pela boca.

BG – O que é sinusite?

(mais…)

ESTUDANTE DA UESC RECLAMA DOS ÔNIBUS LOTADOS

De acordo com um estudante da UESC, os ônibus da linha Terminal/Salobrinho sempre passam lotados, e, mesmo nessa situação os motoristas são obrigados a parar nos pontos de passageiros.

A estudantada, que depende desse transporte para chegar à universidade, muitas vezes é obrigada a viajar nas escadas, situação de risco proibida conforme aviso afixado nas portas dos veículos.

“Os estudantes e a sociedade pedem uma resposta das empresas de transporte coletivo e o aumento da frota nos horários de maior movimento”, exige o reclamante que nos enviou o vídeo abaixo, gravado dentro de um ônibus da empresa São Miguel.

O outro lado.

Segundo Josenir Dias, representante da São Miguel, oito carros fazem esse itinerário, “quatro nossos e quatro da  empresa Viametro. Nos horários de pico, mais quatro são colocados para a UESC. Temos também os carros da linha do Banco da Vitória que dão uma aliviada. Essa linha é bem servida. O problema é que nos horários de maior procura as pessoas não querem esperar o próximo veículo”.

Segundo a obrigatoriedade dos motoristas, que param nos pontos mesmo com os veículos lotados, Josenir disse que é uma exigência da Prefeitura de Ilhéus.

NAZAL ACOMPANHA INSTALAÇÃO DE MARCOS TERRITORIAIS DE ILHÉUS

Seu Adalgisio, de 92 anos, agora sabe que mora bem próximo à linha limítrofe de Ilhéus e Uruçuca. Imagem: SECOM-Ilhéus.

 

Ilhéus é o primeiro município da Bahia a iniciar a instalação de marcos territoriais em consonância à Lei 12.057, aprovada pela Assembleia Legislativa, que baseou o trabalho de atualização dos limites municipais no estado. O trabalho prático já está sendo executado por técnicos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) e acompanhado in loco pelo vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal.

Ilhéus possui 60 vértices que constituem o seu memorial descritivo e todos serão visitados e identificados. O município faz divisa com Una, Buerarema, Itabuna, Itajuípe, Coaraci, Itapitanga, Aurelino Leal e Uruçuca. Neste momento, estão sendo instaladas estacas provisórias nas áreas limítrofes mas, em seguida, a Prefeitura irá construir estruturas de concreto, instalar placas sinalizadoras e, através de um GPS Geodésico, o IBGE vai oficializar a certificação dos marcos.

Ilheenses – “A iniciativa facilita a vida do cidadão que passa a saber onde começa e onde termina o seu município”, destaca o vice-prefeito de Ilhéus. “Este trabalho estava previsto após a aprovação da lei e, como ele, evita-se a invasão de município pelo outro, que era uma prática generalizada na Bahia”, completa Manoel Lamartin, pesquisador do IBGE que participa da operação. Logo após às identificações dos limites entre as cidades, Ilhéus também vai realizar o trabalho nos limites dos seus distritos e povoados, informa Nazal.

Todo o trabalho realizado pelo IBGE e SEI tem o acompanhamento de representantes dos municípios limites, que testemunham toda a operação. Ilhéus já concluiu a identificação no limite com Aurelino Leal e está em fase final com Uruçuca.

Pioneirismo – Lamartin destaca ainda que a Bahia é o primeiro estado da federação que está completando o trabalho de atualização dos limites municipais. “É um trabalho pioneiro, com metodologia nossa mas que o IBGE pretende levar como referência para o restante do País”, destaca.

Na primeira fase de campo, logo no início destes debates, foi possível, por exemplo, identificar que cinco municípios baianos tinham suas sedes em territórios que não lhes pertenciam, em municípios vizinhos.

Modelo – O passo pioneiro que Ilhéus dá, neste momento, deverá ser estendido para todos os 417 municípios da Bahia. “Seu” Adalgiso, com 92 anos, agora sabe que mora bem na linha limítrofe de Ilhéus e Uruçuca. Ele foi um dos entrevistados em 2012, quando foi realizado o primeiro levantamento. Um diretor nacional de Estruturas Territoriais do IBGE estará chegando a Ilhéus nos próximos dias para conhecer de perto a metodologia usada e que será levada para todo o território nacional.

Texto da SECOM Ilhéus.

TIROS NO MAR ABERTO: SOB PRESSÃO, PROPRIETÁRIO PODE TER APAGADO IMAGENS

Normalmente tranquila, a casa de shows Mar Aberto passou por momentos de tensão no último sábado.

No último sábado, o noticiário de Ilhéus foi surpreendido por um fato no mínimo inusitado.

Um desentendimento entre oficiais da PM e os agentes da Polícia Civil, Luciano Santos Cardoso e Joseval Santos Cupertino, acabou em tiros na casa de eventos Mar Aberto, na zona sul de Ilhéus. O tenente-coronel Delmo Barbosa de Santana foi atingido na perna e encaminhado para um hospital de Salvador. O quadro dele é estável.

Segundo a versão dos agentes, o tenente-coronel, sem se identificar, deu uma gravata em Joseval Cupertino com o objetivo de desarmá-lo. Como não tinha conhecimento de quem fazia a abordagem, Cupertino sacou uma arma de fogo e quase foi impedido pelos militares. Inadvertidamente, um tiro atingiu a perna do oficial Delmo Santana.

A versão da PM não é tão detalhada e diverge completamente: “Por volta das 2 horas do dia 09/06, em frente ao restaurante “Mar Aberto”, em Ilhéus, o tenente-coronel Delmo Barbosa de Santana, lotado no comando geral, foi vítima de disparo de arma de fogo, atingido na perna. Segundo informações, policiais civis estavam dentro do estabelecimento bebendo e após se desentenderem com um homem não identificado, efetuaram o disparo que atingiu o oficial que passava nas proximidades do restaurante”. Ainda de acordo com a versão dos militares, ao perceber a confusão que envolvia o colega, Luciano Cardoso sacou sua arma e deu tiros para cima.

Após renderem Joseval Cupertino, uma guarnição da PM o conduziu até a 7ª COORPIN.  O delegado plantonista, Luciano Lima de Medeiros, iniciou a investigação e ouviu três testemunhas: Wender Costa Nogueira (auxiliar de portaria  do “Mar Aberto”), Elenilson Santos da Hora (outro auxiliar de portaria) e Josileia da Silva Amaral (gerente da casa de shows).  Conforme registrado em despacho assinado pelo delegado, obtido com exclusividade pelo Blog do Gusmão, as testemunhas reforçaram a versão dos policiais civis e descartaram a possibilidade do agente Luciano ter feitos disparos para cima, uma vez que ” havia, no local, diversos policiais à paisana (oficiais da polícia militar, inclusive de outros estados), os quais também estariam armados e não foram relacionados na ocorrência policial nem se apresentaram para darem a versão deles sobre o fato”.

Para acabar com a dúvida, o delegado determinou que o proprietário do estabelecimento, conhecido como Átila, copiasse num pen drive as imagens das várias câmeras espalhadas pela casa de shows. Segundo a polícia civil, Átila disse que o aparelho (DVR) não fez a gravação. Luciano Medeiros determinou a apreensão do equipamento para perícia.

A Polícia Civil investiga a hipótese do proprietário ter sofrido algum tipo pressão para apagar as imagens.

FESTIVAL DE DANÇA ITACARÉ 2018 ABRE INSCRIÇÕES

O festival será realizado de 10 e 11 de setembro, no Teatro Municipal de Ilhéus, e de 12 a 16 de setembro, no Centro Cultural Porto de Trás, em Itacaré.

“Criação Coletiva Nosso Lindo Balão Azul”, que participou da sexta edição do festival em 2017. Imagem: ASCOM Festival.

Grupos e dançarinos interessados em participar da sétima edição do Festival de Dança Itacaré poderão se inscrever de 11 de junho a 11 de julho, no site do evento (www.festivaldedancaitacare.com.br). Serão selecionados espetáculos e performances do Brasil e exterior, a fim de promover ações de difusão e formação artísticas voltadas para vários públicos, contemplando as produções da dança baiana, nacional e internacional. Somente serão aceitas inscrições pelo site.

O festival será realizado de 10 e 11 de setembro, no Teatro Municipal de Ilhéus, e de 12 a 16 de setembro, no Centro Cultural Porto de Trás, em Itacaré, com a finalidade de selecionar propostas para promover intercâmbio entre artistas e companhias que queiram dialogar com grupos de dança do interior da BahiaTambém tem o propósito de estimular a produção artística local e provocar reflexão acerca dessa linguagem artística.

A cada participante é permitido inscrever até um projeto, conforme as especificações da convocatória. Serão contempladas nove propostas, mas este número poderá ser alterado após o encerramento da fase de captação de recursos. Cada espetáculo deverá ter, pelo menos, 30 minutos de duração.

O evento é realizado pela Comunidade Tia Marita, com o apoio institucional da Casa Ver Arte e  apoio financeiro do Governo do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura. Conta também com apoio de empresas, imprensa local e parceiros institucionais. Maiores informações podem ser obtidas pelo e-mail [email protected]. 

Edição 2017

A sexta edição do Festival de Dança Itacaré, realizada em setembro de 2017, envolveu 66 pessoas, entre bailarinos, palestrantes e oficineiros, de Salvador, Itacaré, Valença, Curitiba, Ipatinga, Belo Horizonte, Goiânia, Paraíba, Fortaleza e Ilhéus, além da equipe de produção. Durante sete dias de programação, entre Itacaré e Ilhéus, o festival apresentou 12 espetáculos de dança contemporânea, rodas de conversas e oficinas sobre questões essenciais das políticas públicas e produção cultural do setor.

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 11 OPORTUNIDADES DE TRABALHO NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis na próxima segunda-feira (11) na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Muitos candidatos se antecipam e preenchem as vagas por meio do site Mais Emprego.

Por esse motivo, acontece do pretendente ir até o SAC e não encontrar a oportunidade anunciada pelo Blog do Gusmão.

Recomendamos aos candidatos que se cadastrem no site quando forem a uma agência do SineBahia.

AUXILIAR DE MANUTENÇÃO ELÉTRICA E HIDRÁULICA

Ensino Médio completo

Curso NR10 atualizado

Experiência na área para atuar na área de elétrica, hidráulica e refrigeração

Disponibilidade de horário

01 VAGA

MECÂNICO DE AUTOMÓVEIS

Ensino Fundamental completo

Experiência em Carteira de Trabalho

01 VAGA

AJUDANTE DE DEPÓSITO

Ensino médio completo

Conhecimento com pacote Office

Experiência em CTPS em loja de material de construção

01 VAGA

(mais…)

Página 1 de 9021...Última »