transporte ilegal
julho 2016
D S T Q Q S S
« jun    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: ‘Ilhéus’

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 17 VAGAS DE EMPREGO NESSA QUARTA-FEIRA

Confira abaixo as vagas disponíveis nessa quarta-feira (27) na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Muitos candidatos se antecipam e preenchem as vagas por meio do site Mais Emprego.

Por esse motivo, acontece do pretendente ir até o SAC e não encontrar a oportunidade anunciada pelo Blog do Gusmão. 

Recomendamos aos candidatos que se cadastrem no site quando forem a uma agência do SineBahia.

Manicure

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 3 meses de experiência

  • 01 Vaga

Auxiliar de Cabeleireiro

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 3 meses de experiência

  • 01 Vaga

Massoterapeuta

  • Formação: Ensino Fundamental Completo

  • 3 meses de experiência

  • 01 Vaga

:: LEIA MAIS »

PREFEITURA DE ILHÉUS NEGA LICENÇA AMBIENTAL AO ATACADÃO

prefeitura de ilheus nova sedePor meio da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo, a Prefeitura de Ilhéus indeferiu licença ambiental solicitada pela empresa Atacadão S/A.

Segundo a portaria publicada nessa segunda-feira (25), a empresa não apresentou documentação necessária “para análise ambiental da atividade pretendida”.

No mesmo dia, o governo Jabes Ribeiro negou licença ambiental ao empreendimento imobiliário da construtora OMR, também localizado à margem da rodovia Ilhéus-Itabuna.

Já a Cooperativa dos Produtores Orgânicos do Sul da Bahia obteve licença ambiental para comercializar cacau na Avenida Nossa Senhora da Vitória, zona sul de Ilhéus.

PREFEITURA DEVERIA CRIAR UPA NO ESPAÇO DO HOSPITAL REGIONAL

Imagem: Arquivo/Secretaria de Saúde da Bahia.

Imagem: Arquivo/Secretaria de Saúde da Bahia.

O governo do estado pretende transferir para o município o espaço onde hoje funciona o Hospital Geral Luiz Viana Filho. Tanto os gestores estaduais como os da Prefeitura de Ilhéus têm dito que o lugar vai ser transformado numa maternidade quando o novo hospital estiver pronto.

A pretensão foi reafirmada na sexta-feira (22), durante a visita do governador Rui Costa (PT) às obras do Hospital da Costa do Cacau. Adiantada, a construção deverá ser concluída no primeiro semestre de 2017.

No domingo (24), uma pessoa que prefere não ser identificada conversou sobre esse assunto com o blog. Tem larga experiência em gestão pública da saúde. Segundo ela, ao invés de maternidade, o hospital deveria ser transformado numa grande unidade de pronto atendimento (UPA). Isso seria mais útil considerando o número de pacientes beneficiados.

Nesse caso, a unidade teria que ser “totalmente pública”, emendou, antes de explicar o “vespeiro” com que uma ideia desse tipo mexe.

Para tornar o projeto viável, explica a fonte, a prefeitura teria que diminuir progressivamente os repasses para todas as unidades particulares conveniadas ao Sistema Único de Saúde. O município é autônomo para adotar esse tipo de política porque tem a gestão plena do SUS.

Por outro lado, a ideia vai na contramão dos interesses da iniciativa privada. Falta vontade política para encarar o “vespeiro”.

“PT É QUEIMAÇÃO”, DIZ JABISTA

PT é queimaçãoO PT pode reforçar a base de apoio a Carlos Machado (Cacá Colchões), pré-candidato a prefeito de Ilhéus pelo PP. Veja aqui. A possibilidade não agrada a todos. Os dois grupos têm membros com opiniões divergentes.

Nessa terça-feira (26), um jabista criticou a possível aliança. “Minha humilde opinião. No PT de Ilhéus hoje, só o vereador Dero tem força política para compor a chapa. Mesmo assim o PT é queimação”.

Do outro lado, petistas contrários à parceria lembram a oposição que fizeram ao governo Jabes durante todo o mandato. Também não esquecem as inúmeras vezes em que cobraram resposta do Poder Judiciário para os processos respondidos pelo prefeito Jabes Ribeiro (PP).

SINEBAHIA ILHÉUS OFERECE 21 VAGAS DE EMPREGO NESSA TERÇA-FEIRA

Confira abaixo as vagas disponíveis nessa terça-feira (26) na agência do SineBahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9.

Muitos candidatos se antecipam e preenchem as vagas por meio do site Mais Emprego.

Por esse motivo, acontece do pretendente ir até o SAC e não encontrar a oportunidade anunciada pelo Blog do Gusmão. 

Recomendamos aos candidatos que se cadastrem no site quando forem a uma agência do SineBahia.

Manicure

·         Formação: Ensino Fundamental Completo

·         3 meses de experiência

·         01 Vaga

Auxiliar de Cabeleireiro

·         Formação: Ensino Fundamental Completo

·         3 meses de experiência

·         01 Vaga

Massoterapeuta

·         Formação: Ensino Fundamental Completo

·         3 meses de experiência

·         01 Vaga

:: LEIA MAIS »

IFBA ABRE 270 VAGAS PARA CURSOS TÉCNICOS EM ILHÉUS

Veja como se inscrever.

Veja como se inscrever.

O campus do IFBA em Ilhéus abriu inscrições para 270 vagas, sendo 180 para os cursos técnicos integrados ao ensino médio e outras 90 para estudantes que já o concluíram. O processo seletivo 2017.1 também abriu vagas em outras dezoito cidades baianas.

Para ingressar nos cursos técnicos integrados, o candidato precisa ter o ensino fundamental concluído ou estar em vias de conclusão até a data de matrícula no IFBA. Os candidatos farão provas de seleção.

Já para os cursos técnicos subsequentes, o candidato deve ter concluído o ensino médio ou estar perto de concluí-lo até a data da matrícula. Nessa forma, 50% das vagas têm aplicação de prova de questões objetivas e redação, e 50% das vagas pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), considerando a nota do Enem.

As inscrições devem ser realizadas até 15 de setembro, no site do IFBA. O valor da taxa é R$ 30,00. Candidatos egressos de escola pública podem solicitar a isenção parcial até 18 de agosto. Isso pode reduzir o custo a três reais.

A seleção reserva cotas sociais para estudantes de escolas públicas e, dentre esses, cotas raciais para negros, índios e outras minorias sociopolíticas. 

As provas do processo seletivo estão previstas para 20 de novembro. Mais informações via e-mail (selecao2017@ifba.edu.br).

MEC RENOVA CREDENCIAMENTO DA MADRE THAÍS

faculdade madre thaísPor meio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o Ministério da Educação confirmou o recredenciamento da Faculdade Madre Thaís (FMT). O ministro Mendonça Filho assinou a portaria no último dia 20 de julho.

“Fomos recredenciados pelo histórico de qualidade de ensino, visto pelas notas do MEC. [O resultado] reflete o empenho de cada um dos professores, coordenadores da instituição,” comemorou Isidoro Gesteira, presidente da Sociedade Educacional Sul Bahiana, mantenedora da FMT.

“O recredenciamento significa que alcançamos ótimo desempenho, considerando aspectos como: ensino, extensão, responsabilidade social, gestão, corpo docente e formação do egresso”, explica a professora Tatiana Barcelos, diretora acadêmica da Faculdade Madre Thaís.

Para o diretor geral da faculdade, Eusínio Lavigne, “com a conquista, o compromisso assumido pela FMT é analisar todos os itens avaliados e melhorar cada vez mais. Todas as instituições que obtêm conceitos 4 e 5 têm como meta mantê-los ou melhorá-los. A Faculdade Madre Thaís não é diferente.”

Segundo a direção da FMT, atos de recredenciamento são autorizativos. Por isso, a obtenção de resultado satisfatório nesse processo é obrigatória para a manutenção da autonomia e da oferta de ensino superior.

UESC ABRE 7 VAGAS DE ESTÁGIO

UESC. Imagem: Rede Sul Bahia.

UESC. Imagem: Rede Sul Bahia.

A UESC iniciou processo para selecionar sete estagiários de comunicação social, biologia, química, computação e matemática ou outras ciências exatas.

As inscrições começaram hoje (25) e vão até 4 de agosto, no Protocolo Geral da UESC. A seleção terá três etapas: prova de redação, entrevista e avaliação curricular.

O edital informa os requisitos para estagiar e a lista de documentos necessários para a inscrição (acesse aqui).

PT “SE OFERECE” AO JABISMO

Carmelita Ângela, Everaldo Anunciação e Jabes Ribeiro.

Carmelita Ângela, Everaldo Anunciação e Jabes Ribeiro. Imagens: PT e Rádio Santa Cruz.

Observadores políticos vaticinam: a fragilidade financeira e política do PT de Ilhéus obriga o partido a correr para indicar o vice na chapa de Cacá Colchões, pré-candidato a prefeito pelo PP.

A presidente do PT de Ilhéus, professora Carmelita Ângela, já disse que não aceitaria ser vice do prefeito Jabes Ribeiro (PP). Porém, pode topar numa chapa liderada por Cacá, mesmo porque não tem muitas alternativas.

Segundo informações, o PT caminharia com Cacá desde que Jabes não subisse no palanque, mas há quem diga que nem isso Carmelita pode exigir.

A maioria dos pré-candidatos do PT a vereador deseja se aliar ao jabismo, porque o grupo de Jabes pode disponibilizar partidos para fortalecer a coligação proporcional. Isso aplacaria o desespero de alguns petistas.

Ontem, o blog Pimenta informou que o presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, mantém as negociações abertas em Ilhéus. Segundo Everaldo, o cenário atual torna possível uma composição com Cacá.

A posição de Everaldo soou como uma súplica velada por sobrevivência política. A militância ilheense do PT não gostou.

Para essa militância, Everaldo Anunciação é um marciano interferindo nos rumos do diretório municipal.

EMBASA INICIA TESTES PARA CAPTAR ÁGUA NA REPRESA ESPERANÇA

Represa Esperança. Imagem registrada em novembro de 2015 por José Nazal.

Represa Esperança. Imagem registrada em novembro de 2015 por José Nazal.

Em nota divulgada na manhã dessa segunda-feira (25), a Embasa informou que iniciou os testes para a captação de água na represa do Parque Municipal da Boa Esperança, em Ilhéus. A empresa já recebeu a outorga do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). A intervenção já consumiu investimentos de setecentos mil reais. Leia a íntegra.

Embasa inicia operação na barragem da Esperança para reforçar abastecimento de Ilhéus

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) iniciou, na última sexta-feira (22), os testes necessários para iniciar a captação de água bruta na barragem da Esperança, situada no Parque Municipal da Boa Esperança, em Ilhéus. O uso da água desse manancial foi autorizado por meio de portaria do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), publicada na edição de sexta-feira do Diário Oficial do Estado.

“O volume autorizado para captação diária é de pouco mais de 1.900 metros cúbicos (m³), que corresponde a aproximadamente 10% do volume necessário para abastecimento dos bairros atendidos pela Estação de Tratamento de Água (ETA) Centro. Por se tratar de área de conservação integral, precisamos monitorar o manancial diariamente, reduzindo os volumes captados, caso necessário. Reforçamos que a população precisa continuar enfrentando a estiagem por meio do uso consciente da água”, afirma José Lavigne, gerente do escritório local da Embasa em Ilhéus.

:: LEIA MAIS »

PEN SE JUNTA AO PSB EM ILHÉUS

Partido firmou decisão na tarde do último sábado (23).

Partido firmou decisão na tarde do último sábado (23).

Na tarde de sábado (23), o presidente do diretório ilheense do Partido Ecológico Nacional (PEN), Pastor Carlos Moraes, e o vice-presidente da sigla, Diran Filho, firmaram parceria com o pré-candidato a prefeito de Ilhéus pelo PSB, o deputado federal Bebeto Galvão.

 O advogado Diran Filho seria o candidato do partido em Ilhéus, no entanto, abriu mão da disputa para apoiar Bebeto. Explicou por quê. “O momento requer uma análise que evite a continuidade da atual administração, e o nome de Bebeto é agregador, capaz de mudar a triste realidade administrativa” do município.

O Pastor Carlos Moraes também justificou a decisão. “Vou com Bebeto, pois a sua trajetória é a maior garantia de que os compromissos com a mudança em Ilhéus serão cumpridos”.

Na sexta-feira (22), outros três partidos já haviam se aliado ao PSB: PPL, PMB e PSDC. Entusiasmado com a onda de adesões à sua pré-campanha, Bebeto exaltou o nível de organização desses partidos. Segundo ele, as siglas apresentaram uma legenda qualificada de pré-candidatos a vereador, “com nomes capazes de contribuir e muito com o novo momento da política. Essa união será fundamental para uma ampla vitória em outubro”.

ESTUDANTES E PROFESSORAS DE CANAVIEIRAS PRESSIONAM GOVERNADOR

Determinação do grupo de Canavieiras quebrou protocolo da visita de Rui Costa a Ilhéus. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Determinação do grupo de Canavieiras quebrou protocolo político. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Estudantes do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, de Canavieiras, visitaram ontem (22) o Festival Internacional do Chocolate e Cacau, em Ilhéus. Queriam falar com o governador Rui Costa (PT) sobre o problema da escola: a falta de funcionários.

Quando deixava um estande, Rui Costa foi abordado por alunas e professoras. Recebeu documento em que relatam o atraso dos salários dos terceirizados que prestam serviços às escolas.

Entre aliados políticos e sob a vigília de seguranças, Rui conversou por oito minutos com as manifestantes de Canavieiras. “Podemos gravar?”, perguntou uma professora de celular em punho. “Claro”, respondeu o petista, enquanto uma das estudantes o mirava com olhar determinado e de admiração.

Rui falou sobre os esforços para adequar os novos contratos das empresas terceirizadas. Segundo ele, antes da adequação à Lei Anticalote, as contratações estavam pulverizadas. “Com isso, sempre tínhamos problemas de atraso de salários, não recolhimento dos direitos dos trabalhadores. Ao longo de 2015, tentei resolver isso com muito esforço. Não consegui. Em dezembro reuni os secretários e disse: ‘eu não aceito mais isso. Não é justo que as pessoas trabalhem e não recebam no final do mês. Quero rever esses contratos’. Determinei à Procuradoria do Estado e às secretarias de Administração e da Educação que fizessem um novo modelo de contratação”.

Também explicou o “redimensionamento do quantitativo de pessoal”, eufemismo para as demissões levadas a cabo pelas terceirizadas. O governo orientou que os novos contratos priorizem os trabalhadores que já atuavam nas escolas.

“Não sei se vocês sabem”, disse aos estudantes, “em toda cidade que vou visito uma escola. Já visitei cento e noventa e três. Vi que algumas tinham gente de menos trabalhando, e outras, demais”. Segundo o governador, o ideal é que o número de funcionários seja definido conforme padrões que considerem as necessidades dos colégios.

Uma estudante o interrompeu quando citava os novos contratos. Segundo ela, os do Colégio Luís Eduardo Magalhães ainda não estão em vigor. “Como a rede estadual é muito capilar, um ou outro colégio ainda não assinou o contrato”, respondeu o governador. “Nós temos mil trezentos e quarenta e seis colégios (me parece que a fração é essa), 99% estão funcionando normalmente”.

Outra aluna retrucou: “a gente já tem uma semana sem aula”. “Então eu vou mandar ligar para a diretora agora”, prometeu Rui, antes de ouvir que se trata de um diretor. “A responsabilidade é dele, porque tinha determinado e volto a afirmar a vocês: é para manter as pessoas trabalhando”, enfatizou.

Rui Costa falou que “se as pessoas não estão trabalhando, não vão receber”. Uma professora perguntou como os terceirizados vão continuar em atividade sem os salários. “Você acha justo?”, emendou uma estudante. “Por isso mesmo que cancelamos os contratos, e mandei licitar os novos, porque estou há mais de um ano convivendo com isso. É por não achar justo e não concordar que eu mandei cancelar os contratos e refazer”, explicou o petista.

Uma das professoras insistiu. Disse que alguns terceirizados estão “há seis meses sem receber”. “Não é verdade”, rebateu Rui. “Me desculpe, a senhora não está falando a verdade”, completou, sem alterar o tom. Nesse momento um pessoa ao fundo ensaiou uma vaia. Não teve coro.

Segundo o governador, a situação dos terceirizados é acompanhada pela Justiça e o Ministério Público do Trabalho. “Infelizmente, como é um ano eleitoral, tem muita política influindo no funcionamento de algumas escolas”.

“Eu posso perguntar uma coisa?”, pediu a colegial. “Pode”. Queria um compromisso do governador com sua escola. Conseguiu. “Eu vou dizer ao secretário [Walter] Pinheiro o seguinte: ‘Se não está funcionando, e o diretor não botar para funcionar a partir de segunda, eu vou pedir que ele troque o diretor’. É a primeira providência que vou tomar. Segundo, que ele determine à empresa que venceu o contrato a contratar pessoas para trabalhar na escola. Se as pessoas que estavam trabalhando não querem mais trabalhar, é um direito delas. Eu vou determinar que contrate outras. O que não pode é deixar vocês sem aula”.

PRIMEIRO CACÁ

Rui conhece a cerveja de cacau., e Cacá "na cola".  Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Cacá acompanha Rui em visita a estande com cerveja de cacau. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Nessa sexta-feira (22), o Blog do Gusmão cobriu a visita do governador Rui Costa (PT) ao Festival Internacional do Chocolate e Cacau, em Ilhéus. Em pouco mais de duas horas, conheceu todos os estandes. Elogiou a qualidade e a forma de apresentação dos produtos. No estande da República do Cacau, experimentou uma cerveja escura feita com amêndoas do fruto, a Dark Moon, fabricada pela Pratinha. Deu até sugestões, como a criação de um site com dados sobre todos os expositores do festival.

Foi acompanhado de perto pelo pré-candidato a prefeito de Ilhéus, Carlos Machado (Cacá – PP), e outros políticos. A professora Carmelita, pré-candidata a prefeita, estava entre eles. No entanto, a presença discreta da presidente do PT de Ilhéus num evento com o governador diz muito sobre o cenário das eleições de outubro.

Professora Carmelita. Imagem: Ed Camargo.

Professora Carmelita. Imagem: Ed Camargo.

Além das multas do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-Bahia) e o antipetismo que prejudica qualquer candidatura do PT, Carmelita provavelmente não terá o apoio explícito do governador. O Partido dos Trabalhadores zela muito pela união com o PP, a sigla do prefeito Jabes Ribeiro e do vice-governador João Leão.

Até uma vaga de vice parece improvável. Poucos grupos demonstram-se dispostos a assumir o desgaste de uma parceria com o PT. Se o partido da estrela não inventou a corrupção, como seus seguidores gostam de argumentar, é protagonista no enredo da Lava Jato. A repercussão negativa pode ser devastadora para as pretensões eleitorais dos petistas.

Enquanto isso, se diz Cacá aberto para o diálogo com todos. Ou seja, não descarta uma conversa com o Partido dos Trabalhadores. Como a aliança representaria um abraço político em Jabes Ribeiro, dificilmente Carmelita a aceitaria. O PT seria representado por outro nome. Além do mais, se for candidata a vereadora, talvez encerre sua trajetória de maneira humilhante. Não há certeza de vitória.

Atualizada às 10h15min desse domingo (24).

Rui Costa e Carmelita (à esquerda do governador). Imagem: Thiago Pacheco.

Rui Costa e Carmelita (à esquerda do governador). Imagem: Thiago Pacheco.

Thiago Pacheco, membro do PT, publicou imagem de Carmelita ao lado de Rui no festival. “Carmelita estava lá, junto com todos. Cacá se aproximou no final. Pena que as pessoas manipulam e divulgam apenas o que lhe é conveniente”, escreveu em alusão à matéria acima.

Comentário do Blog.

Erramos. Afinal, “Carmelita estava lá”. Por outro lado, ao contrário do que diz Thiago Pacheco, Cacá não se aproximou de Rui Costa no final do evento. A primeira imagem dessa matéria foi feita no estande da República do Cacau, um dos primeiros visitados por Rui. Carmelita não estava perto nesse momento, assim como na maior parte do percurso. O blog se desculpa por não ter percebido o instante em que ela apareceu ao lado do governador.

O Blog do Gusmão não divulga apenas “o que lhe é conveniente”. Mantemos postura crítica diante de todos os pré-candidatos. Apenas nessa semana, divulgamos informação do PEN desmentindo nota divulgada pelo PP sobre o lançamento da pré-candidatura de Cacá. Também publicamos questionamentos de candidatos sobre o concurso da Prefeitura de Ilhéus, polêmica que não convém nenhum um pouco ao grupo político de Jabes Ribeiro. Portanto, reafirmamos: este blog não é pautado por conveniências. O que não pode ser ignorada é a solidez da parceria entre PP e PT na política estadual, além das suas repercussões para os pleitos municipais.

GOVERNO AUTORIZA EDITAL DE DUPLICAÇÃO DA ILHÉUS-ITABUNA

Governador Rui Costa assina edital em visita a Ilhéus. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Governador assina edital em visita a Ilhéus. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

O governador Rui Costa oficializou ontem o lançamento do edital de licitação da obra que vai duplicar a BR-415 no trecho entre Ilhéus e Itabuna. Segundo ele, quando a intervenção for concluída, as cidades “vão deixar de ser ligadas por uma estrada e passarão a ser ligadas por uma grande avenida duplicada”.

Rui estima que a obra será iniciada em até noventa dias, tempo necessário para o processo licitatório e a mobilização da empresa vencedora.

O lançamento ocorreu durante a visita do governador ao Festival Internacional do Chocolate e Cacau, em Ilhéus. Rui fez questão de explicar por que o primeiro edital da obra não foi adiante.

Segundo o governador, o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes fez alterações no projeto apresentado pelo Governo da Bahia. As mudanças, no entanto, não foram informadas aos gestores estaduais. Isso resultou num desencontro entre o valor disponibilizado pelo DNIT e os valores apresentados pelas empresas concorrentes.

Adiantado

Segundo Rui Costa, a construção do Hospital Regional da Costa do Cacau estão adiantadas. Deverá ser concluída no início de 2017. Em visita às instalações, explicou que a unidade será muito importante para o tratamento de doenças cardíacas por meio de intervenções cirúrgicas. E, no futuro, também atenderá pacientes com problemas neurológicos.

Agora não

Rui disse que foi convidado pela OAS para visitar o local onde a nova ponte de Ilhéus vai ser construída. No entanto, decidiu que só visitará a obra quando os trabalhos estiverem mais avançados, “com pilares fincados” na Baía do Pontal.

ORGANIZAÇÃO DO SHOW DE DJAVAN EM ILHÉUS FOI UM “FIASCO”, DIZ PEDAGOGO

Segundo o publicitário Marco Lessa, responsável pelo evento, reclamações são exageradas.

Segundo o publicitário Marco Lessa, responsável pelo evento, reclamações são exageradas.

O pedagogo Tarcísio Botelho teceu duras críticas à organização do show de Djavan em Ilhéus. Realizada quinta-feira (21) no Centro de Convenções Luis Eduardo Magalhães, a apresentação marcou a abertura do Festival Internacional do Chocolate e Cacau. Para o cliente, a desorganização prejudicou a “imagem do evento”.

Segundo Tarcísio, a programação previa que os portões seriam abertos às 21h30, no entanto, isso só ocorreu às 22h40min. O atraso gerou transtornos e uma fila de duzentos metros, tamanho equivalente ao comprimento de dois campos de futebol.

Além do atraso, afirma o cliente, seguranças do evento empurraram pessoas que estavam na fila. Também reclama da falta de esclarecimentos sobre o motivo da demora.

Pulseira usada por Tarcísio Botelho para acessar o setor VIP.

Pulseira usada por Tarcísio Botelho para acessar o setor VIP.

Ainda conforme o pedagogo, a área VIP não tinha cadeiras, e a quantidade de banheiros químicos não foi suficiente, o que forçou pessoas a urinar no chão.

Tarcísio disse que o sofrimento foi maior para os idosos. Esperaram mais de uma hora na fila, sem direito à entrada preferencial. “Dentro do evento,  mais problemas. Poucos banheiros químicos:  gente passando aperto e urinando no chão, mau cheiro, espaço VIP que se fica de pé, não havia uma cadeira para sentar nos dois ambientes de trás o que levou mais pessoas a desmaiarem – só do meu lado foram duas”.

Descreveu o cenário: “com idosos já se sentindo mal por estar de pé na fila há uma hora, indignação e nenhuma informação, o tumulto foi inevitável. Houve bate-boca, empurrões, gente se exaltando e muita falta de respeito com as pessoas, que não receberam nenhuma justificativa pela desorganização”. “Pelo contrário, a solução dada pela organização do evento foi enviar mais homens para reforçar a segurança, sem esclarecimentos nenhum pelos inconvenientes”.

Apesar de reconhecer a importância do festival para a economia da cidade, ele concluiu que a organização do evento foi um “fiasco”. Também explicou por que decidiu se manifestar. “Escrevo este texto em homenagem aos colegas que junto comigo foram empurrados por seguranças no portão, pelos idosos que passaram mal na fila e dentro do evento, e outros que como eu lutaram apenas por seus direitos”.

Outro lado

A MVU Promoções e Eventos é responsável pela organização do festival. Conversamos hoje por telefone com o diretor da empresa, o publicitário Marco Lessa. Segundo ele, há exageros na reclamação. Os seguranças do evento são extremamente preparados para lidar com o público. Por isso, não acredita que tenham empurrado clientes. Nenhum incidente desse tipo lhe foi relatado.

Explicou que “nunca foi prometido” que a área VIP teria cadeiras, disponíveis apenas no espaço Prêmio. Justificou que o alto custo da produção do evento levou a empresa a criar áreas com preços diferentes. “Por que três setores? Porque é uma operação complexa e cara: cachê, passagens (são vinte e quatro pessoas viajando), um caminhão de som que vem do Rio de Janeiro, três geradores, três camarins e um cenário monstruoso. Tudo isso demanda um investimento muito alto”.  Também afirmou que o público bebeu cerveja gelada à vontade nas áreas VIP e Prêmio.

O publicitário informou que o número de banheiros químicos foi suficiente, pois a quantidade havia sido definida conforme a estimativa do tamanho do público. Por outro lado, “é óbvio que se alguém não quis esperar ou foi em algum lugar e fez, infelizmente a organização não consegue controlar o que cada um pode deliberadamente fazer”.

De acordo com Marco Lessa, se uma ou duas pessoas passaram mal, isso não ocorreu por causa da estrutura do evento. “Eu desconheço completamente, mesmo porque não tinha motivo nenhum para isso. Nós estamos falando de mil e quinhentas pessoas numa área que pode receber dez mil. Tecnicamente, não existe justificativa. Se houve, foi um relato particular e por uma razão pessoal. Não foi provocado pela estrutura do evento. Não choveu, não teve tumulto, […] todas as áreas estavam absolutamente folgadas. Não tinha tumulto nem para pegar bebida”.

Sobre a entrada especial para idosos, o diretor esclareceu que eram três filas: a do público Prêmio e VIP, da pista e da meia-entrada para estudantes e idosos. Segundo ele, essa última foi a menor.

Marco Lessa se desculpou pelo atraso da abertura dos portões, mas disse que eles foram abertos às 22h20min. Segundo ele, as chuvas de segunda, terça e quarta-feira fizeram com que a produção tivesse apenas 24 horas para montar a estrutura do show. A montagem se estendeu até a noite de quinta e incluiu toldos extras que aumentaram a área coberta para o público. Com isso, a inspeção técnica também foi atrasada. O diretor justificou que preferiu lidar com o atraso para privilegiar a segurança das pessoas. Por outro lado, argumentou que o show de Djavan começou às 23h40min, apenas dez minutos depois do horário previsto.

Também disse que a produção informou o público sobre o atraso, mas admite que numa fila com mais de quinhentas pessoas, algumas podem não ter ouvido. Não havia um sistema de som para ampliar o alcance da mensagem.

Por fim, afirma que recebeu respostas positivas das pessoas que foram ao show. Pediu desculpas diretas ao autor das reclamações, apesar de discordar que o evento tenha sido um “fiasco”. A apresentação teria uma hora meia, mas se estendeu “por duas horas”, e o cantor chegou a voltar ao palco a pedido do público.

Leia a carta de Tarcísio Botelho na íntegra.

:: LEIA MAIS »

RUI COSTA NÃO ACREDITA EM GREVE GERAL

Governador Rui Costa. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

Governador Rui Costa. Imagem: Thiago Dias/Blog do Gusmão.

O governador Rui Costa (PT) esteve ontem (22) no Festival Internacional do Chocolate, realizado no Centro de Convenções  de Ilhéus.

Perguntamos a ele como o governo recebeu o indicativo de greve aprovado por categorias do funcionalismo estadual, a exemplo dos professores universitários.

Rui Costa afirma que os servidores compreendem as limitações do Estado. Por isso, não vão iniciar uma greve geral.

De acordo com o governador, o Governo do Estado não tem condições de aumentar suas despesas com servidores. “Esse ano não terá reajuste. Que fique muito claro: estou proibido pela Lei de Responsabilidade Fiscal de dar qualquer reajuste aos funcionários. Nós estamos perto de romper o limite total da Lei de Responsabilidade. Não há condições legais de praticar reajuste. Eu responderia ao Tribunal de Contas [do Estado], ao Ministério Público e à Justiça. Ao governador não é dado o direito de descumprir a lei. Muito pelo contrário”.

O governador entende que os sindicatos cumprem seu papel, mas, não acredita “em hipótese nenhuma que haverá movimento de paralisação, porque os servidores sabem que o Estado está impedido”. “Se você olhar para o ano de 2015, no Brasil não tem seis estados que deram reajuste. Se foram cinco, entre os cinco está a Bahia. No Nordeste, apenas dois dos nove estados deram o reajuste: Bahia e Ceará. No ano passado eu fiz um esforço extraordinário e repus a inflação”.

Também deu exemplos de estados com salários atrasados. “Aliás, os estados ricos do país, como Rio de Janeiro, Paraná, Distrito Federal, Minas Gerais, Sergipe e Rio Grande do Sul estão atrasando salários”. Alguns “estão parcelando o décimo terceiro. Por exemplo: Minas Gerais não pagou o décimo terceiro. Sergipe mandou os funcionários tomarem empréstimos. Eu diria que estamos nos destacando por cumprir nossas obrigações. Paguei décimo terceiro, estou pagando férias e os salários estão em dia. É o máximo que conseguimos fazer no momento”.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia