outubro 2014
D S T Q Q S S
« set    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


faculdade madre thais

:: ‘Ilhéus’

ILHÉUS SEDIA SEMINÁRIO DO SAMU

Foto: Gidelzo Silva/Secom.

Foto: Gidelzo Silva/Secom.

Ilhéus vai sediar o I Seminário de Capacitação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. O evento será realizado no SESI, nos dias 1 e 2 de novembro. O treinamento vai capacitar funcionários do SAMU ilheense e de outras cidades da região. 

De acordo com a enfermeira do Núcleo de Educação Permanente, Maria Clara Castro Alves de Mello, todo o treinamento será conduzido pelos funcionários do SAMU de Ilhéus. As atividades envolverão enfermeiros, técnicos em enfermagem, condutores de ocorrências e outros profissionais. 

MADRE THAÍS ABRE CURSOS “INÉDITOS” NA REGIÃO

fmtA Faculdade Madre Thaís é a primeira a oferecer os cursos de Gestão de Recursos Humanos e Gestão Comercial no sul da Bahia. O prazo para inscrições no vestibular 2015.1 da faculdade está aberto. Interessados também podem optar pelas graduações em Administração, Biomedicina, Direito, Enfermagem, Engenharia Civil, Logística e Fisioterapia.

As inscrições podem ser feitas no site (acesse aqui) ou na sede da instituição – Avenida Itabuna, 1491, Ilhéus. Agentes credenciados da faculdade também estão habilitados a inscrever candidatos. O prazo seguirá aberto até o dia 26 do próximo mês O vestibular será realizado no dia 30 de novembro.

A FMT conta com estrutura e qualidade diferenciadas para o ensino superior. Possui salas de aula e laboratórios modernos e biblioteca com grande acervo, além de um auditório para eventos acadêmicos.

ILHÉUS: FUNCIONÁRIOS DA CARGIL ENTRAM EM GREVE

Protesto em frente à Cargil. Imagem de arquivo.

Protesto em frente à Cargil. Imagem de arquivo.

Os cerca de 300 trabalhadores da Cargil de Ilhéus entraram em greve por tempo indeterminado nessa sexta-feira, 24. Conforme o Sindicacau (Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Alimentação de Ilhéus, Itabuna e Região), os operários reivindicam reajuste salarial de 8%, folga “aniversariante”, adicional noturno e aumento do ticket de alimentação.

Enquanto os trabalhadores querem piso salarial de R$ 1.060,00 e ticket de R$ 650, a empresa oferece salário de R$ 990 e auxílio alimentação de R$ 630. A Cargil não respondeu sobre o adicional noturno e o direito à folga no dia do aniversário. 

Segundo o Sindicato, o final da paralisação depende de um posicionamento positivo da empresa sobre a pauta dos trabalhadores.

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 64 VAGAS DE EMPREGO

Confira abaixo as vagas disponíveis na próxima segunda-feira, 27, na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Cozinheiro de Restaurante
Formação: Ensino Fundamental Completo
6 meses de experiência
3 vagas

Cozinheiro Geral
Formação: Ensino Médio Completo
6 meses de experiência
1 vaga

Saboreie
Formação: Ensino Fundamental Incompleto
6 meses de experiência
1 vaga

:: LEIA MAIS »

JABES ADIA FERIADO DO SERVIDOR PÚBLICO

feriadoPor meio de decreto, o Prefeito Jabes Ribeiro (PP) adiou o Feriado do Servidor Público em Ilhéus. A data comemorativa foi transferida da próxima terça-feira (28) para a sexta-feira, 31. A decisão contou com o aval dos sindicatos que representam os servidores. A mudança vai antecipar o descanso do final de semana. 

CONCURSO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA BAHIA ABRE 200 VAGAS

Acesse abaixo o edital do concurso.

Acesse abaixo o edital do concurso.

O Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) divulgou ontem (23) edital de concurso público para provimento de duzentas vagas de níveis médio, técnico e superior. O certame também formará cadastro reserva. Os salários oferecidos variam de R$ 3.091,21 a R$ 5.117,24, além de auxílios para transporte e alimentação.

Acesse o edital aqui.

As formações de nível superior contempladas pelo concurso são Direito, Arquitetura, Administração, Assistência Social, Tecnologia da Informação, Jornalismo, Biblioteconomia, Contabilidade, Economia, Enfermagem, Psicologia, Medicina, Odontologia, Estatística e as engenharias Mecânica, Elétrica e Civil. 

O prazo para inscrição começará na próxima quarta-feira, 29, e terminará no dia 4 de dezembro, no site da Fundação Getúlio Vargas. A taxa varia de acordo com o nível do cargo em disputa (R$ 68 ou R$ 85).

As provas serão aplicadas no dia 25 de janeiro, em Ilhéus, Vitória da Conquista, Juazeiro, Salvador, Porto Seguro, Feira de Santana e Barreiras. No ato de inscrição o candidato poderá escolher a cidade onde pretende realizar os testes.

CÂMARA DE ILHÉUS DISCUTE SEGURANÇA PÚBLICA

Vereador Ivo Evangelista.

Vereador Ivo Evangelista.

A partir das 15 horas da próxima quarta-feira, 29, a Câmara de Vereadores de Ilhéus vai realizar uma sessão especial sobre segurança pública. O vereador Ivo Evangelista (PRB) solicitou a realização do debate por meio do requerimento 186/2014. 

Autoridades policiais vão participar da sessão. Conforme dados da 7ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (COORPIN), em 2014, Ilhéus registrou 73 homicídios, 54 furtos, 5 assaltos seguidos de assassinatos (latrocínios) e 81 roubos de veículos.

CARMELITA E BEBETO PODEM SE UNIR

Bebeto e Carmelita.

Bebeto e Carmelita.

A informação é do Políticos do Sul da Bahia. Conforme o site, o PT de Ilhéus tenta se aproximar do deputado federal eleito Bebeto Galvão (PSB) para viabilizar uma parceria entre o socialista e a Professora Carmelita (PT). A aproximação visa o pleito eleitoral de 2016, diz a página.

De acordo com o site, a relação entre a Professora Carmelita e a deputada estadual reeleita Ângela Sousa (PSD) está “estremecida”. Por isso, para o PT, seria interessante se aproximar de Bebeto, que recebeu mais de 26 mil votos em Ilhéus e se firmou como liderança regional. 

SINDICACAU AGE CONTRA DEMISSÕES NA JOANES

Imagem de arquivo.

Imagem de arquivo.

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Alimentação de Ilhéus, Itabuna e Região (Sindicacau) mobiliza os trabalhadores filiados contra onze demissões sem justa causa feitas pela multinacional ADM Joanes, que processa grãos de cacau em Ilhéus.

Segundo Luiz Fernandes, presidente do Sindicacau, as demissões foram comunicadas à entidade, que tentou evitar sem precisar ir à justiça. Mesmo alertada, a empresa prosseguiu com os planos. De acordo com o sindicato, entre os onze demitidos, havia pelo menos dois trabalhadores com 25 anos de carteira assinada e dois integrantes da Comissão Interna de Prevenção a Acidentes (CIPA).

Fernandes ressalta que estava proibida a demissão de funcionários que estivessem prestes a se aposentar e de integrantes da CIPA.

:: LEIA MAIS »

VESTIBULAR DA MADRE THAÍS ABRE 700 VAGAS EM 9 CURSOS

Veja abaixo como se inscrever.

Veja abaixo como se inscrever.

A Faculdade Madre Thaís (FMT) abriu o período de inscrição no vestibular 2015.1. Interessados  podem se inscrever no site (acesse aqui) ou na sede da instituição – Avenida Itabuna, 1491, Ilhéus. Agentes credenciados da faculdade também realizam as inscrições. O prazo acabará no dia 26 de novembro. 

Os candidatos farão um exame de conhecimentos gerais e uma redação no dia 30 de novembro. A faculdade abriu 700 vagas nos cursos matutinos e noturnos de Administração, Biomedicina, Direito, Enfermagem, Engenharia Civil, Logística, Fisioterapia, Gestão Comercial e Gestão em Recursos Humanos.

A FMT conta com estrutura e qualidade diferenciadas para o ensino superior. Possui salas de aula e laboratórios modernos e biblioteca com grande acervo, além de um auditório para eventos acadêmicos.

UMA POSSIBILIDADE: JAMIL OCKÉ PRESIDENTE DA CÂMARA

O "jogo dos tronos" de Jabes.
Jabes, Gurita, Jamil e Tarcísio. O prefeito quer aprovar suas contas, por isso a jogada deve ser bem calculada.

A eleição para a presidência da Câmara está marcada para o dia 17 de dezembro. Para manter-se influente sobre as decisões do legislativo, o prefeito Jabes Ribeiro (PP) articula uma jogada audaciosa com as peças disponíveis no tabuleiro.

Se analisarmos a lógica natural dos partidos, em que “antiguidade é posto”, o vereador Alzimário Belmonte (Gurita-PP) seria o favorito para assumir a presidência da Câmara de Ilhéus, no biênio 2015-2016. No entanto, Jabes não confia no correligionário.

Sem a confiança do prefeito para presidir o legislativo, Gurita abandonou a liderança do governo na Câmara.

Cabe lembrar que Gurita não contou com o apoio de Jabes nas duas vezes em que foi eleito vereador. Em 2008, JR apoiou o irmão John Ribeiro e em 2012, Jamil Ocké (ambos do PP).

O vereador Tarcísio Paixão (SDD) é outro que integra a base governista e quer presidir a Câmara. Assim como Gurita, ele não tem o aval do prefeito para a missão.

Acontece que Tarcísio tem muita fome política, apesar de ser magro fisicamente.  Para satisfazer o apetite voraz do aliado sem apoiá-lo na disputa pela presidência da Câmara, Jabes pode nomeá-lo Secretário de Desenvolvimento Social.

Assim, há forte possibilidade de Jamil Ocké deixar o comando da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS) e reassumir o cargo de vereador no lugar do suplente Luiz Carlos (Escuta- PP). Ele tem a confiança de Jabes para presidir a “Casa do Povo”.

Vale lembrar que as contas da gestão de Jabes referentes a 2013 provavelmente serão reprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios. Elas serão votadas pela Câmara no próximo ano. A situação exige muito cuidado com os acordos que sustentam o governo no legislativo.

O problema é que mesmo na Secretaria de Desenvolvimento Social, Tarcísio poderia prejudicar Jabes. A gula do vereador ameaçaria inviabilizar a manutenção de alguns acordos dentro da SDS. A pasta é um “prato cheio”, com cargos, verbas carimbadas e muitos contratos.

Os interesses em jogo obrigam Jabes a movimentar suas peças no tabuleiro com toda a perícia que a experiência lhe confere.

COLO-COLO E VITÓRIA DUELAM EM ILHÉUS

Tigrão e Leão no "duelo felino".

Tigrão e Leão no “duelo felino”.

Colo-Colo e Vitória se enfrentarão às 15 horas do próximo sábado, 25, no Estádio Mário Pessoa, em Ilhéus. A partida abrirá a segunda rodada da Copa Governador do Estado 2014. O árbitro Leonardo Menezes Farias apitará o jogo.

Diretor de Esportes da Prefeitura de Ilhéus, Roberto Andrade informou que a reforma dos banheiros públicos e vestiários do Mário Pessoa está “em fase de conclusão”. Conforme Andrade, o trabalho é acompanhado pelo superintendente de obras da Secretaria Desenvolvimento Urbano, Ednaldo Azevedo.

QUEIROZ GALVÃO QUER CONSTRUIR NOVO AEROPORTO DE ILHÉUS

ilustração.

Ilustração.

Ao lado da Socicam Administração, Projetos e Representações Ltda., a Queiroz Galvão integra o consórcio que encaminhou Manifestação de Interesse (MI) ao Governo da Bahia para construir e administrar o novo aeroporto de Ilhéus. O equipamento será construído à margem da rodovia Ilhéus-Itabuna (BR 415). A Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) publicou portaria na última quinta-feira (16) para divulgar o interesse das empresas – lembre aqui.

Conforme o Governo da Bahia, o aeroporto custará R$ 220 milhões e vai operar linhas internacionais. O terreno escolhido para a obra tem 979 hectares e fica entre a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac).

O prefeito Jabes Ribeiro (PP) recebeu a notícia com entusiasmo. Segundo JR, o novo aeroporto vai fortalecer a economia regional, com a atração de investidores para Ilhéus e todo o Sul da Bahia.

SAVEIROS DO PONTAL: O PROJETO DE UM MILHÃO DE DÓLARES

Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Por José Henrique Abobreira

abobreira ternoO ambiente: um galpão de uma indústria de barcos de fibras de vidro em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador. No enorme vão, embarcações adernadas no cimento e apoiadas em grandes cavaletes de madeira. Mestre Pedro, velho lobo do mar, se aproxima de um saveiro e, instado por mim, sobe ao convés inclinado da embarcação. Com suas mãos calosas de pescador, apalpa, quase a alisar, as tábuas que envolvem a estrutura do barco. Desce à casa de máquinas, examina tudo de fio a pavio, se vira para mim e afirma: “Seu Abobreira, se puder, eu quero ficar com esse saveiro aqui”.

Um sorriso deve ter aflorado na minha face, pois a felicidade invadia o meu ser. Aquele era o teste de qualidade que eu tinha exigido para o Banco do Nordeste começar a liberar parcelas do financiamento ao fabricante que ganhou a licitação para construir cinquenta barcos de pesca a motor e apetrechos de navegação, destinados aos pescadores das colônias Z19 Pontal e Z34 Malhado. Por isso, levei uma Van até Lauro de Freitas com 14 pescadores inscritos no projeto para verificar in loco a qualidade do produto.

Na verdade esse projeto havia sido iniciado pelas mãos do amigo e conterrâneo vereador Zé Fernandes junto aos pescadores, mas, acho que lhe faltou incentivo do executivo local. Então, quando assumi as funções de vice-prefeito concomitantemente com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, fui procurado pelo líder da pesca, Zé Neguinho, que me relatou a existência do plano. O objetivo era adquirir 50 barcos, uma fábrica de gelo e câmaras frigoríficas para armazenar os pescados.

A partir daí começamos a articulação com os diversos órgãos de fomento ao desenvolvimento, a exemplo da CEPLAC, BNB, BAHIAPESCA, SEAGRI, e CAR.

:: LEIA MAIS »

REUNIÃO DISCUTE VIOLÊNCIA E DROGAS NAS ESCOLAS DE ILHÉUS

Reunião entre professores, diretores e policiais militares sobre a violência e o uso de drogas nas escolas de Ilhéus.

Reunião entre professores, diretores e policiais militares sobre a violência e o uso de drogas nas escolas de Ilhéus.

Professores, policiais militares e diretores escolares se reuniram ontem (20). A 68ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) e a Associação dos Professores Profissionais de Ilhéus (APPI) estão empenhadas para articular ações de combate ao uso de drogas e à violência nas escolas de Ilhéus. Tráfico de entorpecentes e assaltos são crimes que entraram na rotina de alguns colégios.

Três ações foram organizadas na reunião. Os estudantes das redes estadual e municipal de Ilhéus participarão de um concurso. O desafio será escrever uma redação ou produzir um desenho com tema livre. Os alunos serão premiados ao final de um seminário sobre segurança nas escolas, no dia 27 de setembro. Na mesma data, todos os envolvidos nos projetos farão uma grande caminhada contra a violência na Avenida Soares Lopes. 

SOFRIMENTO DE FABIO CONTINUA E SEM PREVISÃO PARA ACABAR

Fabio dos Santos. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Fabio dos Santos. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Fabio Soares dos Santos está internado no Hospital Regional Luiz Viana Filho, em Ilhéus, desde 15 de setembro. Morador de Canavieiras, ele caiu da laje da própria casa enquanto tentava fazer um conserto no telhado. O paciente aguarda há trinta e seis dias por uma cirurgia no colo do fêmur para corrigir a fratura causada pela quedalembre aqui.

Conversamos hoje (21) por telefone com o diretor do hospital, Julio Guzmán. Ele explicou que a lesão de Fabio exige uma cirurgia complexa, com intervenções nos sistemas vascular e nervoso. O regional não tem equipe suficiente para realizar esse procedimento. A COCI, que seria a segunda opção em Ilhéus, também não faz, pois não possui todos os equipamentos.

Antonio Ocké prometeu acompanhar o caso e Julio Guzmán disse que não há previsão.

Antonio Ocké prometeu acompanhar o caso e Julio Guzmán disse que não há previsão.

O regional faz quinze cirurgias por semana, mas, nenhuma como a exigida pela lesão desse paciente, esclarece Guzmán. Conforme o diretor, o caso de Fabio já foi encaminhado para a central de regulação do SUS, no entanto, não é possível prever quando ele será submetido à cirurgia.

Também ouvimos o Secretário de Saúde de Ilhéus. Antonio Ocké esclareceu que a central de regulação citada por Guzmán é regional e fica em Itabuna. Ele vai entrar em contato com o órgão da cidade vizinha para se informar sobre o caso de Fabio. Ocké garantiu que nos dará uma resposta ainda hoje.

A deputada estadual Ângela Sousa (PSD) prometeu a Fabio que tentaria agilizar a cirurgia. A promessa foi feita antes do primeiro turno eleitoral. Como a parlamentar já foi reeleita, a família teme que ela não interceda para viabilizar a cirurgia.

QUER UM TRABALHO? SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE VAGAS NESSA QUARTA-FEIRA

Confira abaixo as vagas disponíveis nessa quarta-feira (22), na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Auxiliar de Lavanderia

  • Formação: Ensino Médio Completo

  • 6 meses de experiência

  • 1 vaga

Auxiliar de Manutenção Predial

  • Formação: Ensino Médio Completo

  • 6 meses de experiência

  • 2 vagas

Atendente de Lanchonete

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 3 meses de experiência

  • 1 vaga

:: LEIA MAIS »

PORTO SUL: AMBIENTALISTAS PEDEM CANCELAMENTO DO PROJETO

Distrito de Aritaguá, em Ilhéus. Foto: José Nazal/Catucadas.

Distrito de Aritaguá, em Ilhéus. Foto: José Nazal/Catucadas.

Em carta aberta ao Ministério do Meio Ambiente e ao Instituto Brasileiro de Recursos Hídricos e Ambientais (IBAMA), um grupo de ambientalistas critica o processo de licenciamento do Porto Sul e pede que o projeto seja cancelado. Leia abaixo.

“Carta de Ilhéus sobre o Porto Sul

Estamos em Ilhéus, Sul da Bahia. Desde 2008 acompanhamos o processo de licenciamento ambiental de um desastroso projeto denominado Porto Sul, que mesmo sob intensas críticas, obteve aprovação parcial do IBAMA, dias antes da eleição do primeiro turno.

No dia 16 de outubro de 2014, um conjunto de organizações da sociedade civil, abaixo citadas, acompanhou mais um evento do Porto Sul: por seis horas assistimos audiências realizadas no Auditório da Justiça Federal com a tentativa do Juiz Lincoln Pinheiro Costa de conciliar duas ações civis públicas movidas pelo Ministério Público Federal e Ministério Público da Bahia, que questionam o processo de licenciamento do Porto Sul.

O Porto Sul é parte do Projeto Pedra de Ferro, empreendimento mineral da Bahia Mineração, uma empresa da Eurasian Natural Resources Company, sediada no Cazaquistão e com atuação fraudulenta na África Ocidental, na República do Congo, conforme investigação feita pela Bolsa de Londres em 2012 e 2013. Este projeto, concebido superficialmente em 2007 no âmbito privado, indicou a Ponta da Tulha, em Ilhéus, um ponto da costa baiana para abrigar um porto vinculado a um minerioduto e a uma jazida mineral no sertão baiano da cidade de Caetité, sem medir as consequências de uma locação no meio da Costa do Cacau e de um corredor ecológico concebido pelo Ministério do Meio Ambiente, sociedade civil e pela academia. A empresa, com isso, forçou a uma mudança de estratégia do Estado brasileiro, influenciando o traçado de uma nova ferrovia – Oeste Leste, e a localização de um ambiente portuário em local de alta sensibilidade ecológica – mesmo sem as garantias de viabilidade ambiental do empreendimento.

Os questionamentos feitos pelo Ministério Público com o apoio de especialistas da Universidade Estadual de Santa Cruz foram insuficientemente respondidos pelos consultores do empreendimento e pelo órgão licenciador, durante a audiência com o juiz federal. Para a sociedade civil, ficou evidente o fraco empenho e a conivência do IBAMA ao analisar os gravíssimos impactos sociais e ambientais sobre o território do Corredor Ecológico Esperança Conduru, programa idealizado em 1993 pelo Ministério do Meio Ambiente no âmbito do Programa Piloto de Florestas Tropicais (PPG-7) com recursos do Banco Mundial e do Estado Brasileiro, alinhado à Convenção Internacional da Biodiversidade e às Metas de Aichi, recentemente aprovadas,em que o país é signatário.

Esta região da Mata Atlântica é reconhecida pela comunidade científica internacional como uma das áreas mais importantes para a conservação da biodiversidade do planeta, especialmente porque contém expressivos e contínuos remanescentes florestais, agroflorestas de cacau, restingas, áreas úmidas, manguezais e recifes de coral. A região que pode ser mais afetada está na Área de Proteção Ambiental da Lagoa Encantada e situa-se entre duas outras Unidades de Conservação – o Parque do Conduru e o Parque da Boa Esperança.

Os especialistas convocados pelos MPs alertam que o Corredor Ecológico situado nesta área foi concebido na zona mais biodiversa do Corredor Central da Mata Atlântica e por isso será severa e irreversivelmente impactado pelo projeto do Porto Sul. A área contém habitat de muitas espécies endêmicas ameaçadas de extinção como o mico leão da cara dourada, a preguiça de coleira, o macaco prego de peito amarelo, o mutum do sudeste (recentemente descoberto na região de Serra Grande) e a harpia, maior águia das Américas. O grau de degradação que o Porto Sul pode gerar ainda é desconhecido, especialmente porque o porto e a ferrovia poderão desencadear outros projetos, como mineriodutos, zonas industriais e expansão urbana.

Além da fauna e flora terrestre, o ambiente marinho inclui baleias jubarte, orcas e tubarão baleia, tartarugas, mero canapu e recifes de corais na costa proposta para o porto. A zona marinha sob risco, além de sua importância para a conservação da biodiversidade e dos demais serviços ecossistêmicos por ela prestados, é o mais importante pesqueiro da costa sul baiana, e sustenta milhares de pescadores de Ilhéus, Uruçuca e Itacaré.

Extensas áreas do sistema agroflorestal de cacau, conhecido como cabruca, e plantios de roçados familiares serão afetados, prejudicando milhares de famílias de trabalhadores rurais desta região de Ilhéus. Desde 2012, porém, o chocolate desponta como a mais importante esperança para o Sul da Bahia, junto com o turismo. A valorização do cacau no mercado mundial de alimentos sinaliza pela retomada da economia regional, que pode absorver novamente 200 mil novos empregos, como foi no período áureo do cacau, em 1978, só que com uma nova cadeia de valor, a produção de chocolate com cacau fino, em desenvolvimento na região desde 2003.

Na área costeira, a estrada Ilhéus Itacaré, financiada pelo Programa de Desenvolvimento do Turismo – PRODETUR com recursos de agências multilaterais e idealizada para superar a crise do cacau e a estagnação econômica nos anos noventa e com isso promover o ecoturismo regional, já sofre as consequências do projeto do porto antes mesmo ser construído, afetando uma economia que mobiliza 500 mil turistas por ano na Costa do Cacau e movimenta mais de 10 mil empregos diretos.

O Estudo de Impacto Ambiental do Porto Sul foi feito pela empresa Hydros, com uma análise fragmentada dos impactos, que acabou sub-dimensionando os reais impactos do empreendimento e induziu a sociedade a omitir ou desconsiderar aspectos chaves da relevância ecológica e dos riscos para a sociedade regional.

Os questionamentos a este projeto começaram ainda em 2008, em uma tentativa de diálogo com o Governo da Bahia, o maior promotor deste projeto, junto com a BAMIN/ENRC. Uma intensa mobilização da sociedade civil resultou na primeira reprovação do IBAMA em novembro de 2010, de uma área contínua ao projeto atual, reconhecendo Ponta da Tulha como uma área de altíssima importância para a conservação. Vale registrar que foram as informações independentes da academia e da sociedade civil que alertaram ao IBAMA de que a primeira área aprovada para o porto fosse revista, demonstrando a presença dos remanescentes de floresta e corais naquela área, fato antes negado pelos empreendedores e os seus consultores.

O IBAMA, depois disso, sugeriu Aritaguá, uma localidade ao lado da Ponta da Tulha, que reúne ao mesmo tempo florestas, manguezais, comunidades rurais e ribeirinhas, plantios de cacau e muitas nascentes e riachos. Mesmo com tantas evidências e confirmações da comunidade acadêmica e sociedade civil brasileira de que este local também seria desastroso, o IBAMA não conseguiu resistir à pressão política e concedeu a Licença Ambiental Prévia, sugerindo mais de trinta condições, que mesmo não cumpridas efetivamente, dão ao empreendedor as condições realizar o projeto neste local. Assim como no Projeto de Belo Monte, na Amazônia, o IBAMA se ateve a questões burocráticas e processuais, validando os interesses e distorções dos estudos do empreendedor, mesmo que eivado de contradições e descumprimentos.

A visão atual dos empreendedores e dos governos baiano e federal é de se evitar uma pretensa insegurança jurídica do projeto, diante das Ações Civis Públicas provocadas pelo Ministério Público, mas esquecem que a maior insegurança se incide sobre as mais de dez comunidades atingidas diretamente pelo projeto – como o Assentamento de Reforma Agrária Bom Gosto e comunidades históricas como Castelo Novo , Aritaguá e Juerana, nas margens do Rio Almada, berço da colonização brasileira desde o século XVI. A insegurança também recai sobre os ecossistemas preciosos para a biodiversidade da Mata Atlântica e do litoral baiano, provedores de alimentos, paisagem para o turismo, pesca e água para os municípios de Ilhéus e Itabuna, as duas cidades mais importantes do litoral Sul Baiano, que juntas reúnem 500 mil pessoas.

Preocupante é que o juiz de Ilhéus tornou sem efeito, à revelia da lei, Cláusula de um título executivo judicial (um Termo de Ajustamento de Conduta – TAC homologado) formado entre as partes, a qual, apenas lembrando uma regra do licenciamento ambiental, vedava ao Ibama a concessão da Licença de Implantação somente depois do cumprimento de todas as condicionantes da Licença Prévia então vigente. E foi a partir dessa decisão que o Ibama, no mesmo dia, emitiu a licença sem o atendimento de condicionantes apontados pelo próprio órgão, cujo descumprimento foi apontado em Parecer Técnico do próprio Ibama datado também do mesmo dia da referida decisão judicial e da emissão da L.I. Na audiência, a exigência da Lei da Mata Atlântica, que veda que a intervenção, independentemente de compensações, comprometa a função ecológica do Corredor, foi desconsiderada pelos consultores do Governo da Bahia e da Bahia Mineração.

As organizações e pessoas que assinam esta carta solicitam das autoridades e da sociedade brasileira o imediato cancelamento deste projeto e a revisão conceitual do mesmo, inclusive pelas mudanças que ocorrem no mercado internacional de commodities minerais, que afetam diretamente esta empresa do Cazaquistão em solo brasileiro, com a queda do preço do ferro desde 2010, e que podem inviabilizar esta logística em médio prazo.

Como testemunhas destes acontecimentos, assinamos esta carta no dia 20 de outubro de 2014: Mário Mantovani, da Fundação SOS Mata Atlântica, Suzana Pádua, do Instituto de Pesquisas Ecológicas, Clayton Lino, do Conselho Nacional da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, Guilherme Dutra, da Conservação Internacional do Brasil, Renato Cunha e Ana Cláudia Fandi, do Grupo Ambientalista da Bahia, Peter Herman May, Sociedade Brasileira de Economia Ecológica e Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rui Barbosa da Rocha, do Instituto Floresta Viva e da Universidade Estadual de Santa Cruz, Amilcar Baiardi, da Universidade Federal da Bahia, Marcel do Santos Silva, da Associação dos Moradores da Beira Rio da Represa de Serra Grande, Maria do Socorro Mendonça, do Instituto Nossa Ilhéus, Ismail Abéde, da Associação dos Moradores da Vila Juerana e representantes do Assentamento Bom Gosto, em Ilhéus.

Milhões de pessoas acompanham este processo na região, no Brasil e no planeta, estarrecidos com os rumos que o país pode tomar com este modelo de gestão do seu futuro, que despreza a sua natureza biodiversa e as políticas públicas do próprio Estado Brasileiro.”

PARÓDIA DAS EQUAÇÕES MATEMÁTICAS

Tarefa de gincana.

Vídeo da Equipe Constante, do 1º ano B do Colégio São Jorge dos Ilhéus.

Vale pontos!

 

CASACOR REÚNE PROFISSIONAIS DA REGIÃO

Denise, Tamar e Osmundinho.

Denise, Tamar e Osmundinho.

Mais de vinte profissionais estão envolvidos nos projetos dos doze ambientes que serão apresentados na Casacor Bahia Edição Ilhéus-Itabuna. O evento de arquitetura, design e decoração ocorrerá entre os dias 30 de outubro e 30 de novembro no Clube Cidadelle, na rodovia Jorge Amado, km 24.

Com inúmeros trabalhos em toda a Bahia, a arquiteta ilheense Denise Goulart não esconde sua ansiedade pela participação na Casacor. Segundo ela, um evento desse porte confere visibilidade a arquitetos e decoradores da região e faz público alvo valorizar o trabalho dos profissionais que constroem as exposições.

Denise tem certeza que depois do Casacor “a procura por profissionais qualificados vai crescer muito.” “O que aumenta a nossa responsabilidade”, refletiu.

Denise Goulart se juntou a profissionais experientes do porte de Tamar Ethel, especialista em design de interiores e Osmundinho Teixeira, o consagrado artista regional. Eles são responsáveis pelo ambiente da sala de jantar da Casacor.

Denise explica que o mais importante no trabalho do arquiteto é a realizar o sonho e atender as expectativas do cliente, mas, “com critérios bem estabelecidos”.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia